sexta-feira, 12 de julho de 2013

ROCK AND ROLL AMANHÁ ( SÁBADO ) NA CONCHA ACÚSTICA DE LONDRINA


Assalto a posto de gasolina no centro agora pouco em Rolândia!

ROLÂNDIA 190 - JEAN HENKE



Segundo informações de testemunhas que estariam no interior do estabelecimento, um indivíduo entrou dentro da conveniência fumando um cigarro, e de repente, o rapaz colocou um capuz na cara, mostrou uma pistola as vítimas e anunciou o assalto.

 A Polícia de imediato fez buscas pelo local no intuito de localizar o assaltante, mas infelizmente até o momento nada foi localizado.

 Testemunhas informaram que uma mulher dava cobertura ao assaltante uma esquina acima do posto em uma moto CG Titan. 

Quem tiver qualquer informação sobre quem possa ter praticado este assalto, ligue 190 ou 181. 



* MAIS FOTOS





1º VÍDEO DA ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA DA COROL - 12/07/2013 - By FARINA


ASSALTANTES PRESOS EM ROLÂNDIA

REPORTAGEM  By  JEAN HENKE - ROLÂNDIA  190

Assaltantes que apavoravam comerciantes são presos pela RPA em Rolândia!


 Na tarde de hoje (12/07), dois elementos armados adentraram à uma farmácia no Jardim Nobre, anunciaram o assalto e se evadiram em direção ao contorno norte, em Rolândia.


 Por azar dos assaltantes, a Polícia Militar foi avisada e se dirigiu rapidamente para o local e conseguiu avistar o veículo próximo ao Contorno Norte.


Foi dado voz de abordagem aos indivíduos, mas os mesmos não respeitaram a ordem de parada da equipe e se evadiram pelo contorno norte até a rua dos Elefantes no jardim Cidade Verde, onde foram abordados pela equipe da Rádio Patrulha com o apoio da ROTAM.


Durante a abordagem ao veículo Celta, foram localizados um revolver Calibre 32 e dinheiro trocado proveniente do roubo.


*Em instantes mais detalhes do roubo


MAIS FOTOS




ADVOGADO RECLAMA DE ABUSOS POR PARTE DE ASSESSORA DE JOHNNY LEHMANN

Paulo Celso Costa
Amigo Farina, boa tarde. Estou defendendo um interesse de um cliente meu e surgiu esta situação (em anexo) no curso do processo. Estou te encaminhando um pedido de providências que fiz à Ouvidoria Geral do Paraná. Nesta nossa cidade acontecem coisas absurdas e muitos abusos, e este não deixa de ser triste exemplo. Abraços.

À DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ

   
A...., brasileiro, casado,.....,  por seu advogado adiante assinado, conforme procuração anexa, vem, respeitosamente, perante a honrosa presença de Vossas Excelências, dar conhecimento dos fatos e  solicitar providências, pelo que passa a expor:

 1.
 Este postulante figura como requerido/executado nos autos nº ...., de Ação de Alimentos, e nº ....., de Execução de Alimentos, ambos em trâmite perante a Vara de Família da Comarca de Rolândia.

                                               2.
                                               Que ambas as ações são promovidas contra si e encabeçadas por sua ex-companheira, Srª  .....
                                               3.
                                               Nada obstante ao fato do dever dos pais de sustentar e contribuir na educação e formação dos filhos, e também do direito destes buscarem no Poder Judiciário um parâmetro que melhor se adeque ao binômio necessidade/possibilidade, o acesso à Justiça, na modalidade de total gratuidade, há de ser ponderado pelo Julgador.

