quinta-feira, 10 de março de 2016

BACHAREL CONSEGUE CARTEIRA DE ADVOGADO COM CONDENAÇÃO POR ESTUPRO DE VULNERÁVEL NO PR.

Londrina: condenado em duas instâncias por estupro de vulnerável é inscrito na OAB

Auber Silva - Redação Bonde - 10/03/2016 

Condenado em primeira e segunda instâncias por estupro de vulnerável, o bacharel em Direito Lucas Ferreira Ramalho, de 25 anos, tornou-se advogado após cerimônia celebrada na sede da subseção Londrina da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na última terça-feira (8). Ao lado de dezenas de colegas, ele participou do ato de compromisso coletivo e recebeu um certificado de sua inscrição profissional. Ramalho foi condenado pela 3ª Vara Criminal de Londrina, em maio de 2014, a 12 anos e seis meses de prisão. Em novembro de 2015, a decisão do juiz Juliano Nanuncio foi mantida pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), mas com a redução da pena para 10 anos, também em regime inicial fechado. A mesma sentença foi aplicada ao cúmplice Pedro Henrique de Oliveira, de 23, que na primeira instância havia sido condenado a 11 anos e oito meses por ter menos de 21 anos na época do crime. Ambos estão livres por força de habeas corpus. 

Divulgação/OAB-Londrina
Divulgação/OAB-Londrina




Consultada pela reportagem do Portal Bondenesta quinta-feira (10), a seção Paraná da OAB, que realiza todo o processo de inscrição profissional dos estudantes formados no estado, informou que o processo de diplomação de Ramalho tramitou normalmente, apesar de constar, entre os requisitos para acesso à ordem, a obrigação de os candidatos declararem se há condenações criminais contra eles. "Se chegasse ao nosso conhecimento, seria aberto um procedimento paralelo ao processo de inscrição - que seria suspenso - para averiguar a idoneidade moral do candidato. No caso de Ramalho, não foi aberto porque ele não informou ter sido réu em processos criminais. Sobretudo porque se trata de um caso gravíssimo, esta conduta reputa uma gravidade ainda maior. A princípio, trata-se de uma declaração falsa que induziu a OAB a um erro", afirma a presidente da Câmara de Seleção e secretária-geral da OAB-Paraná, Marilena Winter. 

O presidente da OAB-Londrina, Eliton Araújo Carneiro, estava na sessão solene de compromisso e afirma que a lista dos profissionais que teriam sua inscrição confirmada veio de Curitiba. "Fui alertado por colegas durante o evento. Nós não teríamos nem a legitimidade nem a autoridade para interromper o processo", explica. Segundo ele, toda a documentação é centralizada na capital, impedindo que a subseção tenha acesso aos dados dos candidatos antes da cerimônia. "Agora estamos juntando os documentos do processo criminal ao qual Ramalho responde para enviar a Curitiba em um ofício. É nossa obrigação informar a Câmara de Seleção para que haja a verificação com as informações repassadas pelo próprio candidato", diz. 

Carneiro lembra que uma resolução recente do Conselho Federal da OAB substituiu a apresentação de certidão negativa de antecedentes criminais por uma autodeclaração dos candidatos. "Além disso, primamos pela legalidade, portanto respeitamos a prerrogativa da inocência até que haja trânsito em julgado", afirma. 

Marilena Winter também ressalta que a inocência de Ramalho está mantida até que seu processo criminal chegue a um desfecho na última instância do judiciário, o Supremo Tribunal Federal (STF). "Mesmo assim, ele deveria ter informado suas condenações, o que não aconteceu", explica. Quando a documentação de Londrina chegar à Câmara de Seleção, um processo administrativo deverá ser aberto para apurar a conduta de Ramalho. "Temos um regimento que nos permite, para tudo que venha ao nosso conhecimento, a qualquer momento, rever a inscrição dos candidatos. Uma comissão formada por dois conselheiros irá verificar a situação e averiguar a idoneidade de Ramalho, sempre dando ciência ao candidato para atender ao princípio do contraditório e da ampla defesa." 

O resultado de um processo administrativo como este pode demorar pelo menos 60 dias, tempo que pode ser aumentado graças aos prazos para recursos e outras disposições. Caso haja uma conclusão desfavorável a Ramalho, ele poderá ter sua inscrição profissional cassada e até mesmo ser alvo de uma denúncia criminal por declaração falsa. Atualmente, o rapaz pode advogar. 

Procurada, a defesa de Ramalho afirmou que aguarda a tramitação do caso até a última instância para poder se manifestar. 

O crime 

Os dois respondem por um estupro cometido na madrugada de 24 de maio de 2012, após festa em uma casa noturna localizada na Gleba Palhano (zona sul). Durante o evento, Ramalho teria colocado uma substância sedativa na bebida de uma estudante de Direito. Mais tarde, ele a teria levado, com a ajuda do então estudante de Administração da UEL Pedro Henrique de Oliveira, a um motel da cidade - onde o estupro se consumou. Na manhã seguinte, a garota foi deixada em casa pela dupla. 

Apesar de a garota ser maior de idade à época, Ramalho foi indiciado por estupro de vulnerável por ter utilizado uma substância sedativa para retirar a capacidade de reação da vítima. Foi considerado ainda o agravante de o condenado ter se valido de um cúmplice para executar o abuso.

VÍDEO ROLANDENSE É PRESO EM QUADRILHA DE LADRÕES DE CARROS DE LUXO

FARINA FAZ UM "RAIO X" DA ADMINISTRAÇÃO FRANCISCONI

Vendo o ritmo das postagens das obras e  trabalhos da equipe do Dr. Francisconi... vendo o perfil dos jovens colaboradores da equipe que o assessora... seus secretários... me transportei no tempo e lembrei do primeiro mandato do saudoso Perazolo, de 1988 a 1992. Naquele tempo Perazolo e sua equipe fizeram de tudo para revolucionar a  prefeitura com um ritmo grande de obras. Foram realizadas  importantes obras e todo o secretariado (e também os vereadores)  queriam mostrar serviço e recuperar Rolândia...  a maioria trabalhava com amor. Eu era um dos vereadores na época...  pensava e agia assim... lembra Horácio Negrão? Lembra Dr. Osni? Posso estar enganado, mas vejo isso hoje nesta nova administração. O prefeito interino  Zé de Paula também imprimiu um bom ritmo na máquina pública.  Peço então que seja esta a nova marca da nova adminstração. Perdoem-me a expressão, mas que todos trabalhem com tesão, cumprindo as leis, com economia e transparência. Só assim uma administração pode dar certo e ter sucesso. No seu sucesso a felicidade do povo, onde me incluo. Contem com o Blog do Farina para tudo o que for bom para o povo. Deus abençoe Rolândia, suas autoridades e seu povo. JOSÉ  CARLOS FARINA


OBS.: Peço que todos secretários leiam este texto e procurem cumprir isso até o fim... uma administração só terá sucesso se manter este foco... trabalhar com amor ao seu líder e principalmente ao povo...

COMENTÁRIOS:
Dario Campiolo Acertou no diagnostico Farina. Toda a equipe é de profissionais especializados nas suas áreas. Nem sei se tem algum filiado a partidos. As secretarias nao sao politicas, sao profissionais. Por isso dos acertos. E isso é mérito de quem escolheu a equipe. DARIO CAMPIOLO.
Mara Bueno Benditas palavras são essas, que o trabalho deve ser realizado com amor e dedicação... e o seu foco  em prol da população...  seus méritos são assim reconhecidos. Sempre acreditei na capacidade, competência e honestidade do Dr. Francisconi. Essa gestão, creio,  fincará um Marco na História de Rolândia. Vamos continuar acreditando e apoiando essa Equipe Sangue Bom, para que possamos ter orgulho em dizer que valeu a pena confiar... Deus está no comando... Amém. MARA BUENO.

NOTÍCIAS DE ROLÂNDIA 10/03/2016




O Prefeito Dr. Francisconi teve nesta quarta-feira, nove de março, uma reunião com o Secretário Estadual de Saúde, Michelle Caputo Neto, no gabinete do Secretário, em Curitiba. Na ocasião, junto com o Advogado do Município Bruno Aranda e do Deputado Estadual Cobra Repórter, eles trataram de assuntos da cidade, sobretudo na melhoria do atendimento no setor de saúde e mais aportes financeiros por parte do Governo Estadual na área. Da Assessoria. 





O Prefeito Dr. Francisconi se reuniu nesta quarta-feira, nove de março, com o Presidente do Tribunal de Contas do Paraná, Ivan Bonilha, no gabinete do Chefe da corte. Na oportunidade, o Advogado do Município, Bruno Aranda, também esteve na audiência. O Tribunal de Contas é o órgão responsável pela fiscalização do uso do dinheiro público, do Estado e dos 399 Municípios paranaenses, em complemento à atividade fiscalizadora do Poder Legislativo (Assembleia Legislativa e Câmaras de Vereadores). Da Assessoria. 





A Secretaria de Esportes convoca as instituições de ensino da cidade para a realização do Congresso Técnico que vai definir a fórmula de disputa e o período de realização do certame. O evento será na sede da Secretaria, na quinta-feira, 17 de março, às 10h. Conforme o Coordenador do certame em Rolândia, Bruno Fonseca, estarão em disputa as seguintes modalidades esportivas: Futsal, Futebol, Handebol, Voleibol, Vôlei de areia e Basquete – masculino e feminino. Da Assessoria. 

QUI, 10 DE MARÇO DE 2016 10:27



A Agência do Trabalhador/SINE Rolândia atende das 8h às 14h. O SINE Rolândia fica na Avenida dos Expedicionários 604, Centro. Telefone: 3255-1118. Vagas para:

* ALINHADOR DE PNEUS
* ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS
* MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINA INDUSTRIAL
* CARPINTEIRO
* PEDREIRO





Com verbas próprias, a Secretaria de Educação começou a promover reparos em Escolas Municipais afetadas pelas fortes chuvas de janeiro. Após os projetos prontos, as Escolas Garrastazu Médici e Arthur Costa e Silva já recebem benfeitorias. Na Garrastazu, dentre outros serviços, o forro está sendo totalmente trocado. Já na Costa e Silva, as rachaduras e avarias estão sendo reparadas e readequadas e o muro sendo refeito, dentre outras ações. O Secretário de Governo, Antonio Souza e a Secretária de Educação, Rosilene Moloni, acompanharam os trabalhos. Da Assessoria.



O Centro de Convivência do Idoso (CCI) da Secretaria de Assistência Social promove a Semana da Mulher, em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Ao longo da semana, atividades estão sendo desenvolvidas com as usuárias, que estão desfrutando de momentos agradáveis. A Coordenadora da unidade, Marlei de Oliveira, informa que cerca de 800 pessoas foram beneficiadas com as ações. Na segunda e terça, representantes da Mary Kay promoveram limpeza de pela e maquiagem nas usuárias. Na quarta, um chá da tarde com palestras. Nesta quinta-feira, as atrações foram a apresentação do Médicos da Esperança pela manhã e um show com a equipe da dança da Igreja Presbiteriana Independente (IPI). Nesta sexta-feira, para finalizar a Semana Especial, o Instituto Embeleze vai promover “Um dia de Beleza” com as freqüentadoras do CCI. Ainda, as usuárias trouxeram fotos que estão sendo afixadas no mural da unidade. Da Assessoria.





A Secretaria de Educação lançou a 2ª edição do Prêmio Qualidade na Educação, em cerimônia realizada na noite de quarta-feira, nove de março, no Centro Cultural Nanuk. Em viagem oficial a capital do estado, o Prefeito Dr. Francisconi foi representado no lançamento do Prêmio pelo Secretário de Governo Antonio Souza. A Secretária de Educação, Rosilene Moloni, o Chefe de Gabinete Diego Silva, toda equipe da Secretaria de Educação, pais, alunos, Servidores Municipais e a comunidade em geral prestigiaram o encontro. Na oportunidade, ocorreram apresentações de dança e música - com o Hino Nacional sendo executado pela Banda Marcial Integração, da Acrebi. A banda apresentou ainda mais duas músicas. Em seguida, foi a vez das apresentações do Coral Celebrare, da Igreja Luterana de Rolândia. Após, veio o Studio de Dança Rossana Guariente, que apresentou um número de balé. Um diferencial em relação a 2015 é que, em vez das três melhores escolas e os três Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI´s) receberem prêmios, esse ano, todos serão contemplados e reconhecidos com prêmios. A ação busca melhorar a qualidade de ensino na rede municipal de educação e fomentar a criatividade, o lúdico, a interação intra unidade escolar e estimular a interação/participação de pais e da comunidade na vida escolar. Rolândia possui dezenove instituições municipais de ensino, sendo doze escolas e sete CMEI´s. Da Assessoria

QUI, 10 DE MARÇO DE 2016 14:22


As fortes chuvas do começo de janeiro prejudicaram e paralisaram o Chafariz da Praça Castelo Branco. O poço ficou alagado e a lama que veio com a enxurrada travou o painel de controle e os motores da fonte foram avariados. A Secretaria de Infraestrutura limpou os motores, trocou vários componentes do painel de controle e religou a atração da cidade. A Secretaria informa que os outros dois chafarizes da cidade, do Centro e da Igreja Matriz, estão com os motores queimados e estão sendo orçados os componentes para a religação das fontes. Da Assessoria.


QUI, 10 DE MARÇO DE 2016 14:06



A Caixa Econômica Federal, Agência de Rolândia, comunica que, o atendimento aos afetados pelas fortes chuvas de janeiro, será ampliado na semana que vem. Do dia 14 ao dia 18 de março no Nanuk, o banco disponibilizará o dobro de atendentes, perfazendo um total diário de até 400 atendimentos por dia. Desse modo, a Caixa espera agilizar o processo de liberação do FGTS, para àqueles que se enquadram nos critérios de saque do benefício. Quem já fez o cadastro na Caixa, durante os atendimentos no Nanuk, nessa semana, a partir do dia 15 de março, terça-feira, poderá comparecer ao Nanuk para obter a liberação de saque do FGTS. Nesta sexta-feira, dia 11 de março é o último dia para quem ainda não se cadastrou junto a Secretaria de Assistência Social para dar início ao processo. Da Assessoria


ROLÂNDIA: 2º PRÊMIO QUALIDADE NA EDUCAÇÃO








 · 


A Secretaria de Educação lançou a 2ª edição do Prêmio Qualidade na Educação, em cerimônia realizada na noite de quarta-feira, nove de março, no Centro Cultural Nanuk.

Em viagem oficial a capital do estado, o Prefeito Dr. Francisconi foi representado no lançamento do Prêmio pelo Secretário de Governo Antonio Souza. A Secretária de Educação, Rosilene Moloni, o Chefe de Gabinete Diego Silva, toda equipe da Secretaria de Educação, pais, alunos, Servidores Municipais e a comunidade em geral prestigiaram o encontro.

Na oportunidade, ocorreram apresentações de dança e música - com o Hino Nacional sendo executado pela Banda Marcial Integração, da Acrebi.

A banda apresentou ainda mais duas músicas. Em seguida, foi a vez das apresentações do Coral Celebrare, da Igreja Luterana de Rolândia. Após, veio o Studio de Dança Rossana Guariente, que apresentou um número de balé. Um diferencial em relação a 2015 é que, em vez das três melhores escolas e os três Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI´s) receberem prêmios, esse ano, todos serão contemplados e reconhecidos com prêmios.

A ação busca melhorar a qualidade de ensino na rede municipal de educação e fomentar a criatividade, o lúdico, a interação intra unidade escolar e estimular a interação/participação de pais e da comunidade na vida escolar. Rolândia possui dezenove instituições municipais de ensino, sendo doze escolas e sete CMEI´s.

Da Assessoria

FOTOS DE ROLÂNDIA NORTE DO PARANÁ EM 10/03/2016

FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA

CLIQUE NA FOTO PARA AUMENTÁ-LA








































































































ROLANDENSE FOI PRESO ROUBANDO CARROS

Polícia desmantela associação criminosa que roubava carros na região

Samara Rosenberger - Redação Bonde - 09/03/2016 

Oito pessoas foram presas, na manhã desta quarta-feira (9), acusadas de integrarem uma associação criminosa que atuava em furtos e roubos de veículos. Um dos integrantes, Paulo Marin dos Santos ( 36 anos) , já havia sido preso em novembro do ano passado. A operação, que leva o sobrenome dele, foi deflagrada pela Polícia Civil. 


A organização usava os carros roubados para transportar cigarros contrabandeados. Ela atuava, preferencialmente, na região das Clínicas em Londrina, no entorno da avenida Bandeirantes e Igapó I e II. Carros e caminhonetes de luxo eram os alvos prediletos, como Corolla, Hilux e i30, por exemplo. 


Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil



Uma pessoa foi presa em Maringá, outra em Rolândia, três em Cambé e as demais em Londrina. Ao longo da operação, os policiais apreenderam cartuchos de arma de fogo e recuperaram veículos. Dois dos presos já tinham sido detidos por carga roubada, mas acabaram liberados, na ocasião, mediante pagamento de fiança. 

Os presos são: Soraia Iaeko Matumoto; Cristiano Casagrande; Eduardo Henrique de Oliveira; Jeferson José William dos Santos; Leonardo de Oliveira; Michel da Silva Bueno; Paulo dos Santos e Odair Regional Alcântara Cardoso - este, dono de um ferro velho em Maringá que comercializava peças de automóveis roubados. 

Marin está preso na Casa de Custódia de Londrina (CCL). Os demais serão encaminhados ao Centro de Triagem. (Com informações do repórter Vitor Ogawa, da Folha de Londrina).

2ª NOTA DE FALECIMENTO ROLÂNDIA 10/03/2016


FUNERÁRIA SANTA TEREZINHA  INFORMA


O  FALECIMENTO DE:

DEVANIR  PICOTTI,  72 ANOS

VELÓRIO: CAPELA CENTRAL

SEPULTAMENTO: AMANHÃ 8:00 HORAS.

OS NOSSOS SENTIMENTOS DE PESAR À FAMÍLIA


NOTA DE FALECIMENTO ROLÂNDIA 10/03/2016

FUNERÁRIA BOM PASTOR INFORMA

O  FALECIMENTO DE:

JOSÉ LUIS DE OLIVEIRA, 74 ANOS

VELÓRIO: CAPELA CENTRAL

SEPULTAMENTO: HOJE AS 16 HORAS.

OS NOSSOS SENTIMENTOS DE PESAR À FAMÍLIA


Ex-prefeito de Arapongas teria 'doado' áreas para empresa da família

Loriane Comeli - Equipe Folha - 10/03/2016

Durante seus dois mandatos à frente da Prefeitura de Arapongas (Região Metropolitana de Londrina), entre 2005 e 2012, o ex-prefeito Luiz Roberto Pugliese, mais conhecido como Beto Pugliese, teria cometido uma série de irregularidades para transferir uma empresa de sua família e para outra da qual ele próprio é sócio dois terrenos públicos. A acusação consta de ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada em 22 de fevereiro pelo promotor Fernando Augusto Sormani Barbugiani. 

Em 25 de fevereiro, o juiz substituto a 2ª Vara Cível de Arapongas, Gabriel Rocha Zenun, decretou a indisponibilidade de bens dos requeridos: Pedro Alberto Pugliese, irmão do ex-prefeito; Rosimeide Pugliese, cunhada; Ciavena Comercial e Fácil Car Logística, empresas da família; e de uma empresa de Ponta Grossa, além do próprio ex-chefe do Executivo. 

