quinta-feira, 27 de agosto de 2015

ROLÂNDIA - AS CÂMERAS DE VIGILÂNCIA ESTÃO FUNCIONANDO?

Amigos meus empresários foram vítimas de furto e precisaram das imagens das câmeras de vigilância comunitária como prova do crime. Nesta ocasião um dos atendentes do 15º B.P.M. de Rolândia disse que a Câmera da Praça Castelo Branco estava fora do ar. Pedimos às autoridades competentes de Rolândia que coloquem as mesmas em operação, pois obra cara é obra que não funciona. Queremos saber das 12 instaladas quantas funcionam... O povo pagou uma fortuna por elas e o mínimo que podemos exigir é que funcionem. Bandidos não falta no Brasil... assaltos em cima de assaltos. Socorro!.... TEXTO de JOSE CARLOS FARINA

ROLÂNDIA: ASSALTO AGORA POUCO NA LOJA SALFER



Quatro bandidos assaltaram a Loja Salfer de Rolândia agora no começo da noite. Os meliantes  fizeram alguns funcionários de reféns e os ameaçaram sob a mira de armas. Os funcionários foram imobilizados e amarrados demonstrando que assalto foi planejado e que tratam-se de marginais perigosos. Foi levado do estabelecimento aparelhos celulares, Notebooks e um cofre. Uma funcionária conseguiu se soltar e chamar a polícia. A polícia de toda a região foi comunicada, mas até o presente momento ninguém foi preso. 

CASAMENTO COLETIVO EM ROLÂNDIA ATÉ O DIA 31/08/15

Visando atender a demanda de inscrições para o Casamento Coletivo do Programa Justiça nos Bairros, foi prorrogado o período de inscrição para 31/08/2015. Lembrando que os casais terão até o dia 04/09/2015 para comparecerem ao Cartório. O Poder Judiciário, Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná, e Prefeitura Municipal de Rolândia realizarão, no dia 19 de setembro, na Faculdade Paranaense - FACCAR, o Justiça no Bairro Sesc Cidadão. O evento atenderá a população vulnerável economicamente.


O Poder Judiciário, Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná, e Prefeitura Municipal de Rolândia realizarão, no dia 19 de setembro, na Faculdade Paranaense - FACCAR, o Justiça no Bairro Sesc Cidadão. O evento atenderá apopulação vulnerável economicamente, proporcionando a conciliação por meio de audiências prévias em inúmeras áreas do direito. O projeto atenderá ainda à demanda reprimida na área consensual, com a presença das partes envolvidas, com a imediata solução para moradores de Rolândia e região. Os atendimentos serão nas áreas do Divórcio, Alimentos, Guarda e Responsabilidade, Reconhecimento de Paternidade e de Maternidade, Reconhecimento de União Estável ou Dissolução, DNA, Retificação de Registro Civil e Interdição Judicial. Orientações preventivas de saúde e outros serviços de interesse do cidadão farão parte da programação do evento.Todos os serviços são gratuitos (exceto DNA) e o atendimento será organizado por senhas que serão entregues a partir das 8h com início dos atendimentos às 9h. A organização do evento salienta a importância dos participantes levarem comprovante de renda, já que alguns serviços somente serão disponibilizados para a população com renda máxima de até 3 salários mínimos, comprovante de endereço e documentação pessoal que é específica para cada serviço pretendido. Para informações sobre a documentação os interessados devem entrar em contato pelo telefone:(43) 3305 7870- Unidade Sesc Londrina Aeroporto. Essa realização conta com o apoio do Instituto Curitiba de Informática - ICI, , Cartórios do Registro Civil, Exército Brasileiro e FAE.

-- 

ROLÂNDIA: CRISE NO HOSPITAL SÃO RAFAEL SE AGRAVA


Caro LEITOR!!!

Vou relatar que a situação no Hospital não está nada bem.... Os médicos não recebem seus honorários há meses....
E Não adianta o Sr. DANILSON FALAR QUE ESTA SÓ UM MÊS ATRASADO POIS NÃO ESTÁ. ( ISTO É UMA INVERDADE) ....
VOU DAR UM EXEMPLO DO DESCASO DAS AUTORIDADES LOCAL , ESTADUAL E DA ADMINISTRAÇÃO. ...E POSSO ATÉ DIZER MAUS TRATOS COM O SER HUMANO E EM ESPECIAL COM O IDOSO.

O SENHOR CONHECE O ANESTESISTA DO HOSPITAL, SR. JOSÉ ANTÔNIO RIAS.... POIS BEM ESTE SENHOR , LARGOU TODOS OS VÍNCULOS QUE TINHA COM OUTRAS INSTITUIÇÕES, POR ACREDITAR ACREDITAR SEMPRE NO SER HUMANO, E COMO MEDICO NUNCA ABANDONOU UM PACIENTE, SE DEDICOU AO HOSPITAL SÃO RAFAEL, MESMO COM TODAS AS DIFICULDADES......



"FOI TROCADO A ADMINISTRAÇÃO E A SITUAÇÃO NÃO MUDOU..".
ENTÃO , LEMBRA DO DR. RIAS QUE MENCIONEI NO INÍCIO. ... ELE ESTA EM DIFICULDADE FINANCEIRA DEVIDO AO ATRASO DE QUASE QUATRO MESES NO REPASSE DOS PLANTÕES E DE NOVE MESES NO REPASSE DO SUS....

POIS BEM ESTE SENHOR DEPENDE SOMENTE DOS HONORÁRIOS QUE RECEBE DO HOSPITAL ... É SABIDO QUE REPASSES FORAM FEITOS PARA O HOSPITAL, MAS A ADMINISTRAÇÃO ( PRESIDENCIA DA ADM E SR. MEDEIROS NÃO ESTÃO NEM AÍ COM OS MEDICOS).... A UNICA RESPOSTA É: -" O HOSPITAL TEM QUE FECHAR"...

