terça-feira, 27 de dezembro de 2016

OBRAS DA ESTRADA DOS PIONEIROS EM ROLÂNDIA - PR.

DEPUTADO COBRA REPÓRTER
Como é bom ver que o nosso trabalho está dando resultado e mudando a vida das pessoas, estrada dos pioneiros, uma reivindicação antiga da população, investimento de 3.000.00.00 milhões, estrada nova com pista de caminhada.

ROLÂNDIA: MATO NA CALÇADA RUA DR. JOÃO CÂNDIDO

MORADORES RECLAMAM. FOTO ENVIADA POR UM MORADOR QUE NÃO QUIS SE IDENTIFICAR.
















PARCELE SUA DÍVIDA DE IPTU NA PREFEITURA DE ROLÂNDIA SEM JUROS E MULTAS


Acerte suas contas no PROFIS 2016! A cidade e o seu bolso agradecem! Então faça a sua parte e quite seus impostos atrasados com a Prefeitura de Rolândia. No PROFIS 2016 você acerta sua dívida em até 6 vezes com até 100% de descontos nos juros e multas! Passe no setor de Tributação no prédio da Prefeitura entre meio-dia e 5 da tarde e aproveite! Mas atenção: essa oportunidade é só até 29 de dezembro - esta quinta-feira! 



Confira a tabela descontos: 

Parcelamento Desconto 

À vista 100% 

2 vezes 95% 

3 vezes 90% 

4 vezes 85% 

5 vezes 80% 

6 vezes 70%

-- 

Secretaria de Comunicação 
Prefeitura de Rolândia

FOTOS DA ZONA RURAL DE ROLÂNDIA NORTE DO PARANÁ BRASIL

FOTOS By JOSÉ CARLOS FARINA



ROLÂNDIA - PR. By MURILO FERRI

Se mostram convidativas as piscinas do Clube Concórdia em Rolândia, já que a segunda é de sol e calor. Ao fundo, a Igreja Luterana com sua arquitetura típica. MURILO FERRI

POLÍCIA DE ROLÂNDIA TROCA TIROS COM ASSALTANTES

Após assalto, bandidos trocam tiros com a Polícia em Rolândia e veículos são recuperados

POSTADO POR PORTAL CAMBÉ  EM 23 DE  DEZEMBRO 2016




Os marginais tentaram atropelar os policiais de moto, mas acabaram se dando mal.

Um assalto em uma loja de pneus movimentou o setor policial de Rolândia e terminou em troca de tiros entre assaltantes e policiais da ROCAM no final da manhã de hoje (23). Pelo menos três marginais, armados com pistolas, chegaram em um veículo e realizaram um roubo na Salviano Pneus, na avenida Presidente Vargas e levaram duas caminhonetes Pick-up carregadas com vários Pneus novos.

As vítimas entraram em contato com a Polícia informando o roubo bem no momento em que as motocicletas da ROCAM estavam na saída de Rolândia para Cambé e cruzaram com os dois veículos em alta velocidade saindo da cidade pela BR-369.

Durante o acompanhamento tático houve troca de tiros entre os bandidos e a Polícia Militar. Os veículos só pararam após caírem em um barranco, próximo ao condomínio Village, na cidade de Cambé.

Após o acidente, os suspeitos correram para o mato atirando contra os policiais. Uma viatura da ROTAM de Cambé também deu apoio na situação e auxiliou nas buscas dentro da mata, mas até o momento, nenhum marginal foi preso.

Fonte: Rolândia 190.

MORRO DA PEDRA BRANCA ( APUCARANA - PR. )

Se hoje o Morro da Pedra Branca é desapercebido pela maioria, no tempo das Bandeiras era indicativo do caminho da Serra de Apucarana. O ouro abundante esperado não foi encontrado, mas das terras do Paraná os bandeirantes levaram para São Paulo, escravizados, mais de 100 mil Guaranis. GERSON SOBREIRA.

