quarta-feira, 26 de agosto de 2015

NOTÍCIAS DE ROLÂNDIA ( 26/08/2015 )


QUA, 26 DE AGOSTO DE 2015 15:31

Neste sábado, 29 de agosto, a partir das 20h, no Centro Cultural NANUK, haverá o 1º Festival de Música Pé Vermelho. O evento é promovido pelo Grupo de Metais e Percussão Pé Vermelho de Rolândia e conta com o apoio da Secretária de Cultura e Turismo de Rolândia e Conselho Municipal de Cultura Rolândia. A entrada é de graça.







O Conselho Municipal de Saúde de Rolândia, gestão 2015-2019, tomou posse nesta segunda-feira, 24 de agosto, em solenidade realizada na sede da Secretaria de Saúde. Participaram da cerimônia, o Prefeito José de Paula Martins (PSD), o Secretário de Saúde, Érico Ignácio, o Secretário de Planejamento, Valdenir Duque, os Conselheiros eleitos, Servidores Municipais e convidados. A composição do Conselho dispõe de 16 membros titulares e 16 suplentes. O Conselho delibera, sugere e fiscaliza as ações em saúde na cidade e foi eleito na última Conferência Municipal de Saúde. A nova diretoria eleita é composta por:

Presidente: Jessé Fernades 

Vice presidente: Adilson Roberto Dias

1º - secretario: Erico Alencar da Silva Ignacio

2°- secretario: Ivone liberatti Estabile

A primeira reunião ordinária do Conselho acontece nesta quarta-feira, dia 26/08, às 19h, na Câmara Municipal. Dentre os temas abordados no encontro, estão:

1)Pedir Prestação de Contas mensal do Hospital São Rafael
2) Certidões Negativas do Hospital São Rafael
3) Formar Comissão de Finanças
4) Dentre outras situações que serão discutidas. 



Para mais informações a respeito das vagas, o trabalhador deverá
comparecer pessoalmente a Agência do Trabalhador/SINE, portando
CTPS, RG e CPF para realizar/atualizar seu cadastro e consultar
possíveis encaminhamentos. O SINE em Rolândia atende na
Avenida Expedicionários 604, Centro. 
De segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

VAGAS PARA:

* ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

* MECÂNICO DE AUTO EM GERAL

* COZINHEIRA GERAL

* VENDEDOR ORÇAMENTISTA

* VENDEDOR INTERNO

Ago 25/15





A inadimplência do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) teve redução de 16,4% no Paraná. Passou de 24,79% de janeiro a julho de 2014, após o término do calendário para pagamento em cotas, para 20,72% na mesma base de comparação de 2015, quando encerrou o prazo para quitação do débito no atual exercício. Porém, em Rolândia a situação é diferente. Conforme o último balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Fazenda, dos 24.531 veículos automotores que deveriam pagar o tributo, 9.085 estão inadimplentes até aqui, perfazendo um total de 25,06%. O IPVA é uma das maiores fontes de receita da cidade. Do total arrecadado com o imposto são descontados 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Depois, a receita líquida do IPVA é dividida entre o Estado (50%) e os municípios (50%). A Secretaria Estadual de Fazenda projeta que, com o vencimento do licenciamento dos veículos, a inadimplência deve diminuir, como aconteceu em anos anteriores. Apesar desse impacto negativo na arrecadação municipal até aqui, na ordem de mais de três milhões de reais, o Secretário de Finanças, Carlos Gulzow, destaca que todos os fornecedores da Prefeitura estão em dia, bem como já foi efetuada a primeira parcela do pagamento do 13º salário do funcionalismo público municipal. O Paraná tem perto de 6,4 milhões de carros em circulação, sendo cerca de 4,3 milhões tributados. Entre os não tributados, a maior parte é de veículos isentos, com mais de 20 anos de fabricação. Quem está com o imposto em atraso pode efetuar o pagamento nos bancos credenciados (Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Sicredi, Bancoob e Banco Rendimento) com o número do Renavam do veículo. Outra opção é o uso de GRPR (Guia de Recolhimento do Estado do Paraná), que pode ser obtida no portalwww.fazenda.pr.gov.br. A Secretaria da Fazenda está estruturando, em conjunto com a Polícia Militar, o Detran e as Ciretrans do Estado, uma grande operação de fiscalização de veículos. Ela terá o objetivo de identificar contribuintes que estão inadimplentes com IPVA, licenciamento e multas. Automóveis que possuírem débitos serão apreendidos e a liberação ficará condicionada ao pagamento das pendências.




