sábado, 5 de novembro de 2011

AEROVIÁRIO ROLANDENSE CONTINUA DESAPARECIDO


ANUNCIFACIL

Um mistério tem chamado a atenção da polícia de Rolândia, que envolve o aeroviário Herbert de Oliveira, 42, desaparecido desde o dia 21 de outubro, quando sumiu também o seu veículo Ford Fox DWO-5697-SP. A família de Oliveira diz Hebert é dependente químico e no dia que deixou de ser visto ele estava com cerca de dois mil reais.
O carro da vítima foi localizado na tarde de ontem (3), em uma área rural do distrito do Bartira, tendo várias avarias e amassados, mais sem marca alguma de violência ou manchas de sangue. A Polícia Civil investiga e estranha o caso, pois jovem tem uma conta corrente com cerca de quarenta mil reais em aberto e nada foi sacado no banco.
Quem possuir informações que possam levar ao paradeiro do aeroviário, entre em contato com a polícia através dos telefones 197 ou 190.

Redação Anuncifácil - Com Informações e Fotos Eliandro Piva

ROLÂNDIA - PREFEITURA TEM PROJETO PARA DESTRUIR O PARQUE INFANTIL DO LIONS


Segundo postagem na comunidade Eu amo Rolândia do Orkut a prefeitura está planejando destruir o Parque Infantil do Lions localizada na Rua Wilie Davids para no local construir um Posto de Saúde. Não sou engenheiro mas pelo que entendo não se deve "desvestir um santo para vestir outro". Rolândia é carente de áreas verdes. Se perdermos esta área verde do Centro ficaremos só com a Praça Castelo Branco. As futuras gerações irão condenar as atuais autoridades por este crime ambiental.  Se eu fosse prefeito pediria desapropriação judicial ( com justa indenização) da área  do antigo posto de saúde central. O governo do Paraná poderá nos auxiliar nesta compra. TEXTO e FOTO de JOSÉ CARLOS FARINA.

ROLÂNDIA - JUIZ ANULA ESCRITURA DE DOAÇÃO DOS 30 ALQUEIRES DA COROL BEEF


Segundo apuramos em comunidade do Orkut o MM. Juiz de Direito da Vara Cível da comarca, em ação ajuizada pelo advogado Paulo Costa, anulou escritura da doação dos 30 alqueires para que a Corol pudesse construir um grande frigorífico em consórcio com empresa norte americana. Com a crise que se abateu sobre a Corol o empreendimento não prosperou tendo a cooperativa extrapolado os prazos da lei de incentivo à industrialização do município. A ação ainda menciona o plantio de cana de açúcar na área em questão. No mesmo site saiu publicado que a outra ação visando a devolução de uma área de dois alqueires em frente a Dori também foi julgada procedente em favor do povo de Rolândia. Resta ainda a saber como ficam as penhoras e hipotecas realizadas sobre os lotes. Parabéns ao advogado Paulo Costa por esta conquista. TEXTO e FOTO de JOSÉ CARLOS FARINA.

HISTÓRIA DE ROLÂNDIA - PIONEIROS - BLOG