quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

LINDA LUA CHEIA EM ROLÂNDIA E REGIÃO

INDA LUA EM LONDRINA!

Imagem: Juliano Santana Pita.  Curta: https://www.facebook.com/NewsLondrina . Siga a News Londrina também no Twitter:https://twitter.com/news_londrina

Londrina recebe mais um canal abertos em HD TV ( Alta definição digital )


A televisão londrinense ( norte do Paraná ) ganhou mais um canal em alta definição neste mês de dezembro. A RIC TV, retransmissora da Record, canal 9.1 entrou também "no ar" nesta semana. Agora temos a RPC Globo 3.1, Rede Massa 5.1, retransmissora do SBT,  Tv Tropical, CNT, 7.1, Tarobá BAND 13.1, Rede Vida 18.1. 

Segundo o Ministério das Comunicações, em março de 2015 começa o desligamento de transmissões analógicas em 1.521 municípios brasileiros. O cronograma completo ainda não foi definido pela pasta.

Aqui em Rolândia estamos sintonizando estes canais com alta definição,som e imagem.

JOSÉ CARLOS FARINA

   

PREFEITURA MANDOU REAVALIAR AS CONDIÇOES INSALUBRES DOS SERVIDORES

O vereador Manoel Ardigo concedeu uma entrevista hoje (18/12/13) ao radialista Ted Perez da radio Terra Nativa e disse que convocou uma reunião na prefeitura para ouvir as secretárias da saúde, da  educação, jurídico, sindicato, empresa Mestre e técnicos de segurança do trabalho para resolver uma reclamação do pessoal que perdeu insalubridade. Ficou decidido que até o dia 20 de janeiro a empresa Mestra vai fazer uma reavaliação dos casos em dúvida e depois informar o prefeito. JOSÉ CARLOS FARINA

Dilma escolhe aviões caças suecos para a FAB

FOLHA.UOL.COM
PUBLICIDADE
ANDRÉIA SADI
DO PAINEL, EM BRASÍLIA
NATUZA NERY
DE BRASÍLIA
IGOR GIELOW
Após mais de dez anos de discussão, a presidente Dilma Rousseff decidiu pela aquisição de caças Gripen NG, da sueca Saab, para a FAB (Força Aérea Brasileira) para o programa FX-2.
O ministro da Defesa, Celso Amorim, e o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, anunciaram hoje a aquisição dos caças. No sábado, o Painel havia antecipado que a presidente havia comunicado ao presidente da França, François Hollande, que o Brasil não compraria da França as 36 aeronaves.  Decisão se arrastava desde 2001; entenda o caso É um final surpreendente para a disputa, que teve ao longo do segundo governo Lula o francês Dassault Rafale como o principal favorito --o avião chegou a ser anunciado como escolhido pelo presidente e seu colega Nicolas Sarkozy em 2009, mas o governo brasileiro recuou após a insatisfação da FAB, que não havia sido consultada sobre a decisão.

Gripen, da sueca Saab

O caça sueco Saab Gripen NG, durante voo
Contra o Rafale sempre pesou a questão do preço: seu pacote inicial chegava a US$ 8 bilhões, embora descontos tenham sido negociados. No governo Dilma Rousseff, os americanos e seu Boeing F/A-18 passaram à dianteira por causa de sua oferta comercial mais atraente, de declarados US$ 7,5 bilhões mas com diversas compensações. A Boeing chegou a associar-se para vender o novo cargueiro da Embraer, o KC-390. Só que o escândalo da espionagem da Agência Nacional de Segurança americana, que incluiu Dilma no rol das autoridades alvo de arapongagem, derrubou politicamente o F-18. Com isso, o pequeno Gripen, avião criticado por ser menor do que os concorrentes e menos testado em combate, voltou à condição de favorito que a própria FAB havia declarado em seu primeiro relatório sobre a escolha, em dezembro de 2009. O pacote de 36 aviões foi oferecido por US$ 6 bilhões, mas a compra pode acabar em torno de US$ 5 bilhões.

