quarta-feira, 21 de junho de 2017

VÍDEO POVO PROTESTA CONTRA O VALOR ALTO DO PEDÁGIO EM JATAIZINHO - PR.

clique.
video.

DANIEL STEIDLE AMANHÃ EM ARAPONGAS 20 HORAS


ROLÂNDIA SEMPRE SERÁ A RAINHA DO CAFÉ DO NORTE DO PARANÁ

By GEAN SOARES


NOTÍCIAS DE ROLÂNDIA

21/06/17
REVITALIZAÇÃO DA ENTRADA DA CIDADE




O Prefeito Doutor Francisconi se reuniu em Curitiba com o Secretário Estadual de Infraestrutura e Logística (interino) e Diretor Geral do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) Nelson Leal Júnior e o Deputado Estadual Cobra Repórter e discutiu o projeto de revitalização da PR-323 trecho urbano que corta Rolândia na entrada da cidade, sentido Londrina-Rolândia. A melhoria contempla ações que proporcionarão mais segurança aos motoristas e pedestres. 

MAIS BENEFÍCIOS




O Prefeito Doutor Francisconi se reuniu com o Secretário Chefe da Casa Civil Valdir Rossoni e o Deputado Estadual Cobra Repórter e apresentou diversas demandas da cidade junto ao Governo do Paraná. A aceitação dos pedidos foi positiva e a sinalização de benefícios é muito boa, sendo que uma viatura para o 15º Batalhão da Polícia Militar deve ser liberada nos próximos dias. 

VICE-CAMPEÃ



O time Rolândia Futsal/Prefeitura Municipal Rolândia foi vice-campeão do Torneio Regional de Futsal, da Liga Metropolitana do esporte. Os jogos foram em Londrina, no Ginásio Moringão. No jogo que valeu o segundo posto, a vitória veio por 2x1, de virada, diante do Cambé Futsal. O Campeonato era Sub-17, contudo, Rolândia participou com uma equipe jovem, com atletas de 13 a 15 anos e somente uma atleta com 17 anos. Os gols da partida decisiva foram marcados pela capitã Bruna Letícia e Giovana. O técnico da equipe é Bruno Fonseca. O Campeonato teve como campeão o Colégio Estadual Tsuro Oguido (Londrina). 

COM OS IDOSOS


A Secretaria de Saúde, por meio da Coordenação de Atenção Básica, promoverá no dia 26 de junho (segunda-feira) no Centro de Convivência do Idoso (CCI), um dia repleto de atividades. Das 8h ás 16h, os participantes terão palestras, brincadeiras, orientações, interação e um teatro, além de um delicioso almoço. De manhã, a Assistente Social Aline Augusto Godoy vai fazer uma explanação sobre os “Direitos dos Idosos”. A tarde, a médica Anneliese Sechio Adan vai falar aos presentes sobre os cuidados com a automedicação e a prevenção contra quedas. Segundo a Coordenadora de Atenção Básica, Suely Woehl, são esperados 250 idosos no evento.
 
PINTURA




A Secretaria de Serviços Públicos começou um trabalho de reforço nas pinturas das faixas de pedestres na cidade, sobretudo aquelas em frente as escolas. O serviço visa conferir ainda mais segurança e comodidade aos alunos.Aqui, o serviço feito na Avenida Presidente Bernardes, Centro. . 


EMPREGOS



A Agência do Trabalhador/SINE Rolândia atende das 8h às 14h, de segunda à sexta. O SINE Rolândia fica na Avenida dos Expedicionários 604, Centro. O telefone é 3255-1118. Vagas para: 

Auxiliar de Enfermagem; 

Auxiliar de Tapeçaria; 

Mecânico Eletricista; 

Técnico Analista de PCP; 

Vendedor Interno. 


GRANDE FESTA



Vem aí o “1º Arraiá Beneficente de Rolândia”, promovido pela Secretaria de Cultura e Turismo,com o apoio da Associação Comercial e Empresarial de Rolândia (ACIR) e que vai beneficiar doze entidades da cidade. Venha e traga a família! Será no sábado, 8 de julho, a partir das 17h, no Espaço Viva Viva (Restaurante da Oktoberfest). Vai ter comidas, bebidas e brincadeiras típicas. Entrada franca.

-- 

Secretaria de Comunicação 
Prefeitura de Rolândia

ACONTECEU EM ROLÂNDIA - PR.

FAIXAS



A Secretaria de Serviços Públicos começou um trabalho de reforço nas pinturas das faixas de pedestres na cidade, sobretudo aquelas em frente as escolas. O serviço visa conferir ainda mais segurança e comodidade aos alunos.Aqui, o serviço feito na Avenida Presidente Bernardes, Centro.

CRAS


Os adolescentes que participam das atividades do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Luiz Picinin, no Centro, da Secretaria de Assistência Social, produziram os enfeites juninos que estão sendo usados para adornar a recepção e o refeitório da Clínica Davita (Clínica do Rim). Os adolescentes conheceram o atendimento da clínica e tiveram uma aula com a Assistente Social da unidade Eunice Gonçalves. O trabalho possibilitou aos beneficiários noções de convivênciae fortalecimento de vínculo com a comunidade. Os Servdiores do CRAS acompanharam a visita.

