segunda-feira, 30 de junho de 2014

HOMEM RECEBE 3 TIROS AGORA EM ROLÂNDIA



JOVEM FICA EM ESTADO GRAVE APÓS BALEADO NESTA NOITE EM ROLÂNDIA!
Um jovem de 27 anos foi baleado por volta das 21:00hs desta segunda-feira(30) no Conj.Aviação.
Suhel Ahmed é de origem bengalesa, e fazia cerca de 10 meses que ele estaria aqui em Rolândia trabalhado, vindo de Bangladesh.
O rapaz foi baleado na cabeça com três disparos, as informações dão conta que ele estaria com uma certa quantia em dinheiro quando sofreu o atentado.
Ele não conta com passagens pela polícia, e trabalhava em um mercado na região do San Fernando.Suhel foi encaminhado em estado grave para o Hospital São Rafael e posteriormente seria transferido para Londrina devido a gravidade do ferimento.
A PM ainda faz diligências para tentar encontrar o autor dos disparos.

Rolândia - sorteio das residências do Ernesto Francisquini

JORNAL MANCHETE DO POVO



As 373 famílias contempladas no residencial Ernesto Francisquini, saída para São Martinho, participaram do sorteio da localidade de cada casa hoje de manhã no Rolândia Country Clube

Hoje estas famílias souberam qual é a quadra e o lote que cada uma delas terá direito a partir da entrega das residências. O superintendente Regional da CAIXA Econômica Federal, Olides Millezi Junior explica que no programam MCMV (Minha Casa Minha Vida) está previsto na fase que antecede a entrega da obra a realização do sorteio das famílias que foram encaminhadas pela secretaria de Ação Social e habilitadas para serem contempladas com o programa.

Após o sorteio, com a definição de cada morador em cada casa, a CAIXA realizará no mês de Julho a vistoria do empreendim
ento, a etapa final que é a entrega das casas feitas pela construtora Artenge e a geração dos contratos. “Se tudo correr bem as casas serão entregues no final de Julho”, afirma.

Entre os requisitos para fazer parte do programa a pessoa deve ganhar de um a três salários mínimos e não possuir imóvel financiado ou ter sido contemplada no MCMV em outro empreendimento.

Olides alerta que durante 10 anos as pessoas não poderão vender ou alugar este imóvel e caso seja identificado alguma irregularidade a CAIXA pode exigir a retirada do ocupante da casa. “As denúncias feitas passão por uma verificação judicial e se constatada a irregularidade a casa é desocupada e passada para outra família que faz parte da fila de inscrições”, ressalta.

Este residencial está sendo feito com a participação da Prefeitura Municipal de Rolândia e CAIXA Econômica Federal.

Roseli Oliveira dos Santos fez seu cadastro em Dezembro de 2013 e aguarda na fila para participar do sorteio. Ela tem duas filhos, uma de quatro anos e outra de nove meses. “Estou desempregada e não tenho como pagar aluguel, mas com fé em Deus vou conseguir ganhar minha casa”, destaca.

Segundo Ernesto Nogueira, secretário de desenvolvimento urbano, 2.495 mil pessoas estão inscritas no programa 373 famílias já foram contempladas no residencial Ernesto Francisquini.


Quanto as 396 unidades habitacionais do Residencial Tomie Nagatani, Ernesto afirma que a entrega está prevista para o final de agosto.



JORNALISTA ZOMBA DO DESCASO COM O ANIVERSÁRIO DE ROLÂNDIA

PARCERIA BLOG DO FARINA e GRUPO ROTKAPPENN DE ROLÂNDIA - DANÇA ALEMÃ - FOLCLORE (vídeos)

POVO BRASILEIRO E A COPA DO MUNDO SUPERFATURADA

APESAR DA ROUBALHEIRA POVO RECEBE BEM OS TURISTAS...

POVO BRASILEIRO RECEBE BEM A TODOS NA COPA DO MUNDO

JOSÉ CARLOS FARINA DO BLOG RECEBE ELOGIO ( Daniel )

OLHA AÍ
O LADO ALEMÃO
DO FARINÃO!
Caro José Carlos Farina revendo nos seus vídeos a festa de 80 anos de Rolândia fico encantado e agradecido mais uma vez! Nas ocasiões importantes para o nosso município você se faz presente e com o seu olhar e registro, você garante a nossa história. Obrigado! Não fumo, nem bem... e pior ainda: não como carne!  Abraço, Daniel
RESPOSTAJosé Carlos Farina mt obrigado Daniel pelas palavras elogiosas à minha pessoa... Deus abençoe sempre vc e sua família. Ah.. se nós tivéssemos uns 3 Daniel Steidle.... um abraço.

