sexta-feira, 27 de maio de 2016

PRÉ-CANDIDATO À PREFEITO DE ROLÂNDIA

JORNAL MANCHETE DO POVO





Quem são eles! Entrevista com o pré-candidato a prefeito, Ailton Maistro (PSD) 

Rodrigo Stutz

Essa é a nova série de entrevistas que o jornal MANCHETE DO POVO lança nesta edição

O objetivo será apresentar os possíveis pré-candidatos a prefeito para a eleição deste ano. Os candidatos terão até o dia 15 de agosto para registrar suas candidaturas, e a partir do dia 16 começam as campanhas oficiais. Por isso as agremiações e grupos políticos intensificam as articulações em busca de nomes e apoios. Todos com o mesmo objetivo, chegar no poder.

O primeiro entrevistado será o pré-candidato, Ailton Maistro que desfiliou-se do PSDB e há cerca de 70 dias faz parte da estafe do PSD em Rolândia. Essa semana, em entrevista ao MANCHETE DO POVO afirmou ser o possível pré-candidato a prefeito pela legenda.

Confira a entrevista:

MANCHETE: Por que mudou de partido? Tem relação com a eleição deste ano?

MAISTRO: Porque não comunguei com as idéias deles. A falsidade dos caras é muito grande.

MANCHETE: A sua ida para o PSD está condicionada a alguma garantia de que a vaga de pré-candidato no partido é sua?

MAISTRO: Não. Eu fui para o partido a convite do Deputado Cobra e também pelas pessoas que estão envolvidas no partido. Mas também para onde eu iria? Para o PMDB?

Eu sou pré-candidato desde que seja para fazer um trabalho para o município e organizar a cidade. Quero formar um grupo para administrar o município valorizando o funcionário público e cortando boa parte dos cargos de confiança. É preciso enxugar a máquina, porque com a arrecadação de Rolândia administrada com seriedade e transparência é possível fazer muita coisa.

MANCHETE: No PSD tem o vereador José de Paula, ele também afirma ser possível pré-candidato. Como está essa relação entre você e o Zé de Paula?

MAISTRO: O mando político na cidade hoje é o Cobra, por isso temos que sentar com o grupo e analisar uma decisão. Eu falei com o Zé que temos que definir logo isso. O grupo em si está falando a mesma língua, só que temos que tomar uma medida mais rápida.

MANCHETE: O senhor acha que pode ocorrer uma disputa interna no partido?

MAISTRO: Eu fui convidado pelo Cobra e ele me perguntou se eu tinha pretensões e falei que tinha. Mas eu respeito as pessoas que estão lá e não vou brigar dentro do partido . Primeiro tem que fazer uma pesquisa, para depois fazer uma análise. Ver quem está melhor, quem é melhor? O que o povo quer? Quer politiqueiro ou quer alguém que administre uma cidade? Veja o exemplo de Londrina, mudou em todos os sentidos porque escolheu a pessoa certa no lugar certo. Nós temos que abrir as portas da cidade para a industrialização, primeiro valorizando os que já estão aqui e depois incentivar novas indústrias para gerar receita e emprego.

MANCHETE: Como vai lidar com o grupo já que agora é oposição ao grupo que antes o senhor fazia parte, e a maioria das pessoas que estão com o PSD estão ligados ao grupo do Johnny, tão criticado pelo senhor? O próprio Zé de Paula está aliado a pessoas ligadas à base do Johnny, prefeito que ele "bateu" por quatro anos.

MAISTRO: Eu vou ter que trabalhar isso aí com habilidade. Quando se vai montar um grupo não se pode olhar cor, raça ou partido político, mas sim a competência das pessoas. Nem todos do grupo do Johnny são ruins, tem muita gente boa que estava com ele. Não importa se você foi meu adversário, desde que tenha competência podemos estar no mesmo grupo.

MANCHETE: O senhor acha que pode ter problema para formar grupo de campanha já que a militância do Cobra e do partido, boa parte é feita pelos remanescentes do Johnny?

MAISTRO: O homem é que faz o partido, não o contrário. Tem pessoas boas naquele grupo, e novos virão. Na minha concepção nem o Johnny era ruim, mas colocou algumas pessoas ruins do lado dele. Nós temos que formar um novo grupo, com pessoas despretensiosas que pensem em Rolândia. Vamos formar uma nova militância.

MANCHETE: O Senhor confirma ser pré-candidato?

MAISTRO: Sim. Sou pré-candidato para administrar a cidade com um povo feliz deixando ela bonita e organizada. Quero formar uma nova ala de administradores para Rolândia. E para isso preciso dos empresários e dos funcionários públicos. Quero formar cidadãos e não panelinhas que dominam a cidade como acontece há anos.

O município é uma grande empresa, essa empresa vende serviço, e ela tem que ser administrada com seriedade. Tem que ter respeito com dinheiro público e saber onde gastar.

