quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

ROLÂNDIA: FAMOSA BICA DA REPRESA DO SÃO FERNANDO


DjMarquinho Ferreira a


A fila pra pegar água na bica em rolândia



C

ROLÂNDIA: PREFEITO DÁ ENTREVISTA NA RÁDIO GLOBO

ROLÂNDIA: PREFEITO ATENDE A IMPRENSA NESTA SEXTA



COLETIVA DE IMPRENSA – ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA – ROLÂNDIA




Amanhã (15) o Prefeito Municipal de Rolândia irá realizar uma coletiva de Imprensa, para explanar sobre os estragos que a forte chuva causou em nosso Município assim como 

Decretar o Estado de Emergência ou Calamidade Pública que já foi solicitado imediatamente após a forte chuva à Defesa Civil Estadual que está providenciando o laudo técnico com esse parecer.




A Coletiva será realizada no auditório da ACIR – Associação Comercial e Industrial de Rolândia, Av. Tiradentes, 555 às 10 horas da manhã.


ROLÂNDIA: ONDE PROTOCOLAR PEDIDO DE VISTORIA DE IMÓVEL DANIFICADO




ATENÇÃO! ATENÇÃO!

Informação importante a todos que tiveram problemas com suas residências.

A Prefeitura está atendendo na Secretaria de Assistência Social, ao lado do banco do Brasil, no 3° andar, das 8:00 da manhã às 17:00. As pessoas devem trazer os seguintes documentos: CPF , RG e Título de Eleitor.


C

ROLÂNDIA: 9.000 CASAS COM RACHADURAS... 53 COM PERCA TOTAL....

Segundo relatório da Defesa Civil do Estado que está em Rolândia, a cidade teve cerca de 9.000 casas danificadas, sendo que 53 com perca total. Foi a cidade mais prejudicada do norte do Paraná. Para agravar o povo não está recebendo água encanada, pois a estação de tratamento foi destruída. JOSÉ CARLOS FARINA

ROLÂNDIA: PREFEITURA DOA ÁGUA PARA O COMÉRCIO??




Nesta manhã solicitei a Prefeitura que disponibilizasse ÁGUA para o comércio, o que foi rapidamente atendido



C

VÍDEO: DOIS DIAS APÓS A TRAGÉDIA DAS CHUVAS

ROLÂNDIA: DIAS TRISTES....





Ainda está faltando água em Rolândia, sem previsão de normalização do serviço de abastecimento. A estação de tratamento foi inundada e máquinas levadas rio abaixo.

Estamos nos "virando" com água mnieral para beber e cozinhar e buscando água de poços artesianos em postos de gasolina e outros estabelecimentos que os possuem, para limpeza e até lavação de roupas e tomar banho (de canequinha).

Quando eu assistia na TV a tragédia das secas no nordeste com o povo buscando água em açudes ou caminhões pipas, nunca imaginei que isso poderia acontecer aqui, embora por motivos diferentes.

Ouvi dizer que tem firma distribuidora de água mineral cobrando 35 reais pelo garrafão. Se for verdade, é uma prova de oportunismo e falta de solidariedade desse comerciante. Um absurdo.

A imagem de José Carlos Farina mostra o que restou da Estação de Tratamento de água de Rolândia.






ROLÂNDIA: MOTORISTA ODAIR AINDA NÃO FOI ENCONTRADO

Conversei agora com um policial dos Bombeiros e obtive mais uma vez a notícia de que infelizmente ainda não encontraram o corpo do motorista Odair. As buscas continuam amanhã. A dificuldade ainda é a mesma: água muito suja... correntezas e muitos galhos e árvores na calha e margens do rio. JOSÉ CARLOS FARINA

BLOG DO FARINA COM IBOPE TOTAL

CLIQUE PARA AUMENTAR





ROLÂNDIA: MAIS UM PONTO DE DOAÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL


Nilson Oliveira


Amigos do mundo face de Rolândia. Poços artesianos ligados. São 20.000 litros por hora. Água mineral. A torneira esta na Rua Ivai, no Parque industrial Bandeirantes. Colocamos luzes e o poço é automático e funcionará 24 horas por dia. Não pague por água. Vá buscar, de graça água mineral, que já está funcionando. Obrigado ao Cido da Olho D'agua pela ajuda. Nossa família tem lado: O seu!