DIA 19 DE AGOSTO, DEVIDO AO STRESS QUE ESTE CIDADÃO ESTA SOFRENDO ( POIS ESTA TRINTA DIAS DE PLANTÃO POR MÊS, VINTE E QUATRO HORAS POR DIA, A MAIS DE DEZOITO MESES .....POR SE DEDICAR AO HOSPITAL, E PARA NÃO DEIXAR POPULAÇÃO DESASSISTIDA)... ( POIS DEVIDO A FALTA DE PAGAMENTO TODOS OS OUTROS ANESTESISTAS PARARAM DE ATENDER NO HOSPITAL SÃO RAFAEL), APRESENTOU PICO HIPERTENSIVO DE 280 POR 160 mmHg. .. Epistaxe nasal abundante e quase um quadro de AVC ( derrame)....  

Nobre Leitor, o senhor acha justo isto???? A Quem interessa O CAUS ??? Qual grupo esta opor trás desta manobra? ??? A quem devemos recorrer.... Levar estes casos a imprensa???? Levar a promotoria??? Esta se tornando caso de polícia . ...!!! Quem sabe , levar estes descaso ao ministério público federal, pois tem verba federal ENVOLVIDA....!!!! Talvez seria a solução! !!


DR. FABIO SAMBATTI


BRUXARIA EM APUCARANA ??

FOLHA DE LONDRINA

MAGIA NEGRA?

Menina faz cirurgia para retirar cabelo do intestino

Justiça determina encaminhamento da criança a lar de proteção após pais declararem que ingestão de cabelo e barbante foi 'obra do demônio'

Gustavo Carneiro
Delegado-chefe de Apucarana diz que os pais da menina apresentam problemas psicológicos
Apucarana - Uma menina de 8 anos que sofreu uma cirurgia para a retirada de um emaranhado de material similar a cabelos humanos em Apucarana foi encaminhada para o Lar Sagrada Família com uma ordem protetiva expedida pela Juíza Carolina Carrijo. A medida impede que os pais entrem em contato com a criança. Segundo o delegado-chefe da 17ª Subdivisão de Polícia Civil de Apucarana, José Aparecido Jacovós, a menina foi internada no dia 14 deste mês com fortes dores estomacais e submetida a uma bateria de exames que incluiu ultrassom e radiografias. 


"Foi constatado que havia um corpo estranho no intestino. Ela foi submetida a uma cirurgia e foram encontrados objetos tais como tufos de cabelo, barbantes, material estranho. A mãe afirmou que a filha possivelmente foi vítima de um ato de magia negra e nós determinamos a intimação dessa mãe para que ela explicasse de onde saiu essa história de magia negra", relatou. "No interrogatório dessa senhora, ela apresentou problemas de ordem psicológica e psiquiátrica e nós chegamos à conclusão de que ela estaria envolvida diretamente na introdução dos objetos na criança", afirmou o delegado. 

Jacovós relatou que a mãe da criança confessou que teria introduzido os objetos. "Ela foi indiciada e estamos dando continuidade, porque acreditamos que existem outras pessoas envolvidas", expôs. Segundo o delegado, essas pessoas podem estar utilizando essa criança para rituais de magia negra. Jacovós explicou que o pai da menina é presbítero, e um outro cidadão, que foi a pessoa que aventou a possibilidade da criança ter sido vítima de magia negra, também seria da mesma religião. "A polícia trabalha com o fato de que são pessoas religiosas. Mas se alguém diz para uma pessoa que, no nosso entendimento tem problemas de ordem psiquiátrica, que ela foi vítima de um trabalho de magia negra e ela pode considerar isso uma coisa séria e pode tentar se livrar disso de alguma forma, talvez introduzindo alguma coisa na filha", argumentou. 

O delegado explicou que a mãe não está detida porque não houve flagrante, mas não descartou a possibilidade, se for constatado o envolvimento de outras pessoas com um fim específico que não seja apenas um problema de ordem psicológica ou psiquiátrica. Nesse caso, ele pode pedir a prisão preventiva tanto da mãe como de outras pessoas envolvidas. 


OS PAIS


A mãe da menina, que havia confessado o ato para a polícia, voltou atrás e alegou que disse ter introduzido o material porque foi pressionada pelos policiais. "Falei o que eles queriam ouvir, mas não quer dizer que é verdade. Eu não seria capaz de fazer isso com a minha própria filha", alegou. 

O pai da menina também refutou essa possibilidade e continuou defendendo a tese de que o material foi parar no corpo da menina por meio do demônio. "Eu acredito no bem e no mal e Deus não vai fazer uma coisa dessa. E minha filha não sofre de nenhum distúrbio psicológico para ficar comendo essas coisas", garantiu. Ele explicou que a menina vem sentindo essas dores desde fevereiro deste ano e que na época foi submetida aos mesmos exames e nada havia sido constatado pelos médicos. 

O pai da garota relatou ainda que sempre assiste a programas religiosos na TV, onde viu casos em que o demônio se manifestou, por isso defende essa tese da filha ter sido afetada por magia. Questionado sobre o que ele estava sentindo ao ter sua filha separada dele, o pai foi enfático. "O coração de pai fica apertado ao ver uma filha sofrendo. Além dela, tenho outros três filhos e querem tirá-los de mim. Sou unicista, acredito em um só Deus, mas em primeiro lugar eu sou pai e daria a minha vida pela de meus filhos", afirmou.

Vítor Ogawa

Reportagem Local