terça-feira, 9 de maio de 2017

PAI MATA SEU PRÓPRIO FILHO PARA NÃO PAGAR PENSÃO

www.osaogoncalo.com.br


Pai matou o próprio filho para não ter que pagar pensão alimentícia
Enviado Direto da Redação

Pai teria matado o filho pra não pagar pensão alimentícia. Foto: Divulgação

Depois de quase dois meses de investigações, agentes da 118ªDP (Araruama) prenderam, nesta quarta-feira, Robson da Silva Ribeiro pela morte de seu próprio filho, Robson da Silva Ribeiro Junior, de apenas 13 anos. O corpo do menino foi encontrado no dia 10 de março, enterrado nas areias da Praia do Dentinho, no distrito de Praia Seca, em Araruama.

A atitude criminosa de Robson começou na tarde do dia 6 de março, quando a criança desapareceu. Naquela data, a vítima havia sido deixada na porta da escola pela sua mãe, no bairro XV de novembro. A identificação de Robson como autor do crime aconteceu após um série de análises em câmeras de vigilância espalhadas pela cidade. De acordo com a polícia, foi possível acompanhar todo trajeto da vítima após sair da porta da escola e também do veículo que pertencia ao pai do menino.

Em depoimento, o autor do crime ainda tentou criar uma falsa história, usando nomes de terceiros. No entanto, as pessoas envolvidas no suposto episódio também foram chamadas para depor e desmentiram a argumentação. Depois, Robson mudou o discurso e contou que convidou o filho para ir a praia, e, por um descuido, o jovem teria se afogado. 

A polícia sustenta a hipótese de que Robson tenha matado o próprio filho por uma disputa familiar, envolvendo pagamento de pensão alimentícia. O acusado foi autuado na 118ªDP.

ELE DIZ QUE FOI UM ACIDENTE. QUE O MENINO SE AFOGOU NA PRAIA.