quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

SITE DIVULGA OS VÍDEOS By FARINA SOBRE JIPES 1951

PESQUISA PARA PREFEITO DE ROLÂNDIA

VOTEM NO BLOG DO FARINA UMA PESQUISA PARA PREFEITO ( ESPAÇO RESERVADO DO LADO DIREITO) .
O BLOG SÓ ACEITA UM VOTO  DE  CADA  I.D.
É UMA PESQUISA SÉRIA.
QUERO QUE TODOS OS INTERNAUTAS DE ROLÂNDIA VOTEM LIVREMENTE.
UM ABRAÇO


RESULTADO PARCIAL:

1-  FLAVIA.........................269
2)- FÁBIO NOGAROTO....136
3)- MÁRCIO........................86
4)- JOHNNY........................80
5)- EURIDES........................61
6)- FARININHA..................35
7)- FARINÃO......................28
8)- SABINE.........................24
9)- ANDRÉ..........................21
10)- AILTON.......................17
11)- JOÃO DARIO..............16
12)- DANILSON....................5

ROLÂNDIA - NOVO PARQUE INDUSTRIAL PRIVADO



Com o apoio e o incentivo da Prefeitura de Rolândia, a parceria do empresário rolandense Dário Luiz Campiolo e a empresa Protenge Engenharia anunciou nesta quarta-feira (15), a construção de um novo Parque Industrial em Rolândia.
O novo empreendimento, totalmente privado, será construído na saída para Londrina, nos fundos do Parque Industrial Itamaraty. Ao todo serão 120 mil quadrados com toda infraestrutura como galeria pluvial, asfalto, guias, iluminação pública, jardinagem, e demais benfeitorias.
Em visita ao prefeito de Rolândia Johnny Lehmann, os empresários falaram da motivação em realizar o empreendimento em virtude do Desenvolvimento da cidade. Segundo os empresários, foi realizada uma pesquisa de mercado que apontou Rolândia como a melhor opção para o investimento em toda a região.
OPINIÕES - “O Prefeito Johnny está fazendo um ótimo trabalho ao dar incentivo para atrair novas empresas para Rolândia. Eu acredito que já foi o tempo que as Prefeituras precisava construir Parques Industriais. Nós do setor privado temos que dar apoio à administração para que a cidade cresça e se desenvolva”, afirmou Dario Luiz Campiolo.
“Nossa empresa é de Londrina e desde 2009 acompanhamos o crescimento de Rolândia. Vamos investir na cidade, principalmente pela vocação que Rolândia tem hoje para novos empreendimentos”, explicou o sócio diretor da Protenge Vitor José Galão.
“Com a atual administração, Rolândia está se posicionando estrategicamente para um grande desenvolvimento industrial. Isto só acontecesse graças ao trabalho do prefeito voltado para transformar a cidade em mais um ponto do eixo Londrina, Cambé, Rolândia e Arapongas”, disse o também sócio diretor Dante Bellinati Guazzi.
A OBRA – Com a aprovação do IAP, em aproximadamente 60 dias começam as obras de infraestrutura com previsão de finalização em 180 dias. O novo local terá capacidade para receber 60 novas empresas com espaço de lotes de 1200 a 2500 metros quadrados cada.
HOMENAGEM – Por iniciativa dos empreendedores, o novo empreendimento fará uma homenagem a um pioneiro de Rolândia. O Parque Industrial se chamará Hanz Lehmann, pai do prefeito Johnny Lehmann. Dentre os vários nomes para o tributo, a escolha foi em função do passado de luta e da representatividade do pioneiro rolandense.
MINHA OPINIÃO:
Parabéns aos proprietário deste Parque Industrial privado, mas penso que a Prefeitura tem que montar sim um novo Parque Industrial,  nos moldes do Parque Roland feito pelo Perazolo e Parque Bandeirantes implantado por Leonardo Casado.

VAL MARCHIORI PARCELOU FANTASIA EM 5 VEZES?




14/02/2012 -- 12h03


BONDE.COM.BR
Divulgação/Band
A socialite paranaense Val Marchiori teria parcelado em cinco vezes sua fantasia de Carnaval. Segundo informações da coluna Olá!, do jornal Agora São Paulo, Val vaidesfilar pela escola de samba Vila Maria com uma fantasia banhada a ouro e enfeitada com cristais e penas de faisão. 

De acordo com a publicação, o comentário na escola é de que apesar de querer ostentar sua riqueza a qualquer custo, principalmente durante o programa "Mulheres Ricas", da Band, a socialite teria dividido o pagamento da roupa em cinco vezes. 

Quando questionada pela coluna, Val negou o boato e disse que o valor da roupa ultrapassa os R$ 100 mil. "O diretor da escola me disse que queriam patrocinar minha fantasia. Hello, eu não preciso", disse ela ao Agora. Em sua página no Twitter, Val enfatizou que não parcelou a fantasia. "Hellooo parcelar? Que mentira", postou ela.(Com informações do Agora São Paulo)

LONDRINA LEC : VENCER OU VENCER

FOLHAWEB

15/02/2012 -- 00h00

Hora de provar que é de primeira

Muito cobrado, elenco do Londrina tem obrigação de dar a volta por cima, hoje, no jogo diante do Operário
Saulo Ohara
Thiago Santos fará sua estreia com a camisa do Tubarão
O Londrina entra em campo hoje em busca da reabilitação no Campeonato Paranaense. A frase já virou clichê deste atual time alviceleste. Afinal, desde que o torneio começou, ela foi usada em quase todas as rodadas. Mas hoje tem um valor ainda maior. Se a reabilitação não vier, o time pode pular o Carnaval na Zona de Rebaixamento. Por isso, uma vitória sobre o Operário, no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, às 22 horas, é obrigação. 

A fraca campanha do time fez com que despertasse no torcedor a sensação de que o time era suficientemente forte apenas para a disputa da Segundona, já que foram poucas as mudanças de elenco. Há sete rodadas os jogadores vêm tentando, sem sorte, provar o contrário. 

Foram três derrotas, três empates e apenas uma vitória, contra o vice-lanterna Paranavaí. Com seis pontos, o Londrina é somente o nono colocado, com dois a mais do que o próprio Vermelhinho, o que já fez despertar a preocupação de nova queda na diretoria alviceleste. 

Diante desta pressão toda por reencontrar a vitória, o técnico Cláudio Tencati muda o time. O lateral Wendell foi barrado para a entrada de Fabinho. Para o treinador, o garoto pode ter sentido a pressão da fase ruim alviceleste. ''Vou dar um tempinho para o menino'', justificou.

CORNÉLIO PROCÓPIO NA FOLHA DE LONDRINA

FOLHAWEB
15/02/2012 -- 00h00

Os encantos de Cornélio

Além do Monumento a Cristo Rei, a cidade de Cornélio Procópio tem uma série de atrativos turísticos. Veja alguns exemplos:
Fotos Olga Leiria e Divulgação
Catedral Cristo Rei 


É uma das grandes obras arquitetônicas da cidade. Foi construida entre 1943 e 1948. 



Santuário da Mãe Rainha de Schoenstatt 



É uma réplica do santuário original construído na Alemanha. Tem 54 metros quadrados. Do local se tem uma visão panorâmica privilegiada da cidade. 



Bosque Municipal Manoel Júlio de Almeida: 



Tem área de 9,8 alqueires. Possui infraestrutura para passeios, lazer e atividades físicas. O espaço é usado também para educação ambiental de crianças. 



Parque Estadual Mata São Francisco 



Se localiza às margens da BR 369, entre Cornélio Procópio e Santa Mariana. A área é de 832 hectares. Funciona de quarta a domingo. 



Museu de História Natural 



O Museu de História Natural Mozart de Oliveira Vallin tem um acervo com centenas de animais da fauna brasileira preservados no processo de taxidermia, que consiste no enchimento com palhas. Funciona no prédio da antiga estação ferroviária, que foi restaurado e mantém a arquitetura original. 



Museu Histórico de Cornélio Procópio 



Tem um acervo formado por objetos, roupas, móveis e instrumentos que pertenceram aos fundadores da cidade.

PATRIMÔNIO HISTÓRICO DE LONDRINA

FOLHAWEB
15/02/2012 -- 00h00

Patrimônio requer manutenção constante

Incêndio que atingiu o Teatro Ouro Verde chama atenção para o estado de conservação de outros imóveis históricos
Fotos: Saulo Ohara
Praça Rocha Pombo foi tombada em 1974: mato e lixo no entorno
Antiga Rodoviária: desgaste na pintura dos arcos e promessa de restauração
Palacete da família Celso Garcia Cid, na Avenida Higienópolis
A tragédia causada pelo fogo que destruiu parte do Teatro Ouro Verde, no Centro de Londrina, evidenciou o enorme carinho que os londrinenses nutrem por aquele espaço cultural. Além das manifestações de afeto e desolação por parte de artistas e produtores culturais, dezenas de pessoas se revezaram no entorno do imóvel demonstrando em silêncio seus pesares pelo ocorrido. O fato também evidenciou a preocupação com o estado de conservação dos outros três imóveis da cidade que integram o Patrimônio Históricos Estadual. 


Esta também é uma das preocupações do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/PR), que defende a realização de um levantamento para verificar a situação dos imóveis tombados. ''É fundamental que tenhamos conhecimento exato sobre a atual situação dos bens tombados. É preciso levantar desde questões de segurança, até arquitetônicas, para que seja garantida a preservação dos imóveis tombados em boas condições e, principalmente, respeitando os projetos originais'', explica o presidente do CAU/PR, Jeferson Dantas Navolar. 



De acordo com a secretaria estadual de Cultura, existem mais de 180 tombamentos históricos e culturais no Paraná. ''O Estado foi pioneiro criando em 1952 a segunda lei estadual de tombamento do Brasil'', destaca Rosina Parchen, coordenadora estadual de Patrimônio Cultural. 



Ela destaca a importância do tombamento e diz que a conservação dos patrimônios históricos é responsabilidade tanto do Estado quanto dos municípios. ''É um forma de garantir que a nossa história será preservada para as gerações futuras. Como são muitos tombamentos em todo o Paraná, é impossível o governo administrar tudo sozinho. Por isso, a fiscalização dos patrimônios cabe também às prefeituras onde eles se encontram'', diz Rosani. 



Em Londrina, além do Teatro Ouro Verde foram tombados como patrimônio histórico e cultural pelo governo do Estado a Praça Rocha Pombo, a antiga Rodoviária, onde hoje funciona o Museu de Arte (ambas na Área Central), e o palacete que pertenceu à família Celso Garcia Cid, na Avenida Higienópolis. 



O museu e a praça foram tombados em 1974. A antiga Rodoviária é considerada a primeira construção modernista do Interior o país. O prédio foi construído por dois importantes representantes da arquitetura modernista brasileira, Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi. Tombado em 1999, o teatro também é uma obra de Artigas e Cascaldi. O palacete foi tombado em 2011.