quinta-feira, 24 de setembro de 2015

PINTURA DE RUA VOLTA A ACONTECER EM ROLÂNDIA


Apesar de não receber nenhum comunicado, estou publicando por conta própria: Haverá neste domingo, dia 27,  na Praça Castelo Branco, o evento "Pintura de Rua", nos moldes do que foi feito na 1ª administração de Perazolo. Na época em que a Rosa Hofmann pintou aquela tela gigante que está até hoje no gabinete do prefeito, que recebeu o nome de "Favela do Sapo". Haverá também no mesmo dia o  Encontro de Carros Antigos e Derivados, que começa 9 horas.

  

OBRA DO HOTEL ROLÂNDIA CONTINUA PARADA

24/09/2015 - Voltei lá hoje. Continua tudo parado. Se não cobrirem logo com telhas ou lonas as madeiras da estrutura do telhado pode apodrecer ou empenar. Pedimos providências. Zé de Paula me prometeu há mais de 15 dias que iria mandar cobrir (nem que seja com lona plástica). Trata-se de uma obra barata. Se a prefeitura não conseguir terminar com esta obra que representa o "marco zero" da história, pode fechar as portas. Uma obra de baixo custo, e mesmo assim... parada.. inacabada a mais de um ano.... E os vereadores? tem algum preocupado? parece que não.... TEXTO e FOTO By JOSÉ CARLOS FARINA

CARTAZES & EVENTOS EM ROLÂNDIA - PR.


ROLÂNDIA: MORADOR RECLAMA DO CORTE DE ÁRVORES


Amigo Farina:

veja este verde agora. Sabe porque logo logo Rolândia não vai mais ter este verde... sabe porque, ROLÂNDIA não tem vereadores que defendem as árvores da cidade... sabe amigo Farina, mais uma árvore foi cortada aqui no Jardim Asteca. ÁRVORE BOA, vereador para que serve? e olha que recebem um ótimo salário. GERCINO AMARAL ( VIA FACEBOOK )




ROLÂNDIA: POVO QUER ECONOMIA COM ALUGUÉIS


SÓ VOU DAR DOIS EXEMPLOS PORQUE ALUGAR A CASA DO FINADO G.... , SE ESSE SETOR DE SAÚDE NÃO FUNCIONA. PORQUE ALUGAR TRÊS CASAS PARA FUNCIONAR O CAPS, EU FUI NO CAPS DA AV. CASTRO ALVES, SÓ NAQUELE LOCAL PODERIA MUITO BEM FUNCIONAR TODAS AS TRÊS UNIDADES DA CIDADE, VEREADORES FISCALIZEM MELHOR A GRANA ARRECADADA DOS NOSSOS IMPOSTOS. ( VIA FACEBOOK )
COMENTÁRIO:
Zé de Paula assumiu já com estes encargos, mas é importante ajuntar tudo em um único prédio. FARINA

VÍDEO DISK / VERDURAS PELA INTERNET EM ROLÂNDIA

ROLÂNDIA: JOHNNY LEHMANN FOI INTIMADO HOJE DA DECISÃO DOS EMBARGOS



JORNAL MANCHETE DO POVO





Nesta quinta (23) o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) publicou em diário oficial o Acórdão sobre a rejeição dos Embargos de Declaração de Johnny Lehmann. Isto significa que agora o ex-prefeito cassado tem três dias úteis, ou seja, até segunda (28), para recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal) e caso não consiga, ou decida não recorrer, o processo de cassação se dará por encerrado e o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) já poderá marcar nova eleição em Rolândia.

O chefe do Cartório Eleitoral, Mário Bannwart explica que após certificar o trânsito em julgado, o TSE tem 3 dias para comunicar o TRE, que por sua vez terá até 9 de outubro para se reunir e decidir se terá eleição, pois só poderá ter eleições suplementares diretas, de acordo com o calendário eleitoral, até o dia 06 de dezembro.

