quarta-feira, 21 de outubro de 2015

DENUNCIA DE JOSÉ CARLOS FARINA NA RPC GLOBO HOTEL ROLÂNDIA

Deputado Cobra Reporter fala das eleições em Rolândia

Na tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda (19), o deputado estadual Cobra Repórter lamentou a situação política da cidade de Rolândia, que terá nova eleição no próximo dia 6 de dezembro para a escolha do prefeito que vai governar pouco mais de uma ano. “Em menos de um ano tivemos três prefeitos: Johnny Lehmann, o seu vice, José Danilson e o então presidente da Câmara, José de Paula Martins, que está em exercício até a próxima eleição”, lembrou. “É uma pena o que ocorreu no município que tem 63 mil habitantes e é o 21º em arrecadação no Estado. A maior prejudicada é a população, que não vê continuidade nos projetos. Eu mesmo já estive com três prefeitos diferentes nos órgãos do Estado para apresentar projetos, mas o problema é que quem entra não quer dar sequência na administração do outro. Quem paga é o trabalhador, a população de bem”, destacou Cobra Repórter.

ROLÂNDIA: PREFEITURA NÃO TEM OPERÁRIOS


O secretário Milton Alves deu declaração hoje para a imprensa  que precisa proceder a recuperação das ruas esburacadas da cidade, mas que a prefeitura conta com apenas  9 operários, sendo que 4 estão de licença. Disse que ele e Santana vão ter quer ajudar nos serviços.

COMENTÁRIO: Puxa vida!... a prefeitura tem mais de 1.500 funcionários... quase 100 cargos de confiança, e para trabalhar mesmo na recuperação de ruas apenas 5 hoje; É brincadeira. Alguma coisa tá errada aí. Ou não? SOCORRO!..... E a verba de R$ 5 milhões para recape o que deu? JOSÉ CARLOS FARINA

"MasterChef Júnior" tem seis eliminados e "oferta de emprego" para criança

Fonte - UOL

"MasterChef Júnior", versão infantil do reality de culinária da Band, estreou nesta terça-feira (20) com competidores de alto nível. Seis candidatos foram eliminados no primeiro dia. Mais doces e menos carrascos, os jurados se surpreenderam com o desempenho das crianças e as compararam aos adultos.

Paola Carosella e Henrique Fogaça chegaram a disputar Lorenzo, de 13 anos, para trabalhar nos restaurantes deles, em tom de brincadeira. O candidato preparou um french rack de javali com risoto de cogumelo e abobrinha frita. A jurada argentina se impressionou com o sabor do prato. "Quer vir trabalhar comigo?", perguntou. "Quero", respondeu Lorenzo. "Muito bom, mas muito bom, muito bom! Parabéns!", elogiou Carosella.

Fogaça sugeriu contratar o garoto no lugar de um funcionário do restaurante dele. "Vou falar um negócio. Tem um cara lá no meu restaurante dando vários vacilos. Se ele vacilar mais uma vez, eu vou te chamar para trabalhar comigo, vamos?", convidou o jurado, repreendido na sequência por Carosella: "Não, ele vai trabalhar comigo primeiro".

Tomás, 13 anos, preparou um javali flambado e, ao explicar o prato para Carosella, deixou a jurada boquiaberta: "Você é de outro planeta? É incrível o que você fez, mas o mais interessante foi ouvir você explicar o prato, com uma segurança como se você fizesse todos os dias".

Caçula da competição, Ivana, 9 anos, chamou a atenção de Carosella por ser poliglota -- fala português, inglês e espanhol. Ela é norte-americana e sua mãe, colombiana.

Choro e pais intrometidos

Na primeira prova, os pais puderam assistir ao desempenho dos filhos, porém alguns se intrometeram no trabalho das crianças. Ana Paula Padrão chegou a repreender o pai de Lorenzo por falar demais com o candidato. A mãe de Valentina, 12 anos, deixou a filha irritada por sugerir como ela deveria preparar o prato.

Padrão e os jurados deixaram de lado a pressão e ajudaram os candidatos. Sofia, 12 anos, se desesperou com o tempo e a apresentadora consolou a garota. Laura, 11 anos, levou seu nhoque de batata-doce chorando para os jurados, e Erick Jacquin brincou que o prato estava temperado com as lágrimas dela.

Eliminações

As 20 crianças foram divididas em três grupos. O primeiro preparou carnes, o segundo ficou com massas e o terceiro, sobremesas. Dois participantes de cada grupo foram eliminados. No total, seis foram para casa.

Luiza (10), Augusto (11), Gleyson (12), Piera (11), Hytalo (11) e Andrey (13) foram os primeiros eliminados do "MasterChef Júnior". Mais doces, os jurados relevaram defeitos nos pratos e elogiaram os candidatos mirins.

O vencedor ganhará, além do troféu, uma viagem para a Disney, com direto a cinco acompanhantes; um curso de culinária; um vale compras de uma rede de supermercados no valor de R$ 1 mil por mês; e um kit de eletrodomésticos.

Câmara arquiva iniciativa popular para baixar salário de vereadores em Londrina

Marco Feltrin - Redação Bonde 

A Câmara de Vereadores de Londrina arquivou o projeto de iniciativa popular que pedia redução de 91% no salário dos parlamentares, de R$ 13,5 mil para R$ 1.192,45. 

