segunda-feira, 22 de agosto de 2016

matou desafeto em Cambé após cobrar dívida de R$ 60

homem confessa na Delegacia.

Rafael Machado - Redação Bonde - 22/08/2016 

Bastou uma rápida consulta ao banco de dados da Polícia Civil do Paraná para que os investigadores da delegacia de Cambé chegassem e apontassem o nome de Ismael Silvestre, 48 anos, como principal suspeito de assassinar a facadas Leanderson de Oliveira Rosa, 40 anos, durante a manhã do último domingo (21) na rua Zacarias de Góes e Vasconcelos, no jardim Silvino, em Cambé. Silvestre foi localizado na casa da própria irmã após levantamento dos endereços de seus familiares. 

Reprodução/Portal Cambé
Reprodução/Portal Cambé


A prisão ocorreu poucas horas após o homicídio. Em depoimento ao delegado de Cambé, Roberto Fernandes de Lima, na manhã desta segunda-feira (22), Silvestre argumentou que 'estava andando quando passou na frente da casa de Rosa'. Ele teve a ideia de 'cobrar uma dívida antiga, de aproximadamente R$ 60, quando emprestou o dinheiro para comprar droga'. A vítima não teria gostado da abordagem, e por isso começou a brigar com Silvestre. 'Durante a confusão, ele deu vários socos, e eu desferi a facada'. Os golpes, conforme levantamento do Instituto de Criminalística, atingiram a região do abdômen e o peito. A ponta da faca usada chegou a quebrar ao ser introduzida no corpo de Rosa. 

Segundo o delegado Lima, o detido deve ser apresentado à Vara de Execuções Penais (VEP) nos próximos dias para um audiência de custódia, que vai definir pela permanência ou não do mesmo na cadeia. Silvestre ainda afirmou que 'teve uma passagem por tentativa de homicídio, mas que teria pagado tudo'. Ele permanece à disposição na delegacia de Cambé.