segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

ADVOGADO ADVOGADOS ADVOCACIA EM ROLÂNDIA TELEFONE


DR. LUCAS FERNANDO DA SILVA

FONE: (43) - 3016-2995

DOIS HOMICÍDIOS EM ROLÂNDIA COM PRAZO DE MINUTOS NO DOMINGO

Rolândia: Após homicídio carro é incendiado
no São Fernando

A PM, até o momento, não sabe qual teria sido a motivação do crime

Da redação, em Tribuna do Norte

Um carro GM/Vectra, de cor prata (placas AJL-1319), foi incendiado durante a noite deste domingo (28), na cidade de Rolândia. Segundo informações da PM, um homicídio teria motivado a atitude de amigos e familiares da vítima.
Por volta das 18h30min equipes da PM compareceram à Rua Francisco Ramos Pereira, na região do São Fernando, onde inicialmente soube-se de uma ocorrência de disparos de arma de fogo. Segundo relatório policial, foi informado que alguns indivíduos estariam arrastando uma pessoa para as margens de um lago próximo ao local, no mesmo bairro, e que ali tentaram disparar contra ele, para em seguida joga-lo na água.  No momento em que policiais chegaram no local, foi notado o carro em chamas, na rua mencionada. O corpo de bombeiros foi acionado para controlar as chamas. Em diligências, equipes foram até às margens do lago, onde havia grande número de pessoas e, uma ambulância dava atendimento a um homem que havia sido ferido com os tiros. O homem estava em óbito no momento em que policiais chegaram. O homem foi identificado como Tiago Henrique Fonseca. A princípio, familiares não souberam o que teria motivado o crime.  Informações colhidas no local foram repassadas à Polícia Civil. Até a tarde desta segunda-feira (29) ninguém havia sido detido. FOTO By JOSÉ CARLOS FARINA

VÍDEO COM NOVAS IMAGENS DO FUSCA QUE PEGOU FOGO ( TAROBÁ )

Raio mata quatro pessoas na Praia Grande

  RIC Mais

As vítimas foram atendidas imediatamente pelos bombeiros, mas não resistiram à descarga elétrica Quatro pessoas morreram atingidas por um raio no início da tarde desta segunda-feira (29). Os veranistas tentavam se proteger de um temporal em um quiosque na praia do Canto do Forte, em Praia Grande, litoral de São Paulo.

Foto: Divulgação/ Polícia Militar-SP
As vítimas foram atendidas imediatamente pelos bombeiros, mas não resistiram à descarga elétrica
Estadão Conteúdo
Um raio matou quatro pessoas no início da tarde desta segunda-feira (29) no Litoral de São Paulo. A descarga elétrica caiu sobre um quiosque na beira da praia, em Praia Grande.
As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e levadas ao Hospital Irmã Dulce, onde os óbitos foram constatados. Outras quatro pessoas ficaram feridas e permanecem internadas.
O temporal que caiu durante a tarde provocou estragos na região. Na cidade de Santos, parte do teto de um shopping caiu e assustou os frequentadores, mas não houve vítimas.
A temperatura elevada durante a manhã, em torno de 36°C, segundo a Climatempo, levou muitos veranistas às praias da Baixada Santista. O tempo começou a mudar por volta das 13 horas e muita gente deixou as areias em busca de proteção contra os raios, conforme orientam os bombeiros. As vítimas de Praia Grande foram atingidas no exato momento em que procuravam se proteger nos quiosques.

Rolândia: Mato alto na Ciclovia e linha férrea

28/12/2014 - Vila Oliveira - Em frente a Rua Almeida Porto. foto by José Carlos Farina

VÍDEOS CRIMES HOMICÍDIOS DO LAGO SÃO FERNANDO NA GLOBO

CLIQUE PARA VER O VÍDEO














FOTO By FARINA

TRÊS HOMICÍDIOS EM ROLÂNDIA ONTEM

www.portalregionalweb.com

img_3423Dois deles ocorreram ontem à tarde e estariam relacionados; em outro caso, homem foi morto a golpes de faca.

Após ter o próprio Vectra incendiado na Rua Francisco Ramos Pereira, Jardim San Fernando, em Rolândia (Região Metropolitana de Londrina), por volta das 16 horas de domingo, Tiago Henrique Fonseca, de 26 anos, teria sido arrastado por cerca de 300 metros e em seguida executado com vários tiros às margens de um lago. O local é muito frequentado pela comunidade do bairro, que teria testemunhado o crime. Porém, o silêncio prevaleceu no local e nenhum suspeito havia sido preso na tarde de ontem.
De acordo com o perito do Instituto de Criminalística de Londrina, Fábio Mira, a vítima foi baleada na região da cabeça e abdômen. Cápsulas não foram encontradas próximo ao corpo e o calibre utilizado não foi identificado.
De acordo com a Polícia Civil de Rolândia, a execução pode ter sido uma vingança. Minutos antes, Fabiano Henrique de Souza, de 31 anos, foi assassinado no Jardim Barigui, na mesma cidade. Fonseca seria o principal suspeito do homicídio e teria sido perseguido pelos amigos de Souza até o Jardim San Fernando.
O perito informou que Souza foi morto com um único tiro na cabeça. O calibre não foi identificado no local.
Mas a violência em Rolândia começou bem mais cedo. Na madrugada de domingo, um homem aparentado ter 40 anos acabou morto a golpes de faca. O homicídio aconteceu no pátio da igreja católica no distrito de São Martinho. A Polícia não tinha informações da motivação e nem de suspeitos pelo crime. A vítima sofreu ferimentos num dos braços, cabeça e pescoço. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal de Londrina, e até o fechamento da edição não havia sido identificado.