Segundo despacho apresentado pela Mesa Executiva nesta terça-feira (20), não foram cumpridas as exigências legais previstas na Constituição e no regimento interno do Legislativo. 

Para um projeto de iniciativa popular tramitar, é necessário apresentar a assinatura de 5% do eleitorado, que em Londrina representa cerca de 16,9 mil pessoas. 

O documento foi protocolado em 10 de agosto e, segundo a Câmara de Vereadores, até ontem não havia sido apresentada nenhuma assinatura. A proposta foi protocolada pelo suplente de vereador Emerson Petriv. No Facebook, ele chegou a publicar que havia conseguido mais de 13 mil assinaturas. 

Os pedidos de redução do salário se espalharam por diversas Câmaras de Vereadores seguindo exemplo de Santo Antônio da Platina que, após pressão popular, reverteu um projeto de dobrava o salário dos parlamentares a partir de 2017 para outro que reduz em 73% a remuneração a partir da próxima legislatura.

Bancários rejeitam proposta da Fenaban e decidem manter greve

Agência Brasil - Bonde

Os bancários rejeitaram nesta terça-feira (20) a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de 7,5% de reajuste e retirada do abono, após reunião realizada para negociar o fim da greve, no Hotel Maksoud Plaza, capital paulista. 

De acordo com o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, o Comando Nacional dos Bancários quer discutir aumento real e orienta a categoria a manter a greve forte. A negociação continua na quarta (21), a partir das 11h. 

Os bancários estão em greve há 15 dias. Na segunda-feira (19), segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (‎Contraf-CUT), 12.496 agências e 40 centros administrativos paralisaram suas atividades nos 26 estados e no Distrito Federal. 

Eles reivindicam reajuste salarial de 16%, incluindo reposição da inflação, mais 5,7% de aumento real, participação nos lucros e resultado (PLR), equivalente a três salários mínimos, mais R$ 7.246,82, melhores condições de trabalho e fim das demissões, entre outros. 

"O desrespeito dos bancos continua. Amanhã, a greve completa 16 dias, sem avanço até o momento. Queremos discutir um reajuste digno do esforço dos bancários e correlato aos ganhos reais dos bancos. Não podemos aceitar perda salarial", disse, em nota, Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários. 

"Os bancos apresentaram uma proposta que reduz ainda mais os salários. Reiteramos nossa disponibilidade de negociar nova proposta. Por enquanto, a orientação é manter a greve forte. A negociação será retomada amanhã às 11h", informou Roberto Von der Osten, presidente da Contraf-CUT e também coordenador do Comando Nacional.

MUTIRÃO ANTI DENGUE VISITA 880 IMÓVEIS

Site oficial do município de rolândia



Nos dias 16 e 17/10/2015 (sexta e sábado) a Secretaria de Saúde realizou o Mutirão Contra a Dengue nos Bairros Jardim do Lago, Morumbi e Santa Felicidade com o objetivo de combater os focos do mosquito da dengue e evitar a ampliação dos casos da doença nestes bairros. O mutirão foi um sucesso e alcançou seu objetivo principal: realizar uma vasta limpeza nestes bairros, eliminando os focos e possíveis criadouros do Aedes aegypti. Para que o mutirão alcançasse esse resultado, foram fundamentais a participação de 15 agentes de endemias e 4 agentes de saúdes da UBS Santiago visitando as residências conversando e orientando a população e, junto com o morador, retirando tudo aquilo que podia acumular água. Além disso, foram vistoriados os terrenos baldios e retirados todos os possíveis criadouros nesta região, que eram a parte mais critica da cidade, posto que a maioria dos focos estavam nos terrenos vazios. A Secretaria constata que a população ainda insiste em jogar seu lixo em terrenos vazios. Depois da retirada do entulho e do lixo, 10 agentes de endemias com bombas costais fizeram a aplicação do inseticida já que, com a retirada dos locais onde o mosquito fêmea deposita seus ovos, elas ficam todas agitadas a procura de novos lugares para desovar. A Secretaria de Saúde contou também com o apoio da Secretaria de Infraestrutura que forneceu caminhões e pá mecânica para efetuar a limpeza dos fundos de vales e dos terrenos, promoveram a destinação correta para os mesmos, ao aterro sanitário. Foram encontrados nesta ação cerca de 120 lugares onde já existia a presença da larva do mosquito (focos) principalmente em terrenos baldios e nos fundos de vale, locais com grande acúmulo de lixo. Foram vistoriados vistoriados 880 imóveis e foram retiradas destes bairros aproximadamente seis caminhões de entulhos com possíveis criadouros do mosquito. O Diretor de Vigilância em Saúde, Marcelo Marques, explica que “é importante chamar a atenção da comunidade e com isso educá-los ambientalmente, pois a situação é preocupante. “Não basta nós realizarmos o mutirão de limpeza, se os moradores não participarem, limpando suas casas, seus quintais, recolhendo todo recipiente que possa acumular água e evitar novos criadouros do mosquito em casa”. A Secretaria de Saúde reforça que não é função dos agentes de endemias limparem quintais particulares, visto que a principal função dos agentes nos domicílios é orientar e informar os moradores sobre como prevenir e combater os focos da doença, além de eliminar as larvas em criadouros de água parada. Dentro dos domicílios, a responsabilidade da limpeza é do morador.