                                               4.
                                               No caso que se traz à mesa, com a devida vênia, o ilustre julgador titular da Vara de Família de Rolândia fez vistas grossas quanto à capacidade financeira expressa e comprovada da Autora..... , cuja situação haveria de ser observada de ofício, na gênese do feito, eis que à época do ajuizamento de sua pretensão, tinha salário mensal no valor de R$ 4.644,30, além de possuir veículo e exercer cargo público de importância notória e destacada (cargo de confiança do prefeito).
                                               Pior ainda.... a ação foi atendida, recepcionada, ajuizada e zelosamente impulsionada pela Defensoria Pública atuante na Comarca de Rolândia, sob a égide da carência, situação que não se coaduna com o perfil da algoz ...... , recebendo o caso redobrada atenção e dedicação dos ilustres defensores públicos, passando o caso à frente de sabe-se lá quantos verdadeiramente necessitados e que aguardam ávidos o mesmo e primoroso atendimento dispensado à assessora do prefeito.

                                               5.
                                               É sabido que a “Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a orientação jurídica e a defesa, em todos os graus, dos necessitados”, conforme prevê o artigo 134 da Constituição Federal, ou seja, é a garantia da Assistência Judiciária Gratuita àquele que não pode pagar um advogado para defender seu interesse, o que não é o caso da  Autora .......
                                               5.
                                               Infelizmente, e o caso aqui não se mostra diferente, boa parte da classe política, e também alguns notórios ocupantes de cargos públicos, sendo sofrível exemplo a Srª ...... , assessora do prefeito, insistem em mesclar interesses particulares com bens públicos, utilizando-se sem escrúpulo da estrutura da Defensoria Pública do Estado, instituição destinada exclusivamente a atender a população verdadeiramente carente.

                                               6.
                                               Como não indignar-se? Os abusos não podem se tornar coisa comum e corriqueira.
                                               Aliás, se não alçar voz e eco o presente reclamo, cai no vazio o brado de injustiça, as palavras de ordem contra o abuso da estrutura estatal, os cartazes de indignação popular que pululam aqui e acolá, pois se tornará normal o uso de helicópteros do governo para transportar a família e o cachorrinho para passar o final de semana na praia, se tornará normal a requisição de jatinhos da FAB para assistir jogo de futebol, e, enfim, dentre todas essas terríveis situações, se tornará normal o uso da estrutura da Defensoria Pública por indivíduos que não são carentes, o que é inadmissível.


                                               Isto posto, escusando-se pelo desabafo, é a presente para requerer sejam tomadas as providências necessárias e que o caso está a exigir.
                                               PEDE DEFERIMENTO.

                                               Rolândia-PR, 11 de Julho de 2.013.
  
                                                                Dr. Paulo Celso Costa

OAB-PR 19.692

ROLÂNDIA - NOVAS CRÍTICAS DO VER. ZÉ DE PAULA

Atenção Atenção.. Acabo de receber a noticia que chegou o omeprazol no posto da vila oliveira, aonde nos chegamos Rolândia! uma cidade sem comando, saúde doente, o povo sofrendo por falta de atendimento, servidores da saúde com baixo salario, e a beira de uma paralisação, uma cidade sem segurança, aumentando a cada dia alto nível de criminalidade, único hospital sem estrutura e com serias condições de atendimento aos nossos munícipes, uma prefeitura inchada de cargos de confiança, e desvio de função, um prefeito administrando com uma liminar provisoria, e respondendo por vários processos, sem certidões para receber qualquer tipo de verbas federal e estadual, buracos é o que não falta e em toda cidade, uma folha de pagamento altíssima.  Recebemos denuncia de reformas de veículos de mais de 600.000(mil Reais) a verdadeira farra do boi como diz o ditado popular...  lixo é o que não falta...  afetada de mosquitos e pernilongos e mosca azul em toda a cidade e nada é feito...  o povo sendo muitas vezes humilhados nas frentes dos postos de saúde, e hospital um verdadeiro desrespeitos com o ser humano, é como diz um Provérbios, quando o justo governa o povo se alegra, mas se o um (IMPIO) governa o povo suspira. e aqui alem de suspira, chora também, companheiros e companheiras, nós não podemos aceitar tantos descasos com a nossa população, somos um povo hospitaleiro, humildes, e cuidadoso, um povo sofrido mas amado por Deus, não podemos nos calar e aceitar tantas humilhação, com desrespeito nossa nação, vamos dar um grito de liberdade, não podemos aceitar uma ditadura em pleno seculo 21... trabalhamos em Rolândia. comemos e votamos...  e os nossos filhos que sãos futuros de a manhã estudam em Rolândia. Não podemos aceitar a destruição do nosso parquinho, e fabrica de chumbo tão debatida nos últimos dias, não aceitamos funcionários fantasma no poder público de nossa cidade e nem nepotismo, direto, ou cruzado...  chega!...  vamos abrir a nossa boca e denúnciar tudo ao poder público de nossa cidade e até ao Gaeco de londrina. Chega!..., chega, os infratores que se mudem, a cidade é nossa, e dos nossos filhos, e netos. Mais vale uma derrota com luta, do que uma vergonha de não ter lutado! vamos a luta... Ze de Paula- Direto ao assunto!!!
COMENTÁRIO: Muito bem Zé de Paula!... Pena que são poucos os vereadores que não tem " o rabo preso"... Talvez mais um protesto resolva esta "pendenga". JOSÉ CARLOS FARINA.

