quarta-feira, 27 de agosto de 2014

NOTA DE FALECIMENTO EM ROLÂNDIA - 27/08/14

NOTA DE FALECIMENTO
INFORMAMOS
O FALECIMENTO DE ANTONIO LORENA NETO, 61 ANOS
VELÓRIO  NA CAPELA DA VILA OLIVEIRA

SEPULTAMENTO SERA NO DIA 28/08/2014 ÁS 11:00 HORAS

TARADO É PRESO EM FLAGRANTE EM ROLÂNDIA


NESTA NOITE EM ROLÂNDIA!
Um homem foi detido no inicio da noite desta quarta-feira(27) próximo ao armazém IBC acusado de ter mostrado os órgãos genitais para algumas mulheres que estavam passando pela rua.
Sergio Eduardo Inocêncio foi encaminhado para o 15°BPM juntamente com as três vitimas que resolveram representar contra o mesmo.

As mulheres ficaram revoltadas com a atitude do sujeito ,que mostrou a “mixaria”inclusive para uma criança que estava com as mulheres.

ROLÂNDIA - CIDADÃO RECLAMA DO ASFALTO DA CIDADE E BAIRROS


PASSO POR ARAPONGAS, VEJO VÁRIAS RUAS DO CENTRO DA CIDADE TOTALMENTE RECAPEADAS, ASFALTO NOVINHO EM FOLHA, SINALIZAÇÃO HORIZONTAL IMPECÁVEL. PASSO POR APUCARANA, A MESMA COISA . VOLTO PARA MINHA CIDADE, ROLÂNDIA, VEJO PEDRINHAS JOGADAS NOS BURACOS, UM TAPA-BURACOS BEM MEQUETREFE (FRAQUINHO). DIFÍCIL ...

ROLÂNDIA - 3 NOVOS "LIXINHOS " E UM BUEIRO SEM TAMPA

27/08/14 - PEDIMOS PROVIDÊNCIAS AO SR. PREFEITO... VEREADORES  E  SECRETARIA DE LIMPEZA PÚBLICA. FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA















































RUA LAGO DE ITAIPU - JARDIM DO LAGO













REPRESA DO INGAZINHO - RECANTO  TURÍSTICO













AO LADO DO ANTIGO BIG FRANGO













ESTRADA DO INGAZINHO - AO LADO DA CASA DE SERGIO MOURA

JOHNNY LEHMANN NA FOLHA DE LONDRINA DE HOJE ( 27/08/14 )


Comissionados em Rolândia
O Ministério Público (MP) do Paraná apresentou à Justiça, na semana passada, ação civil pública contra o prefeito de Rolândia (Região Metropolitana de Londrina), Jhonny Lehmann (PTB), e mais três servidores do município, por ato de improbidade administrativa. Eles seriam os responsáveis "pelo uso inadequado da máquina pública, caracterizado pela nomeação de servidores para ocupar cargos comissionados que não tinham previsão legal", segundo o MP. 

Cargos extintos
Embora a ação civil pública não tenha sido divulgada, a assessoria de imprensa do MP informou que a irregularidade em Rolândia teria ocorrido a partir de duas leis sobre o funcionalismo. Em novembro de 2009 a administração municipal criou uma modalidade de cargo em comissão, que passou a contar com nove vagas. Dois anos depois, em dezembro de 2011, foi promulgada outra lei que reduziu a quantidade de vagas desse mesmo cargo, para quatro vagas. Como não houve exonerações, cinco comissionados ficaram no cargo irregularmente. "A atitude esperada do Poder Público era a exoneração dos cargos que excediam à previsão legal." O MP requer que os réus sejam responsabilizados e que devolvam aos cofres públicos a remuneração paga a esses servidores entre janeiro de 2012 e abril de 2013. 

'Não houve má-fé'
O procurador-geral da Prefeitura de Rolândia, Jeferson Luiz Matias, negou má-fé da administração. Segundo ele, houve "equívoco administrativo" de servidores quando foi aprovado em 2011 o PCCS (Plano de Cargos Carreiras e Salários) no município. Ele informou que a redução dos cargos ocorreu sem o conhecimento do prefeito, "pois não havia a intenção de suprimir os cargos e isso foi descoberto apenas em 2013, quando, inclusive, foram exonerados os que estavam irregulares". Ele informou, ainda, que foi aberta sindicância que resultou em sanções administrativas aos servidores envolvidos.