HOSPITAL SÃO RAFAEL RECEBE IMPORTANTE AJUDA FINANCEIRA

CRISE NA SAÚDE - Hospitais sob intervenção começam a se reerguer

Unidades de Cambé e Rolândia ainda têm dívidas, mas fontes de recursos foram ampliadas e expectativa para 2017 é aumentar os atendimentos


Fábio Alcover
A Santa Casa em Cambé está sob intervenção judicial 
desde 2012; subvenção do Estado para reduzir deficit mensal
Cambé - Após sofrerem intervenção, o Hospital São Rafael, em Rolândia, e a Santa Casa de Misericórdia, em Cambé, na Região Metropolitana de Londrina, começam a se reerguer e a recuperar a capacidade de investimento e a credibilidade junto à comunidade. As duas instituições ainda têm dívidas, o deficit mensal é alto, mas neste ano as fontes de recursos foram ampliadas e a expectativa para 2017 é aumentar os atendimentos e manter as melhorias na infraestrutura hospitalar. 

Os hospitais encerram 2016 comemorando a subvenção do Estado que começaram a receber em dezembro. A lei estadual 18.777, sancionada em maio passado, estabelece, entre outras coisas, normas para concessão de subvenções sociais aos hospitais públicos e privados filantrópicos sem fins lucrativos, com valores que chegam a até 50% do custeio da entidade subvencionada. O prazo para recebimento do auxílio mensal é de 24 meses, prorrogável por igual período. Com o recurso extra, os hospitais acreditam que ganharão fôlego para incrementar a estrutura física e ampliar os serviços. 

Para o Hospital São Rafael, a subvenção representará um aporte de R$ 200 mil às receitas mensais. O recurso é carimbado e R$ 177 mil devem ser destinados à compra de material e medicamentos e R$ 12 mil são para pagamento dos honorários dos médicos internistas. "Com essa subvenção chegamos ao ponto de equilíbrio. A expectativa é que a gente zere o deficit mensal, que é de cerca de R$ 200 mil", disse o diretor administrativo do hospital, Nilson Giraldi. "A subvenção não tem caráter de receita definitiva. Ela permite que o hospital continue aberto e consiga colocar em prática todo o plano de recuperação financeira para que no menor tempo possível possa sair da intervenção", destacou a diretora técnica, Tatiana Müller. 

Além da subvenção, o São Rafael conseguiu, em dezembro, recuperar o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas), concedido aos hospitais filantrópicos pelo Ministério da Saúde. A certificação havia sido perdida em 2009 depois que a antiga administração da unidade perdeu o prazo para renovação. Com a obtenção do Cebas, a direção do hospital estima uma redução entre 10% e 15% das despesas. "Por sermos beneficentes, temos a imunidade de muitos tributos, que hoje variam de R$ 100 mil a R$ 150 mil mensais", afirmou Tatiana. "E ainda tem reflexo sobre nossa dívida porque, como é retroativo a 2012, muitas das nossas dívidas tributárias que estão em execução serão revistas. É um reconhecimento de imunidade do passivo tributário e isso mata, mais ou menos, um terço da dívida", destacou Giraldi, sem revelar o valor da dívida do hospital. A certificação também viabiliza o recebimento de emendas parlamentares, criando uma capacidade de investimento com dinheiro público. 
Para a unidade de Cambé, o valor do auxílio é um pouco maior. Serão R$ 270 mil mensais que também irão contribuir para a redução do deficit mensal de cerca de R$ 350 mil. "Esse valor que está entrando agora vem para melhorar de forma considerável o deficit mensal. O objetivo nosso, agora em 2017, é reorganizar as contas do hospital, acertar as pendências e buscar ampliar os atendimentos para que a gente consiga zerar o deficit e manter o trabalho. A folha de pagamento está em dia", explicou a interventora da Santa Casa de Misericórdia, Maria das Mercês Peixoto. 

A Santa Casa está sob intervenção judicial desde 2012, quando foram feitas denúncias ao Ministério Público (MP) de que a população não era atendida adequadamente, além de desvios e má gestão de recursos públicos, que não eram usados de acordo com o estipulado em contrato com o poder público, e falta de médicos e descuido com a manutenção de equipamentos.

Simoni Saris
Reportagem Local

TELEFONES ÚTEIS EM ROLÂNDIA - PR.

