segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

MÃE CORUJA A TODA A PROVA


VÍDEO DO SUPER ZÉ MARIA DO CORINTHIANS

VÍDEO DRIFT CAR EM ROLÂNDIA

VÍDEO TORNEIO PESCA EM ROLÂNDIA

RITA LEE É PRESA APÓS SHOW

BONDE.COM.BR

A cantora Rita Lee foi levada à Delegacia Plantonista de Aracaju na madrugada de hoje, após seu show de despedida, em Sergipe. Ela se apresentava no Festival de Verão do Estado na cidade de Barra dos Coqueiros, a 2 km da capital (Aracaju). 

Por volta das 3h da manhã, a cantora avisou em seu Twitter sobre a ação da Polícia Militar (PM). "Polícia dando trabalho p/ mim, quer me prender, embasamento legal ñ há, ñ retiro uma palavra do q disse, o show era meu! [sic]". 

Em seguida, ela reclamou da ação da Polícia Militar. "Alô twittlawyers, polícia abusiva e abusada, não sou obrigada a fazer o q me pedem: ir à delegacia agora, ou amanhã às 9. Último show e ela vai presa? Não poderia ser mais la cantante, afff [sic]".

A cantora também informou sobre sua ida à delegacia pelo microblog. "Tô indo p/ a delegacia...a polícia d Aju ñ gosta d mim mas Sergipe gosta, estou dentro do carro, eles estaaoentravv [sic]" 

Por fim, na manhã de hoje, a cantora agradeceu à vereadora Heloísa Helena, de Maceió (AL), por prestar depoimento. "Sôlta graças à vereadora Heloísa Helena q estava na platéia e prestou idêntica versão <3 [sic]"

A confusão teria começado após Rita Lee ficar incomodada com a atuação dos policiais que abordavam as pessoas que fumavam maconha na plateia.

Segundo o assessor de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, Lucas Rosário, que estava presente no show, Rita Lee chamou os policiais de "cachorros" e "filhos da puta". 

"Faltando cerca de 40 minutos para acabar o show, Rita Lee começou a se dirigir aos policiais", disse Lucas. "Ela dizia que o show era dela e, em um determinado momento, ela disse: ''Me dê um baseado para eu fumar aqui em cima''".

O assessor ainda contou que a polícia se aproximou do palco formando um cordão, mas que ela só foi abordada após o término do show.

Rita Lee foi enquadrada no crime de "desacato e apologia ao crime ou ao criminoso" art. 287 do Código Penal.

A redação do jornal O Estado de S. Paulo tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa da cantora, mas não houve resposta.

FUSCAS ANTIGOS EM LONDRINA

BONDENEWS
Fusquiata’ agitou o domingo em Londrina
Carreata reuniu amantes de fuscas na tarde de domingo. Durante o passeio, atraiu olhares e admiradores
Renata Cabrera
Cerca de 40 carros desfilaram pelas ruas da cidade
A ''1 Fusquiata'' - carreata de fuscas - movimentou Londrina durante a tarde de ontem. Cerca 40 amantes do carro chamaram a atenção das pessoas nas ruas enquanto desfilavam os vários modelos do automóvel, considerado um dos designs mais criativos até hoje. O evento foi organizado pelo Clube ''Volkstreet Londrina'', que reúne quinzenalmente os integrantes para encontros do grupo. 


E se o primeiro modelo foi lançado no Brasil na década de 1950, muitos de seus donos nem pensavam em nascer. A grande maioria, jovens, que mantém os cuidados com o Fusca, assim como o técnico agrícola Luiz Alberto Romi, de 32 anos. ''Foi meu primeiro carro, há quase 9 anos. Mas hoje uso mais a passeio. É uma paixão que minha mãe passou para mim e agora passo para minha filha. Ela já até me pediu um fusca de brinquedo'', conta. 

A mãe, Lídia Pezarini Romi, certamente deve ter sido vista pelas ruas da cidade com seu Fusca ''verde abacate''. ''Ando com ele todos os dias. Uso a trabalho mesmo'', diz. Somente com esse, ela já está há 9 anos. ''Mas são mais de 20 anos só de Fusca'', comenta ela, que já está em seu quinto carro e afirma não existir modelo melhor: ''não gasto muito com mecânica e não me deixa mão. É muito engraçado quando pego estrada e vejo aqueles carrões quebrados parados no acostamento.'' 

