sexta-feira, 11 de novembro de 2016

DEPUTADO COBRA REPÓRTER COM MARCELO BELINATI

Recebi esta semana em meu gabinete o prefeito eleito de Londrina, Marcelo Belinati, que solicitou que eu continue dando atenção para a cidade e seja o elo entre o município e o Estado. Nossa reunião durou mais de três horas e conversamos sobre os projetos do Estado que estão em andamento na cidade. Ele pediu atenção para áreas que considera importantes como a saúde, a infraestrutura urbana e segurança. Afirmei que vou continuar apoiando incondicionalmente a cidade de Londrina.COBRA REPORTER




FOTO DE POLICIAL DE ROLÂNDIA "RODA" O MUNDO



FOTO By RODRIGO STUTZ

Era para ser mais um dia normal de atendimento de ocorrências na vida dos policiais militares, Tenente Edilson e o soldado Rondanini, do 15° Batalhão da Polícia Militar de Rolândia, não fosse uma pessoa que presenciou um acidente, tirar uma foto.

A tarde de sexta feira (11/11) estava bastante chuvosa, e os policiais foram acionados para atender uma ocorrência de acidente, próximo a rodoviária de Rolândia.

A motociclista, Rosana Neiva Juliane de 43 anos, sofreu uma tontura repentina , vindo a cair da moto, ela teve contusão no punho esquerdo e joelho esquerdo.

A chuva caia forte e enquanto o soldado Rondanini, organizava o trânsito, o Tenente Edilson empunhava um guarda-chuvas, protegendo a vítima do mal tempo, até a chegada da equipe do SIATE. 

A cena chamou a atenção das pessoas que passavam pelo local e uma delas, o jornalista Rodrigo Stutz registrou esse momento, através de uma foto.

A foto, está sendo compartilhada por milhares de pessoas nas redes sociais e os comentários são cheios de elogios à policia militar, em especial aos policiais que atenderam a ocorrência, afinal eles literalmente fizeram jus ao lema da PM, " Sua proteção é o nosso compromisso".

A vítima do acidente passa bem .


FONTE: Noticias de Rolândia - NR / foto: Rodrigo Stutz

LUTAS DE TAEKWONDO NO NANUK DE ROLÂNDIA DOMINGO

Lutas de várias modalidades e com a participação de atletas de Rolândia e região. Início 14 horas. Ingresso a R$ 10,00. NA CASA DE CULTURA E TEATRO NANUK.

ROLANDENSES EM PROVA INTERNACIONAL NO CHILE

João Ubirajara Nogueira  e sua esposa Maria Pusch Nogueira vão participar neste domingo ( dia 13) de uma prova internacional no deserto do Atacama (Chile).  Uma corrida de aventura. Foto by Jornal de Rolândia.

JARDINS E FAZENDAS DE ROLÂNDIA - PR.

DANIEL STEIDLE

ASSUMIR DE CORAÇÃO ESTA PÁTRIA...
A pioneira, fundadora e jardineira da Fazenda Santa Cruz, Karin Schauff, escreveu em seu livro “Jardins Brasileiros” sobre: “o estranho hábito dessa gente do Brasil, que conquista e logo abandona, sempre especulando, comprando outras terras... E depois essas pessoas vêm e querem frequentar os nossos jardins...”

Chegamos a visitar, quase todos os domingos, outro jardim encantador. Da bióloga, pioneira, jardineira, escritora e artista plástica, Mathilde Maier da Fazenda Jaú, autora do livro “Os Jardins de Minha Vida”, também disponível em inglês e alemão. Havia e ainda há muitos outros jardins mágicos em Rolândia como da Anneli Jung, da Ilse Dietrich, da Hanchen Loeb Caldenhof da Fazenda Belmonte, da Mathilde Kempf, da Inge Rosenthal, da família Unbehaun, através da famosa “Chácara Rolândia”...


Eram coleções únicas e raras feitas por gente de fora que se encantou com a fauna e flora do Brasil e aqui assumiu, de coração, esta pátria. Neste nosso grande Brasil ou num município espaçoso como Rolândia ainda dá para “conquistar e abandonar terras”. Mas não seria muito mais sensato, assim como o “Pai do Plantio Direto” Herbert Bartz fez, de recuperar e cultivar a terra como se fosse um grande jardim?

Diz uma antiga história que fomos expulsos de um jardim todo especial e que nunca mais encontramos a felicidade. A notícia boa vem de um dos principais laboratórios de restauração ambiental do Brasil, do LABRE (Laboratório de Biodiversidade e de Restauração de Ecossistemas) da UEL, do professor José Marcelo Torezan que afirma: “da mesma forma que fomos capazes de destruir este belo jardim também somos competentes a reconstruí-lo”.

