terça-feira, 24 de junho de 2014

LADRÃO BURRO ACESSA A NET NA CASA DA VÍTIMA E É IDENTIFICADO E PRESO

UOL.COM.BR

Redes sociais ''denunciam'' fraudes, roubos e outros crimes; veja

Imagem 62/62: 24.jun.2014 - Com a ajuda do Facebook, a polícia Minnesota (EUA) identificou o homem que invadiu uma casa na cidade de South St. Paul, onde furtou cartão de crédito e dinheiro. Isso porque Nicholas Wig (esq), 26, usou o computador da vítima - ausente na hora da invasão - para conferir seu perfil na rede social. Como Wig não se desconectou do Facebook, o dono da casa, James Wood (dir), conseguiu identificar o ladrão. Wig já tinha passagem pela polícia e pode pegar até dez anos de prisão, além de multa de US$ 20 mil (cerca de R$ 44,5 mil)Reprodução/CBS Minnesota

CORPO DE UM HOMEM ENCONTRADO EM RIACHO

Em Londrina!
Um corpo de um homem foi encontrado dentro de riacho na Gleba Lindóia em Londrina na tarde desta terça-feira (24). A princípio ele teria sido morto a tiros e depois jogado no riacho, a vitima estava com as pernas amarradas. O Corpo ainda está sem identificação.

TREM PÉ VERMELHO FOI APROVADO PARA O NORTE DO PARANÁ ??

FOLHA DE LONDRINA

23/06/2014

Ministério seleciona projetos para implantação do Trem Pé Vermelho

Portaria do Ministério das Cidades publicada nesta segunda-feira (23), no Diário Oficial da União, seleciona projetos para a implantação do Trem Pé Vermelho. A obra vai ligar as regiões de Londrina e Maringá em um trecho ferroviário de 122 quilômetros com custo estimado em R$ 700 milhões. 


O empreendimento foi aprovado pelo Comitê Gestor do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) no dia 27 de fevereiro e terá recursos da União. A obra fará parte do Plano de Mobilidade Urbana e Trânsito do Governo Federal. A portaria, no entanto, não estabelece prazos. 


A Secretaria de Infraestrutura e Logística do Paraná informou que aguarda resposta nesta semana do Ministério das Cidades para a formalização de convênio que permitirá o uso do recursos para licitação do projeto executivo do Trem Pé Vermelho. O pedido do recurso via PAC foi solicitado em 2012 e novamente em 2013 e, agora está sendo liberado para a elaboração do projeto que definirá o melhor traçado do trem, de tal forma que não interfira na atual ligação feita pela América Latina Logística. Com o projeto elaborado, o governo federal - que é o responsável legal pelos investimentos ferroviários - poderá definir pela construção da ferrovia, melhorando a mobilidade na região. 



Os valores foram considerados conforme o trajeto, tempo de viagem e número de paradas até o destino final. A tarifa deve ser definida pelo administrador do serviço e vai competir com a do transporte rodoviário. A capacidade total do transporte poderia chegar a 766 passageiros. 


Uma opção apresentada pelo estudo foi a construção de uma linha alternativa para o transporte de cargas. Isso afastaria o serviço dos centros urbanos. Além disso, as atuais linhas férreas seriam usadas pelos veículos leves sobre trilhos, conhecidos como VLT, facilitando a instalação de estações com melhor acesso para a população.

Lucas Emanuel Andrade - Redação Bonde