quinta-feira, 20 de abril de 2017

SANEPAR INVESTE EM ROLÂNDIA

www.aen.pr.gob

Investimentos da Sanepar em Rolândia ultrapassam R$ 8 milhões

A Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) está investimento cerca de R$ 8,4 milhões em obras de saneamento em Rolândia, no Norte do Estado. Nesta terça-feira (18), o prefeito Doutor Fransciconi conheceu o poço colocado em operação recentemente e que garante um incremento de 15% na produção de água na cidade. 

Ele também visitou a captação da Sanepar no Ribeirão Ema, onde será inaugurada em breve a nova estrada e a ponte Odair José Martins, em homenagem ao motorista desaparecido nas chuvas de 2016.

Durante reunião com secretários na prefeitura, gerentes da Sanepar apresentaram o projeto de expansão da rede coletora de esgoto que vai beneficiar cerca de 700 famílias nos jardins Alto da Boa vista, Monte Carlo e Gustavo Giordani. 

Com esta obra o indicador de atendimento com esgoto no município deve chegar aos 60%. “Nosso compromisso é atingir 80% nos próximos quatro anos. Isto dependerá de obras importantes e da parceria com o município”, disse o gerente-geral da Sanepar na Região Nordeste, Sérgio Bahls.

De acordo com o gerente, neste ano serão implantados 14 quilômetros de tubulações para a coleta de esgoto num investimento aproximado de R$ 2 milhões. “Temos outros pontos da cidade que somente poderão ser atendidos com a execução de estações elevatórias. Serão novos investimentos que colocarão Rolândia como referência no cuidado com a saúde do cidadão”, destaca.

O prefeito diz que toda a sua equipe está empenhada para ampliar o saneamento no município. “Saneamento é saúde. É menos doenças, menos custos com o tratamento, já que é um investimento na prevenção”, lembra. “É um compromisso nosso ampliar o serviço de esgoto, por isso vamos trabalhar em parceria com a Sanepar para acelerar as obras”, reafirma Fransciconi.

MAIS ÁGUA – O novo poço está localizado nos fundos da antiga Associação Recreativa Cultural Corol (Arcol), na Estrada do Camuru. O empreendimento custou cerca de R$ 1 milhão, o que viabilizou a interligação do poço ao Centro de Reservação Central por 3,5 km de adutora. 

Com investimentos da ordem de R$ 5,4 milhões, liberados no mês de março pelo governador Beto Richa, a Sanepar irá executar novos canais de tomada de água nas captações dos rios Ema e Jaú, instalar duas novas elevatórias de água e cerca de 6 quilômetros de adutoras. Também será construído um reservatório com capacidade de 1.000 m³, na região dos jardins Nobre, saída para Porecatu, além da implantação de mais de 8 quilômetros de rede de distribuição.

O gerente regional da Sanepar, Rodrigo Junqueira, lembra ainda que para 2018 está prevista a interligação com o Sistema de Abastecimento Integrado Londrina-Cambé. A ligação com o sistema das cidades vizinhas será viabilizada com a instalação de um reservatório na entrada de Rolândia, que receberá água do Sistema Esperança de Cambé, que está em ampliação. 

A longo prazo está prevista uma nova captação no Ribeirão 3 Bocas. A Sanepar já está providenciando o projeto e prevê um investimento de cerca de R$ 45 milhões, para garantir água para a população rolandense no horizonte dos próximos 50 anos. 

Também participaram da visita às unidades da Sanepar e da reunião na prefeitura o vice-prefeito Roberto Negrão, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Dario Campiolo, de Infraestrutura, Wanderley Massucci, e de Planejamento, Catarina Schauff. Pela Sanepar estavam ainda o gerente de Projetos e Obras da Região Nordeste, Luiz Nacayama, e a engenheira responsável pelas obras da Companhia na região, Mariane Rizzo.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: