sábado, 15 de dezembro de 2012

ATROZ NICOLE PUZZI ESTÁ LEILOANDO O SEU CORPO


Atriz Nicole Puzzi diz em blog que pode leiloar o corpo
Redação Bonde

Um texto da atriz Nicole Puzzi, 54 anos, foi publicado em seu blog, mostrando intenções de leiloar o seu corpo. De acordo com ela, o motivo é a falta de patrocínio para projetos

Nicole escreveu. "Tenho dois projetos aprovados em Lei Cultural. Excelente projetos. Se eu não encontrar algum patrocinador que banque uma atriz que não está na mídia acho que vou transgredir".

E, ainda acrescentou. "Comecei a carreira usando o meu corpo. Que tal fazer um leilão do mesmo, não tão perfeitinho como antes, mas ainda bacaninha e bem mais experiente, até conseguir a grana para colocar a minha peça em cartaz?". 

Por fim, a atriz questiona. "Isso anda na moda agora , não é mesmo? Leiloar o que nos pertence. Quem sabe podemos fazer uma rifa? Envie sugestões. Mas o leilão é apenas para machos acima de 40 anos".

BETO RICHA QUER UM AVIÃO DE 5 MILHÕES



Avião para Richa pode custar R$ 5,3 milhões ao governo
Agência Estadual de Notícias
Casa Militar abriu licitação para a renovação do serviço  de locação de uma aeronave para atender o Governo do Estado. O edital de concorrência prevê uma despesa máxima de R$ 5,3 milhões para um contrato de 12 meses. 

De acordo com o chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas, a empresa que atualmente presta o serviço pediu o encerramento do contrato alegando prejuízos. "Queremos ampla divulgação desse edital para garantir maior concorrência. O pagamento funcionará por demanda. Ou seja, o Estado só pagará pelo que usar", disse ele. 

De acordo com o coronel, a expectativa do governo estadual é que a despesa com o aluguel da aeronave fique em aproximadamente R$ 2,5 milhões por ano. 

A Secretaria da Administração, que organiza o processo de licitação, marcou a abertura das propostas para o dia 20 de dezembro. A única exigência do edital é que o avião seja a jato e tenha capacidade para oito pessoas.

VÍDEO FAZENDA BIMINI e DANIEL STEIDLE

POMBAS DE LONDRINA SERÃO ABATIDAS

FOLHAWEB

Sema realiza estudo para abater pombos

Município recebeu autorização do Ibama para fazer inventário; proposta é matar 50 mil aves da espécie amargosinha
Londrina - A Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) inicia nesta segunda-feira a confecção de inventário para proceder o abate de 50 mil pombas da espécie amargosinha (Zenaida auriculata). O município recebeu autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Ibama) para realizar o estudo. 

''Foi solicitada celeridade de alguns procedimentos, como o levantamento por amostragem da população de pombas. Também pretendemos encaminhar uma forma de manter um predador natural das amargosinhas'', explicou o secretário Gilmar Domingues. 

A Sema tentará contratar uma empresa especializada na criação de falcões, predadores naturais das pombas. Outra companhia iria fazer levantamento da população de aves. ''Estamos vivendo um momento de sinantropia nociva, descontrole dessas aves. É um problema de saúde pública, estamos falando de um agente etiológico e que tem causado preocupação'', salientou. 

Bosque Central 

Operários erradicaram ontem duas árvores da espécie Gurucaia, que apresentavam risco de queda no interior do Bosque Marechal Cândido Rondon. O corte foi promovido ante autorização do Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Agora são três erradicações. Na próxima semana serão cortadas mais duas (Pessegueiro bravo e Canjarana). 

As erradicações apontaram uma fragilidade na Sema, que está sem condições de retirar os troncos do interior do Bosque. O caminhão munck do município está quebrado há quatro meses, reflexo da falta de manutenção preventiva. 

O conserto está orçado em R$ 15 mil. ''Estamos solicitando dispensa de licitação para a (Secretaria de) Gestão Pública, proporcionaria um conserto mais rápido. Sem este equipamento o trabalho de erradicação de árvores fica comprometido'', afirmou. 

A Sema ainda não conseguiu fazer levantamento de preços para contratação do estudo que vai nortear o plano de manejo do Bosque. Dos cinco pedidos feitos para a iniciativa privada, nenhum orçamento foi repassado. A secretaria encaminhou pedido ontem para Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual de Londrina (Fauel). 

O plano de manejo indicará quais obras devem ser executados no processo de recuperação do Bosque. A Prefeitura já sinalizou que não pretende reabrir o trecho da Rua Piauí, objeto de litígio entre a ONG Meio Ambiente Equilibrado (MAE) e o município. A ideia é promover a recuperação das áreas de lazer e esportiva. ''O atraso (no levantamento de preços) inviabiliza o certame licitatório. Tentamos evitar que fique acumulado para o ano que vem'', disse.

Danilo Marconi 

Reportagem Local

RPC TV / GLOBO MONTA UMA SUPER PRODUÇÃO DA GUERRA DO CONTESTADO

Centenas de atores.. fardas.. armas... balas de festins... cavalos..
muita luta e muito tiro..
Produzido em Curitiba..
Vejam o making off
CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO

VÍDEO INCÊNDIO EM ROLÂNDIA AGORA POUCO ( 10 HORAS)