PSE




Nesta sexta-feira, 23 de junho, das 8h às 11h e das 13h30 às 17h, Servidores das Secretarias de Saúde e Educação (Pedagogos, Profº de Educação Física, Profissionais de Saúde - Agentes e Enfermeiros, Nutricionistas etc.) vão participar da 2º Oficina do Programa Saúde na Escola (PSE). A capacitação tem como tema “Construindo a matriz de ações no território” e será realizada no Centro Comunitário João de Deus. Os participantes receberão certificado. O PSE se dá com a interação das equipes de Saúde da Atenção Básica com as Equipes de Educação no planejamento, execução e monitoramento de ações de prevenção, promoção e avaliação das condições de saúde dos educandos. 

EMPREGOS



A Agência do Trabalhador/SINE Rolândia atende das 8h às 14h, de segunda à sexta. O SINE Rolândia fica na Avenida dos Expedicionários 604, Centro. O telefone é 3255-1118. Vagas para: 

Auxiliar de Enfermagem; 

Auxiliar de Tapeçaria; 

Mecânico Eletricista; 

Técnico Analista de PCP; 

Vendedor Interno.

CAMPANHA ROLÂNDIA RAINHA DO CAFÉ

DANIEL STEIDLE


QUER ENTRAR NA CAMPANHA DE "ROLÂNDIA, RAINHA DO CAFÉ"? O Gean Soares expôs na reunião do COMTUR o símbolo de "Rolândia Rainha do Café" que deve logo ganhar as ruas e a população através de bottons... Também foi discutido um documentário sobre a história do café e a possibilidade de um bloco carnavalesco contar toda a história do café e perspectivas para o futuro... VIVA! Quem sabe a escola de samba de Rolândia, "Flor DE Maracujá Sambaflor" encara este desafio que pode envolver toda a comunidade para um belíssimo resgate!

MARIALVA SE UNE A MANDAGUARI NA CONSERVAÇÃO DA VIA ALTERNATIVA AO PEDÁGIO

fonte: mandaguarionline.com.br

MTZ Marialva e Mandaguari Juntas

13 de junho de 2017

Após uma negativa da Viapar em assinar o contrato do acordo com o movimento, o MTZ assim denominado ganha novo aliado, a cidade de Marialva entra na briga fortalecendo a luta contra a Viapar.

Na tarde desta terça-feira (13) integrantes do Movimento Tarifa Zero em reunião com o Prefeito de Marialva, Victor Martini, e o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente Lindalvo Teixeira, dedicaram um bom tempo para discutir uma parceria entre Mandaguari e Marialva, contra a cobrança de valores abusivos da concessionária Viapar.

A união das duas cidades acaba com um impasse levantado pela Viapar, desta união resultará melhorias na Estrada Terra Roxa, ficando Marialva e Mandaguari responsáveis pela conservação da estrada que irá ocorrer nos próximos dias, já que o Prefeito Victor Martini disponibilizou maquinários para trabalharem na estrada caso a chuva dê uma trégua. O Prefeito de Mandaguari Romualdo Batista segue o mesmo posicionamento e aguarda uma melhora no tempo para dar inicio aos reparos na estrada municipal.

MANDAGUARI -PR. REALIZA MELHORIAS NA VIA ALTERNATIVA DO PEDÁGIO

FONTE: jornalreporterdovale.com

MANDAGUARI - Melhorias no desvio do pedágio


Prefeitura e “Tarifa Zero” jogam antipó na “Terra Roxa”

Desde a última quinta-feira (6), quando o trecho de acesso à Estrada Terra Roxa, que fica localizado às margens da BR-376, próximo à praça de pedágio entre Mandaguari e Marialva, amanheceu destruído, as máquinas da Prefeitura têm trabalhado no local. Primeiro retirando lama e tapando buracos, depois fazendo a terraplanagem e colocando por cima o cascalho. Nesta terça-feira (11), foi vez de jogar o antipó no trecho, que também é utilizado como via alternativa ao pedágio. O produto, doado pelo movimento Mandaguari Tarifa Zero, é aplicado em vias não pavimentadas para eliminar a poeira, prevenindo a ocorrência de lama e possíveis danos provocados no leito da estrada. Maquinários e servidores do município estão desde cedo realizando readequação e melhorias naquela região, a pedido do prefeito Romualdo Batista (PDT). Entenda o caso - Na madrugada de quinta-feira (6), uma empresa de Nova Esperança, supostamente contratada pela proprietária de um lote de terra na região da “Terra Roxa”, destruiu o trecho de acesso à estrada rural, que era pavimentado, abrindo valetas em toda a extensão. Ela alega que esse trecho pertence à propriedade dela. Diante da situação, o município, que afirma ser essa uma área de servidão pública, tomou posicionamento e enviou para o local, maquinários a fim de reconstruir o acesso. "Tarifa Zero" - O movimento popular “Tarifa Zero”, que surgiu no início de março, reivindica a isenção da tarifa do pedágio para os veículos emplacados em Mandaguari – na praça de pedágio entre o município e Marialva –, e o livre acesso à Estrada Terra Roxa. Informações do Jornal Agora de Mandaguari, LEIA MAIS.