Conforme a ação, o primeiro terreno, de 15 mil metros quadrados, às margens da PR-444 foi comprado, por meio de licitação, por uma indústria (não requerida na ação) em 2004. Passados cinco anos, o empresário não utilizou a área e tampouco edificou, conforme especificava o contrato, e pediu ao então prefeito Beto Pugliese que transferisse a propriedade da área para a Fácil Car, cujos sócios são o irmão e a cunhada do político. Pugliese, segundo a ação, sem aprovação legislativa ou sem licitação, teria dado aval à transferência. 

A escritura foi assinada nos últimos dias do final do mandato do então prefeito, em 27 de dezembro de 2012. A ilegalidade estaria no fato de que não houve licitação e, mesmo que tivesse havido, parentes do prefeito não poderiam participar. O terreno foi comercializado por R$ 90 mil, mas valeria muito mais àquela época. Atualmente, estaria valendo R$ 600 mil, sustenta o promotor. 

O segundo caso é ainda grave, porque o próprio prefeito era sócio da empresa beneficiada, a Ciavena. Com 16,7 mil metros quadrados, a área havia sido doada em 1988 a uma empresa com sede em Ponta Grossa. Dez anos depois, o terreno foi desmembrado e, em 2002, parte voltou à municipalidade. A outra parte acabou sendo escriturada em nome da empresa de Pugliese, de seu irmão e de sua cunhada, os mesmos que são donos da Fácil Car. 

Em 2009, conforme o MP, o prefeito encaminhou projeto de lei à Câmara para a "outorgar a escritura pública definitiva do lote em favor de "terceiros". A matéria foi aprovada e, no momento da escrituração, o terreno foi registrado em nome da Ciavena e não da empresa de Ponta Grossa.

No despacho, o juiz autorizou o bloqueio de R$ 6,8 milhões, valor correspondente a três vezes o suposto dano causado ao erário pelas "doações". "Há fortes indícios de que o primeiro réu, durante sua gestão como prefeito municipal, envidou esforços para viabilizar a transferência do imóvel para pessoa sociedade empresária da qual ele mesmo é sócio", escreveu o magistrado. 
O advogado do ex-prefeito, Vladimir Stasiak, disse que tomou conhecimento do processo em razão do bloqueio de alguns bens, mas afirmou que ainda não houve intimação dos requeridos e, por isso, não podia comentar o processo. "Mas, adianto que as empresas da família nunca tiveram qualquer relação com a Prefeitura de Arapongas. Vamos demonstrar que nem o ex-prefeito nem seus familiares praticaram qualquer ato ilícito."

ROLÂNDIA: PREFEITO EM CURITIBA ATRÁS DE VERBAS



Estive ontem em Curitiba conversando com o Secretário de Saúde Michele Caputo, tratando de assuntos referente à saúde de nosso município. Agradeço a participação do Deputado Cobra nessa reunião.

Depois me reuni com o Presidente do Tribunal de Contas do Paraná Ivan Bonilha, tratando de diversos assuntos de interesse de nossa cidade.

E vamos em frente!!


ROLÂNDIA: CAPITAL DAS ARTES



ROLÂNDIA, CAPITAL DAS ARTES?
O muralista (artista plástico, pintor de muros) mexicano Diego Riveira (1886 – 1957) acreditava que “SOMENTE O MURAL PODERIA REDIMIR ARTISTICAMENTE UM POVO QUE ESQUECERA A GRANDEZA DE SUA CIVILIZAÇÃO”... Em Rolândia, muitos muros tem a convivência pacifica entre grafites (um tipo de muralismo) e pichações... Por mais controverso, o que é arte e o que é agressão, há a constatação da necessidade de manifestações. ROLÂNDIA, CAPITAL DAS ARTES poderia ser um emocionante CENTRO DE ENCONTROS E MANIFESTAÇÕES que além de um entendimento maior entre as pessoas poderia nos colocar no MAPA MUNDIAL DAS ARTES. Arte que pode até valer fortunas astronômicas, mas impagável mesmo é a satisfação de poder se expressar livremente, de poder reconhecer o outro, de poder conviver pacificamente... (as 3 obras são do Gian Magon)