quinta-feira, 27 de abril de 2017

MAIS UMA DO VEREADOR " BOCA ABERTA " EM LONDRINA

Boca Aberta quer que CMTU conceda meia passagem para usuários que andarem em pé nos ônibus

Depois de ser censurado por escrito pela Comissão de Ética da Câmara Municipal pela fiscalização feita no início do ano na UPA do Jardim do Sol, caso que ficou conhecido como "blitz da saúde", o vereador Boca Aberta (PR) pode ser responsabilizado novamente pelo protesto simbólico feito em uma das sessões do Legislativo na semana passada. Enquanto não é notificado, o parlamentar continua apresentando projetos de lei. O último é o "Vai em Pé no Busão Paga Meia", protocolado na segunda-feira (24). 

A proposta, caso seja aprovada, inclui um parágrafo no artigo 36 da lei que criou a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), de 27 de julho de 1993. A mudança consiste no direito de meia passagem dos passageiros que viajarem em pé nas linhas do transporte coletivo. Boca Aberta sugeriu que a CMTU instale sensores nas portas de entrada e saída de passageiros dos ônibus, computando assim a quantidade de pessoas que entrarem e saírem dos coletivos. 

Exemplificando a matéria, o vereador mostrou que, em um ônibus com capacidade para 44 passageiros, os sensores acusarão e cobrarão o valor integral da passagem quando houver assentos livres. Em situações de lotação, a central de controle será "informada" de que todos os bancos estão ocupados. Sendo assim, os passageiros poderão pagar meia passagem. As linhas deverão ter apenas assentos preferenciais para deficientes físicos, idosos, gestantes e obesidade.


Nos horários de pico, entre 6h30 e 8h e 17h e 19h, todos os usuários terão direito a metade da passagem. O sistema já estará programado para cobrar o benefício no Terminal Central e nos periféricos, como o Acapulco, Irerê, Shopping Catuaí, Oeste, Ouro Verde, Vivi Xavier e Gavetti.

Rafael Machado - Redação Bonde