quarta-feira, 30 de março de 2016

AUMENTA EM 30% OS CASOS DE DENGUE NA REGIÃO DE LONDRINA ( ALERTA GERAL )

Incidência de dengue em Londrina sobe 30% em menos de duas semanas

Auber Silva - Redação Bonde - 30/03/2016 -

Dados atualizados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) na última terça-feira (29) apontam que a incidência de dengue em Londrina aumentou 30% em 13 dias. A cidade atravessa umaepidemia da doença desde o dia 16, quando o número de casos confirmados chegou a 1.836, sendo 1.803 autóctones - quando a infecção ocorre dentro do município - e 33 importados. Nesta terça, as confirmações subiram para 2.350 e 34, respectivamente. Além disso, o total de notificações chegou a 10,5 mil, com 4.973 situações descartadas. A atual janela epidemiológica começa em agosto de 2015. 

O parâmetro da Organização Mundial da Saúde (OMS) para definir quadro de epidemia é incidência de dengue superior a 300 casos por 100 mil habitantes. No dia 16, este índice era de 328 infectados a cada 100 mil moradores. Com a atualização dos dados na terça, o número subiu para 428, aumento de 30,4%. Segundo o último levantamento do IBGE, de 2012, Londrina tem 548.249 habitantes. 

Reprodução
Reprodução

FOTOS DE ROLÂNDIA 30/03/2016

FOTOS By  JOSÉ CARLOS FARINA
























































NOTÍCIAS DE ROLÂNDIA 30/03/2016




O Prefeito Dr. Francisconi recebeu a visita em seu gabinete, na tarde desta quarta-feira, 30 de março, do Chefe de Gabinete da Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR) João Naime Neto e do Chefe do Escritório Regional da COHAPAR Claudemir Gibim. Participaram ainda da reunião, o Secretário de Governo Antonio Souza e o Diretor da Secretaria de Infraestrutura Luiz Antonio Soares. O encontro deu andamento em dois projetos que estão sendo tratados entre a Prefeitura e a COHAPAR: a construção de casas populares na cidade e ainda a construção de um residencial para servidores públicos. Já houve uma primeira reunião acerca dos assuntos em Curitiba, quando Dr. Francisconi esteve na capital do estado, na sede da COHAPAR. As tratativas seguem e hoje foram discutidos aspectos técnicos dos dois projetos de moradias. Da Assessoria. 

QUA, 30 DE MARÇO DE 2016 



A Secretaria de Infraestrutura promoveu o serviço de tapa buraco CBUQ – concreto betuminoso usinado à quente – nas ruas e avenidas do Jardim Belo Horizonte. As imagens da melhoria são da Rua dos Pardais. Da Assessoria.LEIA MAIS...

QUA, 30 DE MARÇO DE 2016 



O Relações Públicas de Rolândia na Alemanha, Paulo Gaffo, visitou a Saffron Company, empresa alemã de pesquisa e de alimentos, na cidade de Hamburgo, Alemanha. Na ocasião, discutiu com o Diretor Proprietário da companhia, Ghassem Hassanzadeh, a possibilidade de colaboração com o município. Cordial e produtiva, a visita rendeu frutos e foi iniciado um processo de amizade e respeito entre a empresa e a cidade de Rolândia. O empresário se colocou a disposição para contribuir no processo de divulgação do nome do município e assim, estreitar os laços com a cidade. A Saffron é um conhecido fornecedorer de matérias-primas para as indústrias alimentícias e farmacêuticas. A empresa tem um viés pacífico e social, visto que seu proprietário, de origem afegã, visa substituir o ópio de papoulas plantadas no oeste asiático por açafrão, produto natural e com propriedades terapeuticas. O empresário tem origem humilde e começou a construir suas ações desde menino, durante a guerra no Afeganistão, sua terra natal. Ele fugiu sozinho e por longo tempo lutou com as dificuldades na Alemanha, até tornar-se cidadão alemão. Ele sabia que tinha que fazer alguma coisa, algo pela paz. Então, viajou ainda adolescente, enquanto estava no período escolar novamente para o Afeganistão. Sua ideia era o cultivo de açafrão para combater o cultivo de ópio, pois a plantação de ópio financiava a guerra. Ele tentou convencer muitos agricultores da sua ideia. Tudo funcionou e após dois anos já produzia cerca de 100 hectares de terra de açafrão. No período de 10 anos, em um projeto social, a empresa, por meio de Ghassem Hassanzadeh, sustenta mais de 3.000 famílias com este projeto social. "Eu dei-lhes apenas a ideia e a esperança. Nada mais", diz Ghassem Hassanzadeh, diretor da SAFFRON Empresa na Alemanha. Todo o resto aconteceu sozinho. Pelo engajamento social, o empresário foi premiado pelas Revistas Alemãs Feelings e Küche-Küche AwardDeutsche CSR – Corporate Social Responsability. Com ideais de consumo responsável, consciente e sustentável, a empresa levanta o mote da paz. Conforme o Relações Públicas de Rolândia na Alemanha, Paulo Gaffo, o empresário é um ótimo contato e, a partir de agora, será mais um grande colaborador do município mundo afora. “Ele abraçou a nossa causa e será um importante parceiro no processo de divulgarmos Rolândia. Ghassem destacou que está pensando em visitar nossa terra em breve e isso é de fundamental importância para todos nós. A cidade agradece mais esse grande apoio“, celebra. Da Assessoria.