OS 10 MAIS VÍDEOS DE JOSÉ CARLOS FARINA NO YOUTUBE CLIQUE assista


Visualizações
14.698 (23%)
28.597 (19%)

5.903 (9,4%)
22.753 (15%)

4.322 (6,9%)
13.779 (9,2%)

3.511 (5,6%)
5.852 (3,9%)

1.630 (2,6%)
6.180 (4,1%)

1.036 (1,6%)
2.494 (1,7%)

813 (1,3%)
2.193 (1,5%)

750 (1,2%)
3.034 (2,0%)

664 (1,1%)
1.802 (1,2%)

649 (1,0%)
1.444 (1,0%)

domingo, 29 de junho de 2014

ROLÂNDIA NA FOLHA DE LONDRINA DE HOJE 29/06/14

Uma cidade que atrai indústrias

Rolândia chega aos 80 anos em processo de expansão econômica com o avanço da industrialização que responde por 45% do Produto Interno Bruto

Nos últimos seis anos, os habitantes de Rolândia viram sua cidade crescer, assumindo um perfil econômico com empresas dos mais variados ramos. Atraiu cerca de dez novas indústrias neste período, e gerou cerca de oito mil empregos, alavancando a economia da cidade. Pequenas e médias empresas locais também se desenvolveram e expandiram, passando a se destacar na região. 


Atualmente, a cidade possui 280 indústrias, cinco parques industriais municipais e três privados em construção. Neste ramo, destacam-se os setores do agronegócio, plásticos, metalmecânico, couro e de alimentos. "Uma das características da indústria de Rolândia é alimentos. Temos várias indústrias em expansão que são do setor, como da área da avicultura com a Big Frango e a Frango Granjeiro. São indústrias importantes. Temos outras indústrias de alimentos como a Dori, a Itamaraty e a Selmi", cita o prefeito de Rolândia, Johnny Lehmann (PTB). A indústria representa atualmente 45% do Produto Interno Bruto (PIB) do município, segundo informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. 

De acordo com Lehmann, a vinda à cidade da Selmi, indústria de massas que fabrica produtos das marcas Renata e Galo, marcou o início da "história de desenvolvimento" dos últimos seis anos. "Começamos a ser também procurados por muitas empresas da região e pelas próprias empresas da cidade que estavam querendo se desenvolver. No nosso foco de expansão industrial, é lógico que, embora tenhamos indústrias grandes, também queremos que indústrias médias e pequenas venham para cá. As pequenas e médias estão crescendo e se desenvolvendo." Desde 2009, a cidade recebeu 3.032 novas empresas de setores da indústria, comércio, prestação de serviços e agronegócio de todos os portes. 

O agronegócio é outro destaque da economia de Rolândia. Somando-se à capacidade de produção de oito empresas do ramo, o município totaliza, em capacidade total de armazenagem e moagem, 379 mil toneladas. "Rolândia historicamente é um município com forte atividade agrícola. A força do agronegócio se faz notar pelos vários investimentos feitos pelo setor, e ajudam e muito a alavancar a economia da cidade", comenta Ernesto Nogueira, secretário de Desenvolvimento Econômico de Rolândia. 

Vários fatores contribuem para a vinda e o desenvolvimento de empresas na cidade, afirma Lehmann. A localização geográfica e a logística são alguns deles. "Nossa localização geográfica é muito importante. Rolândia é um entroncamento importante ligando o Sul do País a outras regiões do Brasil como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul. Temos uma logística boa, que realmente favorece a criação de indústrias com rodovias e linha férrea." 

INCENTIVOS
Lehmann também destaca a política de incentivo fiscal do município, que com base em uma lei, dá incentivos a empresas que queiram se instalar em Rolândia com a participação na doação de parte de terrenos, isenção de impostos municipais, terraplanagem e infraestrutura do local. 

