sexta-feira, 27 de setembro de 2013

3º VÍDEO CASAS JOSÉ PERAZOLO - By FARINA - FIM

MINHA INFÂNCIA EM ROLÂNDIA - NORTE DO PARANÁ - ANOS 60





SOU DO TEMPO DOS CARRÕES CONVERSÍVEIS... DO TEMPO EM QUE COMEÇOU O ROCK AND ROLL... NOS TEMPOS DA BRILHANTINA... CALÇA BOCA DE FUNIL...  BOTINHAS... TEMPOS DOURADOS... IÊ´´IÊ..IÊ... CADEIRAS NAS CALÇADAS... BAILINHOS... GORDINES.. KHARMAN GHIAS... FUSCAS... SOU DO TEMPO EM QUE SE DANÇAVA DE "ROSTO COLADO"... MÚSICA LENTA.. SOU DO TEMPO DOS "BEE GEES"...  DO TEMPO DA "CUBA LIBRE"...  DO TEMPO EM QUE TOMAR UM PORRE ERA TOMAR UMA  CAIPIRINHA OU UM "RABO DE GALO" PARA CRIAR CORAGEM NOS BAILES... DO TEMPO EM QUE APRONTAR ERA FUMAR ESCONDIDO OU FURTAR O PÃO QUE O PADEIRO DEIXAVA DE MADRUGADA NAS CASAS... SOU DO TEMPO EM QUE O ALUNO ERA LEVADO A DIRETORIA SE NÃO FIZESSE A LIÇÃO DE CASA... SOU DO TEMPO EM QUE FALAR PALAVRÃO ERA MANDAR ALGUÉM  "À M...."... SOU DO TEMPO EM QUE SE PEDIA A BENÇÃO PARA OS PAIS... DO TEMPO EM QUE OS FILHOS AMAVAM E RESPEITAVAM OS MAIS VELHOS... DO TEMPO EM QUE OS FILHOS AJUDAVAM OS PAIS... SOU DO TEMPO EM QUE TODOS OS PAIS LEVAVAM OS SEUS FILHOS NA IGREJA E DAVAM BONS EXEMPLOS... SOU DO TEMPO EM QUE A CRIANÇADA SE REUNIA TODO DIA PARA CONVERSAR E BRINCAR...  SOU DO TEMPO EM QUE UM MENINO OU MENINA GANHAVA UMA OU DUAS ROUPAS POR ANO... SOU DO TEMPO EM QUE IOGURTE, COCA-COLA E MAÇA ERAM ARTIGOS DE RICOS...  SOU DO TEMPO EM QUE BRINQUEDO BOM ERA UM CARRINHO DE ROLEMÃ...  BIBLIOQUÊ... PEÃO  E BOLINHAS DE GUDE... SOU DO TEMPO EM QUE AS CRIANÇAS BRINCAVAM NA RUA ATÉ DE NOITE E NÃO HAVIA PERIGO... NO MÁXIMO ALGUMA BRIGA COM SOCOS... UM OLHO ROXO... SOU DO TEMPO EM QUE 90% DAS CRIANÇAS ANDAVAM DESCALÇOS, COM ESTILINGUE NO PESCOÇO E EMBORNAL CHEIO DE PEDRAS DO LADO... SOU DO TEMPO EM QUE MOLEQUE SÓ COMIA FRUTA SUBINDO NA ÁRVORE.. SOU DO TEMPO EM QUE QUASE TODO MENINO FAZIA O SEU PRÓPRIO BRINQUEDO USANDO SERROTE, MARTELO, ARCO DE PUA E FORMÃO.. SOU DO TEMPO EM QUE QUASE TODA A FAMÍLIA POSSUÍA UM HORTA NO FUNDO DO QUINTAL... ADUBADA SÓ COM ESTRUME DE VACA, CAVALO  OU PALHA DE CAFÉ... SOU DO TEMPO EM QUE UM MENINO DE 8 OU 10 ANOS JÁ SABIA CARPIR UM QUINTAL.. CAVAR UM CANTEIRO DE VERDURA E SEMEAR E PLANTAR HORTALIÇAS... SOU DO TEMPO EM QUE ÍAMOS NO SÍTIO DO MEU AVÔ E VOLTÁVAMOS COM O CARRO CHEIO DE VERDURAS, FRUTAS E FRANGOS... SOU DO TEMPO EM QUE A PREFEITURA PRECISAVA AGUAR AS RUAS POR CAUSA DA POEIRA... SOU DO TEMPO EM QUE OS POLÍTICOS ERAM MAIS HONESTOS... DE UM MEIO AMBIENTE MELHOR... DE TEMPO EM QUE TÍNHAMOS MUITAS PESSOAS MORANDO NA ROÇA... DO TEMPO EM QUE SE COMIA MELHOR... COMIDA SEM AGROTÓXICO... DO TEMPO EM QUE O LEITEIRO TRAZIA O LEITE TODO DIA NA CIDADE COM SUAS CARROÇAS... DE CASA EM CASA... DO TEMPO EM QUE O PADEIRO ENTREGAVA O PÃO DE CASA EM CASA... DE MADRUGADA... COM SUAS CARROÇAS... SOU DO TEMPO EM QUE SANDUÍCHE ERA APENAS  PÃO  E MORTADELA... SOU DO TEMPO EM QUE COMER BEM ERA ARROZ, FEIJÃO, SALADA, BIFE E GUARANÁ ANTÁRTICA ... SOU DO TEMPO EM QUE MACARRONADA ERA A COMIDA ESPECIAL DO DOMINGO... SOU TEMPO EM QUE O CINEMA ERA MÁGICO... SOU DO TEMPO EM QUE ASSISTIR TARZAN  OU BONANZA ERA O MÁXIMO... TODOS PARAVAM PARA ASSISTIR... SOU DO TEMPO DOS IRMÃO CORAGEM E DO BEM AMADO... SOU DO TEMPO DAS PAIXÕES SECRETAS POR RAQUEL WELCH E JANE FONDA... DO TEMPO EM QUE OS RIOS TINHAM ÁGUA LIMPA... DO TEMPO EM QUE SE PODIA ANDAR PELAS RUAS DE MADRUGADAS SEM MEDO DE NADA... EU VIVI OS ANOS DOURADOS.. EU VIVI OS ANOS 60 NO NORTE DO PARANÁ... JOSÉ CARLOS FARINA