C

ROLÂNDIA: OBRAS DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA HOJE

14/01/2016 - 16 HORAS - FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA




























































































O QUE SOBROU DO ÔNIBUS













PONTOS DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA EM ROLÂNDIA

FOTOS By JOSÉ CARLOS  FARINA



















POSTO DA COROL




















1ª MINA D´ÁGUA DA ESTRADA DO BANDEIRANTES




















2ª MINA D´ÁGUA DA ESTRADA DO BANDEIRANTES








































FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA

ROLÂNDIA: PREFEITO VISITOU LAGOA DA AVENIDA BRASILIA




2 h · 


AVENIDA BRASÍLIA

A Prefeitura de Rolândia está agilizando o processo das obras que há muito tempo já deveriam ser realizadas no final da Av. Brasília. Trata-se de uma galeria de água pluvial para que não se forme mais alagamentos nessa importante região de nossa cidade.

O Prefeito esteve presente no local juntamente com o Secretário de Planejamento para que as obras se iniciem o quanto antes. 
Mas no momento está sendo providenciando a instalação de bombas de drenagem de água para desafogar o acesso as empresas e residências desse local. As bombas devem ser instaladas ainda hoje.

Da Assessoria

ROLÂNDIA NO GLOBO NEWS





Rolândia agora no Globo News!!! ‪#‎chuva‬ ‪#‎faltad‬‘agua


C

GOVERNADOR BETO RICHA EM ROLÂNDIA HOJE





· 


PREFEITO RECEBE GOVERNADOR BETO RICHA

Hoje (14) por volta das 11 horas o Governador Beto Richa esteve em Rolândia para conversar e ajudar na recuperação de nossa cidade. O Prefeito Dr. Francisconi recebeu o governador próximo a unidade de abastecimento da Sanepar de nosso Município, onde o acompanhou para mostrar o estrago que a chuva causou nesse local. Ocasionando a falta de água para todo o município. Ele também sobrevoou outros pontos afetados pela forte chuva.

O Governador colocou o estado e várias instituições para ajudar nas obras de recuperação.

“Não vamos descansar enquanto não conseguirmos amenizar os graves problemas que a chuva nos trouxe. Estamos em contato constante com instituições do Estado para nos ajudar na recuperação de nossa cidade. Além de toda a nossa equipe trabalhando sem parar tentando atender as necessidades de toda a nossa população! Que Deus nos proteja!” ressaltou o Prefeito Dr. Francisconi.

Da Assessoria

ROLÂNDIA DECRETOU ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA

Assistimos agora na TV local. O prefeito Francisconi acaba de decretar Estado de Calamidade Pública em face dos danos causados pela chuva da segunda-feira que destruiu 10  pontes, dezenas de ruas e estradas. Mais de 300 casas tbm sofreram danos com rachaduras em paredes e muitas com perca total. E o pior... a população está sem água potável nas torneiras. JOSÉ CARLOS FARINA

ROLÂNDIA: EM 10 DIAS ROLÂNDIA TERÁ ÁGUA (SISTEMA ALTERNATIVO )










INFORME DA SANEPAR SOBRE ROLÂNDIA: 
1 - A boa: Em 10 dias será implantado sistema alternativo;
2 - A ruim: A reconstrução da unidade de abastecimento levará de dois a três meses.

Leia abaixo o release da Sanepar na íntegra:

Equipes da Sanepar trabalham 24 horas por dia em Rolândia
Cidade tem a situação mais crítica de abastecimento no Estado

Equipes da Sanepar de todo o Estado estão trabalhando 24 horas por dia para que, em 10 dias, seja restabelecido um sistema alternativo de fornecimento de água em Rolândia, cidade que enfrenta a situação mais crítica de abastecimento provocada pelas chuvas no Estado. O sistema de captação dos rios Jaú e Ema e a estação de tratamento de água foram completamente destruídos. Serão necessários de dois a três meses para a reconstrução das unidades. “Organizamos uma força-tarefa para resolver a situação com a maior antecedência possível”, disse o gerente geral da Sanepar na Região Nordeste, Sérgio Bahls.

Para chegar à captação e à estação de tratamento, a Sanepar está construindo um novo acesso com máquinas e caminhões, passando por um terreno particular. A Copel está trocando ainda hoje os postes de energia da captação e da estação de tratamento e vai disponibilizar para a Sanepar uma subestação de energia móvel.

Como alternativa, a Companhia está alugando poços de terceiros. Já foi alugado, por exemplo, um poço da fábrica de sucos Cocamar, recentemente desativado.
Caminhões-pipa estão atendendo o hospital da cidade e situações de emergência.




Algumas empresas em Rolândia estão disponibilizando água potável, de seus poços, para a população, como medida urgente, como Posto Caviúna, Posto Presidente, portaria da Corol, silos Vanzella, Chácara Santana, KRM, Conab, Faccar, Posto Talismã em frente a AABB e empresas de bebidas d'afonte.

VÍDEO FARINA FILMOU A ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE ROLÂNDIA COMPLETO

NOVO LOCAL DE DOAÇÃO DE ÁGUA EM ROLÂNDIA

A família Lopes, proprietários da Chácara  Capricórnio ( saída para o bairro São Rafael ) está doando água potável desde ontem para a vizinhança. Parabéns.. Deus lhes dê em dobro esta grandíssima caridade. 

BETO RICHA VEIO VER OS DANOS CAUSADOS PELAS CHUVAS EM ROLÂNDIA

Helicóptero do Estado  desceu na Chácara Vanzela, na margem esquerda do Rio Bandeirantes. Da chácara que fica bem próximo da ponte, o governador e comitiva desceu à pé até o local da tragédia. O prefeito de Rolândia, Dr. Francisconi esteve com ele, quando pediu empenho e verbas do Estado para recuperar as estradas, pontes e as Estações de Tratamentos de água do Ema e Jaú. O governador respondeu ao prefeito dizendo que "não poupará esforços e verbas para que tudo volte a normalidade".  Boa parte da imprensa de Rolândia não foi informada do itinerário. A principio o helicóptero do governador iria descer no campo do Nacional. No local estavam além deste que vos escreve, o Dárcio Campos da Rádio Cultura e Jovem Pam e a equipe da TV Cultura, canal 27. Havendo poucas mídias em Rolândia, não custava muito a assessoria do prefeito informar, via telefone celular estas mudanças de itinerário. E outro que não é todo dia que o governador vem a Rolândia. (foto da internet).



TRAGÉDIA DAS CHUVAS EM ROLÂNDIA NA FOLHA DE LONDRINA

FOLHA DE LONDRINA

Total de desalojados ultrapassa 2 mil


Defesa Civil aponta que 50% das pessoas que permanecem fora de casa em virtude dos estragos das chuvas no Paraná estão no município de Rolândia

Fotos: Gustavo Carneiro
Mais de 30 pessoas desabrigadas permanecem em abrigo improvisado em escola municipal de Rolândia; buscas por motorista desaparecido continuam
Riscos de desabamento levaram Fernanda Rink sair de casa junto com a filha, irmã, sobrinha e mãe, que está doente, recebendo hemodiálise no abrigo