Mario explica que a justiça eleitoral precisa de 45 a 60 dias para organizar uma eleição e por isso, caso não seja marcado o pleito até a segunda semana de outubro, não dará mais tempo para uma eleição direta restando a possibilidade de uma disputa indireta, na qual os vereadores é quem decidirão quem será o próximo prefeito.

ROLÂNDIA: QUANTO A PREFEITURA GASTA COM ALUGUÉIS


REGINALDO SILVA-VEREADOR

A POPULAÇÃO QUER SABER!




QUANTO A PREFEITURA GASTA EM ALUGUÉIS?

Em tempos de crise, repasses minúsculos do governo Estadual e recursos municipais limitados para investir em Saúde e Educação, a atual ADMINISTRAÇÃO poderia começar a REVER seus GASTOS COM ALUGUEIS!

Na última segunda - feira apresentei durante a Sessão Ordinária o Requerimento n° 453/2015, onde solicito a Prefeitura de Rolândia, informações relacionadas aos imóveis alugados pelo Executivo, dentre elas:

1) Relação completa de todas as empresas beneficiadas com a cessão gratuita de aluguéis pagos como base na Lei de Incentivo à Industrialização, nos últimos 2 anos.

2) Relação das Imobiliárias com os respectivos valores pagos mensais, total e por imóvel.

3) Nomes dos proprietários dos imóveis com os valores pagos mensais.

4) Relação dos CONTRATOS e seus respectivos valores totais e mensais, dos últimos 2 anos.

5) Total dos gastos com aluguéis ano a ano, 2015, 2014, 2013 e 2012.

6) Nome das imobiliárias e proprietário dos imóveis para os quais o Executivo paga aluguel para o funcionamento de alguma repartição ou secretária município e seus respectivos valores contratuais total e mensal.

7) Encaminhar toda a documentação pertinente aos contratos destes aluguéis.

O Pedido visa prestar esclarecimento aos vários questionamentos feitos por parte da população. Além disso, estou exercendo a função fiscalizadora, inerente ao mandato parlamentar, concedida pela Lei Orgânica do Município.

CHUMBO DE NOVO EM ROLÂNDIA ??



Daniel Steidle:

Essas questões de empresas perigosas (na verdade todas causam impactos ambientais) devem passar pelo COMDEMA... e nada disso foi exposto até agora. O prefeito Zé De Paula Martins passou na Bimini terça de manhã para ainda ver o Dr. Paulo Ernani que deu a sua palestra sobre árvores... e até falamos sobre o chumbo da época em que ele foi vereador... e como foi bom para Rolândia ter se livrado disso. Rolândia precisa ser revitalizada e definitivamente vestir a camisa do turismo e não estar sempre na mira de coisas que acabam com a qualidade de vida do povo... emprego sim! Mas em coisas saudáveis como educação, turismo e meio ambiente... a exemplo de Irati de 60 mil habitantes (quase igual Rolândia) onde a maior renda do município vem da EDUCAÇÃO!

COMENTÁRIO:

Se o prefeito, vereadores e COMDEMA não sabem, será que o padre sabe? ou foi a adm. anterior quem autorizou? será que o pessoal da secretaria do meio ambiente que trabalhou tbm para a adm. anterior não sabe? talvez o ex-procurador Jeferson Matias.... o Marcio Kolarovick que ganha bem para cuidar desta área deve investigar e informar.......peço ao Zé De Paula Martins que peça ao Marcio para investigar e postar aqui ainda hoje. Não queremos chumbo.... ficou claro? peço aos vereadores Alex SantanaJoão Ardigo IIReginaldo SilvaOdir Giordani. que investiguem;..... será que estamos correndo risco??  Se esta industria foi instalda ( ou está se instalando) alguém deve ter dado alvará... ou não? JOSÉ CARLOS FARINA

METEORO OU DISCO VOADOR EM PALOTINA - PR. ??