COROL COMEÇA UMA NOVA ERA HOJE - NOVA DIRETORIA - DEPOIS DE 30 ANOS

Hoje 12/07/2013, uma nova era.. uma nova diretoria... para administrar dívidas... Deus abençoe a nova diretoria. Boa sorte rapaziada. O trabalho... o suor.. de milhares de cooperados não poderá ter sido em vão...  João Menoli foi eleito presidente... Euclênio Vendrametto Junior, como vice-presidente, Daniel Alfredo Rosenthal, como o diretor secretário, e mais seis conselheiros. Texto e  Fotos by   JOSÉ CARLOS FARINA ( registrando a notícia e a história) ASSISTAM LOGO MAIS O VÍDEO DA ELEIÇÃO.

















































Nova diretoria da Corol é eleita; prioridade é auditoria nas contas

Willian Casagrande - Jornal de Londrina

Diretor presidente da chapa única que concorreu à eleição, feita por aclamação nesta sexta-feira, João Menolli, assume presidência da cooperativa na segunda.

Com apenas 250 dos 6,9 mil associados, a Corol Cooperativa Agroindustrial de Rolância elegeu, na tarde desta sexta-feira (12), no Rolândia Country Club, nova diretoria. A chapa “Em busca da transparência” foi eleita por aclamação, já que era a única concorrente. Encabeçada pelo associado João Antônio Menolli como diretor presidente, a nova diretoria toma o lugar da comissão provisória que assumiu a cooperativa há pouco mais de um mês, também chefiada por Menolli, depois que quase mil associados exigiram a destituição da antiga administração.
Segundo Menolli, que assume oficialmente a presidência na segunda-feira (15), o próximo passo é esperar o resultado das auditorias convocadas pela comissão para avaliar a situação da cooperativa. “A perspectiva é aguardar o resultado da auditoria e, depois disso, tomar as providências com base no levantamento que as empresas [contratadas] fizerem”, afirmou. A auditoria na cooperativa deve ser concluída em até 120 dias.
Também foram eleitos nesta sexta Euclênio Vendrametto Junior, como vice-presidente, Daniel Alfredo Rosenthal, como o diretor secretário, e mais seis conselheiros. A nova diretoria tem mandato até 2015 à frente da cooperativa. Os associados também elegeram a chapa “Fiscalizando com rigor”, composta por três membros efetivos e três suplentes, que fica no cargo até 2014.
Além da eleição, os associados discutiram a contratação das empresas que farão a auditoria na Corol. Como divulgado pelo JL anteriormente, três empresas serão encarregadas do serviço: a Price Waterhouse Cooper, que fará o balanço patrimonial de todo o ano de 2012; a Martinelli – Advocacia Empresarial, responsável por fazer os levantamentos dos aspectos jurídicos legais, questões societárias, trabalhistas, previdenciárias, tributárias, cíveis e também das certidões; e a Engeval – Engenharia de Avaliações Ltda., que vai avaliar o patrimônio e determinar valor de mercado para a cooperativa.
A diretoria de Eliseu de Paula, que ficou 30 anos à frente da cooperativa, foi destituída do cargo em 28 de maio, após vir à tona a não prestação de contas da cooperativa do exercício de 2012 e o não pagamento de Notas de Crédito Rural (NCRs) ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), assinadas por 300 associados e avaliadas em R$ 15 milhões. Soma-se a essa situação, que escancarou a crise na Corol, o quadro financeiro da associação, que acumula déficits de R$ 570 milhões desde 2008.