Dois atletas rolandienses que treinam com o Professor Ivar Benazi, no grupo Tucanos, fizeram bonito em corridas no Paraná neste domingo, 23 de agosto. Leandro Oliveira Marques venceu a Prova Rústica da Polícia Militar, em Maringá no Percurso de 3 km e Wallace Macedo foi vice campeão na Prova de 5 km de Cruzeiro do Oeste, a 3º Prova Rústica do 7º Batalhão da Polícia Militar. Os Tucanos é um programa gratuito desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esporte e aberto a comunidade rolandiense.Quem se interessar em praticar treinos de corrida, alongamentos e caminhadas, basta comparecer à pista de atletismo no Estádio Municipal Erich Georg de segunda a sexta-feira as 18h. FOTO: Leandro O. Marques - campeão





O Diretor de Vigilância em Saúde de Rolândia, Marcelo Marques Ferreira vai representar o Município no 10º Congresso Brasileiro de HIV/AIDS e 3º Congresso Brasileiro de Hepatites Virais que será realizado entre os dias 17 e 20 de novembro em João Pessoa, na Paraíba. Dentre mais de dois mil trabalhos inscritos, o do Servidor Municipal rolandiense foi selecionado e ele irá apresentar o material no evento. Ele viaja com todas as despesas pagas pela organização do encontro, no caso, o Ministério da Saúde. O trabalho foi a dissertação de Mestrado de Marcelo Marques Ferreira e apresentado a banca da PUC de São Paulo e relata as ações promovidas pela Secretaria Municipal de Saúde nos dois temas centrais do Congresso: os avanços, os números e os resultados de Rolândia no combate e controle as moléstias alvo: HIV/AIDS e Hepatites Virais. 


ESTÁGIO PARA ESTUDANTES DE DIREITO EM ROLÂNDIA - PR.


MPE - PR abre Processo Seletivo para Estagiário de Direito em Rolândia


Terça-feira, 25 de agosto de 2015 às 10h11

A partir do dia 1º de setembro de 2015, o Ministério Público do Estado do Paraná (MPE - PR), recebe as inscrições do Teste Seletivo que visa a contratação e formação de cadastro reserva de Estagiários para atuar na 1ª Promotoria de Justiça do Foro Regional de Rolândia.

Há uma vaga para Estagiário de graduação em Direito. Podem se inscrever alunos matriculados a partir do 3º ano ou 5º semestre, ou que estejam concluindo o 2º ano ou 4º semestre do curso.

Os interessados devem realizar as inscrições no período de 1º a 22 de setembro de 2015, na Secretaria das Promotorias de Justiça no Edifício do Fórum, localizado na Avenida Presidente Bernardes, nº 723, no Centro de Rolândia - PR. Os atendimentos ocorrem das 14h às 17h.

Todos os candidatos inscritos serão avaliados por meio de provas objetivas e escritas. A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 20 de outubro de 2015, na Faculdade Paranaense, situada na Rua Dom Pedro II, nº 400. Já as avaliações escritas provavelmente serão realizadas no dia 26 de outubro de 2015, no Edifício do Fórum.

A divulgação do resultado final deste Teste Seletivo está previsto para o dia 30 de outubro de 2015.

Para mais informações acesse o edital de abertura disponível em nosso site.Jornalista: Mariana Gouveia

PREFEITA TERIA ROUBADO MERENDA DAS CRIANÇAS ( 15 MILHÕES )

ROLÂNDIA: AMAR terá local próprio para cuidar de animais abandonados









O vereador Maico Dida (PT) falou durante o período das Lideranças Partidárias, da Sessão Ordinária realizada na última segunda-feira (24), sobre a medida que a Prefeitura de Rolândia tomará para ajudar, a Associação Mundo Animal de Rolândia (AMAR) quanto a população de animais abandonados na cidade. Segundo Dida, Executivo vai ceder em comodato por 10 anos um imóvel para a ONG desenvolver suas atividades

O imóvel fica localizado na Rua Erich Koch Weser, no Manoel Muller, e conta com 100 metros de área construída. A ONG realiza um trabalho voluntário cuidando de cães e gatos abandonados na cidade.

Segundo Maico Dida, uma reunião realizada na última segunda-feira selou o acordo entre a Prefeitura e a ONG. A reunião contou com a presenta do prefeito José de Paula Martins (PSD), do presidente da Câmara, Alex Santana (PROS) e representantes da entidade como a presidente Regina Cabral Rodrigues e outros voluntários, Valdelei Zorzela e Marcelo Vanzela.

