quarta-feira, 23 de novembro de 2016

ROLÂNDIA: ENFEITES DE NATAL NAS ROTATÓRIAS

FOTO By JOSÉ CARLOS FARINA

CLIQUE NAS FOTOS PARA AUMENTÁ-LAS.
































APRESENTAÇÃO DE ALUNOS DO COLÉGIO ALFA NO NANUK NESTA 4ª FEIRA

FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA

CLIQUE PARA AUMENTAR...














































ROUBARAM A PLACA DA INAUGURAÇÃO DA RODOVIÁRIA DE ROLÂNDIA

Placa de inauguração da Rodoviária de Rolândia é furtada


Rafael Machado - Redação Bonde - 23/11/2016 

Um funcionário do Terminal Rodoviário de Rolândia tomou um susto quando chegou para trabalhar durante a manhã desta quarta-feira (23). A placa de inauguração do local, moldada a bronze, foi furtada perto das 3h30. Vizinhos chegaram a escutar o barulho, mas sequer suspeitaram do criminoso, que conseguiu fugir sem ser identificado. Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade. Até o momento, a relíquia não foi recuperada. 












Reprodução/Google Street View




De acordo com o administrador da rodoviária, José Antônio Mota, a única câmera de segurança não pôde flagrar o furto porque está desativada. O equipamento está instalado na rua Monteiro Lobato, onde, segundo Mota, há possibilidade de visualizar qualquer atitude criminosa. Além da mensagem que retrata a inauguração em 1957, a placa possui as assinaturas do prefeito de Rolândia na época, Primo Lepre, e do governador do Paraná, Moysés Lupion, que veio de Curitiba para prestigiar o início das atividades da rodoviária.


Apesar de garantir que as ocorrências policiais não têm sido registradas com frequência, Mota afirmou que prejuízo, além de financeiro, é sentimental. "É um pedaço da história de Rolândia. A rodoviária tem uma movimentação grande, tanto de gente que viaja ou pega ônibus para outras cidades da região", disse. A placa tem 90 cm de altura por 78 de largura e foi desparafusada de um suporte de concreto.

E/T: Havia duas placas. Uma da 1ª inauguração, na administração Primo Lepre, e a outra da grande reforma feita na administração Perazolo.

ASSISTAM O VÍDEO DA INAUGURAÇÃO.

PEDALADA ANTIDROGAS EM ROLÂNDIA DIA 26/11

CONVITE

O Conselho Municipal Antidrogas – COMAD, lotado na Secretaria Municipal de Assistência Social – Prédio do Banco do Brasil 3º andar, vem através deste convidar vossa senhoria, para participar da Pedalada Antidrogas, a realizar-se dia 26 de novembro de 2.016, com o Tema: “É Preciso Saber Viver”.

PROGRAMAÇÃO:

Sábado (26/11/2.016) – Pedalada Antidrogas – Saída: Campo Nacional

9:00h. - Concentração no Campo Nacional 

Percurso: 

9:30h. – Saída – Av. Presidente Bernardes – até esquina do Fórum – descendo Av. Expedicionários até esquina Bco. do Brasil – seguindo Rua Santos Dumont até Monteiro Lobato, descendo até Av. Tiradentes – com chegada na Praça Castelo Branco.

Onde Haverá aula de Zumba e distribuição Balas/Pirulitos às crianças.

Nossos Contatos:

Secretaria de Assistência Social – Prédio do Bco. do Brasil – 3º andar

3906-1139

VEREADOR DE ROLÂNDIA RECLAMA DOS TERRENOS BALDIOS

VEREADOR JOÃO ARDIGO
























Toda final de Primavera inicio de Verão é a mesma coisa, a pessoas que possuem terrenos vazios não fazem a limpeza, causando problemas para moradores vizinhos a esses terrenos. Com o calor animais peçonhentos acabam invadindo essas residências. O Município novamente ira notificar esses proprietários. Agilizem essa limpeza para não terem maiores problemas. Agora e a Secretaria do Meio Ambiente responsável por reclamações - Fone 3156 0333

VÍDEO FARINA VISITA AS OBRAS DA PONTE DO BANDEIRANTES EM ROLÂNDIA - PR.

