quarta-feira, 22 de março de 2017

VÍDEO MINI VULCÃO É DESCOBERTO NO BRASIL

VÍDEO TREM QUASE PEGA CARRO EM ROLÂNDIA ( VÍDEO By FARINA )

NOTÍCIAS DE ROLÂNDIA - PR. 22/03/17

COBRA EM AÇÃO




A Secretária de Saúde, Rosana Alves, se reuniu no Gabinete do Secretário Estadual de Saúde, Michelle Caputo Neto e com o Deputado Estadual Cobra Repórter, em Curitiba, e obteve ótimas notícias para a cidade. Ainda em 2017, o município vai ser contemplado com a cessão de equipamentos para o SAMU como respirador, oxímetro, cardioversor e desfibrilador, dentre outros e ainda um veículo tipo Van adaptado para atendimento a cadeirantes. Ainda houve a sinalização da chegada de novos veículos para a frota da saúde. No tocante a verba para obras, um recurso no valor de R$ 150 mil será empenhado visando a reforma e adequações na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Oliveira. Contudo, uma grande notícia foi a confirmação, por parte do Secretário Estadual de Saúde, de mais de um milhão de reais para a construção de duas novas Unidades Básicas de Saúde tipo II. Os terrenos já estão sendo levantados, todavia, os bairros contemplados serão: Planalto e Asteca. O Prefeito Dr. Francisconi valorizou a conquista e atribuiu ao trabalho sério e árduo da equipe. “Isso é o resgate da credibilidade da administração municipal junto ao Governo Estadual e Federal e é fruto do grande esforço da equipe de governo, Secretários municipais e Servidores”, afirma. Segundo a Secretária de Saúde, Rosana Alves, o resultado é motivo de comemoração. “Me alegro muito com as conquistas pela nossa dedicação. Estamos trabalhando muito para nossa cidade crescer”. 

CARREIRA




Foi publicado o Decreto nº 8.472 que regulamenta a concessão de Processo de Promoção na carreira para avanço vertical e dá outras providências. Clique AQUI

EMPREGOS




A Agência do Trabalhador/SINE Rolândia atende das 8h às 14h, de segunda à sexta. O SINE Rolândia fica na Avenida dos Expedicionários 604, Centro. O telefone é 3255-1118. Vagas para:


Vendedor Pracista;

Técnico de Enfermagem;

Supervisor de Manutenção Industrial;

Operador de Máquina Dobradeira;

Caldeirista.
--
Secretaria de Comunicação

ROLÂNDIA: VÍDEO OBRA DO PROLONGAMENTO DA AVENIDA BRASÍLIA QUASE PRONTA

NIVER DO SAMUEL RIZZO FRANCISCO

1º  ANINHO

FILHO DA FLÁVIA e RAFAEL FRANCISCO

DEUS ABENÇOE.

MUITA SAÚDE, PAZ E AMOR.

VÍDEO NOVO LOTEAMENTO EM ROLÂNDIA - PR.

PREÇO DA CARNE CAI NO BRASIL

G1.GLOBO

Preço da carne bovina cai cerca de 10% em novembro em Cuiabá
Cortes como acém, músculo, paleta e costela tiveram queda acima de 10%.
Economia desacelerada contribuiu para queda de demanda e dos preços.

Amanda Sampaio - do G1 MT

Carnes de dianteiro tiveram queda superior a 10%

(Foto: Reprodução/TVCA)

Os preços de todos os cortes de carne bovina sofreram queda nesta semana em Cuiabá. O preço médio da carne até a terceira semana de novembro caiu 9,94% com relação ao mês de outubro na capital. O dado foi divulgado no boletim de bovinocultura de corte do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

A queda no preço ficou acima de 10% para cortes dianteiros, mais comuns na escolha do consumidor para as refeições do dia a dia, como acém (-17,69%), músculo (-17,15%), patinho (-14,40%), paleta (-12,68%) e costela (-10,49%).

Para citar alguns casos, a média de preço do quilo do músculo passou de R$ 14,37 em outubro para R$ 11,91 em novembro e a costela passou de R$ 11,04 para R$ 9,88 no mesmo período.

De acordo com a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), um dos motivos que levaram a essa queda no preço dos cortes bovinos é sazonal: na terceira semana do mês a venda de carne já é tradicionalmente menor.

Outro motivo é o desaquecimento da economia brasileira neste ano. “Isso impacta também no comportamento do consumidor. Se ele chega ao mercado e os preços estão altos, ele reduz o consumo, o que gera uma queda na demanda e uma queda de preços”, afirma Fábio da Silva, gerente de projetos da Acrimat.
saiba mais

Segundo ele, de maio até outubro, o preço médio das carnes - inclusive dos cortes mais nobres - vinha subindo no varejo. Diante disso, o consumidor começou a comprar carnes dos cortes mais baratos, como os dianteiros. Esses cortes, então, tiveram um aumento de preços ainda maior, já que a demanda dos consumidores estava aquecida.

Por sua vez, cortes nobres - como filé mignon e picanha - tiveram uma queda menor que 10% nos preços em novembro com relação a outubro. O filé caiu 6,11% e a picanha, apenas 1,62%.

Silva explica que o motivo para o preço dos cortes dianteiros cair mais que das carnes nobres é devido à menor procura pelo consumidor. “Os cortes nobres estão em um preço normal praticado pelo mercado. Mas pode ter acontecido que esses cortes dianteiros também tenham ficado caros para o orçamento do consumidor e ele tenha reduzido as compras desse tipo de carne, migrando para outras fontes de proteína”, explica.

A preocupação da associação agora é de que o menor preço das carnes nos mercados e açougues não pressionem para baixo o preço da arroba do boi gordo pago ao pecuarista, hoje em torno de R$ 129,00.

“Mesmo quando o preço da carne estava mais caro para o consumidor, o pecuarista não estava recebendo mais por isso. O custo de produção do bovino chegou a um patamar elevado, a arroba também cresceu e assim ele tem conseguido fechar os custos e sobreviver na atividade”, diz.

PREOCUPAÇÃO COM O ATERRO SANITÁRIO DE ROLÂNDIA

PALPITE DE UM CAVALINHO VERMELHO: "Pessoal que tal vocês virem fazer Turismo no Lixão? Vocês iriam se surpreender com tantas coisas jogadas fora, até santas já vi aqui! Imaginem um MUSEU DO LIXO no Lixão? Seria uma forma de vocês repensarem seu modo de vida... desta atitude de jogar tudo fora em vez de cuidar. Ah e tem mais: aqui trabalham pessoas muito valentes em situação bem precárias... Se o lixão virar área de visitação vai ter muito mais atenção, ordem e valorização humana. Iiieiiie, sou só um cavalinho vermelho!" DANIEL STEIDLE

ILONA e PAULO ADEMIR FARINA

FOTO By JOSÉ CARLOS FARINA