QUA, 30 DE MARÇO DE 2016 



Em parceria com o Sindicato Rural e os produtores da região, a Secretaria de Infraestrutura promove melhorias e reparos ao longo da Estrada dos Pioneiros. A capa asfáltica está sendo reparada, os moledos compactados e estão sendo cavadas novas caixas d´águas visando não empoçar água das chuvas ao longo da via. Nos próximos dez dias, se não chover, os buracos no trecho compreendido entre o Belançon até a Sanepar serão tapados. Com máquinas trabalhando, é recomendada a redução na velocidade no local. Da Assessoria. LEIA MAIS...

QUA, 30 DE MARÇO DE 2016 



A Escola Municipal Parigot de Souza vem desenvolvendo o trabalho de conscientização sobre a importância de conservação do Livro Didático, tendo como principais objetivos: desenvolver nos alunos o senso de responsabilidade com o patrimônio público, sensibilizando sobre a importância da preservação e conservação do material, de encapar e devolver ao final do período letivo o livro em boas condições de uso. No mês de março, mamães e ¨tias¨ responsáveis dos alunos dos 4º e 5º anos foram convidadas a passar uma manhã ou tarde em nossa escola nos auxiliando encapar os livros didáticos. Segundo prevê o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), a durabilidade dos livros deve ser de três anos. Ao final de cada ano, os volumes devem ser devolvidos para que outros estudantes possam se beneficiar do material no período seguinte. Segundo a diretora da unidade, Ivani Crosoletti Borges, a conservação do livro didático é de grande importância, pois o livro adotado fortalece o projeto pedagógico da Escola, principalmente, por contemplar seus objetivos. Os livros didáticos são utilizados nas escolas para alfabetizar, ensinar e ampliar a aprendizagem, além de despertar o interesse dos alunos nos conteúdos que os mesmos contemplam. “Para que os livros sejam entregues em bom estado, pedimos aos pais e aos alunos que os encapem e que cuidem desse material, pois, no próximo ano, outros alunos estudarão com ele”, explica Ivani. A Escola Municipal Parigot de Souza fica na Rua Nastúrcio, 435 - Jd Novo Horizonte. Da Assessoria. 

QUA, 30 DE MARÇO DE 2016



A Secretaria de Educação recebeu a doação de 1.000 (mil) exemplares de livros de Literatura Infantil da autora ANA MARIA STOPPA (Advogada, Ambientalista, Ativista Cultural), por meio do Projeto Cultural do Lions – envolvendo a Secretaria de Educação. A autora fará uma visita a Rolândia no Dia do Livro, onde os alunos da rede municipal (3º ano) ganharão um livro autografado. A escola também será presenteada com um kit para sua biblioteca. Até a vinda da autora, ou seja, dia 18/04, os alunos deverão ter conhecimento de suas obras, o professor deverá escolher pelo menos um livro do Kit, para realizar um trabalho (em sulfite – folha A4) com seus alunos, que deverão ser entregues na Secretaria até dia 15/04. Estes trabalhos serão expostos no dia do evento. As escolas poderão apresentar: ilustração, quadrinhos, comentários, resumo, acróstico, poesia, cópia de trecho que mais gostou seguida de desenho, mensagem ou ideia principal do livro etc. (colocar nome da escola, turma, nome completo do aluno e título da estória trabalhada). O objetivo desta atividade com alunos de 3º ano é desenvolver o gosto pela leitura e incentivar competências leitoras, dentro do desafio de alfabetizar todos os alunos até os oito anos de idade, uma das cinco metas do Programa “Todos pela Educação”. Da Assessoria. 

QUA, 30 DE MARÇO DE 2016


RESULTADO DE EXAMES MÉDICOS ECONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE APTOSDOS SEGUINTES CANDIDATOS

PSS – DA EDUCAÇÃO – EDITAL 02/2015

QUA, 30 DE MARÇO DE 2016



Agência do Trabalhador/SINE Rolândia atende das 8h às 14h. O SINE Rolândia fica na Avenida dos Expedicionários 604, Centro. O telefone é 3255-1118. Vagas para:

* PORTEIRO
* ARMADOR DE FERRAGENS NA CONSTRUÇÃO CIVIL
* MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINA INDUSTRIAL
* CONFERENTE DE MERCADORIA
* VENDEDOR INTERNO

-- 

Secretaria de Comunicação 
Prefeitura de Rolândia

RELAÇÕES PÚBLICAS DE ROLÂNDIA NA ALEMANHA VISITA GRANDE EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO



O Relações Públicas de Rolândia na Alemanha, Paulo Gaffo, visitou a Saffron Company, empresa alemã de pesquisa e de alimentos, na cidade de Hamburgo, Alemanha. Na ocasião, discutiu com o Diretor Proprietário da companhia, Ghassem Hassanzadeh, a possibilidade de colaboração com o município. Cordial e produtiva, a visita rendeu frutos e foi iniciado um processo de amizade e respeito entre a empresa e a cidade de Rolândia. O empresário se colocou a disposição para contribuir no processo de divulgação do nome do município e assim, estreitar os laços com a cidade. A Saffron é um conhecido fornecedorer de matérias-primas para as indústrias alimentícias e farmacêuticas. A empresa tem um viés pacífico e social, visto que seu proprietário, de origem afegã, visa substituir o ópio de papoulas plantadas no oeste asiático por açafrão, produto natural e com propriedades terapeuticas. O empresário tem origem humilde e começou a construir suas ações desde menino, durante a guerra no Afeganistão, sua terra natal. Ele fugiu sozinho e por longo tempo lutou com as dificuldades na Alemanha, até tornar-se cidadão alemão. Ele sabia que tinha que fazer alguma coisa, algo pela paz. Então, viajou ainda adolescente, enquanto estava no período escolar novamente para o Afeganistão. Sua ideia era o cultivo de açafrão para combater o cultivo de ópio, pois a plantação de ópio financiava a guerra. Ele tentou convencer muitos agricultores da sua ideia. Tudo funcionou e após dois anos já produzia cerca de 100 hectares de terra de açafrão. No período de 10 anos, em um projeto social, a empresa, por meio de Ghassem Hassanzadeh, sustenta mais de 3.000 famílias com este projeto social. "Eu dei-lhes apenas a ideia e a esperança. Nada mais", diz Ghassem Hassanzadeh, diretor da SAFFRON Empresa na Alemanha. Todo o resto aconteceu sozinho. Pelo engajamento social, o empresário foi premiado pelas Revistas Alemãs Feelings e Küche-Küche AwardDeutsche CSR – Corporate Social Responsability. Com ideais de consumo responsável, consciente e sustentável, a empresa levanta o mote da paz. Conforme o Relações Públicas de Rolândia na Alemanha, Paulo Gaffo, o empresário é um ótimo contato e, a partir de agora, será mais um grande colaborador do município mundo afora. “Ele abraçou a nossa causa e será um importante parceiro no processo de divulgarmos Rolândia. Ghassem destacou que está pensando em visitar nossa terra em breve e isso é de fundamental importância para todos nós. A cidade agradece mais esse grande apoio“, celebra. Da Assessoria.

Garupa de bicicleta atira contra jovem de 19 anos

Redação Bonde - 30/03/2016 -

Um rapaz de 19 anos sofreu um atentado na noite desta terça-feira (29) em Sarandi, região metropolitana de Maringá. A vítima, que não teve o nome divulgado, foi baleada na rua Caracas, no bairro Castelo. 

Segundo testemunhas, o atirador desceu de uma bicicleta para cometer o crime. Ele e o condutor vestiam roupas escuras. Depois, fugiram e não foram localizados. 

O jovem, que acabou atingido nas costas, foi socorrido pela equipe do Siate e encaminhado ao Hospital Metropolitano. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

DENGUE AVANÇA NO PARANÁ ( ALERTA GERAL )

FOLHAWEB


Um em cada dez municípios do Paraná enfrenta epidemia de dengue

Mais de 18.500 casos da doença já foram confirmados no Estado

Luis Robayo/AFP
299 municípios do Paraná estão infestados pelo mosquito Aedes aegypti há pelo menos 12 meses consecutivos


Quarenta cidades do Paraná enfrentam epidemia de dengue, segundo revelou o último boletim epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Os municípios de Ampére, Corbélia, Marialva e São Jorge do Ivaí passaram a fazer parte da lista extensa de cidades que apresentam a proporção de 300 ou mais casos confirmados da doença para cada 100 mil habitantes. Ao todo, já são 18.541 casos confirmados de dengue no Paraná. Também foram confirmados 200 casos de zika (sendo 16 em gestantes) e 41 de chikungunya. 
A coordenadora do Programa Estadual de Combate à Dengue na Sesa, Themis Buchmann, explicou que 299 municípios do Paraná estão infestados pelo mosquito Aedes aegypti há pelo menos 12 meses consecutivos. O Estado possui 399 municípios. "O trabalho tem que ser intensificado todos os dias, independentemente dos números. As nossas 22 Regionais de Saúde apresentam casos notificados. Temos pacientes que transitam, temos casos autóctones (transmitidos na própria cidade) e os cuidados básicos devem ser feitos por todos os envolvidos", destacou. Ela lembrou que o governo do Estado enfrenta constantes atrasos no repasse de inseticidas que deveriam ser enviados pelo Ministério da Saúde. 
O governo do Paraná tenta agora liberação para compra de vacinas contra a dengue. O secretário de Saúde, Michele Caputo Neto, deve se reunir hoje em Brasília com o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Jarbas Barbosa. A intenção é adquirir as doses aprovadas pela Anvisa em dezembro do ano passado para dar início à imunização. 
Das 31 mortes causadas por dengue no Estado, 19 delas ocorreram na cidade de Paranaguá (Litoral). As demais foram registradas nas cidades de Foz do Iguaçu, Curitiba, Maringá, Antonina e Santa Terezinha de Itaipu. Conforme a Sesa, 70 % das vítimas já apresentavam outras doenças crônicas antes da infecção pelo vírus da dengue. Mais de R$ 8,8 milhões foram investidos em Paranaguá para conter o avanço da epidemia. Os recursos foram utilizados em ações de limpeza, contratação de profissionais de saúde e compra de medicamentos e de equipamentos. Paranaguá lidera o número de confirmações de dengue com 4.835 casos registrados, seguido de Foz do Iguaçu com 2.754 casos e Londrina, que acumula 1.837 confirmações. 
O boletim atualizado pela Sesa foi divulgado no início da noite de ontem. A reportagem não conseguiu contato com a assessoria do Ministério da Saúde para questionar sobre os atrasos no repasse do inseticida utilizado no combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. 



Viviani Costa

Reportagem Local

AULAS E DANÇA ZUMBA GRÁTIS EM ROLÂNDIA COM MAIRA STEFANI 05/04/2106


DANIEL STEIDLE E A PARTICIPAÇÃO DO POVO NA CÂMARA MUNICIPAL DE ROLÂNDIA

Daniel Steidle iniciou um movimento em Rolândia para que o povo possa participar mais dos problemas da comunidade opinando nas discussões dos projetos que tramitam na Câmara Municipal. Quando fui vereador de 1982 a 1992 fiz a minha parte apresentando o projeto Tribuna Livre que foi aprovado e faz parte até hoje do Regimento Interno do legislativo municipal. Se os atuais vereadores avançarem mais, é claro que será bom. Só não podemos esquecer que para tudo existe limites. Apenas os vereadores têm direito a voto. Nós, o povo, elegemos 10 vereadores para que eles votem por nós em todos os projetos que tramitam na Câmara. Mesmo quando eles votam errado eles estão votando em nosso nome. O ideal seria que o povo escolhesse melhor os vereadores. Que votassem apenas nos mais preparados e honestos... que não se vendessem por um churrasco.. por gasolina ou pelo espaço e aluguel de um out-dor. Não podemos também transformar a Câmara num anfiteatro grego onde as discussões não tenham fim. Para cada projeto de lei, penso que não mais que três pessoas possam opinar, e por tempo limitado. Os problemas gerais da população deverão continuar serem atendidos pela Tribuna Livre. Aí sim com tempo maior. JOSÉ CARLOS FARINA (ADVOGADO e BLOGUEIRO)