terça-feira, 25 de outubro de 2011

PRECISAMOS E PATRIOTAS E HERÓIS PARA O BRASIL



Quem além da presidente Dilma e do senador Suplicy podemos dizer que está salvando e honrando a fama do PT? - pergunto. Ora, nunca se viu na história deste País um governo tão desastrado como esse que mal começou e já vimos cair seis ministros. Pergunto também onde está o civismo e o patriotismo de nossas autoridades maiores? Com tantas quedas de ministros e com tanta notícias de superfaturamento e atos de corrupção podemos dizer que este governo teria que ser totalmente estruturado com a contratação de novos ministros e assessores. Mas onde encontrá-los?  No PT?  no PMDB? ou no PCdoB? Peço a Deus misericórdia com a Nação  brasileira. Precisamos mais do que nunca de novos patriotas, do novos heróis. 
JOSÉ CARLOS FARINA - ADVOGADO - ROLÂNDIA-PR.

POLÍCIA EM AÇÃO EM ROLÂNDIA

ROLÂNDIA - FOTOS NO GOOGLE EARTH

LONDRINA - PROMOTORIA PROCESSA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE BARBOSA NETO

WWW.BONDE.COM.BR

O Ministério Público do Paraná, através da Promotoria de Justiça de Proteção do Patrimônio Público de Londrina propôs nesta segunda-feira (24), ação civil pública por ato de improbidade administrativa, com pedido de  ressarcimento, contra a secretária municipal de Educação Karin Sabec Viana e a Editora Ética do Brasil Ltda. 


O MP-PR sustenta que ela foi responsável pela contratação irregular da empresa, sem a devida licitação, ao custo de R$ 621 mil para a aquisição de 13.500 livros sobre a cultura indígena e afro-brasileira. Os responsáveis pela ação são os promotores de Justiça Renato de Lima Castro e Leila Schimiti Voltarelli. 

Além de devolver os valores, a secretária pode perder os direitos políticos. 

Os promotores relatam ainda na ação que, no caso específico, somada à questão da irregularidade na contratação da editora, feita sem licitação, houve prejuízo aos cofres municipais por conta do conteúdo do material produzido, questionado inclusive pelo MP-PR em recomendação administrativa expedida pela Promotoria de Defesa dos Direitos e Garantias Constitucionais – os livros tiveram que ser recolhidos. 

"A contratação da empresa Editora Ética do Brasil LTDA para o fornecimento de livros didáticos ao Município de Londrina, entretanto, revelou-se altamente lesiva ao erário, já que, depois de serem distribuídos à rede pública municipal de ensino, comissões especializadas realizaram análises técnicas do conteúdo dos livros e os consideraram completamente inadequados para a utilização nas escolas municipais". (com informações do Ministério Público do Paraná)