segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

VÍDEO ENTREVISTA COM O PIONEIRO ATÍLIO LOVATO By FARINA


VÍDEO CÂMARA APROVA PISO SALARIAL PARA AUXILIARES DE ENFERMAGEM - By FARINA


Rolândia: Mais denuncia na área de saúde


01/12/14 - 15:30 horas - Agora no programa Ted Perez da Rádio Cultura de Rolândia. Reclamação contra o PA da Vila. "Médico clínico sempre tem, mas pediatra as vezes não... Faço um clamor ao prefeito e ao vice: - Se o PA é um pronto atendimento tem que haver uma escala para que não falte pediatra". Quem atendeu o filho do radialista 
Ted Perez foi um ortopedista.  Atendeu bem mas e se fosse um caso mais grave? - perguntou.  Dona  Tereza ligou reclamando do serviço de ambulância. Ficou esperando sentada no meio fio em Londrina a viagem de volta para Rolândia. Assessoria de imprensa ligou e disse que vai explicar o ocorrido.

Escola Vitório Franklin de Rolândia comemora 50 anos ( história )



 
Reunidos em diversas atividades, os alunos da Escola Municipal Vitório Franklin tiveram um dia diferente na sexta-feira 28 de novembro. A programação que comemorou o cinquentenário da instituição teve início às 13 horas e se estendeu durante a tarde toda, com exposições de fotos da escola na década de 60 e também trabalhos dos alunos que hoje estudam lá e que foram elaborados no decorrer do ano letivo.

Os alunos de Inglês das professoras Cleonice Carneiro, do 4º e 5º ano, e Leda Aparecida de Souza, do 4º ano vespertino, realizaram apresentação aos familiares e amigos com dois temas: a dança “My Week” e o teatro “The Forgotten Family”, que destacaram a capacidade de aprendizagem em cada aluno, com a presença da língua inglesa no cotidiano.


“Nem todos estão aptos a apresentarem uma peça de teatro ou uma música em inglês, mas todos perceberam que, com a união, se faz a diferença para aprender, assim como o teatro explica que a família tem seus contrapontos, mas deve permanecer unida”, afirmou a professora Cleonice Carneiro.

Na sequência, a apresentação das 16h ficou por conta da fanfarra da Escola Vitorio Franklin, que animou o público. O aluno Leonardo Gilio Konno, do 3º ano B vespertino, faz parte das aulas que acontecem todas as sextas-feiras, e afirma diversão ao tocar. “O ensaio com o professor Jorge da Acrebi é muito legal, pois interagimos uns com os outros e podemos realizar apresentações aos amigos e familiares que gostam”. O projeto existe há quatro anos e faz parte de aulas adicionais da escola com a participação do ensino infantil ao fundamental.

O professor Jorge Luis Gomes, da Associação Cultural e Recreativa Banda Integração de Rolândia (Acrebi), declara a escola como uma das existentes de projetos de fanfarra, há 30 anos. “Os tempos eram outros, mas as aulas de fanfarras eram destaques em quase todas as escolas. O projeto que utilizamos hoje é por meio do Fundo Municipal de Cultura, que nos dá oportunidade de incentivar a pratica da fanfarra junto com a parceria da escola”.
Hoje a diretoria da escola é representada por Adriana de Souza Segato, que avalia o histórico e a programação escolar através de uma amostra de trabalhos realizados por alunos que vivenciam o presente da escola e compartilham com ex-professores e alunos a emoção do passado, por meio de fotos e lembranças.  

Histórico - Em 29 de julho de 1964, com o nome “Escola de Aplicação” anexa à Escola Normal Colegial D. Pedro II, teve sua primeira diretora Margarida Checchia Vallim. Ela também trouxe recursos para terminar a construção da escola através da Secretaria de Educação do Estado.  Já em 74 passou a se chamar “Complexo Escolar Guilherme de Almeida” e em 76 por meio do processo de municipalização do ensino a então escola desmembrou-se do complexo e passou a chamar-se “Escola Municipal Doutor Vitório Franklin”. Trata-se do nome de um funcionário da Secretaria de Educação de Curitiba, que ajudou a diretora Margarida, na época. Ass. de imprensa da prefeitura.

HOMEM MATA NAMORADA E DEPOIS TENTA SUICÍDIO

Jovem de 22 anos é assassinada em Coronel Vivida

Uma linda jovem de 22 anos de idade foi encontrada em óbito pela própria mãe próximo ao meio dia deste sábado 29/11 no bairro Camiloti em Coronel Vivida.  Vanessa Piva era estudante e cursava odontologia em  faculdade de Cascavel, iria se formar em janeiro próximo. Pelas primeiras informações ela teria ido ainda na noite de ontem (sexta-feira) entregar alguns pertences na casa do seu namorado, pois ela estaria terminando o relacionamento. Como a filha não voltou pra casa, e não atendeu os telefonemas, a mãe decidiu ir até a casa do empresário, que é dono de uma gráfica em Coronel Vivida para saber o que estava acontecendo, momento em que ela encontrou o corpo da filha já sem vida no interior da residência, informações da polícia é de que um  tiro foi a causa da morte. O namorado foi encontrado em seguida agonizando dentro da sua empresa no centro da cidade com um tiro na cabeça, e passa a ser o principal suspeito de ter cometido o crime. Vanessa é filha de Emir Piva, o Piva Veterinário da San Rafael de Coronel Vivida.