VÍDEO FARINA VISITA OBRAS DO ASFALTO DA RODOVIA DOS PIONEIROS EM ROLÂNDIA

ROLÂNDIA: OBRA DE REMENDOS NA AVENIDA PRES. VARGAS ( BR-369 )

FOTOS By BLOG DO FARINA

CLIQUE NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS















































ROLÂNDIA: DRA. MARIA DE LOURDES NA FOLHA DE LONDRINA

A primeira médica de Rolândia


Converso com a Dra. Maria de Lourdes — e o meu dia se ilumina

Há 100 anos, na manhã de 26 de janeiro de 1917, um soldado do exército italiano passava pela aldeia de Santa Maria La Longa, localizada na província de Udine, ao norte da Itália. Provavelmente o jovem militar estava de folga naquele dia. Ao acordar, contemplou o céu da manhã fria — era inverno na Europa em guerra — e escreveu à margem de uma folha de jornal atrasado: "M’illumino d’immenso". Ilumino-me de imenso. O curtíssimo poema "Mattina" (Manhã) colocaria a modesta Santa Maria La Longa na história da literatura universal. O nome daquele soldado-poeta era Giuseppe Ungaretti, autor de uma das mais importantes obras literárias modernas no idioma de Dante. Os moradores de Santa Maria La Longa ergueram um monumento em homenagem a Ungaretti, que hoje pode ser visto por todos que visitam a aldeia. 

M’illumino d’immenso. Às vezes, se me sinto angustiado pelas pressões do cotidiano — essas que não perdoam nenhum de nós —, abro o livro de Ungaretti e releio o seu pequeno poema. Tento imaginar a situação do jovem de 29 anos, que dentro de alguns dias estaria de volta às trincheiras da Grande Guerra, enfrentando a possibilidade concreta da morte no instante seguinte, por um sim ou por um não. Nessas horas descubro que sou um homem afortunado. Contemplo o céu de Londrina, fecho o livro — e me ilumino de imenso. 

No meio da tarde de novembro, estava eu meio assoberbado pela pilha de papéis e compromissos acumulados na minha mesa, quando o telefone tocou. Do outro lado da linha, ouço uma voz simpática e educada. Voz de quem quer falar boas coisas. 

— Boa tarde, Paulo. Meu nome é Maria de Lourdes Nascimento Santos. Tenho 90 anos e sou sua oitava leitora. 

Dra. Maria de Lourdes é a primeira médica de Rolândia. Nas últimas seis décadas, trabalhando como ginecologista e obstetra, ela tem ajudado muitas crianças a nascer no Norte do Paraná. Muitas vezes, ela está caminhando pelas ruas de Rolândia e alguém se aproxima sorrindo: é mais uma pessoa que ela trouxe à luz. Neste momento, o sorriso de Dra. Maria de Lourdes se ilumina. Ela deve ter trazido ao mundo mais gente do que toda a população de Santa Maria La Longa — hoje estimada em 2 mil habitantes. 
A veterana obstetra — que leva o Nascimento no próprio nome — faz uma série de elogios à Folha de Londrina, da qual é leitora fiel há mais de 50 anos. Todas as manhãs, ela continua ajudando seus colegas mais jovens a receber novas crianças para o mundo. Seu trabalho é o trabalho de parto. Difícil imaginar profissão mais bela. 

A primeira médica de Rolândia concede-me a honra de ler a Avenida Paraná todas as manhãs, antes do trabalho. Gostou especialmente da crônica sobre os Filhos da UEL — e apoia com entusiasmo os professores e alunos da universidade que desejam continuar trabalhando, assim como ela trabalha diariamente. 

Obrigado, Dra. Maria de Lourdes, por nos iluminar de imenso. 

Fale com o colunista: avenidaparana @ folhadelondrina.com.br


por Paulo Briguet

COMENTÁRIO:

Segundo Urbano Rodrigues a primeira médica de Rolândia foi ELIZA CHECHIA NORONHA, ESPOSA DO TAMBÉM MÉDICO DR. LEONIDAS NORONHA.

MAIS COMENTÁRIOS:

RENÊ KELLER.
A primeira médica de Rolândia foi a Dra Eliza Chechia Noronha, esposa do também médico Dr Noronha. Foi a Dra Eliza quem fez o parto de minha mãe quando eu e minha irma Silvia Minikowski Innecco nascemos Eles eram nossos vizinhos. A casa ficava onde hoje tem uma livraria na Avenida Expedicionários, em frente ao antigo Cine Rolândia. 






CINEMA NA CÂMARA MUNICIPAL DE ROLÂNDIA

ILHA MUTUM NA CASA DO POVO... o debate pós-filme foi muito intenso e cheio das idéias a partir do emocionante filme dos amigos Fabio Cavazotti  Loriane Cometi, Marcelo Frazão. MUITO OBRIGADO por nos presentearem mais uma vez com ARTE e disposição de tratarmos regionalmente dos "grandes desafios"! Quem sabe o próximo filme será sobre os JARDINS MÁGICOS DA TERRA VERMELHA... Que tal mais uma bela parceria?... . Vamos nos encontrar para realizar este sonho?
DANIEL STEIDLE