sábado, 29 de outubro de 2011

VÍDEO ENTREVISTA COM ANDRÉ MARQUES DA RÁDIO MANCHETE - BLOG FARINA

GOVERNO DO PARANÁ AUTORIZA MAIS UM COLÉGIO PARA ROLÂNDIA


Governo libera R$ 105 milhões para construção de escolas e ampliação de salas

Os recursos serão aplicados na ampliação de 309 salas de aula, construção de dez escolas e de cinco unidades profissionalizantes, além de reparos em 17 estabelecimentos.
Foto: Jonas Oliveira/AENoticias

O governador em exercício Flavio Arns assinou nesta quarta-feira (31), em solenidade realizada no Palácio das Araucárias, convênio com municípios para o repasse de R$ 105 milhões para a ampliação de 309 salas de aula, construção de dez escolas, de cinco unidades profissionalizantes e ainda obras de reparo da infraestrutura de 17 escolas da rede estadual. Os recursos serão repassados diretamente para prefeituras e direção de escolas, inaugurando uma nova forma de gestão na área da educação, marcada pela descentralização e a agilidade.“Estes investimentos representam desenvolvimento para o sistema educacional, com mais controle social da comunidade. Vamos valorizar os professores e investir para que as escolas sejam bonitas, acolhedoras e competentes do ponto de vista pedagógico”, disse o governador em exercício. Ele anunciou também convênio com a Copel para que vistorie as instalações elétricas de todas as escolas do Paraná.Os recursos liberados beneficiarão cerca de 21 mil estudantes e 116 unidades de ensino. Segundo o secretário da Educação em exercício, Jorge Eduardo Wekerlin, a intenção é descentralizar e dar agilidade ao processo.Arns assinou termo de compromisso com municípios para obras de ampliação de salas, banheiros e refeitórios, totalizando 450 espaços escolares de 84 unidades do Paraná. As prefeituras ficarão responsáveis pela execução de obras de ampliação, que receberão investimento de R$ 20 milhões.O governo também elevou de R$ 15 mil para R$ 150 mil o teto para repasse direto de recursos do Fundo Rotativo para execução de pequenos reparos em escolas. A mudança será implantada em caráter piloto, inicialmente em 17 estabelecimentos. Ao todo nessa etapa serão liberados R$ 2,487 milhões.“Essa medida permitirá que a comunidade escolar escolha como melhor aplicar os recursos e defina, por exemplo, a cor da tinta, da lajota e como será o piso”, destacou Flavio Arns. Ele disse que o governo quer que as escolas tenham autoridade e responsabilidade, sob rígido controle do Conselho Escolar e das Associações de Pais, Mestres e Funcionários.Arns destacou a importância da descentralização dos repasses. “A escola é a casa da comunidade escolar e ninguém faz mudanças na nossa casa sem a nossa permissão. Vamos escutar o que a comunidade considera necessário mudar e investir nas escolas”, disse ele. O governo estadual estuda descentralizar também a produção da merenda escolar, que passaria a ser feita nos municípios.NOVAS UNIDADES – Flavio Arns autorizou o início de licitação para a construção de dez novas unidades de educação básica nos municípios de ROLÂNDIA Reserva, Matelândia, Turvo, Prudentópolis, Jardim Alegre, Campo Largo e Curitiba. Nas novas obras serão aplicados cerca de R$ 45 milhões.Na capital serão ampliadas escolas e construídas mais três novas unidades, nas regiões Vila Audi, Osternack/Ganchinho e Tatuquara, por meio de uma parceria com a prefeitura. Para o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, a medida é fundamental para trazer cidadania para os moradores nos municípios. Ele disse que a construção das unidades era uma demanda antiga da cidade. “As novas escolas serão feitas em regiões criticas e de alto risco social. Essa ação do governo, aliada com as do município, vai levar dignidade para mais famílias curitibanas”, disse o prefeito. Ele destacou ainda que a descentralização de obras é importante e vai melhorar o funcionamento do sistema educacional.O governo também autorizou a abertura de licitação para a construção de mais cinco centros estaduais de Educação Profissional, dentro do programa Brasil Profissionalizado. Serão investidos R$ 37,370 milhões na edificação das unidades de Almirante Tamandaré, Assaí, Cianorte, Fazenda Rio Grande e Ibaiti. Esse recurso é resultado de parceria com o governo federal.

VÍDEO VÍDEOS JOGO JUNIOR TEAM x CINCÃO - 3ª DIVISÃO - LONDRINA - 2º VÍDEO - - ENTREVISTAS - By FARINA

VÍDEO VÍDEOS JOGO JUNIOR TEAM x CINCÃO - 3ª DIVISÃO - LONDRINA - FINAL - ENTREVISTAS - By FARINA

COLUNA DO FARINA - TRIBUNA DO VALE - ROLÂNDIA - PR. 28/10/2011




ROLÂNDIA PODERÁ ESTAR CONSUMINDO ÁGUA POLUIDA
Segundo jornal  local de Rolândia um suinocultor  de Arapongas polui há vários anos a nascente do Ribeirão Ema que abastece Rolândia com água potável e o IAP (Instituto Ambiental do Paraná) até hoje não conseguiu cessar esta prática de crime ambiental. Por sua vez a Secretaria Municipal do Meio ambiente nem fiscal ambiental possui. Podemos dizer que Rolândia  é terra da mãe Joana. Se fosse num País civilizado este suinocultor estaria na cadeia. Pedimos providências ao IAP, ao Governador Beto Richa, ao prefeito, aos vereadores, à SANEPAR, à Secretaria Municipal do  Meio Ambiente e a Promotoria de Justiça. A população de Rolândia não poderá continuar a beber água com resíduos de fezes de porco. 



PRECISAMOS DE PATRIOTAS E HERÓIS


Quem além da presidente Dilma e do senador Suplicy podemos dizer que está salvando e honrando a fama do PT? - pergunto. Ora, nunca se viu na história deste País um governo tão desastrado como esse que mal começou e já vimos cair seis ministros. Pergunto também onde está o civismo e o patriotismo de nossas autoridades maiores? Com tantas quedas de ministros e com tanta notícias de superfaturamento e atos de corrupção podemos dizer que este governo teria que ser totalmente estruturado com a contratação de novos ministros e assessores. Mas onde encontrá-los?  No PT?  no PMDB? ou no PCdoB? Peço a Deus misericórdia com a Nação  brasileira. Precisamos mais do que nunca de novos patriotas, do novos heróis. 
JOSÉ CARLOS FARINA - ADVOGADO - ROLÂNDIA-PR.
RUA ARTHUR THOMAS, 2320 - FONE 43-3256-1908