quarta-feira, 4 de junho de 2014

MOÇA PÕE FOGO NA CASA PARA SER SALVA PELO NAMORADO MAS MORRE

Enviado por Fernando Moreira - 
04.06.2014
 | 
14h42m

Para ser salva pelo ex, mulher põe fogo em casa... mas morre

Katrina-Rose Black, de 21 anos, ligou para o ex-namorado, Anthony Ashworth, dizendo que estava sozinha em casa e que queria que ele fosse vê-la na residência em Burnley(Inglaterra). 

Após desligar o telefone, ela pôs fogo em roupas e esperou que Anthony aparecesse a salvasse. Ele não apareceu e Katrina-Rose acabou morrendo no incêndio

Investigadores descobriram que a jovem tinha um histórico de mentiras para chamar atenção, incluindo o falso drama de estar sofrendo de câncer, de acordo com reportagem do "Daily Mail". 

Foto: Katrina-Rose Black - Reprodução/Twitter(@Katrinarose92)

JUIZ CONCEDE LIMINAR CONTRA ADMINISTRAÇÃO JOHNNY LEHMANN


TED PEREZ PESQUISOU E INFORMOU

PREFEITO FOI OBRIGADO PELA JUSTIÇA A SUSPENDER PARTE DO CONCURSO.


CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS VAGOS DA 
PREFEITURA MUNICIPAL 
 DE ROLÂNDIA – ESTADO DO PARANÁ 

EDITAL Nº 004/2014 


O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ROLÂNDIA – PR, no uso de suas atribuições, 
em conformidade com o Art. 37 e seguintes da Constituição Federal, as Leis Municipais 
Complementares nº 055/2011, que dispõe sobre o Estatuto do Servidor Municipal, nº 
059/2011, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Município 
de Rolândia, e nº 060/2011, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e 
Remuneração dos Profissionais do Magistério e demais trabalhadores da Educação do 
Município de Rolândia e suas modificações e de acordo com as normas prescritas no 
Edital de abertura do Concurso Público nº 002/2014; 

CONSIDERANDO decisão liminar proferida nos autos de Mandado de Segurança 
Coletivo nº 5011991-91.2014.404.7001, impetrado pelo Conselho Regional de Técnicos 
em Radiologia – CRTR – 10ª Região/PR, relativo ao Edital nº 002/2014 de 19 de maio 
de 2014, publicado no DIÁRIO OFICIAL DOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ no dia 
26/05/2014. Edição 0502, de abertura de Concurso Público para Provimento nos Cargos 
Efetivos do Município de Rolândia, 



RESOLVE: 


I) Suspender o presente concurso público sine die, ESPECIFICAMENTE PARA O 
PROVIMENTO DO CARGO DE TÉCNICO DE SAÚDE PÚBLICA C – 
ASSISTÊNCIA TÉCNICA DE RADIOLOGIA, descrito no Edital nº 002/2014 no item 
3.1.53. 


Publique-se. Cumpra-se. 

Rolândia (PR), 03 de junho de 2014. 

João Ernesto Jonnhy Lehmann 
Prefeito Municipal 

DANIEL STEIDLE ALERTA VEREADORES CONTRA MANOBRA DO CHUMBO


Daniel Steidle  é altamente suspeito essa campanha de desistência da empresa do chumbo... não seria apenas + uma manobra para que a Câmara Rolândia agora possa mudar o Plano Diretor que protege a área rural? As 47 empresas pressionando continuam obscuras. E, segundo o Promotor Dr. Juscelino que nos atendeu ontem (depois do Baccarim e pessoas da Prefeitura) a qualquer momento o IAP pode emitir novas licenças e isso com a facilidade de mudança de zoneamento. O chumbo continua em Rolândia!
COMENTÁRIO: É verdade Daniel... Tá muito obscuro. FARINA 

BACARIN FALA SOBRE O CHUMBO EM ROLÂNDIA


Alberto Bacarin, autor dos projetos da Industria de baterias e reciclagem de chumbo que pretendia se instalar em Rolândia no km. 7 concedeu entrevista agora pouco na emissora de TV local e disse que os proprietários da empresa desistiram de se instalar no município. Ao ser perguntado de deixaram algum documento assinado disse que não. Foi só na conversa com o prefeito. Afirmou que tem 3 cidades para optarem agora... uma delas é Ponta Grossa. 

