sábado, 15 de outubro de 2016

OKTOBERFEST: CRÍTICAS NA HORA ERRADA

O Sr. Neno ficou  triste com o comentário de um jornal da cidade tentando diminuir o sucesso da festa. Ora, "estamos fazendo uma festa do jeito que o povo pediu. Um festa familiar (gratuita) onde todos podem comparecer e se divertir pra valer, saboreando os pratos típicos da cultura germânica, ao som das marchinhas gauchas e catarinenses, degustando um dos melhores  chopp da Brasil. Recebemos no último final de semana dezenas de grupos de danças do sul do Brasil. Temos um restaurante e refeitório amplo, uma praça de alimentação, um salão amplo com artesanato e afins e um coreto para dança. Estamos fazendo o concurso do chopp e guaraná em metro  e o do lenhador. Os clubes de serviço de Rolândia estavam administrando a festa. Depois que eles entregaram  a administração, e para que Rolândia não perdesse esta identidade gastronômica e turística,  assumimos o encargo. Quando a festa descambou para música sertaneja, rock and roll e Funk, com ingressos caros, quando só ricos podiam entrar, aí estava bom?  Digo que a festa pode melhorar se mais pessoas de Rolândia comparecerem. Hoje a maioria do nosso público são turistas da região. Ficamos tristes de sentir que querem prejudicar a festa, logo agora, no último final de semana, quando esperamos um público maior. Vemos muita maldade nisso. Lamentável. " NENO
COMENTÁRIO:
Da minha parte tenho comparecido sempre que posso. Produzi 12 vídeos até agora. Um deles com a eterna rainha da Oktoberfest, a Ana Clara Stinclin, onde ela faz o convite para que todos venham se divertir na melhor festa do norte do Paraná. Parabenizo o Neno, o Jorge, Vavá e demais organizadores. Fico feliz em ver a festa voltando a ser uma festa da família onde todos podem comparecer e se divertir. No meu ponto de vista, a festa está muito boa. Não precisa ser maior. O que falta é a maior presença da população local. Venham todos. Agora não é mais cobrado ingresso. FARINA

MAIS COMENTÁRIOS;

Alexandre Alves 

Bem isso. Vão até a festa conferir e prestigiar as apresentações folclóricas, gastronomia, artesanato, os concursos... Aproveitem este final de semana. E se viu ou acredita que algo poderia ser melhor, procure depois da festa os organizadores e sugira melhorias.

MAIS COMENTÁRIOS:

Ricardo Förster

É isso aí, a Oktoberfest de Rolândia é uma festa de Família... Estamos firmes sempre trabalhando através do grupo Rotkappen, para levar o nome da festa e da cidade pra todo lugar que apresentamos. A festa está do jeito que a gente gosta, é uma festa onde todos podem participar e se divertir, pois a entrada é franca e tem muitas atrações.


Flávia Galbero Costa

Críticas, sempre houve e sempre haverá! Nunca se agrada a todos. É muito fácil criticar quando se está de fora. O difícil é abraçar a causa, dar sua contribuição de verdade, entendendo que esta é uma festa de todos os rolandenses. O que muita gente não compreende é que a ACREVO é uma associação cultural que abraçou a festa para que ela não morresse, numa época de crise e descrédito, principalmente com relação à própria comunidade alemã. Eu sou muito grata ao Neno e à equipe que, a duras penas, tem conseguido manter essa importante tradição de Rolândia, quando muita gente lavou as mãos. Não é nada fácil!!! Sou grata também a todos os demais voluntários, desde os grupos folclóricos, chopp em metro, lenhador, às Rainhas e Princesas, pois sem essas pessoas realmente não seria a Oktoberfest. Concluo, dizendo o seguinte: tudo seria tão melhor na vida se, ao invés de críticas, as pessoas oferecessem a sua mão, apoiando e agregando valores! Tão melhor!!!