Rolândia - Cerca de 16 mil paranaenses foram afetados pelas chuvas no início desta semana em 42 municípios do Estado, principalmente nas regiões Norte, Noroeste e Norte Pioneiro. A informação faz parte do último boletim da Coordenação Estadual da Defesa Civil. De acordo com o levantamento, 2.194 pessoas ficaram desalojadas por causa de alagamentos, enxurradas e deslizamentos, sendo que 1.897 permaneciam na mesma situação ontem. 
Em Rolândia, na região de Londrina, mil moradores estão desalojados e 36 estão desabrigados. As buscas pelo motorista de ônibus Odair José, de 35 anos, que foi levado por uma enxurrada do Rio Bandeirantes, continuam. Ele é o único desaparecido no Paraná por causa das chuvas. Além disso, o relatório confirma a destruição de 15 residências e outras 50 casas danificadas em Rolândia.(PASSAM DE 300)
A Escola Municipal Vitorio Franklin abriga as pessoas que deixaram as residências, principalmente no Conjunto Tomie Nagatani, que foi entregue pela Prefeitura de Rolândia há sete meses. Por causa de riscos de desabamento, a moradora Fernanda Aparecida Rink conseguiu sair do local em um ônibus do município, junto com a irmã e duas crianças (filha e sobrinha). "Não deu tempo de levar nada. Os móveis e eletrodomésticos ficaram para atrás. Só deu tempo de pegar umas roupas e documentos", afirmou. A mãe de Fernanda também foi levada ao abrigo e está recebendo assistência para realização de hemodiálise enquanto permanece no abrigo. "Nós não temos parentes na cidade e agora esperamos uma posição da prefeitura depois da vistoria para saber se podemos voltar para a casa", comentou. 
Enquanto as residências continuam interditadas, os desabrigados contam com a solidariedade para enfrentar o momento de dificuldade. Grupos de escoteiros e de uma igreja evangélica trabalham no recebimento e separação de roupas, produtos de higiene e alimentos doados, que estão sendo estocados na escola municipal. A assistente social Sandra Regina Martins calcula que 70 voluntários trabalham para o atendimento dos desabrigados e informou que a principal necessidade é de doação de água mineral por causa dos problemas no abastecimento da cidade. "As pessoas que tiveram que deixar as casas se alimentam e dormem em salas da escola e ainda recebem o atendimento de psicólogos do município", acrescentou. 
A secretária de Assistência Social, Rosimari Veronez, afirmou que a distribuição de doações e mantimentos será organizada também para socorrer as pessoas desalojadas que estão em casas de amigos ou parentes enquanto aguardam a avaliação das residências danificadas. Ela informou que os números de pessoas afetadas e de locais avariados já foram repassados à Defesa Civil do Estado e que um decreto de emergência pode ser assinado pela prefeitura com base no levantamento. 




ABASTECIMENTO
Entre as 12 cidades paranaenses que sofreram problemas no abastecimento, Rolândia é considerada a mais crítica devido a destruição da estação de tratamento, que teve tubulações, equipamentos e bombas levadas pela enxurrada. De acordo com o gerente regional da Sanepar, Sergio Bahls, o abastecimento de Rolândia continua suspenso em razão da impossibilidade de tratamento. A captação alternativa deve ocorrer em três poços da Cocamar, no entanto, a capacidade de atendimento da cidade seria de apenas 8%. Após avaliação, o poço pode fornecer água, principalmente para o setor de saúde pública. "Estamos trabalhando para colocar em funcionamento um novo poço que estava praticamente pronto, mas também sofreu danos por causa da chuva. Em três dias, estaremos praticamente com 20% do total da produção de Rolândia", informou. 

JATAIZINHO
A secretária de Assistência Social de Jataizinho, Francine Lemes de Almeida, afirmou que as pessoas atingidas pelos alagamentos no município da região metropolitana de Londrina voltaram ontem para as residências, assim que o tempo melhorou e os níveis dos rios da cidade caíram. "As visitas estão sendo realizadas nos domicílios com distribuições de cestas básicas. Ainda estamos recebendo doações, as principais necessidades são de colchões e roupas", afirmou. 

RODOVIAS
A regional da Defesa Civil informou que a PR-445 voltou a ser interditada entre Londrina e Tamarana por causa do risco de queda da ponte do Rio Taquara. Assim, os viajantes com destino a Curitiba devem seguir viagem no sentido Apucarana. Em Rolândia, o contorno da PR-986 foi liberado nos dois sentidos, o que diminuiu o alto fluxo de veículos e congestionamentos no perímetro urbano. Já a PR-444, em Arapongas, permanece interditada por causa de uma cratera na pista.
Rafael Fantin

Reportagem local