COMENTÁRIO: Segundo li agora pouco no Facebook, Daniel Steidle entende que ainda é cedo para comemorar... segundo ele isso pode ser uma manobra para aprovar um Parque Industrial no lugar, quando aí nem a  promotoria poderia salvar o meio ambiente. A arma agora é não mexer no zoneamento, segundo conselho da promotoria. "as nossas leis do Plano Diretor são ótimas e os vereadores não podem mudá-la sem audiências públicas" São Paulo já está sem água potável... alguém quer passar pelo mesmo sofrimento?.  JOSÉ CARLOS FARINA

  1. ROLÂNDIA CONTINUA SOB AMEAÇA DO CHUMBO!

    Prezado Público,
    Prezados Vereadores de Rolândia:

    A TÃO DIVULGADA “DESISTÊNCIA” DA EMPRESA DE BATERIAS EM ROLÂNDIA, NADA MAIS PARECE SER DO QUE UMA MANOBRA PARA “FACILITAR” UMA MUDANÇA DO ATUAL PLANO DIRETOR. 

    Plano Diretor, que segundo disseram Promotoras de Meio Ambiente em Audiência Pública, é a única proteção no momento que a nossa zona rural tem contra chumbo e similares.

    Se for verdadeiro o posicionamento declarado pelos senhores (a) Vereadores na Câmera, de “serem contra o chumbo” e poluição, não irão, nessa situação delicada, concordar com mudança do Plano Diretor que garante o bem estar de Rolândia.

    Pedimos sua atenção e sua coerência. 

    Atenciosamente,
    Mães de Rolândia preocupadas com a saúde e os empregos de seus filhos.

    Rolândia, 4 de Junho 2014

GILMAR MAZARI e EVALDO ULINSKI JUNIR NA FOLHA

THIAGO NASSIF - FOLHA DE LONDRINA

Gilmar Mazari e Marcos Maia recepcionaram convidados, na última semana, para celebrar citação da dupla, por tradicional publicação, no rol de melhores arquitetos da região sul. No coquetel, em vez de cerimonial, eles optaram por projetar, em grande escala, fotos de projetos e casas já construídas. Nos bastidores da noite, Maria Teresa do Prado Machado. Mais, nas fotos de Carmen Kley




Evaldo Ulinki Jr e Patrícia Ulinski

ROLÂNDIA - QUANTOS EMPREGOS GEROU A SELMI MACARRÃO GALO?

Ivan Fernando Hirsch

a SELMI, que já está instalada??? Promessa de 800 ou 1000 empregos??? e para quando??? Pergunto....

Fabricante de baterias desiste de instalar unidade em Rolândia - G1 Paraná - Paraná TV 2ª Edição - Vídeos - Catálogo de Vídeos

Depois de muita pressão popular ...o chumbo foi embora de Rolândia.

G1.GLOBO.COM

Ivan Fernando Hirsch Daniel Steidle, Adrian Saegesser, Cristina Pieretti de Souza,  Paulo Farina... assim não adianta mesmo vir indústrias para Rolândia. Em alguns casos ganham terrenos ou isenções de impostos... mas a população não tem o retorno dos empregos. 


comentários do Facebook

Adrian Saegesser De acordo com a Dr. Yabe este tipo de indústria ( de chumbo) iria gerar no máximo 20 empregos! Pois é tudo feito com máquinas...

COMENTÁRIO:
BOA PERGUNTA... A PREFEITURA DOOU 13 ALQUEIRES PARA A SELMI ... E FAZ TEMPO... E ATÉ AGORA NINGUÉM MOSTROU O NÚMERO DE EMPREGOS PARA O POVO DE ROLÂNDIA. JOÃO DA SILVA.