ROLÂNDIA - REAJUSTE DO FUNCIONALISMO SERÁ DE 5%

Em entrevista à Rádio Terra Nativa com o radialista Ted Perez o secretário das finanças do município  Dr. Cremonezi afirmou que esteve em reunião hoje a tarde com o sindicato dos servidores e o prefeito chegando ao reajuste de 5%, com a data base em janeiro. O último reajuste tinha ocorrido em maio no indice de 8%. JOSÉ CARLOS FARINA

Lancha pega fogo no lago Igapó em Londrina

Duas pessoas ficaram feridas com queimaduras de primeiro e segundo grau

Redação Bonde
Uma lancha pegou fogo no lago Igapó por volta das 16h45 desta quarta-feira (18) próximo ao Iate Clube. O incêndio pode ter sido causado pela explosão do tanque de combustível. 

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as pessoas que estavam na embarcação pularam na água durante o incidente e procuraram ajuda no clube. Duas vítimas ficaram feridas com queimaduras de primeiro e segundo grau. 

Luiz Henrique Tiberio - <i>Imagem enviada à redação do Bonde pelo internauta Luiz Henrique Tibério</i>
Imagem enviada à redação do Bonde pelo internauta Luiz Henrique Tibério


Gabriele Melo, 22 anos teve ferimentos no joelho e na perna esquerda. Além disso, ela sofreu queimaduras de segundo grau nas pernas, na altura dos joelhos, e de primeiro grau nas mãos. João Felipe Niero, 19 anos, também ficou ferido na região do antebraço e com queimaduras de primeiro grau no braço esquerdo. As duas vítimas foram encaminhadas ao Hospital do Coração. Ambas estão conscientes e passam bem. 

O condutor da lancha não ficou ferido. Os integrantes da embarcação estavam sem coletes e foram auxiliados por salva-vidas do Iate Clube. 

Populares acompanharam a ocorrência da avenida Higienópolis. O incêndio na lancha provocou uma forte fumaça preta que pôde ser vista sobre o lago Igapó. 

MUHER MORRE APÓS cirurgia plástica - TUDO PELA VAIDADE

Mulher morre após cirurgia plástica no Paraná

Redação Bonde
Uma mulher de 34 anos morreu na última semana após passar por cirurgia plástica em Nova Aurora. Ângela Maria de Queiroz passou pelo procedimento para colocação de prótese de silicone nos seios e lipoaspiração no abdômen. 

Em entrevista ao portal G1 PR, o marido dela, Adenilson Ângelo dos Santos, disse que a mulher morreu em decorrência de embolia pulmonar, insuficiência respiratória e parada cardíaca. A cirurgia foi realizada na última quarta-feira (11). Ângela reclamou de fortes dores nas costas logo após o procedimento. 

De acordo com o marido, ela acordou no outro dia vomitando e com dificuldade para respirar. A mulher foi levada para uma clínica particular em Cascavel, onde foi constatado que não seria necessáriatransferência para uma Unidade de Terapia Intensiva. 

Adenilson reclamou ao G1 PR que a transferência para uma UTI poderia ter salvado a esposa. Ângela voltou para para o hospital em Nova Aurora e acabou morrendo no início da madrugada de sexta-feira (13). 

O advogado do hospital classificou a morte como fatalidade alegando que todos os procedimentos necessários foram tomados. Ele destacou que o médico responsável já realizou mais de 3 mil cirurgias nacarreira

Ângela deixa o marido e três filhos de 2, 5 e 15 anos de idade.

O MAIOR SEGREDO DO MUNDO É REVELADO


VÍDEO - 3 LADRÕES SÃO PRESOS EM ROLÂNDIA

Tribuna da Massa - Camargo

QUEDAS DE ENERGIA - RAIOS - FAÍSCAS - DANOS - CONCESSIONÁRIA COPEL

ReproduçãoQuem deve ser responsabilizado por danos em eletrodomésticos?

Redação Bonde
Uma dúvida geral é a quem pertence a responsabilidade sobre os danos em aparelhos eletrodomésticos provocados por queda de energia? De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que regula o serviço de distribuição de energia elétrica no Brasil, no caso de consumidores atendidos em baixa tensão, a concessionária deve, na maioria dos casos, ressarcir o consumidor por prejuízos causados em interrupções no fornecimento de energia. 