Utopia, fantasia? Depende do seu amor para com esta pátria, do “berço esplêndido”, da maior biodiversidade do Mundo!

Motivador e acessível de (re)ler é o clássico “O menino do dedo verde” que de forma poética, porém muito pé no chão, nos conduz a realizar outras soluções, perfeitamente possíveis, para resolver os enormes desafios da atualidade. Vale a pena conferir e descobrir que todos podemos desenvolver nosso "dedo verde"!



Na versão inglesa do livro da Mathilde, tem na capa uma de suas pinturas... plantas do jardim dela! DANIEL STEIDLE


Obrigado pelas referências, e por tanger pioneirismos românticos por esta terra roxa que encanta viajantes que passam por nossas vias expressas que cortam nosso norte paranaense. No bom português, "sim nós podemos", e não é somente com atos de relativa grandeza, mas sim com pequenos gestos, por ações isoladas subjetivamente. Mas com a essência da homogeneidade humana, portanto uma questão de todos nós. A questão não é talvez o que deixaremos pra gerações futuras, mas quem somos hoje! Perante o tempo a humanidade é uma só. A história é feita de espaços no tempo, mas a humanidade não. ELTON CHARLES PEREIRA

FALTA DE CONSCIÊNCIA

BETE MELLO e AILTON APARECIDO DOS SANTOS PUBLICARAM



ISTO QUE VOCÊS  ESTÃO VENDO É A ATITUDE DE PESSOAS QUE NÃO TEM CONSCIÊNCIA E NEM VERGONHA. AO INVÉS DE DESCARTAR HOJE NA ESTRADA DO INGAZINHO, COISA DE GENTE QUE NÃO RESPEITA OS OUTROS E NEM MEIO AMBIENTE.


PR 170 entre Florestópolis e Porecatu está sendo recapeada

Mais um trabalho do deputado Cobra Repórter beneficia a região. Desta vez a recuperação do trecho da PR da Rodovia João Lunardeli, a PR 170, entre Florestópolis e Porecatu, que está sendo totalmente recapeada. 

"A PR 170 é uma rodovia extensa, mas pedimos atenção especial para o trecho que liga a cidade de Rolândia a Porecatu e o acesso às cidades do Norte. Cheguei a cobrar as melhorias na Tribuna da Assembleia e agora mais um trecho está sendo melhorado", destaca Cobra Repórter.
O deputado lembra que A PR 170 significa um problema sério para o Norte do Paraná. Precisa de reparos, de vias marginais e de melhorias nos acessos aos municípios. "Nosso trabalho na Assembleia Legislativa foi cobrar o Governo do Estado e agora as melhorias estão sendo feitas, assim como contorno norte de Rolândia, que também faz parte dessa rodovia e que já está em obras".

Ele havia solicitado que todo o trecho entre Rolândia e Porecatu fosse incluído no orçamento de 2017. No entanto, as obras de alguns trechos já começaram a ser feitos neste ano mesmo.
A atuação do deputado Cobra Repórter está garantindo o recape da PR 445 entre o distrito da Warta em Londrina e Bela Vista do Paraíso; da PR 534, entre Miraselva e Centenário do Sul; da PR da PR 454 entre Jaguapitã e Astorga; da PR 160, que liga a PR 323 ao Distrito de Paranagi, no município de Sertaneja e o trecho da PR 170 que contempla o Contorno Norte de Rolândia.

CAMPANHA DO BLOG DO FARINA CONTRA ASSESSORES DE DEPUTADOS E SENADORES

NO MEU ENTENDIMENTO UM DEPUTADO, SEJA ESTADUAL OU FEDERAL, E SENADORES NÃO PRECISAM  MAIS DO QUE 3 ASSESSORES. UM COMO CHEFE DE GABINETE, UM ADVOGADO E UM JORNALISTA.  MAIS DO QUE ISSO É ROUBO. AFINAL,  É O POVO QUEM PAGA. JÁ É DIFÍCIL PARA O POVO PAGAR ALTOS SALÁRIOS PARA MILHARES DE VEREADORES, DEPUTADOS E SENADORES EM TODO O BRASIL, E AINDA POR CIMA, NÓS TEMOS QUE PAGAR TAMBÉM PARA QUE SEUS AMIGOS OS ACOMPANHEM? SE O  (A)  DEPUTADO (A) NÃO TEM COMPETÊNCIA PARA FAZER O TRABALHO SOZINHO (A), NA PRÓXIMA ELEIÇÃO VAMOS VOTAR NO ASSESSOR.... 
QUAL A SUA OPINIÃO?
SE CONCORDA.. COMPARTILHA NAS REDES SOCIAIS.

