sábado, 14 de fevereiro de 2015

ROLÂNDIA: ÁRVORES SECAS AMEAÇAM CARROS, CASAS E PESSOAS

14/02/2015 - EM FRENTE O PARQUINHO E NA RUA ARTHUR THOMAS, PRÓXIMO  AO Nº 2.200. ALGUÉM DA PREFEITURA TEM QUE VER ISSO PÔ!....FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA




































ROLÂNDIA: MATO EM BAIRROS DA CIDADE INCOMODA POPULAÇÃO

14/02/2015 - JARDIM CASA GRANDE e JARDIM DAS FLORES - POVO PAGA IMPOSTOS E QUER TUDO LIMPO -  FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA






















Rolândia registra o primeiro caso de dengue

Entre 26 casos de suspeita de dengue já registrados desde o início do ano, semana passada foi confirmado o primeiro paciente de 2015 com a doença na cidade


Um morador do Jardim Santiago em Rolândia deu entrada no posto de saúde daquela região no dia 15 de janeiro e logo foi diagnosticado como suspeita de dengue. No dia 22 foi coletado o exame e em cinco aproximadamente cinco dias os resultados confirmaram a doença. Segundo o gerente da Vigilância Epidemiológica, Marcelo Marques Ferreira,o paciente já está em tratamento e se recupera em casa sem maiores riscos.
O gerente da Vigilância Ambiental, Alécio Quinhone Júnior, explica que todas as vezes que um caso de suspeita ou confirmação acontece um bloqueio mecânico e químico é realizado ao entorno da região afetada. No bloqueio mecânico, agentes entram nas casas para inspeção e no químico ocorre a aplicação de veneno com bombas costais.
Lira da o dobro que o recomendado

Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (Lira) realizado pelo setor de endemias da Secretária de Saúde apontou para apontou índice predial de 2,1% - 1,1% acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde.
Conforme nota encaminhada pela assessoria de imprensa da prefeitura a diretora de Vigilância em Saúde, Anadélia Liaschi Ducci, destaca que os principais focos de proliferação do Aedes aegypti continuam sendo pratos que são utilizados embaixo de vasos de plantas como anteparo. Com vistas à diminuição deste índice, ações pontuais serão tomadas em todo município, além de ações de amplo senso como mutirões de limpeza.
Terreno é alvo de denúncia

A leitora Maria Inês Moraes encaminhou para o E-mail do jornal MANCHETE DO POVO fotos relatando que o terreno ao lado da Casa Abrigo Hans Zischer localizada na Rua Paulo Guimaraesno Jd. Caviúna, se tornou um depósito de lixo.
Segundo ela no terreno é da prefeitura e lá existem muitas garrafas pet, plásticos e todo tipo de lixo que está servindo de criadouro do mosquito transmissor da dengue.
Ela relata que os agentes de endemias passaram pela casa dela vistoriando se há locais que acumulam água parada. “E o terreno da prefeitura será que eles não viram, ou não sabem que é da prefeitura?”, questiona.Até o fechamento desta edição a prefeitura não retornou aos questionamentos.
Comitê reforça combate à dengue

A reunião do secretariado na manhã desta segunda-feira 9 de fevereiro no gabinete do prefeito Johnny Lehmann contou com a presença de diretores de entidades da área de saúde. Marcelo Marques Ferreira (gerente da Vigilância Epidemiológica), Lígia Motta (coordenadora de Endemias), Alécio Quinhone Júnior (gerente da Vigilância Ambiental) e a secretária interina de Saúde, Karla Ulinski, fizeram uma apresentação em que relembraram – com números e estatísticas – o cenário da dengue ano passado em Rolândia, quando duas pessoas morreram por complicações provocadas pela doença.
Segunda a secretária interina de Saúde, as próximas cinco semanas serão decisivas para que a cidade consiga controlar a doença de maneira satisfatória. A proposta – imediatamente acatada pelo prefeito – é a de resgatar a formação de um comitê intersetorial para reforçar o combate à dengue. O objetivo é que outras secretarias municipais, as de Infraestrutura, Meio Ambiente, Serviços Públicos e Educação, principalmente, trabalhem em conjunto.
Cada secretaria indicará um representante para participar das reuniões que vão definir ações conjuntas, como mutirões de limpeza, corpo a corpo com a população e sensibilização dos alunos em sala de aula. No sábado dia 7, agentes de endemias, com auxílio da Polícia Militar, promoveram o “Dia D” no Calçadão, com a distribuição de panfletos e conversas com a população. 
A Saúde pretende promover cursos de capacitação para profissionais como médicos e enfermeiros.

Além da dengue a preocupação é também com a febre chicungunha, transmitida pelo mesmo mosquito, mas que provoca nos pacientes sequelas maiores do que as da dengue.