O engenheiro eletricista e segurança do trabalho Helmut Neubauer, conselheiro suplente da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica (CEEE) do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR), afirma que a distribuidora responde pelos danos elétricos causados a equipamentos instalados em locais atendidos em baixa tensão. Entretanto, Neubauer ressalta que existem algumas situações onde a concessionária pode se eximir do ressarcimento, como por exemplo: quando da não ocorrência de queda de energia no dia e horário informado pelo consumidor; quando ultrapassar 90 dias o período entre a data da ocorrência e a solicitação do ressarcimento; quando o consumidor realizar a reparação do equipamento antes da inspeção desse pela concessionária; se o equipamento tiver sido ligado na tensão incorreta; quando o laudo técnico atestar que o dano não teve origem elétrica, entre outros. Segundo Neubauer, demais informações poderão ser adquiridas por meio da própria distribuidora de energia como procedimentos e orientações técnicas, além dos prazos estabelecidos pela própria agência reguladora. 

Diante de tudo isso, vale lembrar que o consumidor também deve fazer a sua parte e adotar medidas preventivas e cita exemplos de ações simples, como desligar da tomada televisores e computadores durante a ocorrência de tempestades com descargas atmosféricas, interrupções do fornecimento de energia ou viagens longas. 



Para o engenheiro eletricista da CEEE, Sérgio Luiz Cequinel Filho, o Conselho tem uma importante missão na divulgação da participação dos profissionais da área de elétrica nesse tema. Além da inserção e valorização profissional, há a defesa da sociedade em relação a este tipo de problema, isto é, através da prestação de um serviço técnico refinado para apresentação à distribuidora local de energia. Para Cequinel, as concessionárias devem tanto exigir um responsável técnico pelo laudo sobre os danos aos equipamentos, como também a emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) sobre este serviço. Este documento do CREA-PR assegura a todas as partes envolvidas que o laudo foi realizado por profissional habilitado na área. 

Por meio da CEEE, o CREA-PR fortalecerá em seu plano de ação para 2014 a fiscalização destas atividades, através da aproximação com as empresas fornecedoras de produtos eletrodomésticos que possuem elevado número de empresas autorizadas. Serão ainda envolvidas neste diálogo as concessionárias e outros órgãos de regulação e de defesa do consumidor, no sentido de orientá-los quanto à contratação de profissionais e serviços técnicos. Além disso, atuará junto a entidades normativas no intuito de que os produtos colocados no mercado apresentem em seus manuais técnicos: os níveis de suportabilidade de oscilações de energia, recomendações e orientações sobre o uso seguro do equipamento, bem como a importância de que sejam sempre verificadas as instalações elétricas internas, de acordo com as normas técnicas vigentes no país.

SALÁRIO DOS DEPUTADOS FEDERAIS DO BRASIL - 6º NO MUNDO

EM DÓLARES AO ANO

Jardim Botânico de Londrina

Jardim Botânico reabre ao público

Ainda incompleto, o espaço volta a receber visitantes após dois anos de portões fechados
Fotos: Saulo Ohara
O valor total das obras é de R$ 22 milhões e já foram investidos cerca de R$ 17 milhões
Unidade ocupa uma área de 110 hectares na zona sul de Londrina
Londrina - Não foi a inauguração oficial e nem a primeira vez que o Jardim Botânico de Londrina, localizado na zona sul, abre ao público. Quem é de Londrina acompanhou de perto os passos lentos das obras que se iniciaram em 2008 e que até hoje seguem paulatinamente. 

Ontem de manhã, o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos esteve presente na reabertura do local, afirmando haver condições de uso. "O que temos é a iluminação da avenida (de acesso), as trilhas, o Centro de Visitantes, que estamos terminando de instalar, e os arboretos (plantas com placas indicando nome popular e científico). Não estamos fazendo nada de novo, mas dando condições para que o povo realmente frequente aqui", comentou. 

Além disso, um bebedouro deverá ser instalado na entrada do Jardim Botânico, assim como dois banheiros de contêiners improvisados até que seja aberto o processo licitatório no mês que vem. Segundo Cheida, o valor total das obras é de R$ 22 milhões e já foram investidos mais da metade, ou seja, R$ 17 milhões. 

"O que estamos fazendo agora, no custo de aproximadamente R$ 700 mil, são recursos integralmente pagos pela iniciativa privada. Não tem dinheiro público. São fórmulas que a gente também encontra na medida que vamos abrindo e tornando isso aqui mais conhecido. Outras pessoas, empresas, enfim, se interessam e acabam ajudando", comenta.

Os R$ 5 milhões restantes para a próxima etapa do Jardim Botânico serão aplicados para a conclusão da estufa do orquidário, anfiteatro a céu aberto, centro de convenções, salas de aula para educação ambiental, cafés, restaurante, lojas de utensílios de jardinagem, reforma dos lagos e jardins e a implantação do viveiro de mudas do IAP (Instituto Ambiental do Paraná) de Ibiporã (Região Metropolitana de Londrina). "Minha expectativa é que em março estejamos com as obras em andamento para a conclusão completa", revela. 

Iluminação
Ainda de acordo com Cheida, a iluminação pública foi feita pela Copel em acordo com o município, no valor aproximado de R$ 120 mil. Em relação à iluminação do Jardim, os custos são do Estado e já foram aplicados. 

Yolanda Marques e Benedito Pedro de Almeida são vizinhos do Jardim Botânico e os primeiros a frequentá-lo nesta reabertura. "Acompanhamos toda a obra, pois temos o hábito de caminhar por aqui. A expectativa não é tão grande porque sabemos das limitações nas instalações como banheiros, lixeira e até a própria roçagem. Vamos sempre cobrar melhorias para este lugar porque é uma importante área de lazer. É melhor abrir assim do que ficar fechado", opina Benedito. 

O londrinense Jorge Henrique Souza mora em Curitiba há muitos anos, mas aproveitou a estadia para visitar o Jardim Botânico de Londrina na companhia de um amigo americano. "É a primeira vez que venho e foi até uma coincidência saber que está sendo reaberto hoje. Ainda não cheguei a entrar, mas daqui de fora já dá para ver que tem uma boa área verde preservada", declara. 

De acordo com a engenheira agrônoma do Jardim Botânico, Patrícia M. Marques, o arboreto já conta com 99 espécies de árvores nativas do Estado do Paraná, como peroba-rosa, pinheiro-do-paraná, figueira, espécies de angico, entre outras. 

Preservação
O Jardim Botânico de Londrina foi criado em 2006, com o objetivo de promover a pesquisa, a conservação, a preservação e a educação ambiental, além de ser um espaço de lazer, em uma área de 110 hectares doada pelo Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). 

Em março de 2010 foi inaugurada, com o nome de Dr. Dalton Paranaguá (ex-prefeito de Londrina), a primeira etapa com as pistas de caminhadas, lagos e estacionamento. Meses depois, o local foi fechado visando a segurança e prevenção de acidentes aos visitantes, devido às obras da segunda fase do complexo. Houve muita cobrança por parte da população e o espaço foi reaberto ontem de manhã, mesmo sem muitas novidades. A abertura oficial do espaço, com a presença do governador Beto Richa (PSDB) está prevista para o dia 30 de janeiro. 

Serviço:
O Jardim Botânico de Londrina está aberto de quarta-feira a domingo, das 9 às 19 horas, na Avenida dos Expedicionários, 200, no Conjunto Residencial Vivendas do Arvoredo

Micaela Orikasa-Reportagem Local

COLUNA SOCIAL - Heydi Garcia

THIAGO NASSIF - FOLHA DE LONDRINA

Beleza é com ela: a maquiadora Heydi Garcia aciona a porção modelo em ensaio para as lentes de Ricardo Neves. Em ótima forma, a bela esteve no último final de semana em São Paulo. Além de madrinha, Heydi maquiou a amiga, Isabela Tacaki, que se casou com Fernando Sant’Ana