ESTUPRO GRUPAL


FOLHA DE LONDRINA


'Quando acordei, tinham 33 caras em cima de mim', diz menor estuprada no Rio


A adolescente de 16 anos que teve imagens publicadas nas redes sociais depois de ser vítima de estupro coletivo disse nesta quinta-feira, 26, em depoimento a policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), da Polícia Civil do Rio, que foi atacada por 33 homens armados de fuzis e pistolas. Ela contou que, no último sábado, 21, fora visitar o namorado no morro do Barão, na Praça Seca, zona oeste carioca, e só lembra de ter acordado, no dia seguinte, "dopada e nua", em uma casa desconhecida, cercada pelos agressores. 

De acordo com os investigadores, três homens envolvidos no crime já foram identificados e terão a prisão preventiva pedida pela polícia em breve. Dois deles publicaram as imagens na internet. O terceiro aparece no vídeo divulgado nas redes sociais. Os nomes dos acusados não foram divulgados. 

No depoimento à Polícia Civil, reproduzido no site da revista Veja, a vítima contou que, depois de acordar, vestiu roupas masculinas e pegou um táxi para casa, no bairro da Taquara, também na zona oeste. A jovem é mãe de um menino de 3 anos. 

Ainda de acordo com o depoimento, ela soube, na terça-feira passada, que um vídeo com imagens suas depois do estupro havia sido divulgado nas redes sociais e em sites de relacionamento. Nesse mesmo dia, segundo as informações prestadas à polícia, ela voltou à favela e cobrou do chefe da quadrilha dos traficantes de drogas, não identificado, que devolvesse seu celular, possivelmente furtado no dia do estupro coletivo. 

Segundo a jovem, o traficante disse não ter encontrado o celular, mas prometeu ressarcir-lhe o prejuízo. Disse também que se informaria sobre o estupro. A jovem identificou o namorado apenas como Petão, de 19 anos, que conheceu no colégio onde ambos estudam. A vítima disse que se relaciona com Petão há três anos. Ela afirmou que costumava usar ecstasy, lança-perfume e cheirinho da loló, mas que há um mês não se drogava. 

No depoimento, a adolescente disse que está "profundamente abalada" e que, desde que foi estuprada, tem sentido muitas dores internas. Na manhã de quinta-feira, ela foi submetida a exames no setor de ginecologia de uma maternidade da rede municipal de saúde. "Quando acordei tinham 33 caras em cima de mim. Só quero ir para casa", disse ela ao sair do hospital, em declaração reproduzida no site do jornal O Globo. 

Antes do exame médico, ela prestou depoimento e foi periciada no Instituto Médico-Legal (IML). O pai, que a acompanhou na perícia, disse que, ao chegar em casa no domingo, encontrou a filha "gemendo de dor". 

Em entrevista à rádio CBN, a avó afirmou ter ficado chocada com o vídeo, em que um dos homens faz menção a mais de 30 estupradores e afirma: "Essa aqui, mais de 30, engravidou". "O vídeo é chocante, eu assisti, ela está completamente desligada", disse a avó. 

Segundo ela, a neta tem o hábito de passar alguns dias sem dar notícias, mas que a família nunca soube que tenha sofrido abusos sexuais. A avó levantou a suspeita de que o estupro coletivo tenha sido "vingança" do namorado, que teria suspeitado de uma traição da garota. Os nomes da jovem e de seus parentes são mantidos em sigilo pela polícia. 

Investigação 

A publicação e o compartilhamento do vídeo da vítima depois do estupro causaram indignação entre internautas, que pediram que ninguém mais divulgasse o vídeo. As imagens mostram o órgão genital da jovem e a narração do responsável pela publicação: "Olha como tá (sic). Sangrando. Olha onde o trem passou. Onde o trem bala passou a marreta". 

Um dos responsáveis pela publicação no Twitter, identificado como Michel, escreveu: "Amassaram a mina, intendeu (sic) ou não intendeu (sic) kkkkk". Foi publicada também uma fotografia de um dos homens diante do corpo da jovem deitado em uma cama. 

O caso também é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), que recebeu uma denúncia anônima do estupro coletivo e da divulgação das imagens nas redes sociais. Segundo o MP-RJ, cerca de 800 comunicações do caso foram feitas à Ouvidoria. A promotoria pediu que agora sejam encaminhadas apenas denúncias que tenham informações novas sobre o caso. 

Barbárie 

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-RJ) classificou o caso como "barbárie". "Os atos repulsivos demonstram, lamentavelmente, a cultura machista que ainda existe, em pleno século 21", diz a entidade em nota. "Um estupro coletivo, com requintes de crueldade, no qual vários indivíduos perpetuaram a humilhação expondo, nas redes sociais, a dor da vítima", afirma a entidade. 

A OAB-RJ atenta ainda para o fato de que, para cada caso público de estupro, tantos outros permanecem ocultos, sem repercussão. "Precisamos lutar contra a violência em cada lar, em cada comunidade, em cada bairro. A revolta e a mobilização são claros indícios de que a indignação social se faz fortemente presente", diz a nota. 

