sábado, 16 de janeiro de 2016

ROLÂNDIA: DISTRIBUIÇÃO ÁGUA NO BELO HORIZONTE









Quem quer água ..está na ultima rua do belo horizonte.a vontade e sem fila ..com direito até de tomar banho e lavar o carro..

ROLÂNDIA: DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA





Deus abençoe. ..deposito California Mt Construção E Acabamentos e Vidrolandia....muita água fez a alegria do povo da rua Sibiruna. ....que vcs recebam em dobro .... Deus os abençoe .. obs: metade das pessoas já tinham ido embora Emoticon grin


C

ROLÂNDIA: PREFEITO VISITA A FAMÍLIA DO MOTORISTA DESAPARECIDO






13 min · 


VISITA A FAMÍLIA DO MOTORISTA DO ÔNIBUS ARRASTADO PELA ENXURRADA

Nessa Sexta-feira (15) o Prefeito Dr. Francisconi, foi até a residência do motorista do ônibus que foi arrastado pela correnteza nessa semana. Dr. Francisconi se colocou e colocou o Poder Público a disposição da família para o que precisarem e se solidarizou com a angústia desta busca.


“Nossa cidade está de luto, ao desaparecimento de um rolandiense nessa tragédia que abala a todos de nossa cidade. O Sr. Odair José, acabou sendo arrastado pela correnteza do Rio Bandeirante nessa última segunda-feira enquanto estava trabalhando. Um profissional, pai de família, deixo aqui o nosso profundo sentimento e orações para amenizar a dor dessa busca! Que Deus nos abençoe!”. Ressaltou Francisconi.

Da Assessoria


C

ROLÂNDIA: PREFEITO AJUDA A DISTRIBUIÇÃO DE KITS






Hoje (16) foi iniciado a segunda etapa do apoio as familias que mais sofreram pela forte chuva em nossa cidade, a distribuição de kits da defesa Cilvil, materiais de higiene, colchões e alimentos começaram a ser entregues nas casas dessas famílias.
O prefeito Dr. Francisconi acompanhou e participou da distribuição que continuará por todas as áreas mais afetadas.






Hoje (16) foi iniciado a segunda etapa do apoio as familias que mais sofreram pela forte chuva em nossa cidade, a distribuição de kits da defesa Cilvil, materiais de higiene, colchões e alimentos começaram a ser entregues nas casas dessas famílias.
O prefeito Dr. Francisconi acompanhou e participou da distribuição que continuará por todas as áreas mais afetadas.

ROLÂNDIA: PREFEITURA INFORMA COMO ESTÁ A DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NA CIDADE










COMO ESTÁ FUNCIONANDO O ABASTECIMENTO DE ÁGUA PARA ROLÂNDIA

A Prefeitura está em contato permanente com a Sanepar para que se estabeleça o quanto antes o abastecimento de água em nossa cidade. A Sanepar informa que nesse momento a distribuição da água tem sido feita da seguinte forma: Numa noite a água é direcionada para a parte alta da cidade e, na noite seguinte, para a parte baixa, porque a água não é suficiente. Por noite está sendo distribuído 1,5 milhão de litros de água.

Da Assessoria

ROLÂNDIA: PONTO DE DOAÇÃO DE ÁGUA ( CASA DA BETH e PEDRO JACINTO )

FOTO By JOSÉ CARLOS FARINA













ROLÂNDIA: VOLUNTÁRIAS TRABALHANDO HOJE NO VITÓRIO FRANKLIN

16/01/2016 -  FOTO By  JOSÉ CARLOS FARINA


ROLÂNDIA: RIO BANDEIRANTES AGORA SEM MATAS CILIARES




Rio Bandeirantes, no fundo da fazenda São Paulo - Rolândia.


C

REFLEXÕES SOBRE A CATASTROFE OCORRIDA EM ROLÂNDIA

PERSPECTIVAS SOBRE A ÁGUA E MEIO AMBIENTE 

Animais, plantas, gente... todos precisam de água! Mas os humanos parecem que necessitam de mais água! Ou onde há muita água se usa muita água. No Nordeste seco, por exemplo, as pessoas aprenderam a viver com pouca água. Os índios, muito ligados a água que consideram um bem comum e sagrado, estranham até hoje com a idéia da água ser usada para levar xixi e cocô embora. Os banhos dos índios eram nos rios sem causar desequilíbrios. O “progresso moderno” parece que endureceu tudo! Na cidade a água não consegue entrar na terra, assim como na roça. Os rios ficam vermelhos, envenenados e enfeitados com os lixos que bóiam. As águas dos poços profundos (artesianos) também estão sendo contaminadas e, por falta de recarga, ficando secos. A única saída para termos água limpa e abundante seria investir na “QUESTÃO FLORESTAL”.
Somentes as árvores com suas raízes profundas conseguem transferir satisfatóriamente as chuvas para voltarem às nascentes...