COMENTÁRIOAparecida Herrmann só saudades Farina e a culpa é nossa, achavamos que tinhamos "Pais" rigidos demais que eram quadrados e tudo o mais então as vezes falavamos (ou pensavamos) quando eu crescer e tiver meus filhos vou dar a eles tudo que não tive,ta ai a resposta eu que hoje tenho meus filhos me sinto culpada por ter sido como dizem tão condenscendente,certo estavam os meus "Pais",o mundo evoluiu claro que bom,mais em muita coisas regredimos nós, eu tenho saudades desse tempo e Graças a Deus ainda temos muita coisa boa acontecendo belo texto

COMENTÁRIOS: 
  • José Carlos Farina Nos anos 60 só rico tomava coca-cola... fui tomar minha primeira coca-cola só nos anos 70...   
    Marlene Grotti Me lembro que lá por 1970 quando entrei na 1º série, tinha uma coleguinha que não ia para escola se eu não passasse na casa dela ( o pai dela foi varias vezes até a escola me buscar para que ela fosse a escola) . Eu chegava na casa dela bem na hora do almoço e sempre tomava um copo com Crush oferecido pela mãe dela. Depois de algum tempo me habituei a tomar refrigerante. Na minha casa nunca tinha, nem nos aniversários.  
    Clóves Vasconcelos Jr. Lendo suas espontâneas reminiscências, amigo Farina... pensei que éramos vizinhos aqui em Buriti Alegre-Go., ou que morávamos na mesma casa, tamanhas as coincidências de lazer e valores!!!... Isto amigo, se chama "berço esplêndido"... educação de ponta, com puros exemplos...

2º VÍDEO CASAS POPULARES JOSÉ PERAZOLO - By FARINA

ROLÂNDIA - 5 MÉDICOS TERIAM PEDIDO DEMISSÃO DO SÃO RAFAEL

NOTA DE FALECIMENTO EM ROLÂNDIA


COM PESAR A  FUNERÁRIA BOM PASTOR  INFORMA O FALECIMENTO DE :
MIYUKI KAWAZARI   63 ANOS
DEIXA 2 FILHOS
O VELÓRIO SERA REALIZADO NA CAPELA CENTRAL APÓS AS 20:00HS
O SEPULTAMENTO SERA NO CEMITÉRIO MUNICIPAL
O HORÁRIO PARA SEPULTAMENTO AINDA NÃO DEFINIDO
EXTERNAMOS À FAMÍLIA ENLUTADA OS NOSSOS SENTIMENTOS DE PESAR

Farina, Ricardo Vignini e Zé Helder ( Violeiros, guitarristas e roqueiros )

Executaram Rock and roll, moda de viola e até música clássica em suas violas super afinadas. O show foi no Valentino ( Londrina ) e agradou a todos. O 1º vídeo já está "no ar" com os melhores momentos do espetáculo. Um abraço meus amigos. Parabéns pelo vosso talento. JOSÉ CARLOS FARINA
DOIS VÍDEOS
2º VÍDEO

1º VÍDEO




llll

NOVO PROCESSO CONTRA JOHNNY LEHMANN DE ROLÂNDIA

MP aciona Prefeitura de Rolândia por promoção de servidores

Ministério Público pede para que funcionários voltem a ocupar as funções de origem

Redação Bonde com MP/PR
A 1.ª Promotoria de Justiça de Rolândia, na região Norte, ajuizou ação civil  pública, neste mês de setembro, para que o Município declare nulos os atos que designaram servidores públicos municipais concursados para cargos diferentes dos que eles deveriam desempenhar, provocando assim, desvio de função. A Promotoria também requereu à Justiça que determine a recondução dos servidores comissionados da Prefeitura, cedidos indevidamente a outros órgãos, repartições ou Poderes, às suas funções originais. 

