quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

PROCESSO SELETIVO EM ROLÂNDIA


Prefeitura de Rolândia – PR publica Edital de Processo Seletivo
As chances da Prefeitura de Rolândia, no Paraná são para 41 profissionais de nível fundamental, médio e superior, que receberão salários de até R$ 2.431,81.





A Prefeitura de Rolândia, situada no Estado do Paraná, comunicou a abertura de Processo Seletivo, com inscrições abertas no período de 11 a 15 de janeiro de 2016.

As chances constadas no edital são para 41 profissionais de nível fundamental, médio e superior, sendo que os classificados irão receber salários entre R$ 935,35 a R$ 2.431,81.

As oportunidades são para os seguintes cargos: professor de educação física, professor das séries iniciais do ensino fundamental, professor de inglês, professor de educação infantil, professor de arte, agente administrativo da educação, técnico de informática, zelador, cozinheira, cuidador de alunos com necessidades especiais.

As inscrições serão recolhidas na Secretaria Municipal de Educação com sede no prédio do Banco do Brasil, 4º Andar, Rolândia-PR. O horário de atendimento será das 8h às 11h, no período já indicado.

Para avaliar os inscritos, será realizada análise de títulos. Estima-se que no dia 20 de janeiro de 2016 seja divulgado o resultado provisório do concurso.

O contrato dos convocados, que se refere à validade do concurso, será de 12 meses, sendo que esse prazo poderá ser renovado, dependendo da necessidade da Prefeitura.

Polícia prende pedófilo que oferecia presentes para abusar de crianças


Redação Bonde - 07/01/2016 



Um morador de Colombo (Região Metropolitana de Curitiba) que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil foi preso nesta quinta-feira (7) acusado de abusar de três meninas, uma de quatro anos e duas de cinco. As informações são da Banda B. 

Conforme o delegado Mário Bradock, o suspeito, de 30 anos, tentava atrair as vítimas oferecendo doces e presentes. "Pegamos ele na casa em que morava. Foi tudo comprovado e pedimos os mandados de prisão. Ele já tinha cumprido pena e agora foi detido novamente", afirmou. 

"Estamos investigando e podem ser muito mais crianças. É um homem que tem uma filha de seis meses, que não mora com ele, e mesmo assim é pedófilo", decretou o delegado. O mesmo foi encaminhado para a Delegacia de Colombo. (Com informações da Banda B).

Judoca de Rolândia volta aos tatames e vai disputar Grand Prix de Havana


Agência Estado - 06/01/2016 



Sem lutar desde abril, quando foi vice-campeão pan-americano, perdendo a final para o também brasileiro David Moura, o medalhista olímpico Rafael Silva está muito perto de voltar aos tatames. O judoca, que se recuperou deu uma lesão sofrida em junho, está convocado para disputar o Grand Prix de Havana, em Cuba, entre 22 e 24 de janeiro. 

"Estou feliz por voltar a fazer o que mais gosto na vida, que é lutar. É uma grande oportunidade para ganhar ritmo de competição e conquistar pontos já no início do ano", comentou o 'Baby', que sofreu uma lesão no músculo peitoral maior direito durante um treinamento e perdeu o Mundial e os Jogos Pan-Americanos por conta disso. 

Desde a prata no Mundial de 2013, no Rio, Rafael Silva participou de nove eventos do Circuito Mundial e foi ao pódio em oito. Mas, por praticamente não ter lutado em 2015, já aparece atrás de David Moura tanto no ranking mundial (é 14º, enquanto o rival está duas posições acima) quanto no ranking olímpico (aparece no 20º lugar, mas David é 15.º). 

Com a aproximação dos Jogos Olímpicos do Rio e a briga cada vez mais acirrada entre os brasileiros pela única vaga em cada categoria destina ao país sede, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) vai levar quase todos os titulares da seleção a Havana. 

Entre os convocados estão Felipe Kitadai (60kg), Charles Chibana (66kg), Tiago Camilo (90kg), Sarah Menezes (48kg), Rafaela Silva (57kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg). 

Brigando ponto a ponto com Kitadai, Eric Takabatake (60kg) também vai a Havana. A competição em Cuba ainda vai marcar a volta de Alex Pombo (73kg), machucado desde julho e, ainda assim, favorito da categoria. Leandro Guilheiro, apenas o 61.º do ranking olímpico da até 81kg, muito atrás de Victor Penalber, que é o quarto, ainda tenta mostrar serviço e também vai ao Grand Prix.

ROLÂNDIA: PORTAL ESTÁ AS ESCURAS

07/01/2016 - Passei agora pouco lá e estava  tudo escuro. FOTO ILUSTRATIVA  By JOSÉ CARLOS FARINA


GASOLINA E ÁLCOOL COM BOM PREÇO EM LONDRINA

07/01/2016 - Álcool em Londrina a R$ 2,49 no Posto do Catuaí Shopping Center. Em Rolândia tem posto vendendo  álcool a R$ 2,75. Diferença grande. Foto by José Carlos Farina
COMENTÁRIO: 


Eduardo Pinetti Cambé está melhor. Aqui tem o mesmo preço da maioria dos postos de Londrina. Você já conferiu lá no antigo Corol? Da última vez estava mais barato que todos os de bandeira daqui e quase igual os de Cambé. Não coloco gasosa de posto sem bandeira nem a pau....




FIM DOS ORELHÕES ( AGORA É WI-FI )





Enquanto no Brasil discutimos e dissecamos nossa crise que o governo insiste em dizer que é ¨mundial¨... O mundo lá fora segue adiante.


