sábado, 19 de março de 2016

Homem é baleado em frente a boate no Norte do Paraná

Redação Bonde - 19/03/2016 


Um homem de 33 anos foi baleado em uma danceteria na madrugada deste domingo (19) em Apucarana, no Norte do Paraná. Marcelo Rodrigues, 33 anos, estava em frente ao estabelecimento localizado na rua Rio de Janeiro, centro da cidade, quando o atentado ocorreu. 

Ele foi atingido por pelo menos dois disparos no tórax e braço. No momento do atendimento, ele estava consciente e foi levado ao hospital, onde permanece internado. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele. 

O autor dos disparos fugiu de carona em um carro Parati de cor branca e não foi localizado.

Cambé e Apucarana registram casos de zika

19/03/2016


São as primeiras notificações nos dois municípios; Cambé se aproxima de uma epidemia de dengue

Gina Mardones-11/03/2016
Saúde alerta que população deve limpar suas casas para evitar possíveis focos

Duas cidades da região de Londrina entraram na lista de municípios com casos de zika vírus. Cambé e Apucarana confirmaram ontem os primeiros casos. De acordo com o boletim epidemiológico das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, divulgado na quinta-feira pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o Estado registra 136 casos do vírus, mas ainda não constam esses dois novos casos. 
O boletim também aponta apenas sete casos em Londrina, mas a Secretaria Municipal de Saúde já confirmou que são 10. 
A confirmação do primeiro caso de zika em Cambé deixou o município em alerta. A pessoa que contraiu a doença é moradora do Jardim Silvino, bairro na divisa com Londrina. Maria da Penha, de 46 anos, procurou a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro com suspeita de dengue, mas os sintomas levaram os profissionais a desconfiarem de zika vírus. Ela não sabe se contraiu a doença em Cambé ou em Londrina, onde trabalha como faxineira e dá aulas de catequese. O bairro onde ela mora é o que registra a maior incidência de casos de dengue da cidade. Dos 168 casos de dengue confirmados, 60% foram no Jardim Silvino. 
Maria da Penha disse, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Cambé, estar indignada com a falta de consciência das pessoas. "Tive de ficar 12 dias afastada do trabalho, me senti debilitada demais, foi uma situação complicada. Eu cuido muito do meu quintal, procuro conversar com meus alunos na catequese sobre os perigos do Aedes aegypti, mas encontramos acúmulo de lixo, como televisão, baldes, entre outros objetos jogados em locais onde não deveria ter lixo. As pessoas não aprendem." 
Já são 1.148 casos notificados de dengue e, com os 168 casos confirmados Cambé se aproxima de uma possível epidemia, já que em cidades com 100 mil habitantes, 300 casos confirmados já configura epidemia. "O número de casos tem evoluído e estamos mobilizando a população, as secretarias municipais e as equipes de Endemias. Em dois sábado de mutirão, tivemos quase 600 pessoas nas ruas", disse a secretária municipal de Saúde, Maria de Brito Lô Sarzi. 
Com a confirmação do caso de zika, a secretaria de Saúde realiza na segunda-feira, a partir das 9 horas, uma palestra para tirar dúvidas das grávidas sobre a doença. O evento será na Praça CEU, no Jardim Tarobá. Durante a semana as equipes de endemias estarão concentrando os trabalhos no Jardim Silvino. "É um bairro que faz divisa com Londrina, bem residencial e com áreas de fundo de vale", disse a secretária. 
Cambé conta com 72 agentes trabalho no combate ao mosquito, que vem enfrentando resistência para entrar nas residências e fazer as vistorias. O município já aplicou 80 multas em moradores, estabelecimentos comerciais e locais de coleta de matérias recicláveis por não eliminarem os focos do mosquito. 
A secretaria de Saúde aguarda ainda o resultado de mais de 400 casos suspeitos de dengue. "Precisamos que as pessoas cuidem de seu espaço, de suas casas, cuidem de si. Enquanto jogarem lixo ou acumularem possíveis focos de Aedes, essa doença não vai parar de nos prejudicar. É preciso ficar alerta sempre." 

NA CRISE POLÍTICA QUE ASSOLA O BRASIL É PRECISO MANTER A CALMA E NÃO BRIGAR


O momento que o Brasil atravessa requer do seu povo boa dose de sabedoria. Os acontecimentos do mundo político têm acirrado os ânimos entre aqueles que habitam esta terra. Os embates, quer no mundo físico, quer no virtual, parecem não ter fim. 