Praça da Feira de Domingo terá banheiros



 Um antigo desejo dos feirantes vai virar realidade. Começam nos próximos dias as obras de construção de sanitários na praça  onde há feira todos os domingos. Com projeto executado pela prefeitura, a obra será erguida pela Construtora Favoreto, a pedido do prefeito.

Os sanitários, masculino e feminino, adaptados para deficientes, terão 11,5 metros quadrados e serão utilizados apenas aos domingos, pelos frequentadores da feira. A manutenção será de responsabilidade dos feirantes. Os banheiros ficarão na esquina das ruas Arthur Thomas e Goiás.

O local será demarcado e cercado em dezembro, mas as obras vão começar efetivamente em janeiro, com previsão de término em fevereiro, por conta das férias coletivas dos funcionários da construtora.

A Construtora Favoreto aceitou o pedido do prefeito para construir os novos sanitários depois que comprou a área onde funcionava o posto de saúde – era ali que funcionava, precariamente, o banheiro que os feirantes e freqüentadores utilizavam.

Com a demolição do antigo posto de saúde, que estava sendo de abrigo para andarilhos e ameaçando a segurança dos moradores vizinhos, a construtora concordou em construir o novo banheiro.

Em parte daquela área, a Favoreto vai erguer, nos próximos quatro anos, um empreendimento comercial com lojas no térreo e oito andares de escritórios, num total de 9 mil metros quadrados de área construída, segundo o engenheiro de obras da construtora.


NOTA DE FALECIMENTO ROLÂNDIA 01/12/14

 
FUNERÁRIA BOM PASTOR COMUNICA O FALECIMENTO DE:

1)- DR. LEONARDO SARAIVA, 74 ANOS.
VELÓRIO: CAPELA CENTRAL
SEPULTAMENTO: DIA 02/12 AS 10 HORAS.
OBS.: Dr. Leonardo Saraiva era dentista e tinha consultório na esquina da Caixa d´água.Ele era irmão de Marlene Saraiva, cunhado de Nelson de Paula e sobrinho do ex-prefeito Amadeu Pucine. . Ele era meu amigo. Ótimo profissional. Pessoa muito divertida. Alegre. Ele tinha perdido um irmão ( LOLI)  a pouco tempo. Já está fazendo falta. Que Deus o tenha em sua glória.

FUNERÁRIA SANTA TEREZINHA COMUNICA O FALECIMENTO DE:

2)- TEREZA FÁTIMA GOMES, 77 ANOS.

A FAMÍLIA AINDA NÃO INFORMOU.

NOSSOS SENTIMENTOS DE PESAR ÀS FAMÍLIAS

BETO RICHA MUDA O COMANDO DO IAP EM LONDRINA - NELSON SANTOS PEREIRA VOLTA

Em "decisão política", IAP muda chefia regional do órgão em Londrina

Raimundo Maia Campos Júnior deixou o cargo após ser exonerado pelo governador Beto Richa (PSDB) na última sexta-feira. Em seu lugar assume Nelson Santos Pereira

  • Fábio Calsavara, com informações da RPCTV
  •  
  • O escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) em Londrina tem um novo chefe. Raimundo Maia Campos Júnior foi exonerado pelo governador Beto Richa (PSDB) na última sexta-feira (28). O decreto 12.682/2014, que oficializa a saída de Campos Júnior, foi publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (1º). Em seu lugar deve assumir Nelson Santos Pereira, funcionário de carreira do IAP.

A troca de comando do IAP aconteceu no dia seguinte à autuação por parte do instituto a uma concessionária de veículos por poluição no Ribeirão Quati. A Ford Tropical teria, segundo identificou Campos Júnior, jogado nas galerias a água resultante da lavagem de carros. Além da multa, cujo valor ainda deve ser decidido pelo IAP e pelo Ministério Público, a concessionária deverá adotar medidas compensatórias pelos danos causados.
Além do sabão, que formou uma grande quantidade de espuma, os técnicos encontraram resíduos de óleo e graxa. Em nota encaminhada à RPCTV, a empresa informou que a concessionária funciona no local há 10 anos e que só tomou conhecimento da poluição depois que o caso foi divulgado pela imprensa. A lavagem dos carros foi imediatamente suspensa, garantiu a empresa na nota. A concessionária também informou que as medidas necessárias serão tomadas para que novos casos não sejam registrados.
A assessoria de imprensa do IAP nega qualquer relação entre a fiscalização e a troca de comando na sede regional do órgão. Segundo o instituto, a mudança tem caráter político e foi feita de modo a valorizar o trabalho do servidor nomeado para o cargo.