Delegado da Receita e policial são presos por exploração sexual de menor em Londrina

ASSISTA O VÍDEO DA GLOBO

José Luiz Favoreto Pereira, Caramori e o investigador da Polícia Civil, Jeferson Pereira dos Santos,  foram presos hoje de manhã

Lucas Emanuel Andrade - Redação Bonde







O delegado-chefe da Receita Estadual em Londrina, José Luiz Favoreto Pereira, e o investigador da Polícia Civil, Jeferson Pereira dos Santos, foram  presos preventivamente na manhã deste sábado (14) em operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Eles estariam envolvidos no esquema de exploração sexual investigado na cidade. O fotógrafo e ex-assessor da Casa Civil, Marcelo Caramori, também teve nova prisão preventiva decretada.

O delegado do Gaeco, Ernandes Cezar Alves, disse que o funcionário da Receita e o policial seriam clientes da rede de exploração alvo do Ministério Público. Foram feitas buscas e apreensões em dois imóveis pertencentes a Favoreto. Um deles, no centro da cidade, seria usado para encontros com adolescentes. Elas tinham relações sexuais com os envolvidos mediante pagamento.

José Luiz Favoreto será substituído no cargo na próxima quarta-feira (18). A exoneração dele, assinada pelo governador e pelo chefe da Casa Civil, foi determinada na última quarta-feira (11) e publicada no dia seguinte no Diário Oficial do Estado. O motivo para a troca não foi especificado.
Saulo Ohara/Equipe Folha
Saulo Ohara/Equipe Folha


O Departamento da Polícia Civil comunicou em nota que o investigador Jeferson Pereira dos Santos foi afastado de suas funções e passará responder a um processo administrativo disciplinar junto à Corregedoria Geral da Polícia Civil. Ao fim deste processo, ele poderá inclusive ser demitido da Polícia Civil, se ficar comprovado seu envolvimento e se assim entender o Conselho da Polícia Civil, órgão máximo da instituição e que deverá julgar o caso.

A prisão de Santos foi acompanhada pelo delegado Alan Flore, titular da Corregedoria de Área de Londrina da Polícia Civil. Santos será transferido para Curitiba, onde cumprirá a prisão preventiva na carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).

A nova operação deflagrada hoje é consequência de outras duas prisões, do auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, e a primeira do ex-assessor da Casa Civil do Paraná, Marcelo Caramori. Souza e Caramori já foram indiciados por favorecimento à prostituição e exploração sexual de adolescentes.

O auditor também foi indiciado por estupro de vulnerável. Souza segue preso na unidade 2 da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL 2).

Caramori havia sido solto na última terça-feira (10). Conforme o Ministério Público, o ex-comissionado do Estado resolveu colaborar. Ele admitiu participação no esquema e indicou nomes de outros envolvidos. A nova prisão dele se deu por descumprimento do acordo. O fotógrafo omitiu evidências descobertas nas investigações.

Mais de dez adolescentes já foram identificadas como vítimas de exploração sexual.



NACIONAL NAC DE ROLÂNDIA SÓ PENSA EM VITÓRIAS COM NOVO TÉCNICO

NAC anuncia novo treinador após quarta derrota

FOLHA DE LONDRINA
Dirceu de Mattos é o novo técnico do Nacional. Ele substitui Rafael Andrade, que não resistiu ao início desastroso no Campeonato Paranaense, e foi demitido na noite da última quinta-feira, um dia depois da derrota para o Maringá, em casa, por 3 a 1. O "novo velho" comandante, que é natural de Rolândia, já foi a campo ontem mesmo para liderar a atividade que marca o início de sua quinta passagem pelo clube.

A troca de Rafael Andrade abre a "dança das cadeiras" do Campeonato Paranaense. O jovem treinador, de apenas 34 anos, foi o responsável por levar o time rolandense de volta à primeira divisão, mas não resistiu ao péssimo início na elite, com quatro derrotas e nenhum ponto somado.

O atual cenário não é novidade para Mattos, que era o técnico quando o clube foi rebaixado à Divisão de Acesso em 2013. Na época, ele substituiu Richard Malka na sexta rodada. Como treinador, o ex-jogador do Londrina já esteve à frente do Nacional em 1998, 2003 e 2004, quando obteve o título de campeão da segunda divisão.

O treinador, que volta à função após ficar dois anos atuando como Secretário de Esportes de Rolândia, prometeu muito empenho para tirar o NAC das últimas posições do campeonato – atualmente é o 11º, à frente somente do Prudentópolis, que também não venceu nenhuma partida até agora. "Esperamos que o elenco assimile nos próximos dias a nova metodologia que empregaremos, pois restam somente sete jogos para o término dessa fase. Com mais algumas contratações pontuais teremos condições de reagir já na próxima rodada", afirmou Mattos.

Mesmo com a marca negativa da última passagem, o presidente José Danilson de Oliveira reitera confiança no trabalho do novo comandante. "Dirceu já foi técnico do Nacional por várias vezes, conhece o clube profundamente, e também conhece o grupo de atletas, e certamente vai colaborar bastante com sua capacidade e experiência como treinador."
Rafael Souza
Reportagem Local