segunda-feira, 26 de junho de 2017

POLÊMICA NA CÂMARA DE ROLÂNDIA

DECRETOS DO EXECUTIVO
O advogado do município, Dr. Bruno Aranda, usou a tribuna agora pouco na Câmara municipal. Disse que tbm é um servidor público concursado. Os dois decretos ora em comento eram mt radicais. Visam estancar as despesas no limite constitucional de 54% do orçamento do município. Vamos seguir os prazos. Os pagamentos suspensos voltarão a serem pagos em época oportuna. Sobre demissões disse que  este é o limite do limite. O município tem o dever de trabalhar para aumentar a arrecadação e fechar as torneiras dos gastos. ex. horas extras. Imposição da Lei de Responsabilidade fiscal. Nenhuma atitude vai ser tomada sem que haja um amplo debate. Agradecemos a câmara de vereadores que não  derrubou o decreto, mas nos chamou para o debate, - finalizou.
OBS.: É que a Câmara está ameaçando de derrubar dois decretos do executivo que enxuga gastos com a folha de pagamento dos servidores.