MARIALVA - PR. TAMBÉM QUER ISENÇÃO DE PEDÁGIO

fonte: portalglup


Após Mandaguari, movimento contra o pedágio se alastra no interior




*Redação
(Colaborou Marcela Langoni, de Londrina) 

A audiência pública realizada em abril entre a Concessionária Viapar, culminando com a proposta da empresa que administra o pedágio reduzir 75% do valor da tarifa para os veículos leves e caminhões de até três eixos emplacados em Mandaguari ou 80% para carros e motos, motivaram ações idênticas da população de outras cidades onde estão instaladas praças de pedágio, como em Arapongas e Marialva.

A primeira manifestação do movimento batizado como "Tarifa Zero", pedindo a isenção na tarifa do pedágio localizado na BR-369, entre Rolândia e Arapongas, foi marcada pela construção de um acesso que liga a Estrada do Ceboleiro até a rua Rabilonga Vermelha.

O ato ocorreu no último dia 27 de maio como alternativa para escapar da cobrança considerada como abusiva pelos integrantes do grupo, que é formado por empresários, moradores, vereadores e profissionais liberais dos dois municípios.

Surgiu também o movimento “Marialva sem Pedágio, que no início desta semana (dia 29 de maio) iniciou o cadastramento dos moradores da cidade que trabalham ou estudam em Mandaguari, cidade vizinha. O levantamento de subsídio uma futura negociação com a concessionária Viapar pela reivindicação de isenção ou desconto tarifário na praça de pedágio da BR-376.

Muitos moradores de Marialva passam diariamente pelo pedágio para trabalhar ou estudar em Mandaguari, Jandaia do Sul e outras cidades. Essas pessoas têm um gasto médio de R$ 500 por mês. É um valor considerável”, justifica o vereador Carlos Eduardo Siena, o Côco, um dos integrantes da recém-formada comissão “O pedágio é nosso – Marialva Sem Tarifa”.

“Numa primeira reunião a Viapar solicitou uma estimativa dos marialvenses que trabalham ou estudam em Mandaguari para saber se é uma parcela significativa para abrir o diálogo sobre a reivindicação”, explica Siena. O cadastramento está sendo realizado na Câmara Municipal, onde é necessário apresentar comprovante de residência e de utilização diária do pedágio. Outra ação desenvolvida pela comissão é a adesivagem de veículos.

Como foi amplamente divulgado, os moradores de Mandaguari realizaram diversas manifestações na praça de pedágio. Uma estrada alternativa foi construída para desviar do pedágio e, em abril deste ano, foi bloqueada com a construção de um muro durante a noite. Algumas horas depois os integrantes do movimento “Tarifa Zero” com apoio da prefeitura municipal derrubaram o bloqueio. A Viapar, empresa responsável pelo pedágio na região, negou ter feito o bloqueio.

ROLANDENSE ACIONA A VIAPAR NA JUSTIÇA FEDERAL PEDINDO VIA ALTERNATIVA

Segundo o autor da ação ( Benedito Silva Junior), foi requerido isenção de pagamento de tarifas de pedágio pela ausência de uma via alternativa. Por ferir o direito de ir e vir. Segundo o autor a cobrança do pedágio só é legal se houver esta via alternativa.

Jurisprudência: Ementa: PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO - AÇÃO CIVIL PÚBLICA - SUSPENSÃO DA COBRANÇA DE PEDÁGIO - LEGITIMIDADE ATIVA DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL - INTERESSE DA UNIÃO - RECURSO ESPECIAL - FALTA DE PREQUESTIONAMENTO. - Não se conhece de recurso especial, se o dispositivo legal supostamente maltratado não foi agitado no acórdão recorrido, assim como na hipótese de o recorrente não indicar, com segurança, os dispositivos legais malsinados. Por igual, acontece, se não for comprovada a divergência pretoriana, nos moldes exigidos pelo artigo 541, parágrafo único do CPC. - A cobrança de pedágio somente é lícita se houver estrada alternativa gratuita. - Tratando-se de pedágio em rodovia federal, a União é interessada, mesmo havendo delegação ao Estado. - A ação civil pública é via adequada para o Ministério Público pleitear a proteção do direito do cidadão de transitar livremente por rodovia federal, sem pagar pedágio. - A litispendência deve ser comprovada, nos autos. - Inexiste contrariedade ao artigo 460 do CPC se não houve sentença favorável ao autor, de natureza diversa do pedido ou condenação dos réus, em quantidade superior ou objeto diverso do que foi demandado.