LIXO NO LAGO SÃO FERNANDO DE ROLÂNDIA - PR.

FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













SUCURI GIGANTE DE 8 METROS É FILMADA NO MATO GROSSO

Cooperativa de Rolândia elegerá hoje novo presidente


PAÇOCA COM CEBOLA - FOTO By  JOSÉ C. FARINA


Parece que agora vai. Os cooperados da Corol – Cooperativa Agroindustrial elegem hoje a nova diretoria da entidade. A assembleia esta marcada para 12 horas em primeira convocação, 13 horas em segunda e 14 horas em terceira e última convocação e será realizada no salão social do Rolândia Country Club (Rua General Estilac Leal, nº 401, centro, em Rolândia). 
O advogado que representa os cooperados, Anacleto Giraldeli Filho, explica que para a primeira convocação é necessária a presença de no mínimo dois terços dos associados; em segunda convocação, exige-se a presença de metade mais um dos associados; e em terceira a presença de no mínimo 10 associados. A Corol possui 6.690 associados.
A cooperativa está sendo administrada desde junho por uma comissão de administradores e fiscalizadores provisórios, eleita em assembleia realizada no dia 28 de maio.
Naquela ocasião, os cerca de mil associados reunidos decidiram, com apenas um voto contrário, pela destituição da então diretoria da Corol e nomeação de uma comissão provisória. O fato foi motivado pela situação financeira e administrativa da cooperativa, falta de prestação de contas pela diretoria destituída e a não renegociação de dívidas altas e que envolvem os cooperados. A dívida da  cooperativa está estimada em R$ 500 milhões.
A cooperativa era presidida por Eliseu de Paula havia 30 anos.
A comissão provisória é composta pelos cooperados João Menolli, Tercílio Aparecido Chiquetti, Euclênio Vendrametto Júnior, Antonio José Quaglio, Daniel Alfredo Rosenthal e José Mendonça.
Inscritos
Apenas uma chapa foi inscrita para concorrer ao Conselho de Administração e outra para o Conselho Fiscal.
A chapa que concorrerá ao Conselho de Administração é composta por três diretores executivos. A composição traz João Antonio Menolli na presidência, Euclênio Vendrametto Júnior na vice-presidência e Daniel Alfredo Rosenthal no cargo de diretor secretário. A chapa ainda é composta por outros seis diretores conselheiros.
Já a chapa que concorrerá ao Conselho Fiscal é composta por três fiscais efetivos  e três suplentes.

FOTOS DE LONDRINA - LINDAS - SENSACIONAIS

FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA














FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA













FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA











FOTOS By  HANS KOPP


BEBIDAS FESTAS RECEPÇÕES EM ROLÂNDIA

LIGUE PARA ANUNCIAR 3256-1908

COMPUTADORES EM ROLÂNDIA - ASSISTÊNCIA TÉCNICA


Site reúne as pessoas mais feias do mundo!

