sexta-feira, 30 de junho de 2017

CINE TEATRO OURO VERDE RENASCEU DAS CINZAS EM LONDRINA

FOLHA DE LONDRINA



30/06/2017


Ricardo Chicarelli
Teatro que é o maior ícone da cultura de Londrina será reinaugurado hoje e contará com intensa programação gratuita durante uma semana
Dia 30 de junho de 2017. Hoje, às 19 horas, o Teatro Ouro Verde reabre as portas depois de mais de cinco anos do incêndio que destruiu grande parte da estrutura de um espaços culturais mais icônicos de Londrina, em 12 fevereiro de 2012. A solenidade de reinauguração será realizada apenas para convidados, em sua maioria do governador Beto Richa, com homenagens e apresentações artísticas da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina (Osuel), grupo vocal Entre Nós e atores da Funcart. 

Porém, já neste sábado (1), inicia-se uma série de apresentações culturais gratuitas durante a semana para toda a comunidade londrinense com espetáculos de dança, teatro, exposição fotográfica, lançamento de livro e exibição de filme. Na sequência, dá-se início à programação do Festival de Música de Londrina, no dia 9 de julho, seguido do FILO (Festival Internacional de Londrina). A continuidade da abertura do teatro depende de compromisso firmado do Governo do Estado para nomeação imediata de funcionários, indispensáveis para seu funcionamento. 

Desde o dia do incêndio, a Folha de Londrina tem realizado uma ampla cobertura, acompanhando as investigações da tragédia a todo processo de reconstrução. Além disso, como forma de homenagear o teatro, patrimônio histórico da cidade projetado por Vilanova Artigas, realizou diversas ações. A primeira delas, antes mesmo das obras começarem, a campanha "Meu Ouro Verde", uma coluna semanal em que leitores relembravam suas histórias, por meio de olhares múltiplos e experiências pessoais. De lá para cá, personagens das mais variadas frentes contaram sobre suas relações com o teatro em reportagens especiais publicadas no jornal. 

HOMENAGENS - Em abril deste ano, quando começaram as especulações sobre a reinauguração do teatro, a FOLHA iniciou, mais uma vez, uma série de homenagens, incluindo um vídeo poema e reportagens especiais disponibilizadas na versão impressa e digital. Ao longo desta sexta-feira (30), leitores terão acesso a um material exclusivo, elaborado pela equipe de jornalismo – fotógrafos, repórteres e editores - composto por uma ferramenta que possibilita visualizar o antes e depois de uma imagem do teatro, uma linha do tempo multimídia que vai desde a construção do teatro até a data do incêndio, além de um vídeo gravado em 360 graus que propicia ao leitor uma experiência imersiva no novo teatro. 

Para finalizar, imagens ao vivo da reinauguração serão transmitidas nas redes sociais. Na edição FDS, será publicada a cobertura completa na versão impressa e digital, com imagens do teatro e das apresentações.

Marian Trigueiros
Reportagem Local

NIVER DO PEDRO ARGEMIRO FARINA

ACONTECEU NO DIA 28. ELE RECEBEU A FAMÍLIA. E O AMBIENTE, FOI COMO SEMPRE, REGADA COM MUTA ALEGRIA.



PREFEITO DE ROLÂNDIA FRANCISCONI FALA SOBRE A ESTRADA DO CEBOLEIRO

Boa tarde a todos do grupo. Apesar de algumas ofensas proferidas por algumas pessoas do grupo, com muito respeito, diante de todos, venho colocar minha posição como Prefeito de Rolândia. Como Prefeito, tenho que respeitar as diretrizes da Administração pública, sendo a Legalidade a principal delas. Levamos em consideração, sempre, a ética e a segurança da população. Nossas ações são limitadas dentro do que permite a Lei. O que cabe ao município fazer, e o que será feito pela Prefeitura de Rolândia, vai ser a adequação da Estrada do Ceboleiro e da Estrada do Bengale, deixando essas 2 estradas municipais em adequadas condições de trafegabilidade, com maior segurança para todos aqueles que delas se utilizarem. Nossas máquinas e nosso pessoal trabalharão ali. Para melhorar, adequar as estradas e mantê-las nessas condições. Ou seja. Se, após isso, eventualmente, houver algum movimento no sentido de impedir o trânsito nessas vias, aí sim, faremos todo o esforço para mantê-las abertas. É o que podemos fazer. É o que iremos fazer. SEMPRE que estiver em jogo interesses da população, podem contar conosco. Estamos à disposição. Abraços. LUIZ FRANCISCONI