TRENS NOS CAMPOS GERAIS DO " MEU PARANÁ " NA RPC GLOBO

PREFEITO DE ROLÂNDIA AO VIVO AGORA


LUIZ FRANCISCONI AO VIVO DIRETO DE BRASILIA.


Participo neste momento da entrega de emendas parlamentares ao Cismepar em Londrina, juntamente com outros prefeitos e autoridades da região!



PREFEITO FRANCISCONI DE ROLÂNDIA EM BRASILIA




O Prefeito de Rolândia Dr. Francisconi, participou nesta semana em Brasília, do Seminário de Novos Gestores 2017-2020 realizado pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios) para prefeitos eleitos do sul do país, com o objetivo de aperfeiçoamento da gestão pública, bem como o alerta dos grandes problemas que ainda virão, dentre eles o cenário econômico.

De acordo com a CNM, dos 3.155 municípios que informaram o quadro de suas finanças ao Tesouro Nacional, 2.442 (77,4%) já estão com as contas no vermelho. A crise se agravou ainda mais devido à diminuição do repasse do Fundo de Participação dos Municípios, que era para ser de R$ 99 bilhões, mas a previsão é que não chegue a R$ 84 bilhões.

Dr. Francisconi, participou dos debates, palestras, totens de conhecimentos, além de trocar experiências com outros prefeitos e reforçar laços de parcerias com grandes autoridades políticas e profissionais presentes no evento!

Da Assessoria

DANIEL STEIDLE CHAMA A ATENÇÃO DE TODOS SOBRE O MEIO AMBIENTE

DANIEL STEIDLE POSTOU




CARTA ABERTA AO PODER PÚBLICO E A COMUNIDADE:

Será que estamos sendo histéricos com a nossa campanha em torno dos loteamentos de Rolândia? Mas onde há fumaça pode ter muito fogo.


À medida que estamos vendo documentos, planos, plantas... verificamos que o loteamento da Santa Cruz é só a ponta do Iceberg...

Pelo mapa que um funcionário da Prefeitura nos mostrou no COMDEMA há uma linha azul dando uma enorme volta pelo município alargando o "perímetro urbano dinâmico" (palavras do funcionário) o que faz com que as loteadoras possam expandir à vontade seus negócios... Além de muitas áreas rosas que são ou vão ser os novos loteamentos...

Um pouco a situação parece ser de um convite para um monte de pessoas a ocupar uma casa que não está absolutamente preparada para receber tanta gente... Esgoto, abastecimento, limpeza, fiscalização, segurança, mobilidade, saúde...
Londrina foi pensada para 80 mil habitantes... agora tem mais de meio milhão. Isso não dá muito certo como estamos vendo... Temos que dar condições às pessoas que já moram aqui, antes de convidar novas pessoas... E empregos?

Pois é, definitivamente Rolândia tem uma vocação natural, histórica e amplo reconhecimento... Temos uma identidade que precisa ser definida e oficializada. Não precisamos imitar Arapongas, Cambé, Ibiporã... Indústria também pode fazer parte. Mas a partir de uma realidade local...

Temos muitos recursos hídricos, somos manancial regional e por isso recebemos anualmente R$ 5,6 milhões. Temos as melhores terras do mundo, pesquisa florestal que aqui aponta o maior incremento florestal do mundo, know-how agrícola, fama internacional e uma invejável vocação turística... atividade que tirou muitas nações da crise e que, ao contrário da automação industrial, absorve muita mão de obra...

Desculpem a longa "aula". 
Várias vezes estes assuntos já foram colocamos à público, em reuniões bem frequentadas, com especialistas e divulgadas pelas redes sociais... Não são fantasias particulares, mas um momento claro pelo qual o mundo passa... de uma profunda CRISE AMBIENTAL.

É um momento que exige mais cautela e diálogo. Nosso medo é que pessoas que gostam de ver o circo pegar fogo ou fazer politicagem usem esta situação de conflito para fins destrutivos... E não precisamos provar que isso seja nossa intenção. Desde a época do pioneirismo muitas pessoas, como simples cidadãos, têm trabalhado voluntariamente e exaustivamente para Rolândia e região. Aguardamos o quanto antes espaço para buscarmos sintonias com o Poder Público e mais participação ativa da comunidade.



FARINA FILMA O QUE SOBROU DA FERROVIA SÃO PAULO RIO GRANDE NO PARANÁ