quarta-feira, 21 de setembro de 2016

PALESTRA AMBIENTAL NO SINDICATO RURAL DE ROLÂNDIA

Palestra com o Sr. Rubens Lei Pereira de Souza, fiscal ambiental do IAP ( Instituto Ambiental do Paraná e gerente das Unidades de Conservação. Ele mostrou slides provando que Rolândia recebe R$ 5.600.000 de Royltes ambientais por ano.  Na oportunidade, este que vos escreve, fez uma denuncia de que a maioria dos agricultores usam agrotóxicos próximos dos rios de capação de água potável (ex. Ribeirão Ema e Jaú). Distância de 30 metros. Que por ocasião das chuvas fortes uma boa parte desce para o rio. Que a Sanepar não tem filtros capazes de eliminar 100 destes agrotóxicos. Que a população poderá uma vez ou outra consumir água com algum resíduo destes agrotóxicos. O Sr. Rubens disse que o problema é muito sério e que os vereadores e prefeito têm que aprovar lei estipulando uma área a ser delimitada, proibindo a agricultura com estes produtos. Permitindo apenas a agricultura orgânica. Contratando fiscais para percorrerem estas áreas toda a semana, notificando e multando os infratores.  O Sr. Rubens orientou os agricultores presentes sobre como receber royalts sobre reservas particulares do patrimônio natural. TEXTO FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA