sexta-feira, 30 de outubro de 2015

BLOG DO FARINA 61 MIL ACESSOS MENSAIS EM OUTUBRO

ATÉ HOJE, DIA 30. MATA  A COBRA E MOSTRA O PAU. DIRETO DA BLOGGER 2.280.000 ATÉ AQUI. CLIQUE  PARA AUMENTAR.

VÍTIMA REAGE A ASSALTA E ESFAQUEIA MENOR ASSALTANTE EM ROLÂNDIA

Menor é esfaqueado por vítima após tentar assaltar com arma de plástico

Redação Bonde - 30/10/2015 --
Um adolescente de 17 anos foi esfaqueado no pescoço por um jovem que ele tentava assaltar em Rolândia, na região metropolitana de Londrina, por volta das 22h40 de quinta-feira (29). Conforme a Polícia Militar (PM), a vítima deixava um colégio, na área central da cidade, quando foi abordada pelo menor, que teria usado uma arma de plástico para anunciar o assalto. 

Ainda conforme a PM, o jovem reagiu ao roubo, entrou em luta corporal com o adolescente e usou um canivete para esfaqueá-lo no pescoço. O menor fugiu do local após a confusão. 

Acionada, a polícia localizou o adolescente, com ferimentos moderados, nas proximidades do local do crime. Ele recebeu atendimento médico no Hospital São Rafael e foi encaminhado para a Delegacia de Rolândia.

ROLÂNDIA: COBRE O SEU VEREADOR E FUTURO CANDIDATO

CUIDADOS COM O PRÍNCIPE DO JAPÃO




Oito cuidados necessários diante do casal imperial japonês em Londrina

Para preservar a privacidade de Akishino e Kiko, entenda o que é permitido e proibido na presença deles

Marcelo Frazão
  • Marcelo Frazão
  • 30/10/2015 15:45




Neste sábado (31), Londrina receberá a visita do príncipe Akishino e da princesa Kiko, membros da Casa Imperial do Japão. No Paraná, o casal também passa por Rolândia, Maringá e Curitiba. A presença deles impõe uma série de rituais e exigências de distanciamento, que só podem ser quebrados por escolha de Akishino e Kiko.
Em 2008, o irmão de Akishino, Naruhito, levou a segurança ao desespero quando decidiu quebrar o protocolo. Ele chegou perto da comunidade nipo-brasileira, acenou, apertou a mão de idosos e até sorriu em direção à multidão que lotou a Praça Tomi Nakagawa para vê-lo. Uma ousadia para o protocolo formal japonês.
Para este sábado (31), durante a visita da comitiva, jornalistas e visitantes e japoneses são obrigados a seguir uma série de orientações que visam preservar a intimidade e a segurança do casal imperial. Em um dos comunicados à imprensa, por exemplo, os organizadores orienta a imprensa à se comportar “sem alardes e correria” e que “se houver necessidade de locomoção, tudo deve ser feito com calma”.
Se você estiver presente a algum dos eventos da visita, veja as recomendações do Consulado e da Aliança Cultural Brasil-Japão sobre como se comportar na presença do príncipe e da princesa:
1 - Jamais estenda a mão ao casal
2 – Evite olhar diretamente nos olhos do príncipe e da princesa
3 - É terminantemente proibido tentar tocá-los e se aproximar sem permissão deles
4 - É vedada qualquer tentativa de chamar a atenção do casal por qualquer forma, inclusive chamando ou gritando pelos nomes
5 – Não são permitidas selfies. Imagens próximas do casal só podem ser feitas com autorização do cerimonial e da segurança
6 - Fotógrafos e cinegrafistas não podem fazer imagens do casal de costas, apenas pela frente
7 - Cinegrafistas e fotógrafos estão proibidos de cruzar ou atravessar a frente dos dois e devem locomover-se com calma
8 – O casal não pode ser chamado a posar para câmeras. Tudo o que fizerem é por escolha própria
Roteiro em Londrina
O príncipe Akishino e a princesa Kiko desembarcam no Aeroporto José Richa por volta das 9 horas desse sábado (31).
Às 9h30 serão recepcionados na sede da Associação Cultural e Esportiva de Londrina (Acel), em cerimônias reservadas.
Às 11h são esperados na Praça Tomi Nakagawa, inaugurada em 2008 pelo irmão de Akishino, o príncipe Fumihito.
Em Londrina, a comunidade japonesa preparou diversas apresentações e cerimônias – todas de 15 minutos, no máximo – para a visita do casal imperial.

OBS.: SE EU FOR, PODE TER CERTEZA QUE VOU OLHAR NOS OLHOS DELE E ESTENDER A MÃO SIM... ELE PODE ATÉ NÃO PEGAR NA MINHA MÃO, MAS AÍ O MAL EDUCADO SERÁ ELE. QUANDO ELE MORRER VIRARÁ O MESMO PÓ... DIFERENÇA APENAS NAS ALMAS E ESPÍRITOS. A DELE PODERÁ SER MELHOR OU PIOR QUE A MINHA. SÓ DEUS SABE DO GALARDÃO DE CADA UM. OU NÃO? FARINA

VÍDEO DISCO VOADOR ( OVNI) NOS ESTADOS UNIDOS DIA 24/10/15

NOTA DE FALECIMENTO EM ROLÂNDIA 30/10/2015

Olá Farina..

.Não deve sr do seu tempo a Escola Alemã que tinha na fazenda Janeta nos anos 60 e cujo diretor era o Prf. Helmut Kinzel ..pois é ele faleceu ontem 29 aos 92 anos na Alemanha...Muitos Roladenses gostariam de saber disso..

Abraço.


PEDRO BECKER comunicou


ROLÂNDIA: RECAPE DE PÉSSIMA QUALIDADE

Segundo o denunciante o material é de péssima qualidade e muito mal feito. Ivan Coutinho compartilhou o vídeo de Antonio Camargo 

DISCO VOADOR ( OVNI ) NA SIBÉRIA ??

br.noticias.yahoo.com

Aparição de OVNI cercado por luzes verdes apavora moradores da Sibéria

ReproduçãoReprodução


Afinal, os extraterrestres estão ou não estão entre nós? A pergunta pode não ser facilmente respondida, mas desperta a curiosidade de muita gente. E dessa curiosidade surgem as “aparições” de OVNIs.

E a bola da vez é uma observação feita na Sibéria, que fica na Rússia. Moradores locais flagraram objetos voadores em formato de pires e com contorno verde sobrevoando o céus de Ulan-Ude.

“Quando o OVNI parou bem em cima de nós, eu não conseguia dizer sequer uma palavra, mesmo que eu tentasse. Vi dois homens correndo para se esconder em um edifício e foi isso, não conseguia nada”, afirmou uma testemunha ao Siberian Times.

Apesar da aparição em questão ter sido rápida, ela chocou bastante os moradores locais. Outra testemunha descreveu momentos de bastante medo ao lado de seu filho.

“Era um grande disco com luzes verdes e brilhantes no meio. Meu filho se assustou e ficou com muito medo. Ele pegou na minha mão e então nós fugimos. Nunca acreditei que algo assim pudesse mesmo existir”, disse ela à publicação.

A Rússia é tida pelos ufólogos como um dos maiores centros de aparições de OVNIs em todo mundo. Anualmente, dezenas de registros de objetos sobrevoando os céus locais são divulgados para o mundo.

VÍDEO IMIN 100 By FARINA

VÍDEO ROLÂNDIA SE PREPARA PARA A VISITA DO PRÍNCIPE DO JAPÃO

ROLÂNDIA: PRÍNCIPE DO JAPÃO AMANHÁ NA CIDADE

FOLHA DE LONDRINA


30/10/2015

Casal imperial japonês chega hoje ao Paraná

O príncipe Akishino Fumihito e a princesa Kiko chegam hoje ao Paraná para participar das comemorações dos "120 anos do Tratado de Estabelecimento das Relações Diplomáticas Japão-Brasil" no Brasil. O Paraná é o segundo na ordem de visitação após São Paulo, passando por mais outros quatro Estados na sequência. O casal imperial cumprirá um extenso roteiro de visitas em Curitiba e nas cidades de LondrinaRolândia e Maringá.Em Curitiba, eles irão participar de um evento com o prefeito Gustavo Fruet na Praça do Japão, às 14h30. Às 15h10, o casal segue para a Associação Cultural e Beneficente Nipo-brasileira de Curitiba (Nikkei Curitiba); às 17h15 participam de cerimônia no Palácio Iguaçu, onde serão recebidos com honras militares; às 17h45 participam de solenidade comemorativa no auditório do Museu Oscar Niemeyer. Ainda na capital paranaense, o casal deve se reunir com representantes de entidades e associações nikkeis de Curitiba, Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Está previsto também um jantar na residência oficial do governador Beto Richa. 
Amanhã, o casal vem a Londrina, onde cumpre agenda na Praça Tomi Nakagawa e na Associação Cultural e Esportiva de Londrina (Acel). À tarde, Akishino e Kiko seguem para Rolândia,onde se reúnem com representantes da comunidade nipo-brasileira no Imin Center – Museu Histórico da Imigração Japonesa do Paraná. Lá o casal imperial deve inaugurar a placa dos 120 anos do Tratado de Estabelecimento das Relações Diplomáticas Japão-Brasil; e deve visitar o Monumento aos Pioneiros, inaugurado em 20 de junho de 1978, pelo príncipe herdeiro e princesa na época, atualmente, Sua Majestade o Imperador Akihito e Sua Majestade a Imperatriz Mitiko, por ocasião dos 70 anos da Imigração Japonesa no Brasil. 

Para o presidente da Acel, Sérgio Matsumoto, a visita do casal imperial, para os descendentes de japoneses de terceira e quarta geração, está ligada à reverência que seus pais ou avós nutrem pela família imperial japonesa. "Nós, como descendentes, pensando na batalha de nossos pais e de nossos avós, achamos muito importante dar continuidade a essa tradição de reverência ao imperador. Nesse sentido pensamos que a terceira e a quarta geração de descendentes tomassem a iniciativa de levar seus pais e avós para a visita in loco", destacou.  2ª FOTO By FARINA.

VIOLÊNCIA EM BRASÍLIA NO CONGRESSO NACIONAL

FOLHA DE LONDRINA

30/10/2015

Senador e ministro quase saem aos tapas

Waldemir Barreto/Agência Senado
O líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), e o ministro Eduardo Braga (Minas e Energia) tiveram de ser contidos por outros parlamentares

Brasília - O líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), protagonizou ontem uma forte discussão com o ministro Eduardo Braga (Minas e Energia), que quase culminou em briga física durante uma audiência pública da Comissão Mista Permanente de Mudanças Climáticas do Congresso. Aos xingamentos de "bandido" e "safado", os dois precisaram ser contidos pelos senadores Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), que estava sentado ao lado de Braga, e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), que presidia a comissão. A confusão começou quando Caiado fazia perguntas ao ministro sobre a renovação de concessões de distribuidoras e sobre o processo de privatização da Companhia Energética de Goiás (Celg) pela Eletrobrás. Neste momento, o senador chamou a atenção do ministro para que prestasse atenção aos seus questionamentos. O ministro então afirmou que havia ido à audiência para tratar de clima e não do assunto colocado pelo senador e tentou pedir desculpas por ter se virado de lado. "Eu estou aqui com a maior educação, mas vim aqui para debater clima", disse. Caiado se irritou. "Está na maior educação e dá de costas. Se acha que não deve responder, não responda. Não aceito é desrespeito, como se aqui fosse falando com qualquer um", disse. Ele então se levantou para deixar a comissão. "Não vou mais fazer questionamentos. Passar bem." 
Bezerra afirmou que a comissão irá pedir as imagens e o áudio da audiência para enviar o material à Mesa Diretora do Senado que deverá avaliar se houve quebra de decoro parlamentar, o que pode gerar um processo contra Caiado no Conselho de Ética da Casa.
Mariana Haubert
Folhapress