Outro aficionado pelo carro é o vendedor José Mario Vinhoto, que possui um Fusca Azul ano 76 em perfeitas condições e totalmente original. ''Essse carro foi comprado pelo meu tio zero quilômetro. Faz 18 anos que está comigo'', diz ele, que confessa passar os domingos cuidado do automóvel. ''Não tenho filhos, então, o Fusca é como se fosse um. A mulher fica brava de vez em quando'', brinca. 

SOFRIMENTO CAUSA DOENÇAS

BONDENEWS

2012 -- 00h00

Especialistas alertam que sensação de sofrimento pode provocar doenças

Queda de cabelo além do normal, manchas na pele, sudorese, dor de estômago, mal estar. Esses são apenas alguns sintomas de pessoas que convivem com o estresse, que representa um sinal do organismo de que algo não vai bem. Especialistas afirmam que muitas vezes o corpo adoece movido por um sofrimento de origem psicológica e que é comum algumas pessoas precisarem adoecer para se conhecer melhor e então buscar ajuda. 

O endocrinologista e metabolista José Cervantes Loli, especialista em medicina psicossomática pela Sociedade Brasileira de Medicina Psicossomática de São Paulo, explica que o estresse é uma forma do corpo organizar cronicamente o sofrimento ao qual somos submetidos, seja de ordem emocional, social, profissional, entre outros. Segundo ele, o acúmulo de sensações de sofrimento contribui para o surgimento de doenças que podem ocorrer a longo prazo. 

''Os hormônios do estresse vão aumentando no organismo, como o glucagon, cortisol, GH, adrenalina, etc. Com isso há um aumento da glicemia e pode aparecer o diabetes, caso a pessoa tenha a genética para esta doença. E assim o corpo vai 'apitando' o sinal vermelho e comprometendo o metabolismo, elevando a pressão arterial, peso e vários metabólitos; triglicérides, colesterol, aumentando o risco para famosas doenças cardiovasculares'', diz. 

Para a medicina psicossomática, estar doente não é tão ruim assim, pois os indícios de doenças fazem com que cada pessoa tenha a possibilidade de evitar a chegada de problemas mais graves. Ainda segundo Cervantes, quando alguém anda 'atormentado emocionalmente' pode começar a apresentar doenças crônicas como gastrite nervosa, doenças da tireóide, artrites autoimunes, obesidade e até câncer. 

''O tempo todo ficamos expostos a estresse tanto físico quanto psíquico. Somos constantemente injuriados pelos excessos alimentares (principalmente doces, frituras, gorduras), sedentarismo, tabagismo e problemas relacionados a trabalho, família e dinheiro'', aponta. 

LONDRINA ( LEC ) TUBARÃO PERDE PARA O CORINTHIAS EM CURITIBA

BONDENEWS

LEC peca nas finalizações e sai derrotado

Alviceleste não mandou para as redes as chances criadas e foi penalizado com um gol do Corinthians na etapa final
Theo Marques
Warlley perdeu duas grandes chances de frente para o goleiro Colombo
Curitiba - Quem não faz toma. O velho ditado popular serve bem para simplificar a partida entre Corinthians Paranaense e Londrina, válida pelo 3. rodada do Campeonato Paranaense 2012, disputada ontem, no Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba. Depois de comandar as ações no primeiro tempo e boa parte da segunda etapa, o time alviceleste tomou o gol e não conseguiu se recuperar na partida. 

Assim como tinha acontecido na primeira rodada da competição, contra o Atlético-PR, o Tubarão pressionou o adversário desde o apito inicial do árbitro, entretanto após o gol sofrido não conseguiu manter o domínio do meio campo, deixando de criar jogadas para buscar o empate. O goleiro Colombo, do Timãozinho, também foi o responsável pela vitória de sua equipe. Somente na primeira etapa fez três grande defesas. Com o resultado, o time londrinense permanece com três pontos e se distancia dos líderes, que já somam nove pontos. Já o Corinthians foi a seis com o triunfo.