segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Rolândia: Prefeito Zé de Paula visitas famílias atingidas pelas chuvas


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Hoje após o expediente estive visitando as famílias atingidas pela chuva de ontem, me corta o coração ver aquele povo trabalhador que sofreu para conquistar suas coisas e perderam tudo com os estragos causados pela chuva.  Meu povo querido vocês não estão só estarei dando toda a atenção necessária pra vocês. Rolândia orem por mim estarei fazendo o possível e o impossível se o nosso bom Deus permitir para atender cada um de vocês!

GOVERNO SUSPENDE OBRIGATORIEDADE DO EXTINTOS ABC


O Ministério das Cidades decidiu nesta segunda-feira (5) suspender a obrigatoriedade do extintor de incêndio do tipo “ABC”. Esse tipo de extintor...
jornaldopovocambe.com.br

FOTOS DE ROLÂNDIA PARA BRUNA, LEANDRO, TÊ e LORENZO NA INGLATERRA

FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA TIRADAS AGORA POUCO - OFEREÇO-AS PARA MEUS SOBRINHOS BRUNA,  LEANDRO e LORENZO QUE ESTÃO MORANDO NA INGLATERRA. ABRAÇOS E BEIJOS. ESPERO QUE GOSTEM DA SURPRESA. ESCOLHAM UMA.. TIREM UMA CÓPIA E MOSTRE PARA OS VOSSOS AMIGOS AÍ DA EUROPA.





















































VÍDEO FARINA VOLTOU HOJE NOS LOCAIS EM QUE A CHUVA CAUSOU DANOS


Rolândia: Zé de Paula reune-se com secretários e funcionários

Prefeito interino se reúne com secretários em seu primeiro dia de trabalho oficial

Nesta segunda (05) o prefeito interino José de Paula Martins se reuniu às 6 horas e 45 minutos com os servidores da secretaria de infra-estrutura e serviços públicos.

Na pauta da reunião estava à apresentação dos secretários de infrra-estrutura, Milton Alves, e serviços públicos, João Santana. Porém devido aos incidentes causados pelas fortes chuvas deste último domingo (03) a prioridade foi à definição dos trabalhos para atendimento da população.

Às 8 horas da manhã todos os secretários se apresentaram no gabinete do prefeito interino quando foram orientados a forma de trabalho.

Em seu primeiro ato administrativo oficial Zé de Paula publicou internamente uma portaria determinando que os responsáveis de cada pasta entregue na próxima sexta (09) um relatório pormenorizado da situação administrativa e financeira de sua pasta, dando ênfase aos contratos administrativos em execução.

A previsão é que o mais rápido possível seja agendada uma audiência pública para apresentar estes relatórios pra a população. ASSESSORIA.

Rolândia: José (Zé) de Paula pede relatório aos novos secretários


 
 
O Prefeito José de Paula Martins registrou o 1º ato oficial na manhã desta segunda-feira, 5 de janeiro, com a entrega oficial aos secretários municipais de uma portaria determinando a elaboração de um relatório de cada pasta.

A portaria de 001/2015 determina que cada Secretário deve encaminhar até sexta-feira (9) um relatório pormenorizado da situação administrativa e financeira de suas secretarias, dando ênfase aos contratos administrativos em execução. Tal atitude reflete a transparência com que o  prefeito interino está trabalhando.

A previsão é que estes relatórios sejam apresentados para a população através de uma audiência pública a ser realizada ainda em Janeiro. Assessoria.

VÍDEO DAS CHUVAS DE ROLÂNDIA NA GLOBO RPC TV LONDRINA

VÍDEO CHUVAS CASTIGAM A REGIÃO NORTE DO PARANÁ

CLIQUE PARA VER O VÍDEO













FOTO ILUSTRATIVA

VÍDEO MOSTRA ENXURRADA DESCENDO A RUA EM ROLÂNDIA


CHUVAS E DANOS EM ROLÂNDIA ( O OUTRO DIA )

FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA
































































































































FARINA FAZ RELATO DOS DANOS NO JARDIM ÁGUA VERDE EM ROLÂNDIA

Estive no Jardim Água Verde onde fiz uma reportagem para o Blog do Farina e andei por onde  desceu a enxurrada. Constatei três casas com invasão de águas da enxurrada. Duas com danos a móveis. Uma delas não relatou prejuízo. Apenas sujeira, lama e barro. Duas casas com danos pequenos não havia ninguém na casa (uma delas vazia). Constatei também 5 muros danificados. Quatro inteiros e um parcial.  Foi relatado que uma senhora sofreu ferimentos  leves. JOSÉ CARLOS FARINA. FOTO ILUSTRATIVA.

CHUVA EM ROLÂNDIA NA FOLHA DE LONDRINA

Represa transborda e alaga casas em Rolândia

Cerca de 50 imóveis do Jardim Água Verde foram atingidos pela enxurrada; sistema precário de contenção da chuva já havia provocado enchente em 2012

Fotos: Saulo Ohara
Na tarde de ontem, moradores fizeram mutirões para ajudar na limpeza das casas mais atingidas.
"Escutamos o muro caindo, em seguida a água com lama já invadiu a casa. Foi muito rápido", relatou Fátima de Medeiros
Rolândia - Pelo menos 50 casas do Jardim Água Verde, na zona norte de Rolândia, foram atingidas, no início da tarde de ontem, por uma enchente provocada pelo transbordamento de uma represa de contenção das águas das chuvas, à margem da rodovia PR-323, Contorno Norte da cidade. As manilhas da represa, que já havia transbordado em 2012, não deram conta de fazer o escoamento. A força da água causou muitos estragos no bairro que tem menos de cinco anos de existência. Em menos de cinco minutos, a enxurrada quebrou muros, portões, invadiu as casas e arrastou dois carros pelas ruas.

Os moradores tiveram que deixar as casas às pressas. Por sorte, ninguém ficou ferido. A aposentada Adelina de Cruz Medeiros, de 65 anos, teve que ser socorrida às pressas pelos filhos. "Escutamos o muro caindo, em seguida a água com lama já invadiu a casa. Foi muito rápido", relatou a filha, Fátima Rodrigues de Medeiros, de 34 anos. A vizinha Simone Gonçalves, teve o carro arrastado pela água. "Estava dormindo, quando percebi o carro tinha rodado. A água inundou tudo até a altura do painel", contou. Outro carro também foi arrastado até um fundo de vale, na baixada do bairro.

Na Rua João Antônio Colussi, duas casas tiveram os portões de ferro arrancados. Uma das casas, construída há poucos dias, ainda estava vazia. "O dono ia mudar daqui a três dias. Agora acho que vai precisar consertar primeiro o que estragou", disse o morador José Cristo. Duas casas do bairro estavam fechadas desde a última enchente. Os moradores se mudaram e, desde então, cobram indenização da prefeitura na Justiça.

O metalúrgico Marcos Antônio Ramos, de 30, mora de frente com a represa. Ele denunciou que a falta de limpeza também contribui para as enchentes. "O fundo da represa fica cheio de lixo, mato. Isso entope as manilhas e causa essas tragédias. Não dá pra dormir aqui sabendo que tem uma bomba que pode explodir a qualquer momento", reclamou. A terra que segura a água apresenta vários pontos de erosão. Os moradores contaram que já fizeram abaixo-assinado pela desativação da represa, mas nunca obtiveram resposta. Segundo eles, há um jogo de empurra entre a prefeitura e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

A primeira moradora do bairro, a comerciante Valéria Forgerini, de 36, contou que a enxurrada ocorreu com a mesma intensidade da anterior, porém na época havia menos casas no bairro. "Agora o estrago foi maior, pois são muitas casas. Vamos ver quem vai arcar com isso, pois era uma tragédia anunciada", cobrou. Durante a tarde, os moradores fizeram mutirões para ajudar na limpeza das casas mais atingidas. Regiane Costa, de 33 anos, pegou uma enxada para retirar a lama da casa de uma vizinha. "Sofremos com enchentes, a rodovia não oferece nenhuma segurança para os pedestres, a criminalidade está tomando conta".

PERIGO PERMANENTE

O Corpo de Bombeiros de Rolândia atendeu a ocorrência e orientou os moradores das casas em áreas mais críticas a abandonarem os imóveis no caso de mais chuvas fortes. O trecho da linha de trem que corta a região também foi interditado. "O problema do bairro é aquela represa que tem que ser corrigida com urgência pelas autoridades. No caso de outras chuvas fortes, uma tragédia não está descartada", advertiu o cabo Pedro Volnei.

O superintendente da Regional Norte do DER, José Ferreira Heidegger, afirmou desconhecer a existência da represa e garantiu que a contenção não foi construída e nem é de responsabilidade do DER. A reportagem da FOLHA tentou contato com a Prefeitura de Rolândia no fim da tarde de ontem, mas não conseguiu contato. Outros bairros também sofreram alagamentos de menor gravidade em Rolândia. Parte do muro de Cemitério Municipal foi destruído. Celso Felizardo - Reportagem Local.
COMENTÁRIO DO FARINA: Estive no local e andei por onde desceu a enxurrada. Constatei três casas com invasão das águas. Duas com danos a móveis. Uma delas não relatou prejuízo. Duas casas com danos pequenos não havia ninguém na casa (uma delas vazia). Constatei também 5 muros danificados. Foi relatado uma senhora com ferimentos  leves.  JOSÉ CARLOS FARINA