quinta-feira, 29 de junho de 2017

LONDRINA A CIDADE DAS "COXINHAS"

BONDE

PALADAR

Londrina, a cidade que gosta muito (muito mesmo) de coxinha

ue os londrinenses são fãs de café todo mundo sabe. Mas o que normalmente acompanha essa bebida nas idas às padarias? Para responder a essa pergunta, a equipe do Portal Bonde conversou com 11 estabelecimentos para descobrir qual salgado não para no balcão. 

Cada um dos estabelecimentos informou os três salgados mais vendidos diariamente, fritos ou assados. Para a análise dos resultados, foi atribuída uma pontuação para cada posição: 10 pontos para o primeiro mais vendido, 5 para o segundo mais vendido e 2,5 para o terceiro mais vendido. 

E os dados das 11 padarias consultadas, distribuídas entre as cinco regiões da cidade (Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro), consagrou a coxinha como grande campeã. Ao todo, o salgado somou 47,5 pontos.

Gina Mardones/Grupo Folha

A chef da Menu Escola de Gastronomia Ana Paula Lopes disse que a vitória é merecida. "A coxinha é uma das rainhas entre as chamadas comidas de boteco. Não tem quem não goste. Trabalhei em um hotel na Itália e às vezes fazia coxinha. Eles [hóspedes] ficavam enlouquecidos." 

A estudante de jornalismo Ana Beatriz Pacheco tem o hábito de sempre consumir coxinha na cidade. "Quando vou à padaria, sempre peço coxinha. É meu salgado favorito. E tem de ter em todas as festas de crianças." A acadêmica de arquitetura e urbanismo Amanda Rafaela endossa o coro. "Super concordo [com o resultado]. Em todas as padarias da cidade que passo tem coxinha." 

O salgado ficou cinco pontos à frente do segundo colocado, o mineirinho pão de queijo (42,5 pontos). O terceiro lugar do pódio ficou com a trouxinha (17,5). 

Para coleta de dados, foram ouvidos os seguintes estabelecimentos: Panetteria Palhano Pães e Doces Ltda.; Panificadora e Confeitaria A Baronesa; Padaria Truffada; Padaria Barão; Panificadora Rainha da Serra; Padaria e Confeitaria Graciosa; Padaria Pão Bão; Padaria e Confeitaria Rogimar; Panificadora Savana's; Panificadora e Confeitaria Flumê; e Padaria Millane.

Gabriela Campos - Redação Bonde