O vereador Maico Dida explica que a partir de agora, o Projeto de Lei será encaminhado à Câmara Municipal. “O Projeto vindo para a Câmara vamos aprova-lo para beneficiar essa ONG que tanto contribui com nossa cidade e ajudar na redução desta população de animais abandonados”, explica.

DIAS TRISTES PARA A SENADORA GLEISI HOFFMANN





O juiz federal Sergio Moro encaminhou nesta terça-feira (25) ao Supremo Tribunal Federal (STF) os indícios de envolvimento da senadora Gleisi... JORNALDELONDRINA.COM.BR

ROLÂNDIA: JOHNNY LEHMANN PERDE RECURSO NO TSE

O  TSE (Tribunal Superior Eleitoral ) declarou improcedentes os Embargos de Declaração feito pelo prefeito de Rolândia, João Ernesto Johnny Lehmann. A decisão foi proclamada ontem e será publicada nos próximos dias. Johnny tem ainda prazo para recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). Se não recorrer o TRE deverá marcar  data das eleições que poderá acontecer no mês de dezembro próximo. 

TRIBUNAL QUER QUE PREFEITO DE CAMBÉ DEVOLVA 19 MILHÕES

FOLHA DE LONDRINA

TC condena prefeito de Cambé à devolução de R$ 19,2 milhões


João Pavinato teria cometido irregularidades na contratação de Oscip para execução de programas Saúde na Família e combate a endemias

O prefeito de Cambé (Região Metropolitana de Londrina), João Pavinato (PSDB), foi condenado pelo Tribunal de Contas (TC) do Paraná ao ressarcimento de R$ 19,2 milhões ao município por irregularidades na contratação do Instituto Atlântico, uma organização da sociedade civil de interesse público (Oscip), para execução dos programas Saúde na Família e combate a endemias. A decisão do TC alcança, solidariamente, os então presidentes do instituto, Arthur Eliaquin Montagnini e Marcos Antonio Serra. Cabe recurso. 

Os três foram multados em R$ 725,48 cada um, devido à irregularidade na gestão do convênio e também devem ter seus nomes incluídos no cadastro de gestores com contas irregulares. 

Segundo o acórdão da segunda Câmara do TC, as duas principais irregularidades na contratação (que foi de 2010 a 2012) são o pagamento da taxa de administração para o Atlântico e terceirização dos serviços que são financiados pelo SUS. De acordo com a lei, a contratação dos profissionais deveria ser feita pelo município, não pela entidade. 

A cobrança de taxa administrativa é vedada pela Resolução 03/2006 do TC. A exceção possível é quando ela tem caráter indenizatório, é devidamente motivada e detalhada em planilhas, o que não foi comprovado com documentação neste caso. O relator do processo, conselheiro Nestor Baptista, acolheu o resultado da auditoria técnica apontando que a documentação apresentada não comprova que o dinheiro foi realmente utilizado na finalidade do convênio. "Ainda não foram apresentados os documentos hábeis ao exame das contas, tais como extratos bancários da conta corrente, da conta aplicação, conciliação bancária e sado das aplicações financeiras", escreveu. 

OUTRO LADO

Pavinato disse à FOLHA que vai recorrer ao TC contra a decisão e apresentar novos documentos. "Eles estão dizendo que os documentos são insuficientes, então vamos apresentar mais informações sobre a execução dos serviços. O dinheiro foi efetivamente todo aplicado no programa." 

O prefeito afirmou que o Atlântico disputou licitação contra outras Oscips e apresentou o menor valor na taxa de administração "e foi contratado por oferecer uma condição favorável ao município". "O próprio TC tem o entendimento de que não há a necessidade de devolução de valores quando o serviço é executado e foi isso que aconteceu." 

A taxa de administração era de 4% do valor total do contrato e, de acordo com Pavinato, era utilizada pelo instituto dentro do que é permitido pela lei. "Foi contratado para executar os dois programas e para isso tinha que manter escritório de contabilidade, funcionários administrativos e transporte. O valor pago era até insuficiente para o custo operacional." 

A reportagem não conseguiu localizar os presidentes do Instituto Atlântico. 

HISTÓRICO

O Instituto Atlântico também manteve contrato para serviços na área de saúde da Prefeitura de Londrina até maio de 2011, quando foi deflagrada a operação Antissepsia pelo Gaeco. O Atlântico e outra Oscip, o Gálatas, foram acusados de fraudar notas fiscais para forjar serviços não justificar pagamentos por serviços não prestados. As contratações teriam sido articuladas pela ex-primeira dama do município na gestão do então prefeito Barbosa Neto (PDT), Ana Laura Lino.  Edson Ferreira - Reportagem Local - FOTO MARINGÁ.ODIARIO.COM