Paulo Monteiro
Equipe NossoDia

VÍDEO IMAGENS DO ACIDENTE DO FUSCA QUE PEGOU FOGO COM 4 VÍTIMAS

CLIQUE PARA VER O VÍDEO












FOTO ILUSTRATIVA

NOTA DE FALECIMENTO ROLÂNDIA 29/12/2014

Funerária Santa Terezinha
INFORMA O FALECIMENTO DE:
Osmar Alves Lourenço, 45 anos ,
Fabiano Lemes, Lourenço, 29 anos
velório:  capela central 
sepultamento será as 17:00 horas
Os nossos sentimentos de pesar à Família
obs.: trata-se das vítimas do acidente do fusca que pegou fogo.

NOVAS REVELAÇÕES SOBRE O FUSCA INCENDIADO EM PRADO FERREIRA

GAZETA DO POVO

Família morre carbonizada em acidente na região de Londrina

Pai, mãe e dois filhos estavam na PR-170, entre Florestópolis e Rolândia. O acidente envolveu um fusca e um caminhão
28/12/2014 | 10:38 |
Um acidente envolvendo um Fusca, com placas de Rolândia, e um caminhão deixou quatro mortos na noite do sábado (27), na região de Londrina (norte do estado). A colisão frontal ocorreu por volta das 21h30, na PR-170, entre Florestópolis e Rolândia, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). As quatro pessoas que ocupavam o automóvel - provavelmente o pai, a mãe e dois filhos - ficaram completamente carbonizadas. Os corpos foram encaminhados ao IML de Rolândia para identificação. De acordo com relatos de testemunhas à PRE, o condutor do Fusca fazia zigue-zague na pista, antes do acidente. O caminhão teria tentado desviar, mas não teve sucesso. Ambos os veículos ficaram totalmente queimados. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos graves. Até 00h30 deste domingo (28), a pista ficou interditada para o trabalho do Corpo de Bombeiros. Por volta das 10h30 da manhã, o caminhão ainda esperava um guincho, mas não causava mais interdição na estrada. FOTO ILUSTRATIVA.

VÍDEO DOS HOMICÍDIOS DE ROLÂNDIA NA CATVE

CLIQUE PARA VER O VÍDEO















FOTO By  JOSÉ CARLOS FARINA

HOMICÍDIOS DE ROLÂNDIA NA FOLHA DE LONDRINA

FOLHA DE LONDRINA

Ricardo ChicarelliRolândia registra três homicídios em 24h

Dois deles ocorreram ontem à tarde e estariam relacionados; em outro caso, homem foi morto a golpes de faca

Suspeito de ter assassinado um desafeto pouco antes, Tiago Henrique Fonseca foi executado às margens de um lago muito frequentado pela comunidade.
 
Após ter o próprio Vectra incendiado na Rua Francisco Ramos Pereira, Jardim San Fernando, em Rolândia (Região Metropolitana de Londrina), por volta das 16 horas de domingo, Tiago Henrique Fonseca, de 26 anos, teria sido arrastado por cerca de 300 metros e em seguida executado com vários tiros às margens de um lago. O local é muito frequentado pela comunidade do bairro, que teria testemunhado o crime. Porém, o silêncio prevaleceu no local e nenhum suspeito havia sido preso na tarde de ontem.

De acordo com o perito do Instituto de Criminalística de Londrina, Fábio Mira, a vítima foi baleada na região da cabeça e abdômen. Cápsulas não foram encontradas próximo ao corpo e o calibre utilizado não foi identificado.

De acordo com a Polícia Civil de Rolândia, a execução pode ter sido uma vingança. Minutos antes, Fabiano Henrique de Souza, de 31 anos, foi assassinado no Jardim Barigui, na mesma cidade. Fonseca seria o principal suspeito do homicídio e teria sido perseguido pelos amigos de Souza até o Jardim San Fernando.

O perito informou que Souza foi morto com um único tiro na cabeça. O calibre não foi identificado no local.

Mas a violência em Rolândia começou bem mais cedo. Na madrugada de domingo, um homem aparentado ter 40 anos acabou morto a golpes de faca. O homicídio aconteceu no pátio da igreja católica no distrito de São Martinho. A Polícia não tinha informações da motivação e nem de suspeitos pelo crime. A vítima sofreu ferimentos num dos braços, cabeça e pescoço. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal de Londrina, e até o fechamento da edição não havia sido identificado.

ROLÂNDIA: 3º MORTO É DE SÃO MARTINHO

APÓS AS DUAS MORTES NA REGIÃO DOS 5 CONJUNTOS E O FUSCA INCENDIADO COM 4 MORTOS ...  SURGE MAIS ESTA NOTÍCIA TRÁGICA. AINDA NO DOMINGO.
  • Alexandre Sanches - ODIARIO.COM
A Polícia Civil de Rolândia (25 km de Londrina) abriu inquérito para investigar a morte de um homem a golpes de facão, no início da madrugada deste domingo (28), no Distrito de São Martinho, em Rolândia. O corpo do homem foi encontrado no pátio da igreja católica, no centro do distrito. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima que não teve a identificação revelada até o início da manhã, aparentava ser um andarilho. Ele apresentava ferimentos de golpes de objeto cortante na cabeça, mão e antebraço. Equipes da PM foram até o local, logo após o comunicado, realizaram o isolamento da área para a perícia criminal. Porém ninguém se apresentou como testemunha do crime, não repassando nada para os policiais. A PC procura, agora, indícios da autoria deste crime e de sua motivação. Qualquer informação que possa ajudar nas investigações pode ser repassada através do Disque-Denúncia pelo telefone 181. As autoridades policiais garante o sigilo da fonte.  O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina para exames de necropsia.