Se alguém acha que beleza não é fundamental, então eis o site perfeito. O 1000 Ugly People é um portal dedicado apenas a reunir pessoas feias. Isso mesmo. Nada de rostinhos bonitos, apenas os mais feios e estranhos tem lugar nesse antro de feiura.
A página ficou famosa e recebe diariamente centenas de imagens do mundo todo e as divide em diversas categorias: homens feios, mulheres feias, casais feios... Separamos abaixo algumas das piores (ou seriam melhores?) fotos. Para ver todas, basta clicar aqui.





































Homem é preso após abusar de menino de 14 anos

Redação Bonde

Um homem de 52 anos foi preso no final da tarde de quinta-feira (11), acusado de abusar de um menino de 14 anos. Segundo informações da Polícia Militar, o caso aconteceu em uma empresa de seguros de Cornélio Procópio. 


O garoto disse à PM que entrou no local para vender chocolates quando foi abusado. O homem, que é funcionário do local, teria agarrado o menino após comprar bombons e passado a acariciá-lo. Após o ocorrido, o adolescente fugiu e procurou a polícia. 



Os policiais foram até a empresa e flagraram o suspeito acessando imagens pornográficas no computador. Ele foi detido e encaminhado para a delegacia para dar explicações. O computador também foi apreendido e o Conselho Tutelar acionado para dar apoio à situação.

FESTIVAL DE ROCK AND ROLL EM LONDRINA AMANHÁ NA CONCHA


Amanhã ( sábado), o Festival mostra sua diversidade sonora ao integrar a comemoração do Dia Mundial do Rock à programação. Sete bandas estão escaladas para a festa, que acontece a partir de 16h na Concha Acústica, no Centro da cidade, com distribuição gratuita de pipoca, quentão e refrigerantes. O evento terá o produtor Paulão Rock'n Roll como mestre de cerimônia e terá shows das bandas Dead Lizards, No Flags, Grind Control, Ricardo Sahão & Amigos, Diogo Burka e Duo Bass, Luke de Held Trio e Mescalha. 

MST invade praças de pedágio para cobrar reforma agrária

FOLHAWEB

Pelo menos 16 das 27 unidades do Estado foram ocupadas pelo movimento. (POPULAÇÃO APLAUDE)

Gustavo Carneiro
Motoristas puderam passar sem pagar a tarifa
Londrina – Milhares de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) ocuparam ontem pelo menos 16 praças de pedágio no Paraná, de um total de 27 unidades autorizadas pelo contrato de concessão de rodovias. O ato faz parte de uma mobilização contra atrasos no processo de reforma agrária promovido pelo governo federal. O grupo também cobra o fim da cobrança da tarifa. 

As ocupações ocorreram no início da manhã. Com faixas, foices e enxadas, os manifestantes liberaram as cancelas. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, não houve registro de violência. 

Em algumas praças houve congestionamento. A única cobrança era de apoio ao movimento. A cada veículo que passava pelas cancelas, uma buzinada, forma de comemoração pela "falta" de cobrança. 

"As tarifas são muito altas, em alguns trechos os veículos convencionais chegam a pagar quase R$ 14. Essas concessionárias arrecadam muito, mas investem pouco nas nossas rodovias", criticou o integrante da coordenação estadual do MST no Paraná, José Damasceno. 

De acordo com a coordenadoria estadual do movimento, cerca de 7,5 mil sem-terra participaram das manifestações. Pouco mais de 500 estiveram na praça de pedágio de Arapongas. 

Os sem-terra também cobram mais empenho do governo pela reforma agrária. "É um avanço pífio. Em tese é um governo de esquerda, mas quem dá as cartas é a direita", comentou o líder sem-terra. 

A presidente Dilma Rousseff (PT) esteve reunida nesta semana com liderança dos movimentos de luta pela terra em Brasília. Os grupos cobram mais agilidade e menos burocracia nas políticas para o campo. 

Dados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) mostram que 45 mil famílias foram assentadas nos dois primeiros anos do governo Dilma. Os números são inferiores aos registrados nos dois primeiros anos de mandato dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (117,5 mil famílias) e Fernando Henrique Cardoso (102,9 mil). O governo da petista amarga o pior índice de desapropriações de terra dos últimos 17 anos. 

De acordo com o MST, no Paraná 5,5 mil famílias vivem acampadas em 72 áreas rurais, aguardando as desapropriações. "Há muito diálogo, pouca solução. Essas pessoas vivem em acampamentos e em situação de calamidade. Não há rede de esgoto, água tratada, energia elétrica", criticou José Damasceno. "Passou da hora do governo acelerar o processo de reforma agrária, criar linhas de financiamento para serem investidas em melhorias do campo, construção de moradia, escolas, melhorias em estradas." 

A Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) informou que não se manifestaria sobre as críticas do MST ao valor do pedágio.

Danilo Marconi
Reportagem Local

Manifestantes protestam no Calçadão de Londrina

Viviani Costa - Redação Bonde
Integrantes da Central Única dos Trabalhadores, da União Geral dos Trabalhadores, do Movimento Sem Terra e de outras centrais sindicais fazem protesto pacífico nesta manhã, no Calçadão de Londrina. Aproximadamente, 150 pessoas se reuniram a partir das 9h da manhã para reivindicar mudanças nas leis trabalhistas como a redução na jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais, o fim do fator previdenciário, a valorização das aposentadorias e outros itens que fazem parte de uma pauta nacional. 

Celso Pacheco/Equipe Folha


Os protestos são realizados em várias cidades do país. Em Londrina, os comerciantes não fecharam as portas e as lojas do Calçadão funcionam normalmente. Acompanhado por um carro de som, o grupo leva bandeiras, faixas e apitos para se manifestar. A intenção era caminhar do centro da cidade até o prédio da Prefeitura de Londrina, na avenida Duque de Caxias, mas o protesto continuou apenas no Calçadão. 

A coordenadora da CUT Regional Norte, Dóris Andrade da Cruz, destacou que os manifestantes são contrários, principalmente, ao PL 4330/2004 que trata das terceirizações. "Isso precariza a prestação dos serviços. Regulamentar a terceirização só vai prejudicar os trabalhadores", comentou. O projeto é de autoria do deputado Sandro Mabel e tramita no Congresso Nacional. 

Os manifestantes também cobram reforma agrária e melhorias na saúde  e educação. O presidente do Sindicato dos Bancários de Londrina, Wanderley Crivellari, afirmou que a intenção é dialogar com toda asociedade e chamar a atenção por meio do protesto. "Essa manifestação é histórica. Hoje as centrais sindicais todas estão reunidas independente de eventuais desentendimentos. Essa manifestação está acontecendo em diferentes escalas em todas as regiões do país", comemorou. 

Quem passou pelo local apoiou o protesto. "Temos que protestar mesmo e sem quebra-quebra. Isso tudo é valido. Precisamos de muita mudança", disse o aposentado Joaquim Rigoni, aos 70 anos.

Foto de Eike comendo em lanchonete bomba na internet

Redação Bonde
Uma foto do empresário Eike Batista tem circulado e feito sucesso na internet. Na imagem, Eike aparece sentado em um balcão de uma lanchonete na zona sul do Rio de Janeiro, comendo um salgado. O "flagra" foi postado no Facebook na quarta-feira (10) e logo ganhou repercussão. 

Na legenda da foto, o autor da imagem ironiza o fato de Eike estar perdendo bilhões da sua fortuna desde o ano passado. "Tá fácil pra ninguém.... nem pro Eike...Joelho + refresco 4,99... Aquela economizada básica no almoço !!! kkkkkkkkkk". 

Apesar da piada, a verdade é que a foto foi feita há dois anos, quando o empresário ainda tinha sua fortuna intacta. (Com informações do Extra) 

Reprodução