domingo, 3 de maio de 2015

VÍDEOS GOLS DO ATLÉTICO 5 x NACIONAL NAC DE ROLÂNDIA ZERO

OPERÁRIO DE PONTA GROSSA BATE O CORITIBA POR 3 A ZERO E É O CAMPEÃO



O Operário não tomou conhecido do Coritiba e, no Couto Pereira, na tarde deste domingo (3), bateu o adversário pelo placar de 3 a 0 e conquistou pe ...
www.bonde.com.br

Edson Massuci expõe esculturas com movimento em Londrina

Individual do artista plástico será aberta neste sábado, às 10h, no 

Museu de Arte de Londrina

  • Juliana Gonçalves/JL

 (Crédito: Divulgação/Acervo pessoal de Edson Massuci)
Ao terminar a escultura de Davi, Michelangelo viu tamanha perfeição que a ordenou que falasse. Dar elementos vitais às obras de arte é o desejo da maioria dos escultores. O artista plástico Edson Massuci conseguiu isso com movimentos que surgem a partir da mais leve brisa. São móbiles estábiles, que estão na individual Dia a dia pé vermelho, que abre amanhã, às 10h, no Museu de Arte de Londrina.
O que, a princípio, parece só uma mulher parada em frente ao fogão a lenha, se transforma numa cozinheira que delicadamente mexe a comida na panela. O agricultor parado com a matraca nas mãos, de repente começa a plantar. Tudo se dá com a simples ação do vento.
  • (Crédito: Divulgação/Acervo pessoal de Edson Massuci)
“Eu tinha feito uma peça normal, com papel, cola e arame. De repente bateu um vento e eu vi que a escultura fez um movimento. Vi que dava para trabalhar isso”, conta Massuci. A técnica, que passou a ser trabalhada pelo artista há alguns meses, está presente em boa parte das 36 peças da exposição.
A temática é variada, mas o cenário rural é retratado em muitas das esculturas. “Eu cresci muito próximo desse meio. Não botei a mão na massa, mas cresci no meio das plantações de café, no curral. Eu sou o pé vermelho que dá nome à exposição”, explica.
Também existem algumas esculturas de São Francisco de Assis no acervo da exposição. Segundo Massuci, o santo tem muito a ver com o trabalho que faz. “Ele foi o primeiro ecologista e ambientalista do mundo, é conhecido como o protetor dos animais.”
Oficina
Enquanto a exposição estiver em cartaz, o artista vai realizar uma oficina para 12 pessoas, para ensinar a técnica francesa papier collé, que utiliza em suas esculturas. Serão duas turmas de seis pessoas, com aulas durante oito sextas-feiras, das 9h às 11h ou das 15h às 17h. O investimento é de R$150 e os interessados podem se inscrever pelos telefones 3255-5399 ou 9924-9169.
Serviço:
Dia a dia pé vermelho – Obras de Edson Massuci. Abertura sábado, às 10h. Até o dia 26 no Museu de Arte de Londrina (R. Sergipe, 640). De segunda a sexta, das 13h às 18h. Grátis. Informações: 3337-6238.

NOTA DE FALECIMENTO EM ROLÂNDIA 03/05/15

Comunicamos o falecimento de:

Rosa Becari

Sogra do Moises Xavante

* Não foi divulgado o local do velório e nem o horário do sepultamento

CENSURA EM ARAPONGAS ??

INFORME FOLHA DE LONDRINA 03/05/15

Censura
O Ministério Público (MP) quer evitar a censura a revista e blog em Arapongas (Região Metropolitana de Londrina). O caso teve início com uma ação ajuizada pelo município contra os proprietários dos veículos de comunicação, cobrando que fossem retirados da internet comentários julgados ofensivos ao prefeito Padre Beffa e a assessores. O MP, entretanto, rechaçou a pretensão de "promover a censura aos veículos de comunicação, em atitude flagrantemente contrária ao que estabelece o ordenamento jurídico brasileiro".

Justiça acatou

A questão em Arapongas segue no judiciário, que foi favorável ao município em primeira instância. O Tribunal de Justiça (TJ) reformou a decisão. Ontem, o MP recorreu, novamente, ao TJ para que o processo seja extinto sem análise do mérito. Paralelamente, a 1ª Promotoria de Justiça de Arapongas instaurou investigação civil para responsabilização do prefeito por ato improbidade administrativa, pela utilização da Procuradoria do Município em benefício próprio. As informações são da assessoria do MP.

COMENTÁRIO: A Constituição Federal consagra o direito a liberdade de imprensa. Apenas  nos casos em que  o órgão de imprensa "inventa a matéria" é que o Judiciário poderá retirá-la  da internet. Em outras palavras... somente em casos patentes de mentira. É que a CF consagra também o direito a informação. Informação verdadeira....