ROLÂNDIA - MAIS DÚVIDAS SOBRE O CHUMBO

POR QUE O BACARIM (REPRESENTANTE DA EMPRESA DE CHUMBO) O SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE MÁRCIO KOLAROVICK, O ROGÉRIO ASSESSOR DE IMPRENSA E O PROCURADOR DA PREFEITURA JEFFERSON MATIAS ESTAVAM JUNTOS NO FÓRUM CONVERSANDO COM O PROMOTOR HOJE A TARDE? POR QUE ELES ESTAVAM JUNTOS COM O BACARIM DA EMPRESA DE CHUMBO?
COMENTÁRIO: Fique calma Cristina... vai ver que eles foram comunicar a retirada definitiva dos projetos na Prefeitura e IAP....

ASSALTO AO BANCO ITAÚ CAUSA TUMULTO EM LONDRINA

  • Trio invade e quebra vidros do banco Itaú na Vila Casoni, região central em Londrina

  • Juliana Leite





Um assalto praticado na tarde desta terça-feira (3) à agência bancária do Itau, na Rua Belém, Vila Casoni, na região central de Londrina, mobilizou diversas viaturas da Polícia Militar (PM).
Três ladrões invadiram o local, quebraram vidros e dispararam contra o estabelecimento. Eles tomaram um veículo GM/GOL de assalto para fugir. O carro foi encontrado abandonado no estacionamento da Rodoviária de Londrina.
Equipes realizaram no período da tarde um grande cerco nas imediações, pois a suspeita era que a dupla tinha se escondido em uma das residências na Vila Santa Terezinha.
Porém, até as 18h30 ninguém havia sido detido. O montante levado da agência não foi divulgado.

CHUMBO DE NOVO NA FOLHA DE LONDRINA

04/06/14 - FOLHA DE LONDRINA


Fábrica de baterias não será instalada em Rolândia

Rolândia - Após a pressão da comunidade e a recomendação do Ministério Público (MP), a Prefeitura de Rolândia confirmou ontem que o empreendimento para fabricação de pilhas e baterias não será mais instalado na zona rural do município.

De acordo com secretário de Desenvolvimento Econômico, Ernesto Nogueira, a empresa comunicou a desistência ao prefeito Johnny Lehmann na última sexta-feira. Assim, o grupo responsável pelo empreendimento deve procurar outro município. "É uma pena. A empresa iria investir R$ 20 milhões para gerar entre 500 e 700 empregos. Quem perde é a cidade Rolândia", afirmou Nogueira.

A polêmica sobre a instalação teve início com a licença prévia emitida pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), em favor do empreendimento, com base na certidão de não óbice proveniente da Prefeitura. No entanto, o MP recomendou a revogação dos documentos após a realização de uma audiência pública. Segundo a promotoria, a licença não possui validade, pois o zoneamento municipal não prevê a instalação de indústrias com potencial poluidor na área rural.

O objetivo da empresa era instalar a indústria no lote 133-A da PR-170, entre Rolândia e Porecatu, na região do Distrito de São Martinho. A comunidade se manifestou contrária ao projeto, já que a área escolhida pelos empresários fica próxima de nascentes, o que poderia provocar danos ambientais.

Questionado sobre a atração de indústrias "limpas", Nogueira respondeu que a secretaria trabalha para trazer investimento de diferentes setores para o município. "Nós incentivamos a instalação das empresas e não podemos afirmar o que pode ou não. Quem tem que avaliar isso são órgãos oficiais. Rolândia está aberta para receber todas as propostas", ressaltou. Rafael Fantin-Equipe Bonde-
COMENTÁRIO: Eu votei nesta equipe na eleição de 2008. Aí me decepcionei com a forma em que trataram o meio ambiente e nesta última eleição de 2012 votei e trabalhei para o saudoso Fábio Nogaroto.  Agora eu imagino a decepção daqueles que votaram... o repórter perguntou  para o Ernesto se o novo parque é para industrias limpas ( que não poluem) e ele ao invés de tranquilizar o povo dizendo que sim,  responde que quem vai decidir são os órgãos oficiais. Ora o povo votou neles ou nos órgãos oficiais? se eu fosse vereador votava mil vezes contra este projeto. Tá na cara que vem industrias perigosas para este local onde querem montar este novo Parque Industrial. Acorda Rolândia!...  JOSÉ CARLOS FARINA