segunda-feira, 8 de maio de 2017

LONDRINA LEC TUBARÃO CAMPEÃO DO INTERIOR DO PARANÁ

FOLHA DE LONDRINA

É campeão! - Dono do interior

Tubarão confirma supremacia fora da capital e fatura o quarto título contra o Cianorte; no próximo sábado, LEC estreia na Série B em busca do sonhado acesso


Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Além da Divisão de Acesso de 2011 e do Paranaense de 2014, Londrina venceu a final do Interior em 2013, 2015, 2016 e 2017

O Londrina conquistou no domingo (7) o seu quarto título do Interior do Campeonato Paranaense após empatar em 1 a 1 com o Cianorte, no Albino Turbay. Depois de ser campeão em 2013, 2015 e 2016, o Tubarão voltou a ser o melhor interiorano do Estado. 

O título em Cianorte confirma o LEC como uma das principais forças do Paraná desde o início da parceria com a SM Sports, em 2011. Além do título da segunda divisão no primeiro ano da gestão, o alviceleste ganhou os quatro títulos do Interior, além do Paranaense em 2014. 

Em grande desvantagem no confronto, já que havia perdido por 4 a 1 no Estádio do Café, o Cianorte começou o jogo pressionando e quase abriu o placar aos três minutos, através do centroavante Vinícius. Após os susto inicial, o Londrina controlou bem o jogo e o primeiro tempo teve poucos outros momentos de emoção. 

Em busca do impossível, o Leão do Vale voltou pressionando no segundo tempo e aí apareceu a estrela do goleiro Alan. O gigante, de 2,01m, fez duas grandes defesas em um cabeceio e uma finalização a queima roupa de Eduardinho. Alan ainda salvou o LEC em chute de Dan Dan. 
Sem produção no meio-campo alviceleste, o gol dos donos da casa estava maduro e saiu aos 25 minutos. Vinícius fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Xavier marcar no segundo pau. O gol entusiasmou o time e a torcida local. Porém, o atacante Euller jogou um balde de água fria logo em seguida. 

Aos 27, o atacante puxou um contra-ataque e finalizou da entrada da grande área, fazendo um belo gol. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa azul e branca. A igualdade no placar acabou com todas as possibilidades de reação do Cianorte e o LEC administrou a vantagem até o final. 

Apesar da derrota, o Cianorte saiu aplaudido pelo seu torcedor. Após voltar da Divisão de Acesso, o time fechou o Estadual com a terceira melhor campanha e garantiu vagas na Série D do Brasileiro e na Copa do Brasil, em 2018. 




"Fico feliz pelo que o time fez nestas duas partidas finais e por ver muitos jovens iniciando uma carreira vitoriosa no Londrina. Para mim foi importante por voltar a jogar e por ser o meu nono título no clube", frisou o zagueiro Silvio, que está no Londrina desde o início da era SM. 
O auxiliar Aléssio Antunes, que comandou a equipe nas partidas finais, ficou satisfeito com o desempenho de alguns jogadores, que podem fazer parte do elenco para a Série B. "Dentro do nosso planejamento foi bom para observamos os meninos e o desenvolvimento da equipe ficou de bom tamanho. Depois de tomar o gol, conseguimos reagir rápido e isso foi importante". 

Em Cianorte 

Cianorte 1: João Gabriel; Jackson, Felber, Maurício e Ganzer (Gerônimo). Sidnei, Léo Gago, Eduardinho (Dan Dan) e Xavier. Lucas Pará (Valdo) e Vinícius. Técnico: Marcelo Caranhato 

Londrina 1: Alan; Lucas Ramon, Ícaro, Silvio e Igor Miranda. Romulo, Bidía (Luizão), Robinho e Júlio Pacato (Welton). Marcinho (Yaya) e Euller. Técnico: Aléssio Antunes 

Gols: Xavier (Cianorte), aos 25 minutos, e Euller (Londrina), aos 27 minutos, ambos no segundo turno 

Renda: R$ 9.780,00 Público Pagante: 819 (910 Total) 
Árbitro: Marcos Vinícius Soares Martins 
Local: Estádio Albino Turbay 

Apresentações e treino aberto no VGD 

O Londrina fará um treino aberto ao torcedor na tarde desta terça-feira (9), no Vitorino Gonçalves Dias (VGD), em preparação para a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro, no sábado (13), contra o Internacional. 

Na ocasião, o clube vai apresentar mais dois reforços para a competição. O volante Jardel, 30 anos, que vem do Novo Hamburgo (RS), e o atacante Jonatas Belusso, 28, artilheiro do Brusque no último Campeonato Catarinense, com 11 gols. 

"O Jonatas me dá alternativa de jogar por dentro e pelo lado, com uma característica parecida com o Joel e o Artur. Pelo momento que vive e temos que aproveitar isso, ele pode até jogar na estreia", afirmou o técnico Claudio Tencati. 

Sobre a realização de um treino aberto, o treinador revelou que já era uma intenção da comissão técnica e que o momento agora é de união. "Este início de ano teve muito impasse com o torcedor e a imprensa. Acho que temos que parar com isso. Vai haver divergências, vai. O torcedor não vai concordar e vai vaiar e a imprensa vai cobrar quando as coisas não acontecerem. Temos que respeitar as críticas e seguir o foco do trabalho, unidos no objetivo que é o Londrina". 

Tencati confirmou ainda que o atacante Euller, que seria devolvido ao Fluminense, pode permanecer após as boas apresentações na final do Interior. "O Wellisson pode não se recuperar rapidamente e temos que pensar em um outro jogoador. Ele foi bem nas finais e podemos reaver a decisão inicial", ressaltou.

Lucio Flávio Cruz
Reportagem local