A Promotoria aponta três casos em que o Município foi condenado, pela Justiça do Trabalho, ao pagamento da diferença de verbas salariais a servidores concursados, por desviá-los de suas funções. 

A partir de então, a Promotoria enviou ofícios a todos os secretários municipais, solicitando informações, a fim de apurar se existiam servidores em desvio de função ou cedidos indevidamente a outras instituições. 

De acordo com a ação, as respostas dos secretários permitiram que a Promotoria concluísse que o desvio de função e a cessão de funcionários ocorrem com certa freqüência; que a prática é antiga e que, muitas vezes, é utilizada para compensar a falta de funcionários, a descontinuidade do serviço público; e, principalmente, para favorecimentos pessoais. 
Diante das evidências, o Ministério Público expediu, em 2010, recomendação administrativa, ao Poder Executivo Municipal, estabelecendo um prazo de 12 meses para a correção das irregularidades. A justificativa da complexidade que envolve a reorganização do plano de carreira, acarretou na prorrogação do prazo por dois anos. No entanto, a recomendação não foi cumprida. Em vez disso, o Município reconheceu, por meio de ofício, a permanência da prática do desvio de função no quadro de servidores. 

Segundo a ação, "a prática do desvio de função de servidores concursados implica em séria infringência à regra de acesso ao serviço público por intermédio de concurso público e ao princípio da moralidade administrativa, pois onera desnecessária e descabidamente a Administração Pública". 

O MP-PR pede à Justiça que, em caso de descumprimento da medida, o prefeito municipal seja responsabilizado por ato de improbidade administrativa, sob pena de multa, perda de função pública e suspensão dos direitos políticos.

FOTOS LINDAS DE ROLÂNDIA By FARINA - DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

27/09/2013 - 10:00 HORAS - PRIMAVERA - COMO PODE UMA AUTORIDADE QUE GANHA SALÁRIO DO POVO PENSAR EM TRAZER UMA INDUSTRIA DE CHUMBO PARA UM PARAÍSO DESTES? LÁ NA SUIÇA ( E EUROPA) JAMAIS DEIXARIAM... FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA







































































VÍDEO CASAS POPULARES JOSÉ PERAZOLO SÃO ENTREGUES - VÍDEO Nº 1 - FARINA

FALECIMENTO EM ROLÂNDIA - 27/09/2013

COM PESAR A FUNERÁRIA SANTA TEREZINHA INFORMA O FALECIMENTO DE:
ITAMAR ESTEVES - 67 ANOS 
O FALECIDO  ERA APOSENTADO TENDO TRABALHADO COMO ADMINISTRADOR DE FAZENDAS
DEIXA ESPOSA  FLORIPES GONÇALVES ESTEVES E 4 FILHOS
O VELÓRIO SERÁ  FEITO NA CAPELA CENTRAL A PARTIR DAS 16:30 HORAS.
OS NOSSOS SENTIMENTOS DE PESAR  À FAMÍLIA

CASAS DO JOSE PERAZOLO FORAM ENTREGUES EM ROLANDIA

Com  recursos do próprio trabalhador através da Caixa Econômica Federal captados das poupanças e do FGTS foram entregues hoje as chaves das Casas Populares que leva o nome do maior líder popular de Rolândia, José Perazolo. O 1º vídeo do evento já está "no ar" aqui neste Blog. Assistam... TEXTO e FOTO de JOSÉ CARLOS FARINA


JOHNNY LEHMANN NA FOLHA DE LONDRINA


Desvios de função em Rolândia
O Ministério Público (MP) do Paraná pede na Justiça o retorno de servidores que estariam em desvio de função na Prefeitura de Rolândia (Região Metropolitana de Londrina). Segundo ação civil pública contra o prefeito Johnny Lehmann (PTB), mesmo depois de recomendação administrativa feita em 2010, o município não resolveu o problema, ocasionando danos ao erário em razão de ações trabalhistas levadas à Justiça por pessoas que atuaram em cargos diferentes daqueles definidos no concurso público. Na ação, o MP também pede o fim das cessões de funcionários comissionados para outros órgãos instalados na cidade. "Contraria a lógica da sua criação e provimento", diz a ação. 

HOMENAGEM A JOSÉ PERAZOLO COM O NOME DE CASAS POPULARES

O saudoso ex-prefeito José Perazolo será homenageado hoje com o nome de um Conjunto de Casas Populares financiadas pelo Sistema Financeiro de Habitação da Caixa Econômica Federal ( gerido com recursos das poupanças e FGTS do trabalhador. Desejamos que todos os moradores sejam muito felizes em suas casas próprias. Não havia um nome melhor para este homenagem pois Perazolo era um político que amava o povo trabalhador e entendia as suas necessidades. JOSÉ CARLOS FARINA