Diante do ocorrido, a OAB-RJ afirma que frases machistas, piadas sexistas e propagandas que tornam a mulher um objeto sexual devem ser combatidas, "sob o risco de se tornarem potenciais incentivadoras de comportamentos perversos". A entidade está oferecendo assistência jurídica à família e afirma esperar que a lei prevaleça na punição aos responsáveis. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Agência Estado

ROLÂNDIA: MAIS UMA PROMESSA DAS TRINCHEIRAS DO TREM

Governo federal vai reformar linha férrea que corta Rolândia

Redação Bonde - 25/05/2016 

O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro, assinou nesta quarta-feira (25), um contrato para execução de obras na ferrovia que passa pela cidade de Rolândia, na região metropolitana de Londrina. A proposta inclui a construção de passarelas e túneis, além de desvios para reduzir o número de acidentes. 

Um dos trechos que deve ser atendido fica próximo à PR-323, entre Rolândia e Jaguapitã. Na última segunda-feira, o motorista de um caminhão perdeu o controle e bateu na coluna do pontilhão que sustenta a linha férrea. Ele não ficou ferido e, por isso, o atendimento do Corpo de Bombeiros foi cancelado. Condutores de veículos pesados reclamam do perigo oferecido pelas péssimas condições da via. 

O valor total do investimento não foi divulgado pela assessoria do DNIT. A obra era solicitada desde 2010 por deputados federais que representam a região.

ROLÂNDIA: VEREADOR PEDE ILUMINAÇÃO PARA A CAPELA DA VILA

VEREADOR ZÉ DE PAULA

Na tarde desta sexta-feira (27) estive percorrendo a região da Vila Oliveira, na oportunidade me deparei com diversos munícipes, que me solicitaram com urgência a manutenção na iluminação da capela mortuária da Vila Oliveira.
COMENTÁRIO:
Já  passou da hora tbm da prefeitura plantar árvores sombrias naquele local. Na época de calor ninguém aguenta.FARINA


VÍDEO ENCONTRO COM JOGOS DA IGREJA IPI DE ROLÂNDIA

PROMOÇÃO RODÍZIO DE PIZZA


Promoção boa compartilhamos com os amigos e familiares! 
Rodízio de pizzas deliciosamente feitas em forno a lenha por apenas R$19,90 (segunda a quinta) e R$22,90 (sexta a domingo). Não cobramos 10% de taxa de garçom.

Avenida Inglaterra, 154. londrina -- tel,: 3341-5090...






NOTA DE FALECIMENTO EM ROLÂNDIA 27/05/2016

FUNERÁRIA SANTA TEREZINHA

INFORMA

O FALECIMENTO DE:

JOSÉ DELFINO, 77 ANOS

VELÓRIO: CAPELA DA VILA

SEPULTAMENTO: 17 HORAS

OS NOSSOS SENTIMENTOS DE PESAR À FAMÍLIA


CARTAZES, GASTRONOMIA EM ROLÂNDIA

12/JUNHO
Uma Feijoada de dar agua na boca, todos iram adorar
Adquira um convite através do 9182-7264 ou pela Pagina 
***** RETIRADA NO LOCAL ******
Rua Yoshimatsu 410 esquina com Rua Salvador Francisco Jardim Nobre 4 - ROLÂNDIA

PESSOAL VAMOS ADQUIRIR UM CONVITE , APENAS R$ 15,00 ... VAI SER UM SUCESSO, MUITO SABOROSA A NOSSA FEIJOADA, VAI SER UNICA... INTERESSADOS CHAMAR INBOX DA PAGINA ... IMPERDIVEL. VAMOS MARCAR PRESENÇA

12JUN
Dom 11:00 · Rolândia
Jose Henrique convidou você

CORRIDA DE ROLIMÃ ( VOLTANDO AO PASSADO )

DANIEL STEIDLE
ROLÂNDIA ROLANDO... que festa a corrida dos rolimãs ontem, juntando talentos, gerações, raças, religiões, times... Como as coisas do passado podem ser vitais para os tempos de hoje! Foi sugerida a Nilce Jacinto Martins do Museu Municipal um resgate de brinquedos e oficinas... Olha que Turismo legal surgindo!


INDUSTRIAS DESATIVADAS EM ROLÂNDIA

DANIEL STEIDLE

ROLÂNDIA EMPERRADA... no caminho para o campeonato de rolimã, passado por um dos “parques industriais” de Rolândia, notou-se a grande presença de indústrias fechadas, algumas já depredadas e com terrenos em volta abandonados com muita erosão e lixo... Ao questionar porque não revitalizar tanto espaço ocioso próximo da cidade, com asfalto, luz e água alguém disse: existem questões jurídicas, a especulação imobiliária, as empresas que querem sempre áreas novas subsidiadas e a política tentado enriquecer em cima disso... Rolândia tem que aceitar este cenário de sucateamento?