Na imagem tem uma floresta onde o Endí e o Erê estão passeando com seus cachorros Pardal e Primavera. O projeto deste “reflorestamento”, de apenas 12 anos, foi concretizado através do LABRE – “Laboratório de Biodiversidade e de Restauração de Ecossistemas” da Universidade Estadual de Londrina. Mas a floresta ainda não representa retorno econômico para o agricultor. Por isso foi lançado em 2014 um vídeo de 20 min. (“O Banho de Katy” – disponível no You Tube) para lançar a idéia de se criar “LAVOURAS D’ÁGUA”. A atual e grave situação de falta de água que assola Rolândia e região poderia ser um convite para aproveitarmos seriamente centros de excelência como o LABRE e propostas inovadoras como a “LAVOURA D’ÁGUA”.. DANIEL STEIDLE


C

ROLÂNDIA: CERVEJA TCHIRS DISTRIBUI ÁGUA POTÁVEL






Irmãos de Rolândia, abrimos as nossas portas, mesmo antes de começar a fabricação de cerveja, para doar água mineral. Neste momento tão crítico da nossa cidade, ligamos os nossos poços artesianos, que tem capacidade de distribuir 500.000 litros de água mineral por dia, para atender a população. Vamos, todos juntos, passar por este momento difícil. Não vamos deixar, nenhum dos nossos irmãos Rolandenses, sem água. Vamos fazer uma corrente de solidariedade. 







SANEPAR TRABALHANDO DURO EM ROLÂNDIA FOTOS GIOVANNA GALLELI

 FOTOS GIOVANNA GALLELI












DEPUTADO COBRA REPÓRTER ANALISA OS PROBLEMAS DE ROLÂNDIA






O que está acontecendo com nossa querida Rolândia, 2016 não começou bem, uma criança encontrada morta no Jd Monte Carlo, a fúria da natureza, pessoas desabrigadas, sem água para beber, casas rachadas, a morte de um trabalhador que até agora não foi encontrado o corpo, e a guerreira Isabelly que foi morar no céu. Cuida desse povo meu Deus. 







ROLÂNDIA: BOMBEIROS CONTINUAM AS BUSCAS DO CORPO DO MOTORISTA

16/01/2016 - Liguei agora pouco para o atendente dos Bombeiros de Rolândia. Uma equipe de 9  soldados e alguns cães farejadores estão trabalhando na busca do corpo do motorista Odair José. Os proprietários da empresa do ônibus contrataram um helicóptero para ajudar a localizar o corpo, mas infelizmente não avistaram nenhuma pista do alto. Um morador do Jardim Planalto ligou informando a ocorrência de uma abalo de terra. Fato que ainda não foi confirmado por outros moradores. JOSÉ CARLOS FARINA

36 MIL PESSOAS DE ROLÂNDIA FORAM PREJUDICADAS PELAS CHUVAS

16/01/2016 10h28 

Número de pessoas atingidas por chuva no Paraná sobe para 80 mil

Dado foi atualizado às 8h deste sábado (16), pela Defesa Civil do PR.
Cidade mais prejudicada foi Rolândia, com 36.240 moradores atingidos.

Do G1 PR
Muro de casa em Rolândia desabou após chuvas constantes (Foto: Divulgação/Prefeitura de Rolândia)
Segundo a Defesa Civil, Rolândia foi a cidade
mais atingida pelas chuvas
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Rolândia)
A chuva prejudicou 80.833 pessoas em 53 cidades do Paraná entre sábado (9) e terça-feira (12), segundo o último boletim da Defesa Civil do Paraná, divulgado às 8h deste sábado (16).
Até esta manhã, 1.790 moradores seguiam desalojados e 184, desabrigados no estado. Ainda segundo o levantamento, por conta dos temporais, 10.444 casas foram danificadas e outras 90, destruídas.
A cidade mais prejudicada foi Rolândia, com 36.240 moradores atingidos. Até a manhã deste sábado, 1 mil pessoas seguiam desalojadas e 36, desabrigadas na cidade. Ao todo, 9.010 foram casas danificadas e 50, completamente destruídas. O motorista levado por uma enxurrada continua como o único desaparecido registrado no estado.
Além de Rolândia, Tamarana, decretou calamidade pública: foram 11.196 moradores prejudicados. Já SabáudiaMandaguaçu, Rio Bom, Jataizinho, Reserva, São José da Boa Vista, Siqueira Campos e Arapongas decretaram situação de emergência.
Estradas interditadas
A chuva também causou interdições em diversos trechos de estradas federais e estaduais. Grande parte dos problemas ocorreu por causa de deslizamentos de terra e destruição da pista. Veja aqui a lista dos bloqueios.