SAMU - 192 
TEC - 0800 400 1105 ou 3906-1105 
Hosp. São Rafael - 3311-3000 Ambulância: 192 
SANEPAR: 115
Câmara de Vereadores: 3255-7100
Corpo de Bombeiros - FOGO: 193
Conselho Tutelar: 3906-1111
Conselho Tutelar (Plantão): 9166-0409
Copel: EMERGENCIAS: 0800-5100116
COPEL0800-5100116 : 0800-5100116
Delegacia / Polícia Civil: 3255-1883
Detran (Ciretran): 3256-2746
Disk Denúncia: 181
Fórum: 3256-1872
Hospital São Rafael: 3311-3000
Prefeitura Municipal: 3255-8600
ILUMINAÇÃO PUBLICA: 3906 1112 
Polícia Militar: 190 / 3255-2566
Polícia Rodoviaria: 3256-0664
Polícia Federal: 194
Posto de Saúde Central: 3906-1140
Posto de Saúde Vila Oliveira: 3906-1101
Posto De Saúde San Fernando: 3906-1093
Procon: 3906-1028 / 3906-1009
Rodoviária – Administração: 3906-1079
Rodoviária – Passagens: 3256-2485
Secretaria de Turismo: 3906-1155
Sanepar: 3906-1211
Samu / Tec: 192
Sine: 3255-1118
Siate / Corpo De Bombeiros: 193
Subprefeitura De São Martinho: 3240-1372SAMU - 192 
TEC - 0800 400 1105 ou 3906-1105 
Hosp. São Rafael - 3311-3000 
Colégio Sesi - Unidade Rolândia: 3256-3360


Ambulância: 192 
Câmara De Vereadores: 3255-7100
Corpo De Bombeiros: 193
Conselho Tutelar: 3906-1111
Conselho Tutelar (Plantão): 9166-0409
Colégio Sesi - Unidade Rolândia: 3256-3360
Copel: 0800- 437196
Delegacia / Polícia Civil: 3255-1883
Detran (Ciretran): 3256-2746
Disk Denúncia: 181
Fórum: 3256-1872
Hospital São Rafael: 3255-1010
Prefeitura Municipal: 3255-8600
Polícia Militar: 190 / 3255-2566
Polícia Rodoviaria: 3256-0664
Polícia Federal: 194
Posto De Saúde Central: 3906-1140
Posto De Saúde Vila Oliveira: 3906-1101
Posto De Saúde San Fernando: 3906-1093
Procon: 3906-1028 / 3906-1009
Rodoviária – Administração: 3906-1079
Rodoviária – Passagens: 3256-2485
Secretaria De Turismo: 3906-1155
Sanepar: 3906-1211
Samu / Tec: 192
Sine: 3255-1118
Siate / Corpo De Bombeiros: 193
Subprefeitura De São Martinho: 3240-1372

BANDIDOS BATEM CARRO COM SAMU DE ROLÂNDIA

MASSA NEWS

Ladrões partem carro ao meio ao bater contra ambulância do Samu

Marco Feltrin | ROLÂNDIA | Publicado em 27 de dezembro de 2016 



Um grave acidente foi registrado no início da madrugada desta terça-feira (27) na PR-545, próximo ao distrito da Warta, zona norte de Londrina.

Três jovens assaltaram uma casa em Alvorada do Sul (68 km de Londrina). Na fuga com um Toyota Etios, deram de cara com uma viatura da Polícia Militar, que iniciou um acompanhamento tático em alta velocidade pela rodovia.

Em uma curva, o ladrão perdeu o controle do carro e bateu violentamente contra uma ambulância do Samu de Rolândia que vinha no sentido contrário sentido Bela Vista do Paraíso para transferir um paciente. O impacto foi tão forte que o carro se partiu ao meio.

O motorista do Etios, Rafael Cavalcante de Andrade, 28 anos, e uma adolescente de 15 anos que estava no carro foram detidos. Outros dois ladrões conseguiram fugir por uma plantação de soja. Objetos do roubo cometido em Alvorada do Sul ficaram espalhados pela pista.

Na ambulância, a médica do Samu Alexandra Nela chegou a ficar presa às ferragens. Também ficaram feridos o motorista Alisson Casado, 30, e a enfermeira Flavia Gagiliano, 25. Eles foram socorridos e encaminhados a hospitais de Londrina fora de risco.