Ao se instalar em Rolândia, o empresário também precisa de mão de obra. "As empresas querem saber se tem mão de obra, e principalmente se tem mão de obra qualificada. Por isso nos preocupamos muito em fazer uma parceria com o Sesi e o Senai para preparar mão de obra qualificada." 

A continuidade do crescimento, porém, esbarra hoje na conquista de uma área para a instalação de mais indústrias. De acordo com o prefeito, existem 47 empresas aguardando espaço para se instalarem em Rolândia. Para isso, a prefeitura aguarda aprovação na Câmara de Vereadores de projeto de lei que altera o zoneamento industrial da cidade, mas de acordo com a presidente da Câmara de Vereadores de Rolândia, Sabine Giesen, trata-se de uma região com muitas propriedades rurais, e por isso a expansão da área industrial enfrenta resistência dos proprietários. "Vemos a situação com muita cautela." 

Porém, o prefeito diz já ver resultados do desenvolvimento econômico da cidade na saúde e na educação. "Toda escola do município tem quadra coberta hoje. Fizemos quatro creches, escolas e postos de saúde novos. Trouxemos para cá uma UTI, que não tínhamos. E vamos continuar a política de incentivo da industrialização. Uma vez que tivermos a área industrial, tenho certeza que expansão será imediata.
COMENTÁRIO: GOSTARIA QUE ALGUÉM DA PREFEITURA EXPLICASSE COMO PODE A CIDADE TER 280  INDUSTRIAS AO TODO E ATRAIR DE 2009  PARA CÁ MAIS DE 3.000 NOVAS EMPRESAS. NÃO CONSIGO ENTENDER. ALGUÉM CONSEGUE? FALANDO EM INDUSTRIAS NÃO ESTÁ NA HORA DE ALGUÉM PRESTAR CONTAS SOBRE O Nº DE EMPREGOS E ARRECADAÇÃO DA SELMI ONDE O MUNICÍPIO DOOU SÓ 30 ALQUEIRES PARA OS EMPRESÁRIOS?  A MAIOR DOAÇÃO DE TERRENO ATÉ HOJE EM ROLÂNDIA.... JOSÉ CARLOS FARINA


Anderson Coelho

VÍDEOS DO ANIVERSÁRIO DE ROLÂNDIA 2014 80 ANOS EXCLUSIVO By FARINA




-X-X-X-X-



-X-X-X-X-X-X-



-X-X-X-X-X-X-X


FOTOS DE VENDAS ANTIGAS E BARES ANTIGOS DO NORTE DO PARANÁ by FARINA

TODAS AS FOTOS E PESQUISAS SÃO de JOSÉ CARLOS FARINA - PERMITIDA A UTILIZAÇÃO DESDE QUE  MENCIONADOS  OS CRÉDITOS DAS FOTOS.
























VENDA DO CARAMURO By JOSÉ CARLOS FARINA





















VENDA DO CARAMURO By JOSÉ CARLOS FARINA




















VENDA DO CARAMURO By JOSÉ CARLOS FARINA




















VENDA DO CEBOLEIRO  By JOSÉ CARLOS FARINA






















VENDA DO CEBOLEIRO  By JOSÉ CARLOS FARINA 






















VENDA DO CEBOLEIRO  By JOSÉ CARLOS FARINA




















VENDA DA VILA OLIVEIRA  By JOSÉ CARLOS FARINA




















VENDA DO BARTIRA  By JOSÉ CARLOS FARINA 



















VENDA DA FLORESTA  By JOSÉ CARLOS FARINA




















VENDA DA FLORESTA  By JOSÉ CARLOS FARINA





















VENDA DA FLORESTA  By JOSÉ CARLOS FARINA





















VENDA DO  BANDEIRANTES By JOSÉ CARLOS FARINA




















VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA

















 VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA





















 VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA





















VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA 





















VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA 




















VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA






















VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA





















VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA




















VENDA DO CAMPINHO  By JOSÉ CARLOS FARINA

















VENDA VILA SAMPAIO ARAPONGAS    By JOSÉ CARLOS FARINA


























BAR DA PEDRA DE ROLÂNDIA     By JOSÉ CARLOS FARINA























VENDA DA WARTA   By JOSÉ CARLOS FARINA 
























VENDA EM LONDRINA   By JOSÉ CARLOS FARINA 




















Cambé - bY Machio)