sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ANO EM ROLÂNDIA - PR.

assessoria

PAGUE  IPTU ATÉ FEVEREIRO



Diante da grande procura nos últimos dias, quando o saguão da Prefeitura ficou muito cheio, e devido a solicitação dos próprios contribuintes, o Programa de Regularização Fiscal (PROFIS) da Prefeitura de Rolândia será prorrogado. O prazo inicial do PROFIS foi de 27 de outubro a 29 de dezembro e, durante o expediente, foram 497 acordos, sendo que 411 estão adimplentes e 86 estão com o refinanciamento em atraso. Foram arrecadados até aqui meio milhão de reais pagos à vista e a perspectiva é de receber mais R$ 500 mil já negociados. O montante superou em 30% o valor estimado durante o prazo inicial. Agora, o projeto vai ser protocolado na Câmara Municipal, que precisa autorizar a prorrogação, e, quando for aprovado pelos Vereadores, vai vigorar até 24 de fevereiro de 2017. Com o novo prazo, a Prefeitura estima receber mais R$ 500 mil. Da Assessoria. 

EXPEDIENTE



Em virtude das comemorações de final de ano, fica alterado o horário de expediente e de funcionamento nas repartições públicas municipais da Administração Direta e Autárquica excepcionalmente nesses dias:

DEZEMBRO/2016 

30 - sexta-feira- 8h às 12h

JANEIRO/2017 

2 – segunda-feira- 13h às 18h 

A partir de 3 de janeiro – terça-feira, volta o horário normal de atendimento no Prédio da Prefeitura, das 12h às 18h. 

ENFIM AS OBRAS DAS 4 PONTES




O Prefeito Dr. Francisconi assinou a ordem de serviço para a reconstrução de quatro pontes na cidade, que ruíram em virtude das fortes chuvas de janeiro. A empresa Contersolo de Mandaguaçú, região de Maringá, venceu a licitação ao custo de um milhão e duzentos e cinqüenta mil reais para executar a obra de reconstrução das quatro pontes:

Ponte do Teresópolis – sobre o Rio Marabú

Ponte de Arcol – sobre o Rio Caramuru

Ponte na Estrada Rolândia/Pitangueiras – sobre o Rio Jaú

Ponte Pintassilgo – sobre o Ribeirão Vermelho

O recurso para a reconstrução das pontes é oriundo de verbas federais advindas do Decreto de Calamidade Pública. As obras devem começar em 30 dias, visto que, inicialmente, a empresa vencedora da licitação fará a construção da estrutura física das pontes e em seguida haverá as obras nos locais, com a instalação e as adequações. A Ponte do Teresópolis tem a prioridade na execução e, em até 90 dias após o início, deverá ser concluída. As demais serão finalizadas em até 150 dias. Segundo o Secretário de Planejamento, Dário Campiolo, tão logo a Ponte do Teresópolis fique pronta, a Rua Dr. Ferreira Braga será recapeada e receberá melhorias no sistema de drenagem existente. Na foto, o Prefeito Dr. Francisconi e o Secretário Dario Campiolo conferem a Ponte sobre o Rio Jaú, que opera com estrutura provisória, que será substituída por uma edificação definitiva. Da Assessoria. 

MELHORIAS NO HOSPITAL SÃO RAFAEL ( GRAÇAS A DEUS )




Em Intervenção Municipal desde setembro de 2015, o Hospital São Rafael está se reerguendo e, a cada dia, ampliando o atendimento e os serviços a população. O Prefeito Dr. Francisconi visitou a unidade e conferiu as melhorias alcançadas nos últimos dias. A direção da instituição detalhou as novas conquistas ao Prefeito. Na visita, Dr. Francisconi foi recebido pelo Administrador do Hospital, Nilson Giraldi, a Diretora Técnica da Comissão Administrativa, Tatiana Muller e o pelo Diretor Financeiro-Contábil do Hospital Junior César Paes de Camargo. O Vice Prefeito eleito, Roberto Negrão, também participou do encontro. Na ocasião, foram apresentadas as boas notícias e conferidos os benefícios como a recuperação do título de Hospital filantrópico por meio do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas), celebrado pelo Ministério da Saúde e cuja titulação havia sido perdida em 2009. O novo documento vale até 2019. Ainda uma nova fonte de recursos é advinda de uma lei que assegura uma Subvenção estadual, que garante R$ 200 mil/mês destinados à compra de material e medicamentos e pagamento dos honorários dos médicos internistas. Segundo a Administração da unidade, desde a Intervenção Municipal, o número de cirurgias foi ampliado, passando de 80 para uma média de 160 procedimentos mensais. Há dois meses o Hospital São Rafael passou a realizar cirurgias de campanha. A partir de janeiro, a projeção é de que o São Rafael consiga realizar as cirurgias vasculares, cuja fila tem cerca de 100 pessoas, e ainda outra meta é aumentar o número de leitos, que atualmente são 80, porém, a intenção é passar de cem. Hoje, a unidade atende aproximadamente 2.500 pacientes ao mês, sendo 300 internações e, em média, 70 partos. Além de Rolândia, a instituição é referência para outras dez cidades da região, totalizando quase 150 mil habitantes. Outra meta definida pelo hospital alcançar no ano de 2017 é a reabertura dos dez leitos de UTI. Da Assessoria.