sábado, 1 de abril de 2017

NEDSON MICHELETI TEM BENS BLOQUEADOS PELA JUSTIÇA

BONDE

Ex-prefeito é acusado de improbidade e fraude

MP ajuiza ação contra petista Nedson, ex-secretária, ex-servidor e mais dois servidores por dispensa de licitação na contratação de motocicletas para a PM

Arquivo Folha
Em liminar, juiz determinou bloqueio de R$ 126 mil para Nedson e ex-secretária para ressarcimento ao erário em caso de condenação

O ex-prefeito de Londrina Nedson Micheleti (PT), que exerceu dois mandatos consecutivos entre 2001 e 2008, está sendo acusado por fraude em licitação praticada em seu último ano de governo, que teria gerado prejuízo de R$ 126 mil, em valores atualizados.

Na última terça-feira, o Ministério Público (MP) ajuizou ação de improbidade administrativa e ação criminal contra o petista e outras cinco pessoas: a ex-secretária de Gestão Pública Maria José Barbosa, o ex-servidor municipal Denison Utiyamada, e três servidores, que ainda exercem cargos na Prefeitura de Londrina.

Na ação de improbidade, cuja liminar de bloqueio de bens foi deferida parcialmente pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Marcos José Vieira, o promotor de Defesa do Patrimônio Público Ricardo Benvenhu acusa os seis de dispensar licitação de maneira indevida e ilegal para adquirir 22 motocicletas para a Polícia Militar, com recursos do Funrebom. A ação penal, que narra os mesmos fatos, foi distribuída à 4ª Vara Criminal.

Inicialmente, em novembro de 2007 e janeiro de 2008, o governo lançou editais de pregão eletrônico, mas, não houve interessados. Porém, em maio, a compra foi feita sem licitação – a chamada dispensa – e por preço maior do que o previsto no edital. O promotor, que baseou-se em auditoria feita pela Controladoria Geral do Município, anota que havia parecer prévio da Procuradoria-Geral do Município alertando que a dispensa somente é aceitável quando houver comprovado prejuízo ao município e, neste caso, o contrato a ser celebrado deve ser fiel às condições previstas, incluindo objetivo, condições e preço.

Ciência
"Oportuno observar que todos os requeridos tinham plena ciência do parecer jurídico da Procuradoria-Geral do Município sobre a necessidade de se obedecer fielmente os requisitos legais em caso de dispensa de licitação e, ainda assim, optaram, de forma dolosa, em dispensar indevidamente certame licitatório", escreveu Benvenhu.

A administração não respeitou qualquer dos requisitos, já que não demonstrou o prejuízo que justificasse a dispensa e, para piorar, pagou muito mais caro pelas motos. No caso das 14 motos de 250 cilindradas, o preço unitário foi R$ 3,3 mil superior ao previsto no edital, que era de R$ 11,2 mil; já as oito motos de 350 cilindradas – cujo teto no edital era de R$ 14 mil – foram adquirida por preço R$ 17,7 mil.

LIMINAR
Na liminar proferida na última quarta-feira, o juiz Marcos José Vieira determinou o bloqueio no valor de R$ 126,7 mil para Nedson e para a ex-secretária, já que para eles houve prescrição das punições da lei de improbidade, restando apenas a obrigação de ressarcimento do erário, em caso de condenação. A prescrição ocorre cinco anos após o final do mandato. Para os três servidores que seguem no cargo, não houve prescrição e, portanto, para eles, o juiz bloqueou montante maior, de R$ 190 mil, incluindo eventual condenação em pagamento de multa civil.

Em relação ao ex-servidor Denison Utiyamada, o juiz entendeu não estar demonstrada, preliminarmente, sua participação na fraude e, por isso, não decretou a indisponibilidade de seus bens. Utiyamada foi demitido da prefeitura de Londrina após processo disciplinar por envolvimento em irregularidades na concessão de aditivo para reajuste de preços para uma empresa terceirizada durante o governo do ex-prefeito Barbosa Neto. A reportagem não conseguiu contato com os acusados.

Loriane Comeli
Reportagem Local

POLÍCIA PRENDE 3 SUSPEITOS DA MORTE DE MARCELO

diario24horas.com.br

Polícia prende acusados de matar jovem de 22 anos em Rolândia

Após dez meses de investigação, polícia chegou até os autores do latrocínio

Por Redação

Foto: Rolândia 190

Policiais civis de Rolândia prenderam na manhã desta sexta-feira, 31, três homens acusados de executar o jovem Marcelo Augusto dos Santos, de 22 anos. O rapaz foi vítima de um latrocínio na noite do dia 25 de maio de 2016, e morreu no hospital após ser baleado na cabeça.

O trabalho de investigação durou dez meses. O jovem era funcionário de um supermercado no Jardim Nobre e foi rendido pelos criminosos dentro da residência onde morava.


Segundo informou o portal Rolândia 190, no momento do cumprimento dos mandados de prisão, um quarto elemento foi flagrado com duas armas e também foi levado para a delegacia. O nome dele não foi divulgado, e ele deve responder por porte ilegal de arma.

Os presos foram identificados como Jeffer Junior Araújo de Souza, de 21 anos, Alexsandro Reis, 24, e Gerson Felipe Barbosa Aguiar, 23. Segundo o que foi apurado, já se sabe que o autor do disparo que matou Marcelo é Alexsandro. Ele é natural de Jaguapitã e na noite do crime achou que a vítima guardava dinheiro em casa.

Após o crime, os bandidos fugiram sem levar nada.Alex sandro Reis – Foto: Rolândia 190

ACIDENTE DEIXA DOIS FERIDOS EM ROLÂNDIA

G1-PR GLOBO

Capotamento na PR-986, em Rolândia, deixa duas pessoas feridas

Uma das vítimas foi atendida e levada de helicóptero a um hospital de Londrina. Acidente foi registrado na manhã desta sexta-feira (31).

Por G1 PR

Duas pessoas ficaram feridas em um capotamento na rodovia PR-986, em Rolândia, no norte do Paraná, na manhã desta sexta-feira (31). De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista perdeu o controle da direção em um trecho de reta e capotou no acostamento.

Para atender as vítimas, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou um helicóptero e um ambulância. Durante o atendimento, o motorista do veículo estava consciente e informou aos socorristas que mora em Arapongas.

Conforme o Samu, o motorista foi levado ao Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas, e a passageira levada de helicóptero para o Hospital Universitário (HU) de Londrina.

Quer saber mais notícias da região? Acesse o G1

ROLÂNDIA : RESTAURANTE DOM BOSCO COMEMORA 25 ANOS DE FUNDAÇÃO

OS PARABÉNS DO BLOG DO FARINA.

CONTINUEM ASSIM.

QUALIDADE E SABOR SEMPRE.

CÓPIA FOTO MANCHETE DO POVO


CANAL JOSÉ CARLOS FARINA DO YOUTUBE RECEBE ELOGIO ( Kleber )

Nota 10 pelo seu canal Farina, eu morei em Rolândia e sempre assisto o seu canal. abraços
KLEBER ALMEIDA
RESPOSTA:
Fico honrado e feliz que goste. Isso me incentiva a caprichar cada vez mais. Um abraço. FARINA


CAMPANHA A FAVOR DE ROLÂNDIA - PR.

DANIEL STEIDLE· 

IDEIA POSTA EM PRÁTICA... Já está circulando na EXPO LONDRINA o adesivo "EU AMO ROLÂNDIA" para identificar os diversos participantes daquela cidade. Dessa forma o visitante da EXPO consegue enxergar o quão grande é universo turístico de Rolândia. Assim, quem pretende conhecer o Município, aproveita melhor... Na verdade esta campanha deverá se estender a todos os moradores para criar um espírito de união, força e cordialidade que encantará as pessoas de fora.

VÍDEO INCÊNDIO EM ROLÂNDIA NESTE SÁBADO ( 01/04/17 )

PORTAL DE ROLÂNDIA e HOTEL ROLÂNDIA

NINGUÉM COMENTOU AS MINHAS PROPOSTAS.
ENTREGAR O PORTAL E A LANCHONETE EXISTENTE ALI DO LADO PARA A INICIATIVA PRIVADA.
MEDIANTE LICITAÇÃO..
PELO PRAZO DE 5 ANOS, PODENDO DEPOIS SER RENOVADO.
QUEM VENCER VAI ATENDER UMA LANCHONETE COM SALGADINHOS, CAFÉ, SUCOS, ETC. E ATENDER OS TURISTAS ENTREGANDO FOLDERS COM OS PONTOS TURÍSTICOS DA CIDADE E CONTANDO A HISTÓRIA.
NENHUMA AUTORIDADE SEQUER COMENTOU...
VAI VER QUE O PROBLEMA É SÓ MEU....
NINGUÉM COMENTOU TBM SOBRE A MINHA IDEIA DE DOAR O HOTEL ROLÂNDIA PARA A UEL...
UMA VEZ QUE ESTÃO LEVANDO TODAS AS TABOAS....
SE ALGO NÃO FOR FEITO ONTEM UM DESTES DROGADOS E MENDIGOS QUE VIVEM LÁ VÃO ATEAR FOTO NAS MADEIRAS QUE SOBROU.
QUEM É MESMO O NOVO SECRETÁRIO DA CULTURA?




LOCOMOTIVA DO "PAI" VAI PARA O MUSEU EM LONDRINA

BONDE

Estudantes preparam plano de restauração para locomotiva histórica de Londrina


Neste sábado (1º), às 10h, estudantes do curso de Desenho Industrial da Unopar realizam a primeira reunião com o intuito de criar um plano de restauro para locomotiva manobreira, anteriormente exposta no pátio do Pronto Atendimento Infantil de Londrina e, agora, alocada no Museu Histórico da cidade. 

A ação, que visa identificar todas as necessidades de restauração da peça, acontecerá em parceria com alunos dos cursos de Fabricação Mecânica e Manutenção Industrial do Senai. 


Fabio Alcover/Grupo Folha


Após elaboração, o projeto será submetido a aprovação para que todo o restauro seja executado por profissionais técnicos. 

"É um envolvimento importante para os nossos alunos, pois eles têm a oportunidade de colocar em prática o que aprendem em sala de aula, e, ao mesmo tempo, colaborar com a preservação de um patrimônio histórico da cidade", explica a professora e coordenadora do curso de Desenho Industrial da Unopar, Lilia Paula Simioni Rodrigues.

Redação Bonde com assessoria de imprensa

ROLÂNDIA: ATELIÊ DA MARA ( CONSERTOS DE ROUPAS )

CONSERTOS E REFORMAS DE ROUPAS EM GERAL
RUA CESAR ALBERTOTTI, 33
FONE 3256-1744 - 9 9642-3464