sábado, 27 de agosto de 2011

LUTA E BRIGA DE CAPOEIRA EM ROLÂNDIA - VÍDEO FARINA

ROLÂNDIA - UTI DO SÃO RAFAEL SERÁ INAUGURADA NA QUARTA



UTI DO SÃO RAFAEL SERÁ INAUGURADA NA QUARTA

Na próxima quarta-feira (31), às 14 horas, os rolandenses recebem mais um benefício resultado da parceria entre a Prefeitura de Rolândia e o Governo do Paraná. O prefeito Johnny Lehmann e o Secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto vão inaugurar a tão sonhada Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Rafael.
Totalmente equipado pelo Governo do Paraná, o local foi construído com recursos da Fundação Martin Hilti, de Liechtenstein, um principado localizado em entre a Suíça e a Áustria. O investimento para a obra, na ordem de 785 mil dólares, foi conseguido por intermédio da família do cidadão rolandense Johnny Lehmann, na Europa.
O evento de inauguração acontecerá em frente ao Hospital, no centro da cidade, na Rua Santos Dumont, 554.
REPASSES PARA HOSPITAL - Desde o início de 2009, a Prefeitura vem aumentando os investimentos na Saúde e no Hospital São Rafael. Até 2008, a média de repasses era de R$ 274 mil mensais.
Em 2009, o valor saltou para R$ 447 mil e em 2010 saltou para R$ 500 mil mensais. Neste ano de 2011, a média dos repasses até junho foi de R$ 550 mil entre pagamentos de plantões e o convênio de cooperação técnica entre Prefeitura e o São Rafael.
Em julho, a prefeitura também contribuiu com o Hospital com um valor de mais R$ 140 mil além dos repasses mensais e ainda vai contribuir com mais R$ 53 mil reais mensais até o fim do ano, a partir de agora com a abertura da UTI do Hospital.
O São Rafael também foi beneficiado pelo Governo do Paraná com um repasse de R$ 190 mil para compra imediata de equipamentos, além de ser incorporado ao Programa HOSPSUS, que destina R$ 50 mil mensais para hospitais do estado.


ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA DE ROLÂNDIA

ÁRVORES DE ROLÂNDIA PEDEM SOCORRO

PAULO AUGUSTO FARINA
FOTO  BY  JOSÉ CARLOS FARINA
Diante do horrendo Holocausto Vegetal em Rolândia, o Ministério Público exigiu que a Secretaria de Meio Ambiente seguisse o Código Ambiental do Município. Contudo, os fatos demonstram que a Secretaria não conhece (ou não entende) o espírito desta importante Lei! Em pouco mais de dois anos, um número incalculável de árvores sadias, sobretudo Sibipirunas (madeira de Lei nativa da Mata Atlântica) foram incineradas em Caldeiras e Fornos de carvão. Destaca-se que há um Inquérito Policial sobre estes fatos. Recentemente, diante de Recomendação Administrativa do Ministério Público, a "turma da motosserra" apresentou um "Plano de Arborização". Em nossa opinião, trata-se de uma tentativa de tapar o sol com a peneira, senão vejamos: 1) Não foi realizado diagnóstico e cadastramento das Árvores Públicas do Município; 2) Tal diagnóstico deveria ser elaborado por equipe multidisciplinar integrada por Engenheiro Florestal e Biólogo, no mínimo; 3)  O Plano deve privilegiar o plantio de espécies nativas de nosso Bioma; 4) Deve ainda conter um Capítulo destinado à penalização dos Infratores; 5) Para tanto, a Municipalidade deve criar e prover (através de Concurso Público) um cargo de Analista Ambiental a ser ocupado por diplomados em Biologia ou Engenharia Florestal; 6) Por fim, há que se criar um cargo de Fiscal Ambiental (em nível técnico ou superior) para uma melhor execução da Legislação Ambiental! Enquanto tais medidas não forem tomadas (ou os atuais gestores substituídos) nada mudará...
PAULO AUGUSTO FARINA
MINHA OPINIÃO:
Este pessoal da atual secretaria municipal do meio ambiente já provou que não gosta e não entende da natureza e de árvores.  Peço pelo amor de Deus a eles que se abstenham de matar mais árvores sadias. Vocês estão do lado do bandido e da motoserra. Peçam para sair pelo bem de Rolândia e do que sobrou. Eu tenho mêdo de  vocês. Na próxima eleição vamos usar o vosso modelo para explicar como não se trata o meio ambiente. As futuras gerações vão colocar vocês num lugar de destaque na página negra da história.  JOSÉ CARLOS FARINA.