sábado, 1 de agosto de 2015

LONDRINA: FUNDADORES DA BOCA MALDITA


NAYN LIBOS

Fundadores da Boca Maldita!

NOTÍCIAS DE ROLÂNDIA 01/08/2015


CONTINUAÇÃO DA RUA APUCARANA É PAVIMENTADA

SEX, 31 DE JULHO DE 2015

As Secretarias de Infraestrutura e de Serviços Públicos realizaram a pavimentação, parte com asfalto, parte com cascalhamento, da continuação da Rua Apucarana no Jardim Rosângelo. A via dá acesso a antiga Associação Berger.




RODOVIÁRIA TEM ÔNIBUS PARTINDO PARA CINCO ESTADOS





O Terminal Rodoviário de Rolândia tem atualmente coletivos interligando o município com diversas partes do país. De lá, as oito empresas de viação que fazem viagens interestaduais prestam serviço com linha direta para cidades de cinco estados: Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul. O Terminal funciona os sete dias da semana, das 4h às 23h40, com linhas circulares em rotas específicas dentro da cidade, intermunicipais e interestaduais. A Rodoviária fica na Avenida Tiradentes 490.

ACIDENTE GRAVE COM MOTOCICLETA EM ROLÂNDIA

Com traumatismo craniano, motociclista é transferido para hospital de Londrina

Redação Bonde - 01/08/2015 

Acidente envolvendo uma motocicleta e um automóvel no final da tarde desta sexta-feira (31) em Rolândia, região metropolitana de Londrina, feriu um homem de 41 anos. 


De acordo com relatório do Corpo de Bombeiros, Maurício Frontelli pilotava uma motocicleta Titan quando foi atingido por um Space Fox na avenida Aylton Rodrigues Alves, na Vila Odorio. 



O motociclista foi resgatado pelas equipes do Siate e encaminhado a Hospital São Rafael. Devido ao traumatismo cranioencefálico, ele foi transferido para um hospital de Londrina. Ainda não há informações atualizadas sobre o estado de saúde dele.

ROLÂNDIA: POVO CONSTRÓI ABRIGO PARA ÔNIBUS



 JOÃO ARDIGO
Hoje neste lindo sábado pela manha, foi inaugurado pelos membros da Associação do Conjunto Francisquini um ponto de ônibus, construídos com as mãos calejadas dos moradores do Bairro. A felicidade estampadas no rosto de cada um o “ponto” pode ser pequeno, mas o sentimento de felicidade de cada um como se tivesse sido construído um “Castelo”. O Recurso em torno de R$ 3.000,00, veio da parceria com o Governo Federal do Projeto Minha Casa Minha Vida.

COWBOYS DE ROLÂNDIA - PR.




DANIEL STEIDLE 


POLACO:... “SOU DE 1965... E DESDE QUE ME CONHEÇO POR GENTE, LIDO COM CAVALO...”



No “Santuário dos Cavalos do Polaco”, que fica numa área de 1¹/² alq. nos fundos da Rádio Cultura de Rolândia, um grupo se reuniu ontem a tarde para estudar como colocar ordem no uso de cavalos... muitos soltos na cidade e sofrendo mal tratos... Há pastos por aí e além do Polaco mais gente que entende e curte cavalo como o pessoal do “Comitê da Pueira”, o Carlos do Bartira e tem um haras próximo do km 10... Com tantas vantagens, a Prefeitura de Rolândia, precisa agir a exemplo de Cambé!



















ROLÂNDIA: ASFALTO PARA RUA DOI JD. ROSANGEWLO


ZÉ DE PAULA

Uma das reivindicações mais antigas dos moradores do Jd. Rosângelo era a falta de manutenção e cuidado com esta rua onde não se podia trafegar com veiculo, após a manutenção que fizemos isso já se tornou possível. Agora estaremos buscando recursos junto ao governo estadual e federal para um possível recape asfáltico. Não mediremos esforços para atender a população na necessidade que eles enfrentam no dia a dia.
Nesta oportunidade pude cumprimentar o amigo Faleiros, Deus o abençoe.



ZÉ DE PAULA VISITA RODOVIÁRIA



ZÉ DE PAULA
Estive hoje pela manhã visitando a nossa Rodoviária municipal, onde pude ouvir as reivindicações dos trabalhadores e usuários deste local. estive também cumprimentando os amigos taxistas, forte abraço ao amigo Moloni.

ROLÂNDIA: BOMBA!... BOMBA!... JUSTIÇA ELEITORAL ABRE PROCESSOS


MP investiga doação de campanha acima do limite 

Em Rolândia 48 pessoas são investigadas pelo MP por suspeita de terem dado mais dinheiro que o permitido a candidatos e partidos nas eleições passadas. A multa pode chegar a até 10 vezes o valor doado
Após a prestação de contas dos candidatos e partidos, é feito o cruzamento de dados entre o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com a Receita Federal. Em Rolândia a Procuradoria Regional Eleitoral encaminhou para o Ministério Público Eleitoral de Rolândia um lista com 48 nomes e o MP abriu uma representação para averiguar se houve  doações acima do limite permitido.
O chefe do Cartório Eleitoral de Rolândia, Mário José Bannwart, revela que na relação estão 47 pessoas físicas e uma jurídica. Ele explica que existem duas formas de doações, em espécie (dinheiro) e doações estimadas em dinheiro.
Toda pessoa física ou jurídica pode doar em espécie (dinheiro) para candidatos ou partidos políticos, porém existe um limite legal. Para a pessoa física até 10% do valor que declara de Imposto de Renda e para a jurídica somente 2% do que é declarado para a Receita no ano anterior a eleição.
Quando as doações são estimadas, como por exemplo em serviço ou aluguel de móveis e imóveis de propriedade do doador, o valor pode chegar até R$50 mil reais. "Muitos casos destas representações em Rolândia poderão ser julgadas improcedentes por conta desta relação entre doações em espécie e estimadas", ressalta.
Caso se constate que correu de fato a doação acima do limite permitido os envolvidos poderão pagar uma multa de cinco a dez vezes o valor do excesso. Além do que a pessoa física poderá ficar inelegível por oito anos e a jurídica impedida de participar de licitações públicas.
O chefe do cartório garante que para os candidatos que receberam as doações não existem problemas, pois fizeram as declarações. "A não ser que seja levantado algum indício de irregularidade criada pelo candidato, mas isso seria então investigado em um outro procedimento", ressalta.
Deputados querem mudar a regra do jogo
A LEI 9.504 que regulamenta também o limite para a doação de campanha existe desde 1997. Com o avanço da tecnologia, a eficácia da Receita Federal para fazer o cruzamento de dados aumentou e vários candidatos e doadores começaram a cair na malha fina.
Existe um projeto que tramita em segunda discussão na câmara federal no qual os deputados querem reduzir o prazo que o Ministério Público tem para apresentar as representações eleitorais. Hoje, segundo o Art. 32 da LEI 9.504/97 o MP tem 180 dias a partir da diplomação dos eleitos para ajuizar uma ação.
O pedido de alguns deputados é que esse prazo seja reduzido para no máximo dezembro do ano eleitoral. Se aprovado isso certamente inviabilizará as representações do MP, pois não dará tempo para a Receita Federal fazer o cruzamento das contas apresentadas pelos candidatos com as declarações de renda dos doadores.

FERROVIA MAL CONSERVADA NO NORTE DO PARANÁ


-x-x-x-x-x-x-