A cidade de Nova York começou a trocar, no fim do mês de dezembro, os velhos orelhões, localizados por toda parte, por pontos de internet wi-fi gratuita.
WWW1.FOLHA.UOL.COM.BR



C

8 MORTOS e 31 FERIDOS EM BATIDA de BITREM com ÔNIBUS

FOLHA DE LONDRINA

Trabalhadores rurais morrem em acidente

PRE/Divulgação
Seis operários e dois motoristas morreram em colisão frontal entre caminhão e ônibus em Engenheiro Beltrão; outros dois veículos se envolveram no acidente


Engenheiro Beltrão – Um dia após a morte de cinco pessoas da mesma família na PR-323, a Região Noroeste voltou a registrar mais uma tragédia em uma rodovia estadual. A colisão frontal entre um caminhão bitrem e um ônibus, com placas de Terra Boa, provocou a morte de oito pessoas e deixou 31 feridos na PR-082, em Engenheiro Beltrão, na madrugada de ontem. 
O motorista do ônibus, que transportava trabalhadores rurais, e seis passageiros não resistiram aos ferimentos. O condutor do coletivo, identificado como Jairo Simões dos Santos, e o operário Gilson Adriano da Silva chegaram a ser socorridos e encaminhados para atendimento hospitalar, mas morreram nas unidades de saúde. 
O motorista do caminhão, com placas de Maringá, foi identificado como Anderson Rodrigues Dourado. Ele morreu no local do acidente. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) também confirmou o óbito dos trabalhadores Delair Bissoli de Souza, João Agenor da Silva, Lindomar Rodrigues Magalhães, Sílvia Neli de Oliveira Costa e Varcilio de Oliveira Prado. 
De acordo com o sargento Max Costa, do posto de atendimento da PRE em Peabiru, o motorista de um outro caminhão envolvido no acidente afirmou que o condutor do bitrem deu sinal de luz, antes de tentar a ultrapassagem na pista simples e sem acostamento. "Existe a suspeita de que o veículo possa ter perdido os freios", adianta o sargento. Após a colisão frontal, a carreta acabou colidindo na lateral do outro caminhão que trafegava a frente. Um outro ônibus, que também transportava trabalhadores rurais, conseguiu escapar do acidente ao desviar o veículo em direção a uma plantação na marginal da pista. 
Três passageiros foram encaminhados em estado grave ao Pronto-Socorro de Campo Mourão. Segundo o hospital, dois homens passaram por cirurgias e se recuperam na unidade. Além disso, uma mulher permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado gravíssimo. Os corpos das oito vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal (IML) de Campo Mourão. 
Na terça-feira, a tragédia na PR-323, em Umuarama, também teria acontecido durante uma ultrapassagem forçada, que resultou na colisão frontal entre uma Toyota Hilux, com placas de Toledo, e um caminhão de cana Mercedes Benz, do município de Mariluz.
Rafael Fantin

Reportagem Local

ROLÂNDIA: CASO DA MENINA ENCONTRADA MORTA NA FOLHA

FOLHA DE LONDRINA
Polícia suspeita que cadáver encontrado em Rolândia possa ter sido abandonado pela própria família



Rolândia – A identidade da criança encontrada morta em uma região de fundo de vale, em Rolândia, na última segunda-feira, permanece como um mistério para as autoridades. Depois de ser submetido a exames necroscópicos na unidade do Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina, o corpo foi levado para o IML de Curitiba, onde passará por procedimentos mais avançados.

De acordo com o delegado de Rolândia, Walter Helmutt Junior, o reconhecimento não foi possível por meio de exames de análises das digitais e da arcada dentária. Segundo ele, os legistas coletaram material genético para um possível confronto. Para solucionar o caso, a polícia aposta também na tecnologia. O IML de Curitiba prepara a recomposição facial da criança, com base no crânio. "Por meio de um programa de computador, os técnicos conseguem simular o rosto da pessoa com uma margem de 85% de êxito", esclarece.

Nessa técnica, o crânio é escaneado tridimensionalmente e, em seguida, as informações são processadas pelo programa de computador. Os pontos geométricos do rosto são analisados em cálculos matemáticos, o que resulta em uma imagem aproximada de como seria o rosto da pessoa.

O delegado acrescenta que a criança tinha entre 3 e 5 anos de idade e estaria morta havia pelo menos cinco dias. Como a criança tinha cabelos compridos, que estavam presos em um coque, e vestia um shorts rosa e uma camisa branca, os peritos criminais presumem que o corpo seja de uma menina. "É o que tudo indica, mas pelo avançado estágio de decomposição do corpo, não é possível afirmar com 100% de certeza", pondera Helmutt Junior.

O banco de dados do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas do Paraná (Sicride-PR) não tem registro de nenhuma criança com as características apresentadas que esteja desaparecida no Estado. O cruzamento de dados com outros Estados vizinhos também não obteve vítima com o perfil apontado. Nenhuma linha de investigação é descartada pela Polícia Civil, mas segundo o delegado, há fortes indícios de que a criança possa ser vítima de um crime familiar.


"A data coincide com o período de fim de ano, em que muitas famílias viajam. Como ninguém reclamou o corpo, acredito que a criança pode ter sido abandonada pela própria família, que provavelmente deve ser de outras regiões", pressupõe. A Polícia Civil tentou ainda obter informações com moradores do Jardim Monte Carlo, mas ninguém disse ter visto alguma ação suspeita. As poucas câmeras de monitoramento próximas ao bairro também não forneceram pistas para a investigação.

Diante da falta de evidências, Helmutt Junior disse que vai aguardar a divulgação da recomposição facial da criança, o que deve ocorrer dentro de 30 a 40 dias. "Vamos divulgar as imagens pelos meios de comunicação e esperar que alguém reconheça a criança. Fora isso, vamos fazer algumas investigações paralelas para tentar solucionar o caso", adianta o delegado.

Celso Felizardo-Reportagem Local -foto Cobra repórter/Darcio Campos.