sábado, 22 de setembro de 2012

Caminhão fica pendurado em ponte no norte pioneiro

Celio Junior/Npdiario.com
Redação Bonde
Um caminhoneiro se envolveu em um acidente espetacular no fim da tarde de sexta-feira (22) na ponte sobre a represa Xavantes, divisa entre o Paraná e São Paulo. 

Aguinaldo da Silva, de 33 anos, perdeu a direção de um caminhão bi-trem com placas de Ponta Grossa depois que um veículo que estava à sua frente freou bruscamente. 

O caminhão ficou pendurado na lateral da ponte. Aguinaldo conseguiu escalar o veículo e voltar à ponte com ajuda de outros motoristas que lançaram uma corda. 



Engenheiros do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) foram ao local avaliar os estragos causados à ponte, que tem 1,5 quilômetros de extensão. (Foto de Célio Júnior para o npdiario.com)

CLEVERSON PERCILIANO - PROFESSOR DE VIOLÃO e GUITARRA - ROLÂNDIA - PR.

O MEU AMIGO CLEVERSON É UM DOS MELHORES - ESTE EU CONFIO....






POLÍCIA FEDERAL "ENQUADRA" SANEPAR POR JOGAR FEZES NO RIO

BONDENEWS


A Polícia Federal (PF) do Paraná, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambientee Patrimônio Histórico (DELEMAPH) e o Ibamadeflagraram na manhã desta quinta-feira (20), a fase ostensiva da "Operação Iguaçu - Água Grande". A Operação, que conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, investiga a poluição do Rio Iguaçu. 

Ao todo, 43 equipes de policiais e fiscais do Ibama cumprem durante a manhã 30 mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Ambiental Federal, em Londrina e outras 16 cidades do Paraná: Curitiba, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, Apucarana, Arapongas, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Matinhos, Santo Antonio da Platina, Telêmaco Borba, Toledo, Umuarama e União da Vitória. 

O alvo das buscas são a sede central e regionais da Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar. Além disso, simultaneamente ao que estão às buscas, as equiepes vão realizar fiscalizações, vistorias e coleta de material para análise em 17 estações de tratamento de esgotos. 

A Operação 

As investigações tiveram início ainda em 2009, durante os quais foram percorridos mais de 15.000 km de helicóptero, de barco por todo o leito do Rio Iguaçu e com viaturas por todas estradas do Paraná, para proceder a mais de 430 coletas e análises laboratoriais em material então recolhido e encaminhado, entre outros, para o Laboratório da UNICAMP. 

No período da investigação e na extensão de todos os deslocamentos, o objetivo foi identificar a responsabilidade criminal pela poluição do Iguaçu, maior rio do Paraná e hoje o segundo rio mais poluído do Brasil, após o Tietê, em São Paulo. 

No mesmo sentido, se buscou delimitar meios e modos pelos quais a empresa, já identificada como a maior poluidora do Rio a despeito de deter certificação ambiental em altos níveis, bem como altíssimos níveis de faturamento, lança em cursos d’água efluentes sem qualquer tratamento, clara agressão ambiental à coletividade, à fauna e à flora.

LANCHONETE E CAFÉ KAPRICHOSA - VILA OLIVIERA

FAMÍLIA SUZUKI - RUA REINALDO MASSI, 1060
FONE 3016-1079
SALGADOS  - DOCES - CAFÉ  EXPRESSO e  CAPPUCCINO

DEBATE CNT - AMANHÃ - 10 HORAS....








TV   CNT  - AMANHÃ  - 10  HORAS....
Na internet é só acessar: www.cnt.com.br

VÍDEO - MORADORA PEDE UM NOVO CEMITÉRIO

VÍDEO - MORADORA DA VILA OLIVEIRA RECLAMA