FOLHA DE  LONDRINA

Queda de meteoro intriga moradores de Palotina

Marinalva Munaretto/Reprodução
Bola de fogo chamou a atenção de moradores de várias cidades do Oeste do Estado
Em Palotina (Oeste), o assunto de ontem era um só. Moradores ainda tentavam descobrir o que teria cruzado o céu da cidade na noite da última terça-feira, pouco antes das 20 horas. Muitos registraram uma bola de fogo luminosa que chamou a atenção de todos e desapareceu em segundos, causando um forte tremor na região. Nas redes sociais, fotos e vídeos do objeto pipocavam de todos os lados, junto com os relatos de surpresa e também de medo. 

Depois de analisar alguns vídeos publicados na internet, o astrônomo londrinense Miguel Fernando Moreno, presidente do Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia de Londrina (Gedal), afirmou se tratar de um meteoro. "Tudo leva a crer que é (meteoro). Esse tipo de meteoro chamamos de bólido, que é algo mais brilhante, como o que foi visto lá. Acredito que esse objeto seja fragmento de algum asteroide, pedaço de cometa ou algo assim, que possa ter caído na atmosfera terrestre", explicou o astrônomo, que estuda fenômenos do tipo há mais de 20 anos. 

O indício mais forte de que se trata mesmo de um meteoro, segundo ele, é a velocidade com que o objeto cruzou o céu. "Em geral, quando se tem uma queda de lixo espacial, que é comum, a velocidade é de alguns quilômetros por hora, mas quando se fala de pedaço de cometa ou asteroide, como foi este, que vai formar um meteoro, é algo em torno de 10 até 70 quilômetros por segundo. É muito mais rápido, e o brilho é mais intenso também", argumentou. Segundo ele, o objeto teria, mais ou menos, o tamanho de uma caixa de sapatos. 

O fenômeno foi visto também em outras cidades da Região Oeste do Paraná, como Pato Branco, Marmeleiro, Francisco Beltrão, São João, Assis Chateaubriand e Brasilândia do Sul. Uma moradora de Cascavel conseguiu registrar, enquanto filmava o vizinho andando de patins, a passagem do meteoro pelo céu da cidade. Pelas redes sociais, até um estudante de Arapongas relatou ter visto o objeto luminoso passar. 

No entanto, os depoimentos de que teria havido também um tremor logo após a passagem do objeto foram mais comuns em Palotina. O inspetor de qualidade Rodrigo Hryszko contou ter visto o meteoro passar e segundos depois um barulho alto e um tremor muito forte. "O estrondo foi muito grande. As janelas da casa do meu irmão chegaram a tremer. Na hora foi um susto muito grande, pois era de noite", relatou o jovem, que conseguiu até tirar uma foto no momento da passagem do fenômeno. "O pessoal aqui está dizendo que caiu dentro uma fazenda aqui na região", completou. 

Quem também escutou o barulho da possível queda do meteoro em Palotina foi a jornalista Luana Gomes. "Não cheguei a ver, mas senti como se fosse uma batida muito forte. As paredes da minha casa tremeram. Na hora até achamos que era um acidente", descreveu. "Logo já saíram muitos vizinhos para a rua e muitos realmente viram e também escutaram o barulho dele caindo." 

Analisando as imagens, o astrônomo diz acreditar que o objeto não chegou a cair no solo. "Pelos vídeos que vi, acho que não, porque ele foi queimando e chega certa altura que para, dá impressão que queimou todo. Em geral, quando há a queda de meteoro, é possível acompanhar até bem próximo ao horizonte. No caso de ontem (terça), ele some antes", explicou Moreno. Neste caso, o barulho e o tremor relatados pelos moradores estariam relacionados à desintegração do meteoro na atmosfera. 

Em breve um observatório que será instalado em Medianeira (Oeste). "Se a gente já tivesse um desse seria possível dizer se caiu e onde. Por isso é importante esse tipo de trabalho", observou o presidente do Gedal.

Rafael Souza
Reportagem Local