TRAGÉDIA DE ROLÂNDIA NA BAND NACIONAL ( REDE BANDEIRANTES )

TRAGÉDIA DAS CHUVAS DE ROLÂNDIA NA FOLHA DE LONDRINA

FOLHA DE LONDRINA

Famílias poderão sacar FGTS em Rolândia


Pessoas que tiveram prejuízos com as fortes chuvas dos últimos dias devem procurar a assistência social do município para cadastramento

Fotos: Celso Pacheco
Mais de 9 mil casas foram danificadas e 50 delas ficaram destruídas no município
Sem abastecimento, população tem contado com distribuição de água não potável realizada pelo município e empresas de Rolândia e região

Rolândia - Famílias de Rolândia afetadas pela chuva poderão sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) na Caixa Econômica Federal. A expectativa é que os recursos sejam liberados nas próximas semanas. Conforme dados do município, mil pessoas permanecem desalojadas em Rolândia. Outras 36 continuam no abrigo improvisado na Escola Municipal Vitorio Franklin. Mais de 9 mil casas foram danificadas e 50 delas ficaram destruídas. 
De acordo com o prefeito de Rolândia, Luiz Francisconi Neto, até o momento foram contabilizados prejuízos na ordem de R$ 23 milhões. Outros R$ 10 milhões foram considerados como prejuízos privados, em que as próprias famílias e empresas terão que arcar com os custos necessários para o reparo. "Já orientamos as pessoas que procurem a assistência social do município para o cadastramento das famílias e a prefeitura vai fazer um comunicado para a Caixa Econômica e, a partir de então, as famílias que foram atingidas e que foram cadastradas poderão fazer o saque do Fundo de Garantia", explicou. 
Com a assinatura do decreto de estado de calamidade, a prefeitura espera dar agilidade na contratação de serviços e de profissionais. O decreto de estado de calamidade é superior ao decreto de estado de emergência. Conforme o assessor da Defesa Civil Estadual, Lucas Frates Simiano, os decretos de emergência são possíveis nos casos em que os prejuízos equivalem a até 3% da receita corrente líquida do município. Já nos casos em que é assinado o decreto de calamidade, os prejuízos são superiores a 8,5% da receita corrente líquida. "No caso da Defesa Civil, o que a gente consegue agora é aportar recursos e infraestrutura no município. Até então, a gente não tem essa possibilidade. Nos próximos dias, estão previstas a chegada de cestas básicas e de ajuda humanitária", afirmou Simiano. 

ABASTECIMENTO
Empresas de Rolândia e da região têm colaborado com a distribuição de água não potável para que a população possa reutilizar o líquido nas atividades domésticas. De forma emergencial, técnicos da Sanepar passaram a captar água de poços artesianos, já que a estação de tratamento de Rolândia foi levada pela enxurrada. O presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, apontou que 14 municípios estão em situação crítica no Norte do Estado. A situação mais preocupante é em Rolândia. 
"Até domingo, teremos próximo de 60% de água disponível em Rolândia. Realmente, nós temos que readequar nossas estações, considerando que uma situação dessa, por mais difícil que seja, poderá ocorrer novamente. Já determinamos a toda nossa equipe técnica que faça uma revisão em todas as nossas estações considerando uma gravidade como essa no futuro", comentou. 
Em Londrina, o abastecimento já está próximo de 60%. Até amanhã, conforme o presidente da Sanepar, o abastecimento estará normalizado. Em Arapongas, Apucarana e Maringá, o sistema começou a ser restabelecido ontem. 

DESAPARECIDO
O Corpo de Bombeiros permanece com as buscas pelo motorista de ônibus Odair José, de 35 anos, que desapareceu na última segunda-feira na Estrada dos Pioneiros após o veículo ser levado pela enxurrada. O comandante interino do 3º Grupamento do Corpo de Bombeiros, major Ezequias de Paula Natal, destacou que a quantidade de água, de dejetos e de lama prejudicam os trabalhos no local. "A equipe já rodou 9 km do ponto em que o ônibus tombou. Não é possível mergulhar no local. Vamos pedir para que Curitiba encaminhe um cão treinado para auxiliar nas buscas por terra. Pelo faro, ele poderá identificar o cheiro abaixo da lâmina de terra e de sujeira", explicou Natal.
Viviani Costa
Reportagem Local

PANTANAL EM ROLÂNDIA

Área nos fundos da Rádio depois de tanta chuva virou um pantanal. FOTO By JOSE CARLOS FARINA