Nesse cenário, ao contrário do que se pensa, não é a indignação com a corrupção o sentimento maior do povo. O que mais se evidencia é a intolerância com o diferente. Dela decorre a inevitável divisão entre “nós e eles”. Rapidamente o intolerante rotula o diferente. São muitos os chavões. De um lado uns bradam: “Coxinha!”, “Direitista!”. Do outro, “Comunista!”, “Petralha!”, etc...

Rotular é perigoso. A história nos mostrou que rotular o diferente foi o primeiro passo para o cometimento de inúmeras barbáries. A imperdoável barbárie perpetrada contra os judeus, a escravidão, o apartheid, a inquisição, entre outros, são exemplos de atos cruentos pelos quais a intolerância e a segregação foram responsáveis. 

Vale dizer que, um dos fundamentos da República Federativa Do Brasil insculpido no texto constitucional é justamente o pluralismo político, que não se confunde com pluralismo partidário, mas que se define como a necessidade de que o estado democrático de direito tenha como pilar não um pensamento único, unânime, mas que se sustente sobre diferentes pontos de vista, diferentes ideologias.

Sob essa ótica, conviver respeitosamente com as diferenças, sejam elas de ordem ideológica, religiosa, de raça, de cor ou sexo, é essencial para um povo que pretende avançar e se desenvolver. É passo fundamental para a construção de uma sociedade mais razoável a aceitação de que nem tudo que parece bom é só bom, e de que nem tudo que parece ruim é só ruim. 

O Paraná e o sul do Brasil são belos exemplos de como a comunhão dos diferentes pode levar a um extraordinário avanço. Nesta terra, judeus, alemães, italianos, espanhóis, japoneses, negros, entre outros, unidos em torno de um ideal comum, deixando de lado o que os diferenciavam, alcançaram um desenvolvimento extraordinário. Evidente está, portanto, que só a tolerância nos fará avançar.

O desafio está posto. Diante dele, orientemo-nos na certeza de que dividir enfraquece e segregar nos empobrece a alma. Somar, fazendo do diferente nosso aliado, por outro lado, fortalece-nos. Afinal, o que nos une é maior do que aquilo que nos separa: a busca por um amanhã melhor.

Diógenes Cotting

COMENTÁRIO:

Sim... é verdade... vamos deixar que o Dr. Moro e o Supremo Tribunal continuem julgando os crimes da lava-jato... e punindo os excessos de quem está no poder tentando brindar quem está sendo investigado. O Dr. Janot e o Dr.Moro já conseguiram recuperar parte do dinheiro desviado da Petrobras. Pedimos a Deus pelo Brasil e que de uma vez por todas os políticos trabalhem apenas pelo salário que têm direito. Exigimos licitações honestas em todos os níveis de governo. Quem manda no Brasil é o povo e não as empreiteiras. JOSÉ CARLOS FARINA

ROLÂNDIA: POR QUE CORTARAM ESTA ÁRVORE ???

19/03/2016 - 18:30 HORAS - UMA SIBIPIRUNA ADULTA COM MAIS DE 20 ANOS DE IDADE. AV. CASTRO ALVES, 1818. O MORADOR NÃO PEDIU O CORTE. A ÁRVORE ERA SADIA. POR QUE ENTÃO A CORTARAM? JOSÉ CARLOS FARINA













ROLÂNDIA: ACADEMIAS AO AR LIVRE

POUCAS PESSOAS USANDO. MUITO BOM PARA A SAÚDE. EU ESTOU ME EXERCITANDO NA ACADEMIA DA AV. CASTRO ALVES, PROX. DO JULIANA. JOSÉ CARLOS FARINA












FOTOS DO NOVO SUPERMERCADO DE ROLÂNDIA ( CANÇÃO )

19/03/2016 - 18 HORAS - FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA

CLIQUE PARA AUMENTÁ-LAS

























































































ROLÂNDIA: POLÍCIA MILITAR TRABALHANDO PELA SEGURANÇA PÚBLICA

19/03/16 - 18 HORAS - FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA












VÍDEO SABÁUDIA - PR. , TURISMO, COMÉRCIO E INDUSTRIA By FARINA

FARINA CONVOCA O POVO DE ROLÂNDIA

O Blog do Farina foi criado para ser o "porta-voz" da população. Profetizei na época de sua inauguração que um dia todas as pessoas que tiverem internet iriam acessar o Blog pelo menos uma vez por dia. Isso já está acontecendo. Agora só falta você fotografar ou filmar o problema de seu bairro e enviar aqui pra nós. Vamos manter aqui a coluna "Você e seu Bairro". Pode ser também fotos de lugares de Rolândia que vc gosta. Que tal? Espero a sua contribuição. Um abraço do Farina.

ROLÂNDIA: MATO NA SAÍDA PARA ARAPONGAS

19/03/2016 - 11:30 HORAS - FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA